You are on page 1of 5

16-03-2009

GEOGRAFIA Gestão dos Recursos Hídricos


Aula nº 123 e 124 16/03/2009

Sumário • Correcção da Ficha de Trabalho;


• Continuação do estudo do tema: a gestão da água;
• Identificação dos principais problemas;
• Análise de possíveis soluções;
• O planeamento como estratégia de potenciação dos
recursos hídricos.

- Recurso vital

ÁGUA - Factor condicionante de todas as


actividades produtivas / económicas  Valorização
Dos Recursos
 Protecção
Forte pressão sobre os recursos hídricos Hídricos
 Gestão equilibrada
O planeamento dos recursos hídricos torna-se fundamental

 Harmonização com desenvolvimento regional e sectorial


Principais Instrumentos de Planeamento:
 Sustentabilidade ambiental
 PNA – Plano Nacional da Água
 PBH – Planos de Bacia Hidrográfica
 POAAP – Planos de Ordenamento das Albufeiras e Águas Públicas
 PNUEA – Programa Nacional para o Uso Eficiente da água

1
16-03-2009

Gestão dos Recursos Hídricos


A deficiente protecção e gestão das
águas constitui um grave problema de
degradação ambiental, colocando em
risco a qualidade e a quantidade dos
recursos hídricos.
Os problemas que se podem colocar
resultam de um crescimento económico
não planificado e não controlado,
permitindo que as fontes poluidoras, a
eutrofização, a salinização e a
desflorestação proliferem e afectem as
reservas hídricas.
Estes problemas requerem uma política
de gestão da água eficaz.
Intervenção do Homem no Ciclo da Água (pg. 179)

A Problemática da Distribuição da Água

 Poluição dos recursos hídricos (efluentes domésticos,


industriais e agrícolas);
 Eutrofização das águas;
 Salinização dos aquíferos;
 Desflorestação;
 Dificuldades em servir a população através de redes
públicas de distribuição, drenagem e tratamento de águas
residuais;

2
16-03-2009

Abastecimento de água por


distritos, 2002

Consumo e necessidades de água por


bacia hidrográfica, 2000

A reter: A garantia da qualidade e da quantidade de água a


disponibilizar ao domicílio é uma preocupação dos serviços de
abastecimento de água.
 Alargar as redes de distribuição, de tratamento das
Os sistemas de abastecimento agrupam-se em: águas residuais e de controlo da qualidade da água;
 Sistemas em alta – captação e tratamento da água;
 Aumentar a capacidade de armazenamento da água;
 Sistemas em baixa – distribuição e entrega aos consumidores;
 Aumentar a eficiência da utilização da água (melhorar a
Contudo, garantir este serviço em áreas onde mais de metade dos responsabilização, regulamentação e fiscalização;
sistemas de abastecimento servem menos de 500 habitantes, aplicar o princípio do “poluidor-pagador”; incentivar a
representa custos economicamente insustentáveis. Deste modo, utilização ecológica);
verificam-se ainda significativas disparidades regionais no consumo
e disponibilidade.  Planear a utilização dos recursos hídricos.

3
16-03-2009

A) Plano Nacional da Água – medidas:

 Aumento da capacidade de armazenamento;


 Organização dos sistemas de abastecimento público;
 Controlo da qualidade da água (monitorização);
 Tratamento das águas residuais;
 Regulamentação das actividades associadas aos meios
hídricos (navegação, pesca, lazer, etc);
Regiões Hidrológicas
 Reabilitação da rede hidrográfica (qualidade ambiental e
desenvolvimento socioeconómico).

B) Cooperação Internacional Cooperação Luso-Espanhola

Principais Instrumentos / Documentos: Para Portugal, a regulamentação e o cumprimento das normas


 Carta Europeia da Água (1968) comunitárias e da Convenção Luso-Espanhola, relativamente à partilha
 Conferência da Água das Nações Unidas (1977) Objectivos: das bacias hidrográficas, assume especial importância, pois é em
 Convenção de Helsínquia (1992) Portugal que afluem as águas vindas de Espanha, podendo ocorrer
 Convenção Luso-Espanhola (1998) problemas graves, tais como:
 Recepção de águas poluídas pelo país vizinho;
1. Promover a gestão integrada dos recursos hídricos internacionais  Construção de barragens ou transvazes em território espanhol;
2. Dinamizar a cooperação técnica (partilhar conhecimentos);  Descargas volumosas nas barragens espanholas (agravamento do
3. Garantir o respeito mútuo entre os países que partilham os cenário de cheias);
mesmos recursos;  Armazenamento excessivo nas albufeiras / barragens espanholas
4. Prevenir e resolver conflitos internacionais. (agravamento do cenário de seca)

4
16-03-2009

C) Racionalizar o Consumo – medidas:


 Evitar o desperdício em todos os sectores:
A reter:
 Agricultura – poupar água no seu transporte, rega, culturas  A gestão dos recursos hídricos implica um planeamento
adequadas e reutilização; cuidadoso e uma coordenação de esforços a nível local,
 Indústria – poupar água utilizando tecnologia eficiente, nacional e internacional;
tratamento e reutilização;
 Doméstico – hábitos pessoais que evitem desperdícios,  O planeamento permite um melhor conhecimento dos
equipamentos e habitações eco-eficientes, reutilização; recursos existentes, o seu melhor aproveitamento, a sua
protecção e eficaz distribuição;
 A gestão dos recursos hídricos nacional enquadra-se na
política comunitária e exige cooperação com Espanha.;

FIM...

O que será que


estiveram a
falar!? Hum…