O Popular - Organização Jaime Câmara

13/01/09 13:16

Goiânia, 13 de janeiro de 2009

HOME ÚLTIMAS NOTÍCIAS EDITORIAS
Capa Opinião Cidades Política Economia Mundo Esporte Magazine

ENTREVISTA / Célio Turino

‘Não há flexibilização de critérios’
Por trás do debate sobre a seleção dos novos pontos de cultura de Goiânia, há uma discussão sobre a ampliação do Programa Cultura Viva no Brasil. No final de sua gestão no Ministério da Cultura, Gilberto Gil anunciou a meta de chegar até final do governo com 20 mil pontos em todo o País, vista por muitos como ambiciosa. Célio Turino, secretário de Programas e Projetos do MinC, informou que o País conta com 850 pontos de cultura, vai chegar a 2 mil neste ano e a cerca de 3 mil em 2010. Ele refuta a tese de que o MinC estaria flexibilizando os critérios de avaliação para conseguir conquistar a meta dos 20 mil pontos. Mas admite que os convênios com prefeituras e governos estaduais foram a saída para conquistar a ampliação dos pontos. Qual o papel do MinC nos processos de avaliação de novos pontos de cultura nos convênios com prefeituras e Estados? Os critérios seguem os mesmos do Programa Cultura Viva. Nossos pareceristas se baseiam em critérios de pluralidade e diversidade cultural e efetiva capacidade de atendimento aos objetivos de inclusão cultural e social dos projetos. Acima de tudo, observam também a competência das entidades candidatas a pontos de cultura. Podem se tornar ponto de cultura academias de letras e atividades ligadas a igrejas ou associações como maçonaria? Há uma flexibilização dos critérios para chegar à meta de 20 mil pontos? Não me lembro de ter academia de letra como ponto de cultura no programa, mas em princípio não haveria nenhuma restrição. Igreja não pode, maçonaria também não. Não conheço o resultado dos novos pontos de cultura aí de Goiânia, mas não há de forma alguma flexibilização de critérios para selecionar entidades. Como será a prestação de contas desses novos pontos de cultura? Será via secretarias locais, que por sua vez repassarão as prestações conjuntas para nós. Esses convênios são instrumentos importantes para o processo de descentralização e ampliação do Programa Cultura Viva. O objetivo é torná-lo uma política de Estado e não apenas de governo. O que buscamos é estabelecer mecanismos que garantam a continuidade dos trabalhos independente do governo de plantão. Foi essa idéia que norteou também as parcerias com universidades para a criação dos pontões [fazem a integração e assessoramento dos pontos nos Estados].

CIRCUITO GOIANO COLUNAS
Giro Direito e Justiça Coluna social Memorandum Crônicas e outras histórias

SERVIÇOS
E-mail Cartas dos leitores Assinatura Acontece Na telinha Cinema Horóscopo Guia do Assinante Central do Assinante Efetuar Logout

CHARGE

E SPECIAIS
Goiânia 75 anos Retrospectiva 2008

SITES
Vrum Lugar Certo OJC Jornal do Tocantins Tv Anhanguera Goiasnet Fundação J. Câmara Rede Anhanguera Executiva FM

CONTATOS
ASSINATURAS: 3250-5353 CLASSIFICADOS:
http://www.opopular.com.br/ Página 1 de 2

O Popular - Organização Jaime Câmara

13/01/09 13:16

3250-5323 COMERCIAL DE INTERNET: 3250-1323 ATENDIMENTO AO ASSINANTE: 3250-1220

EXPEDIENTE

Anterior | Magazine | Próxima

http://www.opopular.com.br/

Página 2 de 2

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful