1 1. OBJETIVOS Observar os diferentes tipos de bactérias mesófilas existentes no água.

Aprender técnicas de isolamento e estudar as características macroscópicas e microscópicas das mesmas.

2.

INTRODUÇÃO

Identificar um dado organismo como espécie baseia-se no preenchimento das características atribuídas àquela espécie. O reconhecimento da fonte ou origem do espécime (ambiente, espécie animal, tipo de patologia e localização) do organismo é às vezes fundamental para identificação e a correta caracterização cultural do organismo em meios de isolamento primário, assim como a execução e interpretação da coloração e reação ao Gram são vitais para o sistema de identificação.

Para isolar o microrganismo efetua-se a inoculação ou semeadura, utilizando a técnica do esgotamento do inóculo por estrias, tendo-se o cuidado de usar inteiramente toda a área do meio para garantir a separação das bactérias, de modo que após a incubação cada célula separada origine uma colônia.

O processo de identificação propriamente dito começa com a observação das características das colônias isoladas (a olho nu, com lupa ou microscópio, usando a objetiva de menor aumento). Os seguintes critérios são utilizados para a caracterização colonial:
      

Forma; Tamanho (em realação as outras colônias); Elevação - achatada (alta, baixa), espraiada, convexa, etc; Bordos - inteiros, ondulados, lobados, denticulados, franjados, etc.; Superfície - lisa, rugosa; Estrutura - amorfa, granulosa, filamentosa; Brilho - opaca, translúcida e transparente;

2    Cromogenia ou Pigmentação .10-5. Transferiu-se.amarela.  Erlenmeyer.  Tubos de ensaio. etc. Agitou-se para obter uma suspensão dos microrganismos existentes. 1 ml da suspensão para um dos tubos de água estéril. Após a observação dessas características devem ser feitos esfregaços para colorações especiais. para observação da morfologia microscópica (forma. 10-4. sendo realizada uma série de diluições 10-3. preta..  De cada diluição transferiu-se para duas placas estéreis.10-6.  Meio de cultura AN (Agar Nutritivo).  Bico de bunsen. arranjos.  Pipeta estéril. MATERIAIS  Amostra. 3.  Água estéril. amostra de 1ml. presente. Agitou-se e deste tubo foi retirado 1ml e posteriormente foi transferido para outro tubo com água e assim sucessivamente. cápsulas e granulações. PROCEDIMENTO     Transferiu-se 1 mL da amostra no Erlenmeyer que continha 99mL de água estéril.  Tubos de cultura. Pigmento Solúvel.  Alça de platina. incluindo a a amostra e depois adicionou-se a cada placa cerca de 10 ml de . branca. rósea.  Laminas para observação. tamanho e coloração de Gram). presença ou ausência de esporos.  Placas de Petri estéreis. flagelos. 4. Odor – ausente. com pipeta estéril.

fez-se a coloração de esporos e confirmou-se a presença dos mesmos na colônia isolada. Posteriormente. CARACTERÍSTICAS MACROSCÓPICAS A colônia escolhida era de tamanho grande.  Agitou-se para homogenizar e esperou-se o meio solidificar em repouso por mais ou menos 3 minutos. Em seguida. foi feito uma obsevação in vivo para observar se o microorganismo apresentava movimento mas foi constatado apenas movimento browniano nas placas. fez-se uma coloração de Gram e descobriu-se que se tratava de uma bactéria com forma de bastonete (bacilo) e Gram – positiva (retém o corante cristal violeta). RESULTADOS Observou-se o crescimento de microoganismos apenas nas placas onde não houve nenhuma diluição. cremosa. com bordas irregulares.3 meio de AN fundido e resfriado a 45oC.  5. sem brilho característico e nem pigmento solúvel. CARACTERÍSTICAS MICROSCÓPICAS A observação microscópica foi feita a partir da cultura pura do microorganismo crescido em tubo com AN.1. Primeiramente.2. de forma arredondada. 5. com coloração creme. Foram escolhidas colônias e posteriormente foram transferidas com alça de platina parte da colônia para um tubo com AN e incubou-se a temperatura ambiente para obter a cultura pura. . 5. Notou-se também vários microoganismos sem coloração – o que indica uma possível contaminação da cultura ou que o microorganismo formou esporos. as placas foram invertidas e posteriormente incubadas à temperatura ambiente durante 48 horas.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful