You are on page 1of 14

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS DISCIPLINA: GESTÃO DO CONHECIMENTO PROFESSOR: FRANCISCO PEREIRA FILHO ALUNO

: EMANOEL RÊGO ABREU

LISTAS DE EXERCÍCIO

Teresina-PI, 05 de setembro de 2006

bases de dados que contêm toda a informação relacionada com clientes. ativos intelectuais e propriedade intelectual. O Capital Intelectual representa a posse conhecimento. Esses atributos permitiram ao Banco a conquista. confiança. Por capital humano entende-se a experiência e o know how dos funcionários. a capacidade de uma marca alavancar vendas de um novo produto demonstra o uso de um ativo intangível na geração de benefícios. tecnologia organizacional. tais como capital humano. Ativos Intangíveis Ativos intangíveis são recursos não materiais controlados pela empresa. sob o qual estão concentradas todas as iniciativas de desenvolvimento das competências individuais que darão suporte ao desenvolvimento/sustentação da competência empresarial. pelo 13º ano consecutivo. À marca BB são vinculados atributos indispensáveis para as instituições que atuam no mercado financeiro: tradição. a capacidade de inovação de seu capital humano. são destaques: sua marca. Estes podem inclusivamente incluir documentos empresariais ou processos documentais e qualquer outro tipo de produtos tangíveis. solidez. sua forte presença em todo o território brasileiro. principalmente. capazes de trazer benefícios futuros ao negócio. Contudo. mas se transformam em benefícios quando estão associados a alguma atividade ou ação da companhia. e esta é a primeira forma de Capital Intelectual. Por sua vez. relacionamento com clientes e habilidades profissionais que profissionais que proporcionem à empresa de criar continuamente e proporcionar valor de qualidade superior. dentre outros. Universidade Corporativa A Universidade Corporativa é o instrumento utilizado por empresas públicas e privadas para formar e treinar pessoal em sua área de atuação. seu sistema de gerenciamento de risco e. Esses ativos não estão refletidos nas demonstrações financeiras. pós-graduação ou mesmo em cursos de extensão – através de um simples treinamento interno. O principal motivador para o desenvolvimento de uma Universidade Corporativa é a intenção da empresa de segmentar ou direcionar a área de formação de seu pessoal – seja na graduação. experiência aplicada. são fontes intangíveis de valor. um dos mais qualificados do mercado. aplicações de TI e outros bens materiais fazem parte do grupo de ativos intelectuais. concedido pelo Instituto Data Folha.1ª LISTA DE EXERCÍCIOS (RESPOSTAS) Capital Intelectual O Capital Intelectual (Intellectual Capital) é uma das chaves criadoras de valor empresarial na nova economia. Universidade Corporativa é um grande guarda-chuva estratégico. Entre os ativos intangíveis do Banco do Brasil. . a Universidade Corporativa não tem seus cursos reconhecidos como oficiais. Por exemplo. É composto por fontes tangíveis e intangíveis. do prêmio Top of Mind. sua expertise nos diversos mercados em que atua. Qual o potencial de geração de negócios de uma marca forte? Qual o potencial de geração de novos negócios de um corpo funcional qualificado e motivado? Esses.

