Universidade Federal do Ceará Centro de Humanidades Departamento de Literatura Programa de Pós-Graduação em Letras PROGRAMA DE DISCIPLINA

1. Semestre: 2013.1

2. Modalidade: Mestrado ( X ) Doutorado ( X )

3. Identificação da Disciplina: Nome: Subtítulo (se houver): Código: Carga Horária: N0 de Créditos: Seminário Temático I Espaço e narração na Tragédia Grega HGP 8300 16 h/a 1

4. Professor Responsável: Orlando Luiz de Araújo

5. Horário:

2013) . e Filoctetes.2013) .Memento 4: O espaço trágico em Coéforas. de Eurípides.Memento 1: Introdução.Quartas-feiras das 11h às 13h (22.06. de Sófocles. de Ésquilo.05. de Eurípides.Memento 2: Teorias antigas acerca do espaço. Filoctetes. (29. de Eurípides. Leituras obrigatórias: Coéforas.Memento 3: A arqueologia do teatro de Dioniso em Atenas.Memento 5: Narração do espaço em Os persas. de Ésquilo. Os persas.2013) . (26. Electra. Ifigênia entre os tauros.Memento 6: Outros espaços: o familiar e o estranho em Ifigênia entre os tauros. de Ésquilo. de Ésquilo. .2013) .06.06. e Electra.06. de Sófocles. (12. Literatura e dramaturgia. de Eurípides.05. de Sófocles. (19. de Sófocles.2013) . Electra.2013) . Electra. (05.

A construção do espaço grego a partir da caracterização da figura do estrangeiro. Rio de Janeiro: Editora 34. São Paulo: Odysseus. a partir das representações dos dramaturgos Ésquilo. Forma de avaliação: • • Participação: 10 Trabalho final (Tema: “Análise do espaço na obra de arte”): 10 Obs. intertext. São Paulo: Martins Fontes. de Ésquilo. e em Electra e Ifigênia entre os tauros. CASSIN. 2008. bárbaros. de Sófocles. Barbara. em Electra e Filoctetes. Tradução de Antônio de Pádua Danesi. Tradução de Jaa Torrano. Dias Palmeira. PESCHANSKI. pintura. LAMARI. Ifigênia entre os tauros. Tradução de Fernando Brandão dos Santos. São Paulo: Iluminuras. 8. Porto: Livraria Civilização – Editora. King's College London. de Eurípides. Orestéia II. Tradução de Ana Lúcia de Oliveira e Lúcia Cláudia Leão. . Tradução de Natália Correia. cinema etc. EURÍPIDES. Sófocles e Eurípides no V século a. espetáculo. __. Space in greek tragedy. Gregos.: (A obra de arte pode ser a mais variada possível: literária. Lisboa: Livraria Sá da Costa Editorial. Tradução de E.br/dspace/bitstream/handle/1884/29040/R%20-%20D%20-%20MARCELO %20BOURSCHEID. Estudo e tradução de Jaa Torrano. __.pdf?sequence=1. 2002. estrangeiros. Narrative. espaço teatral e construção de sentido em diálogo com a épica e a lírica. 7. Gaston. A poética do espaço.c3sl. Os persas. 2010. Catherine. Tradução de Marcelo Bourscheid. LORAUX. Coéforas. __. 1993. Nicole. Vassiliki. Bibliografia: Fontes primárias: ÉSQUILO. Analise do espaço nas tragédias Coéforas e Os Persas. Electra.6. Berlin: De Gruyter. Thesis. 1993. Ementa: Estudo da semântica do espaço a partir da arquitetura do teatro de Dioniso em Atenas. Filoctetes. Disponível em http://dspace. São Paulo: Iluminuras-FAPESP.ufpr. Dissertação de Mestrado da Universidade Federal do Paraná. Fontes secundárias: BACHELARD. SÓFOCLES. KAMPOURELLI. 2009. 2004.C. Electra. Anna A. a discutir previamente). and space in Euripides' Phoenissae. Tragédia. 1969. 1973.

Spectators and society in ancient Athens. 2005. Cambridge: Cambridge University Press. 2005. 2011. David. WILLES. 1996. Tradução de Paulo Neves. A análise dos espetáculos. RYNGAERT. UBERSFELD. São Paulo: Martins Fontes. Anne. Para ler o teatro. ROSELLI. 2003. . Theatre of people. David Kawalko. São Paulo: Perspectiva. São Paulo: Perspectiva. Introdução à análise do teatro. Tradução de José Simões Almeida Junior et al. Patrice. Austin: University of Texas Press. Tradução de Sérgio Sálvia Coelho et al.PAVIS. Tragedy in Athens. Jean-Pierre. Performance space and theatrical meaning.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful