You are on page 1of 3

Nome: Creative Technology Ltd.

Denominação social: Limitada
Ramo de actividade: Produtos multimédia
Nº de trabalhadores: 5800 (2007) – 3100 (2008)
Início da actividade: 18 de Julho de 1983
Fundador: Sim Wong Hoo
Actual CEO: Sim Wong Hoo
Sede mundial: Singapura Ver mapa
Sede Europeia: Dublin – Irlanda Ver mapa
Sede portuguesa: Carnaxide Ver mapa
Situação económica: Creative encontra-se com algumas dificuldades
económicas, tendo despedido quase 50% dos seus trabalhadores.
Website: www.creative.com

HISTÓRIA DA CREATIVE

Passado e presente
A Creative foi fundada em 1981 por Sim Wong Hoo, na Singapura. A
companhia começou por ser uma tenda de reparações de computadores Apple II.
Em 1987, a Creative lançou um gerador de som com 12 vozes para o sistema IBM
PC. Infelizmente, a placa não teve sucesso.
Em 1989, a Creative lançou a Sound Blaster, que foi a primeira placa de
som dedicada do mundo com o objectivo de ser vendida ao público em geral.
Com uma campanha de marketing agressiva, a Creative conseguiu fazer do seu
produto um standard na indústria informática e, hoje, 60% de todos os
computadores do mundo utilizam placas de som da Creative.
Ver produtos Sound Blaster

99, a Creative lança o NOMAD, a sua primeira série de leitores de MP3,
sendo que mais tarde lançou as séries ZEN e MuVo, que são as actuais. A Creative
liderou o mercado dos leitores de MP3 até à chegada dos iPods, em 2004.
Para combater esta nova ameaça, a Creative lançou uma mega-campanha
de 100 milhões de dólares, que não teve o efeito esperado.

Em 2006, a Creative abre um processo contra a Apple, dona do iPods, por
quebra de patente. A patente era relativa à interface para os leitores de MP3. Por
fim, em Agosto de mesmo ano, a Creative e a Apple chegam a acordo, com a
última a pagar 100 milhões de dólares à primeira e a autorizar a Creative a fazer
parte do programa “Made for iPod”, o que pode parecer estranho, pois se a
Creative tinha os seus próprios leitores de MP3, porque iria fazer acessórios para
a sua principal concorrente? Simplesmente, porque a Apple já tinha 80% da quota
de mercado mundial, não deixando muita margem de manobra à Creative, que
assim, além de vender os seus próprios leitores de MP3, ainda lança acessórios
para o líder. Hoje em dia, a Creative continua com a sua gama de leitores de
MP3 e continua a fazer acessórios para a sua principal concorrente, a Apple.
Ver leitores MP3 da Creative

Devido à forte concorrência e à actual crise económica, a Creative
despediu quase metade dos seus trabalhadores que passaram dos 5800 para os
3100. A Creative disse que só despediu pessoal que trabalhava nas suas fábricas e
que continua a procurar engenheiros para trabalhar nela.
Em Março de 2009, a Creative anunciou que ia despedir 300 trabalhadores
das suas subsidiárias europeias e americanas, além disso também anuncio que iria
gastar 10 milhões de dólares para pagar as indemnizações e reestruturar alguns
departamentos.
A Creative teve perdas de 36 milhões de dólares no quarto trimestre de
2008, comparado com 2007, foi um resultado mau, pois no ano anterior, ela teve
lucros de 7 milhões de dólares. A vendas, no terceiro trimestre de 2007 foram de
262 milhões de dólares, e no trimestre homólogo de 2008 foram de 155 milhões
de dólares
Ver relatórios fiscais da Creative
Os produtos que a Creative actualmente tem são: Placas de som, leitores
MP3, sistemas de colunas, headphones e earphones, webcams, pocket video
cams, aparelhagens e acessórios para os seus produtos e iPods e aparelhos de
videoconferência.
Ver todos os produtos Creative

Futuro
No início deste ano a Creative mostrou um novo produto, o ZMS-05 - “Zii
Stemcell Computing”, um processador de baixo custo e baixo consumo
energético, mas de alta performance. A Zii Labs, subsidiária da Creative
responsável por este produto, disse que o desenvolvimento deste processador
custou mil milhões de dólares e “10 mil anos de vida de um ser humano”.
Ver site da ZiiLabs

MINHA OPINIÃO

Creative é uma empresa com grande potencial, mas com vários problemas
económicos e financeiros que parecem não ter fim à vista. Penso que lhe falta um
pouco de modéstia, pois no seu site em todos os seus documentos, ela auto-
proclama-se líder no mercado, e ela só é líder nas placas de som. Penso também
que ela devia alargar os seus horizontes e continuar a fazer e desenvolver
produtos inovadores e de boa qualidade e performance.

NOTÍCIAS SOBRE A CREATIVE:
2009-03-13 – Creative despede 300 trabalhadores
2009-01-08 - CES09: Zii - um super computador minúsculo
2009-01-05 - Creative Technology corta cerca de 2700 empregos...
2008-12-30 - Creative será criativa na CES2009 com o Zii
2008-11-08 - Creative lança novo controlador oficial de 32-bit Linux X-Fi
2008-09-18 - Creative anuncia X-Fi Notebook ExpressCard
2008-09-15 - Creative lança X-Fi Titanium
2008-09-02 - Creative anuncia novas colunas GigaWorks T3 2.1
2008-08-28 - Creative X-Fi Go! mobile apresentada na IFA
2008-08-04 - Creative disponibiliza leitor de 2GB e 4GB ZEN Mozaic
2008-07-31 - Creative resolve problemas com Dolby e DTS nas placas X-Fi
2008-07-30 - Creative Zen Mosaic já ai anda!

FONTES:
www.creative.com
www.ziilabs.com
http://www.palluxo.com/2009/01/02/apple-ipod-competitor-loses-ground-cuts-
2700-jobs/
http://en.wikipedia.org/wiki/Creative_Technology
http://biz.yahoo.com/ic/42/42766.html
http://www.nothingbutcreative.blogspot.com/
http://www.epizenter.net/news.php
http://www.reuters.com/article/smallBusinessNews/idUSTRE5021QG20090103

Luís Costa nº16 10ºD