• alinhamento com as estratégias organizacionais. capazes de planejar. bem como. aumentando a capacidade de atingimento e maximizando a utilização dos recursos investidos. com os objetivos e metas do negócio e com o modelo de competências da empresa. quando priorizam a informação. criando toda uma rede de fluxos da mesma e delas fazendo um bom uso no processo decisório. tem mais acesso a treinamento e aprendizado. A Universidade Corporativa pode ser implantada por: • Empresas de grande porte ou que possuam múltiplas plantas e que desejam ampliar e padronizar os programas de treinamento. buscando otimizar as estratégias organizacionais.O currículo de uma Universidade Corporativa deve estar perfeitamente alinhado com o planejamento estratégico. participam de uma variedade de experiências de aprendizagem necessárias para melhorar seu desempenho no trabalho e incrementar seu impacto nos negócios. • desenvolvimento de alianças estratégicas com universidades como a INSEAD. médio e pequeno portes que desejam oferecer a seus colaboradores novas oportunidades de desenvolvimento e auto-desenvolvimento. ou seja. Exemplos de Universidade Corporativa: Motorola University • Grupo Accor . a característica de substituição do aumento do balanço patrimonial por aumento de receitas e a terceirização de serviços em virtude da redução dos ativos físicos e possuem funcionários altamente qualificados e com elevados níveis de escolaridade. A universidade corporativa refere-se a um processo e não necessariamente a um local físico. • marketing inovador e técnicas de excelência • Empresa da Era do Conhecimento A empresa da era do conhecimentos direciona para operar com processos integrados associando a especialização funcional com a agilidade.ao invés de um programa caracterizado por atividades isoladas e pontuais. • Utilização de tecnologias para criar um ambiente de aprendizado contínuo. eficiência e qualidade da integração de processos. Características da empresa da era do conhecimento As empresas da Era do Conhecimento são aquelas que substituem seus ativos tangíveis pelos intangíveis. • Consórcio de empresas ou associações de classe. programar e gerenciar lida com muitas informações. a London Business School e a Henley Management College.Academia de Serviços • Universidade Brahma A Internet e as tecnologias de networking e de comunicação têm um papel fundamental na tarefa de democratizar o acesso a programas de treinamento. supervisionar. Características: • Virtualidade dentro das Universidades Corporativas • possibilidade de termos um programa de treinamento contínuo . . Isto é. • Empresas de grande.Continuing Education . é o desenvolvimento e educação de funcionários. onde todos os funcionários selecionados e algumas vezes clientes e fornecedores. são trabalhadores do conhecimento.

a criatividade. Peter Senge apresenta também no seu filme aspectos relacionados à teoria baseada no ser humano. Este filme mostra como desenvolver essa integração disciplinar em todos os níveis da empresa. a habilidade em encarar desafios e adaptar-se continuamente às mudanças. A quinta disciplina é o pensamento sistêmico. afirmando que as pessoas são o principal meio de alavancagem de qualquer processo de mudança. Ele ainda afirma que acrise é quem motiva o aprendizado. .RELATÓRIO DO FILME “A QUINTA DISCIPLINA” PETER SENGE O filme aborda temas relacionados com a gestão dentro do ambiente atual de trabalho. No filme. Peter Senge afirma que as cinco “disciplinas” intitulam-se: Domínio Pessoal. Peter Senge aborda um amplo leque de ferramentas que visam estimular o trabalho em equipe. nessa dinâmica ele afirma que aprender é tão íntimo como pessoal. está no seu desenvolvimento em conjunto e na formulação do “pensamento sistémico” como a disciplina que contém todas as outras. ao mesmo tempo que está contido em cada uma. rompendo com estruturas antigas e fazendo com que os envolvidos se comprometam verdadeiramente com as metas. A novidade de Senge. fazendo ainda uma comparação com o aprendizado organizacional. Aprendizagem em Grupo e Pensamento Sistémico. O autor também a dinâmica “andar de bicicleta” (movimento giroscópio). Visão Compartilhada. a organização do aprendizado na empresa e a habilidade nata (a capacidade inerente a cada colaborador). que integra todos os compartimentos do saber e da prática. Modelos Mentais. Algumas das “disciplinas” encerram métodos e teorias conhecidas de todos nós.

o conhecimento e as competências necessárias para que os objetivos estratégicos sejam alcançados. Elas também percorrem o processo de seleção de parceiros de aprendizagem. As universidades corporativas personificam a filosofia de aprendizagem da organização. rapidamente. entrar em novos mercados globais. . que funcionem com forte estímulo à consolidação da motivação dos seus colaboradores. visto que as universidades tradicionais. das organizações. que será transferido de e para empresas e seus parceiros de aprendizagem. que variam de uma presença local em uma organização ao licenciamento/merchandisind de seu currículo. às crenças e aos valores da organização. as universidades corporativas se transformarão em competidoras diretas da educação formal. conseqüentemente. buscando otimizar as estratégias organizacionais. O surgimento das universidades formadas dentro das empresas teve o mercado e a concorrência como forte impulsionadores. institutos. Se as universidades tradicionais não modificarem suas estruturas. consultores e instituições de educação superior. Devido ao fato de as empresas estarem exigindo para seus funcionários uma educação mais focada e mais alinhada em termos estratégicos. o mundo acadêmico terá de redefinir seus negócios e até mesmo considerar a operação de franquias nas dependências de seus parceiros corporativos. para atender às necessidades de educação continuada e para sustentar a vantagem competitiva. A educação corporativa. motivo pelo qual direta e indiretamente deverão fazer parte do seu currículo as atividades ligadas aos princípios. via universidades. Tem por finalidade o desenvolvimento e a educação de funcionários. que envolvem profissionais de treinamento. clientes e fornecedores. poderão descobrir que é útil abraçar um leque maior de estratégias orientadas para o mercado. com o objetivo de atender às estratégias empresariais de uma organização como meio de alavancar novas oportunidades. visando ao atendimento das empresas na formação de pessoas com uma visão sistêmica dos processos. surgiu e está crescendo. centros ou escolas de diversos tipos e estruturas. criar relacionamentos mais profundos com os clientes e impulsionar a organização para um novo futuro. é o desenvolvimento e educação de funcionários. ou seja. a todos os funcionários. A universidade corporativa se constitui em um fortíssimo pólo de irradiação e consolidação da cultura empresarial. Neste sentido. A parceria entre as IES e as universidades corporativas representa uma oportunidade. cuja meta é oferecer.A EMPRESA É A ESCOLA (UNIVERSIDADE CORPORATIVA) (RELATÓRIO) A universidade corporativa refere-se a um processo e não necessariamente a um local físico. inspirando um aprendizado permanente e um desempenho excepcional dos valores humanos e. As instituições acadêmicas. continuarem a não atender o aluno como cliente e consumidor de conhecimento e não se orientarem para o mercado. onde todos os funcionários selecionados e algumas vezes clientes e fornecedores. verificando que somente especialistas não atendiam às demandas do mercado. participa de uma variedade de experiências de aprendizagem necessárias para melhorar seu desempenho no trabalho e incrementar seu impacto nos negócios. orientadas de modo funcional. formavam especialistas para o mercado de modo não específico. à medida que se sentirem mais confortáveis em seu papel de parceiros empresariais. as universidades tradicionais disponibilizaram cursos de especialização.

em cujo ápice encontra-se o valor de mercado de uma empresa. . patentes. a mensuração de fatores dinâmicos ocultos que alicerçam a empresa cuja parte visível são os produtos. No entanto. presumir que tudo o que se vê e se toca forma a árvore inteira é certamente um erro. Tal inclui a gestão de ativos intelectuais. ou o maior conteúdo dessa árvore. ou seja. capital humano e propriedade intelectual e está relacionado com gestão do conhecimento. pois metade da massa. Capital humano é toda capacidade. banco de dados. mas sim no capital intelectual. Capital Intelectual e Capital intelectual Capital Intelectual é definido como uma abordagem disciplinada para a identificação e emprego produtivo no sentido de criar valor econômico na empresa. e sua ascensão é inevitável . habilidade e experiências individuais das pessoas. Essa analogia nos remete à seguinte análise: tudo o que aparece nos organogramas. 2º Conceituar: Capital Humano. aquilo que fui pelas raízes ocultas da organização. O que torna o capital intelectual de uma empresa forte é o estudo das raízes do valor da mesma. os galhos e as folhas de uma árvore. As organizações bem-sucedidas fazem enormes investimentos em capital humano bem como em tecnologia de informação e esses investimentos são imprescindíveis para a nova criação de valor. conhecimento. 3º Explique o funcionamento do quadro que consta no texto. O quadro em questão aborda que o valor de mercado de uma organização encontra-se alicerçado sob seu capital intelectual que por sua vez é formado pela soma do capital humano (conhecimento. Dessa forma o capital intelectual capta a dinâmica da solidez organizacional e da criação de valor. serviços e edifícios. encontra-se abaixo da superfície.CAPITAL INTELECTUAL: VOCÊ SABE QUANTO VALE SUA EMPRESA? 1º Explique a metáfora mostrada no texto Empresa Saudável x O que não se vê. nos estoques ou qualquer outro ativo fixo e tangível. poder de inovação) e do capital estrutural (sistemas de informação. as marcas registradas e a capacidade organizacional que apóia a produtividade do capital humano). experiência. balanços patrimoniais e outros documentos constitui o tronco. Capital estrutural é a capacidade organizacional e os sistemas físicos utilizados para transmitir e armazenar o conhecimento do Capital humano e do capital do cliente (valor dos relacionamentos de uma empresa com as pessoas com as quais faz negócios). pois o valor delas não reside na estrutura de concreto. nas raízes. E compara a uma empresa tendo em vista o capital intelectual. Em sua essência o texto aborda que o valor real das empresas não pode ser determinado apenas através dos métodos contábeis tradicionais que remontam a era Industrial.

(o capitalismo atual exige uma abordagem mais ágil. rentabilizá-lo e obter retornos. Criação de condições para uma administração participativa e baseada em equipes (as empresas corporativas atualmente exigem uma abordade mais corporativa e integrada nas suas atividades). as organizações estão adotando a perspectiva do conhecimento e investindo fortemente no conhecimento. É uma questão de sobrevivência e de competitividade. 2. 5. do trabalho e da empresa. As organizações estão se transformando rapidamente em organizações de aprendizagem para poderem aplicar adequadamente o conhecimento. Os funcionários que detêm o conhecimento são os principais contribuintes para o sucesso da organização.interno e externo . . Sintonia com o ritmo e natureza das mudanças ambientais. O conhecimento proporcionado pelos funcionários e incrementado pelas empresas constitui a riqueza mais importante das organizações. 7. Necessidade de atender ao usuário . enxuta. Visão voltada para o futuro e para o destino da empresa e das pessoas. (a visão tradicional é modificada devido a valorização do capital intelectual). 2) Comentar cada um dos seis ativos intangíveis relacionados no texto A classificação dos ativos intangíveis: 1. as organizações precisam oferecer um trabalho desafiante que agregue continuamente novas experiências e novos conhecimentos às pessoas. flexibilidade. 8. encantá-lo.CAPITAL INTELECTUAL (IDALBERTO CHIAVENATO) (LISTA DE EXERCÍCIO) 1) Explicar cada um dos ativos intangíveis citados no texto.e. se possível. desenvolvê-los e aplicá-los adequadamente. 11. 2. Organização voltada para processos e não por funções especializadas e isoladas. Para serem bem sucedidas na Era da Informação. Para reter e desenvolver o conhecimento. (o capital intelectual permite que a empresa possua poucos níveis hierárquicos devido à atuação cada vez mais integrada dos colaboradores das empresas). O capital intelectual é composto dos seguintes ativos intangíveis: 1. (a empresa não estar focada apenas em produzir ou prestar o serviço. (é necessário para a empresa criar e manter seu carisma junto a seus clientes) 5. Uma nova visão do homem. 4. (a empresa deve sempre estar focada na atualização e desenvolvimento dos meios de conhecimento disponíveis). visão essa focada para processos). 6. é o capital intelectual e não mais o capital financeiro quem determina o valor de mercado de uma organização. Na verdade. 6. Necessidade de criar valor e de agregar valor as pessoas. 9. Sobretudo. (a empresa deve sempre estar antenada com as modificações e influências que o mercado impõe). reter e motivar seus talentos. (o mundo competitivo globalizado impõe uma nova visão à empresa. flexível e dinâmica que promova a proação dentro de suas competências). 3. (a empresa deve se focar e se estruturara dentro de um planejamento inteligente). de poucos níveis hierárquicos. 4. horizontalizada. busca da inovação e da criatividade.(a inovação e a criatividade são pontos fundamentais para a sobrevivência e a manutenção das atividades das empresas no mundo globalizado). Estrutura plana. 10. As organizações precisam desenvolver estratégias claras de RH para poderem conquistar. ela deve se atentar também no compromisso com a qualidade e com a excelência de serviços). Agilidade. 3. O êxito da organização depende deles. dinamismo e proação. a empresa e ao cliente. compromisso com a qualidade e com a excelência de serviços.

Conceber toda informação em função da linha. E uma forma de assegurar o retorno do investimento é que medidas de retorno(itens de controle) façam parte do processo de avaliação do treinamento. Autogerenciamento da carreira (as pessoas precisam assumir o compromisso de assegurar que possuem as qualificações e competências exigidas tanto na atividade atual como nas futuras). Os períodos de crise enfatizam o papel da instrução. Comunicação e colaboração (com a adoção das equipes. Aprender a aprender(as pessoas devem ter condições de aprender continuamente). Utilizar a formação como prenúncio de um novo esforço estratégico. Transmitir. O volume de técnicas e de conhecimento que se pode transmitir proveitosamente a todo empregado não tem limite (diversificação de técnicas). São as características pessoais essenciais para o desenvolvimento da atividade e que diferenciam o desempenho das pessoas. e algumas vezes clientes e fornecedores participam para melhorar seu desempenho no trabalho e incrementar seu impacto nos negócios. 4º Conceituar competência básica. uma vez que as mudanças ocorrem de forma muito rápida e o ambiente é altamente mutável. 3º Relacionar os elementos básicos na formação de pessoal e conceituar cada um deles. Não descartar a formação no local. bem como a aplicação de treinamentos de qualidade comprovada e adequadas à realidade da organização. Conhecimento de negócios globais. 5º Citar as novas competências exigidas pelas empresas nos novos ambientes de negócio. Conhecimento tecnológico (para usar o equipamento de informação que conecte os membros da equipe ao redor do mundo). onde todos os funcionários. a eficiência da pessoa está cada vez mais atrelada a habilidades de comunicação e colaboração). pela formação. Tratar todas as pessoas como funcionários potenciais de carreira(a formação deve ser pensada em função da prática do encarreiramento). somente com informações precisas e na hora certa é que irão auxiliar de forma positiva os gestores. Investimento de tempo ou dinheiro. 6º Conceituar e apontar a distinção entre educação corporativa e universidade corporativa.TEXTO “GESTÃO DO CONHECIMENTO” (QUESTIONÁRIO) 1º Como lidar com os paradoxos do executivo moderno sem perder a eficiência e a eficácia no mundo dos negócios? Comentar. Reinstruir com regularidade (formação e instrução contínua). 2º Como realizar treinamento empresarial e assegurar o retorno do investimento na preparação pessoal? Primeiramente. Intensa formação. desenvolvimento de liderança. . instrução centrada nas capacidades que melhor definem a singularidade do negócio da empresa. solucionar problemas e sugerir melhorias). A educação corporativa refere-se a um processo e não necessariamente a um local. Raciocínio criativo e resolução de problemas (os funcionários precisam pensar criativamente. a filosofia e os valores da empresa(os melhores programas de formação são aqueles que conseguem aproximar-se dos valores e filosofia da organização). o que ocorre é a mudança da mentalidade por parte dos participantes do treinamento que não aceitam mais passivamente participar de cursos e programas de treinamento que não lhes assegure um certo crescimento profissional e melhores condições de atuar dentro da empresa. A resposta para esta indagação está na busca de um maior número possível de informações que venham subsidiar a tomada de decisão dos gestores.

O segredo não mais está em deter o conhecimento nas mãos de poucos.O conhecimento estimula a inovação. Conhecimento pois permite uma visão sistêmica que agrupa colaboradores segundo suas habilidades e competências necessárias para a realizacão da atividade ou do processo. 10º Porque se diz que o ensino á distância está conquistando espaço no ambiente corporativo? Por conta da disseminação do uso da Internet e das Intranets e a evolução tecnológica dos sistemas de informação(p. compartilhamento e utilização do conhecimento dentro da empresa. integração. . 8º Qual o objetivo da Gestão Conhecimento? É a criação. 9º explicar a afirmativa: “O conhecimento não ocupa espaço e é infinito”. advento e consolidação da economia do conhecimento. o novo foco da capacidade de empregabilidade/ocupacionalidade para a vida toda em lugar do emprego para a vida toda e uma mudança no mercado da educação global. fazendo com que a empresa possua um acervo infinito de conhecimento com o intuito de atender as necessidades dos clientes. a redução do prazo de validade do conhecimento. mas divulgá-lo em toda a organização. enxuta e flexível. Essas atividades se organizam de forma a satisfazer as necessidades dos clientes. sem que com isso reflita em aumento de pessoal. ex.: videoconferências) que permite custos menores. sem que os funcionários saiam da empresa ou de suas casas.7º Quais os motivos da transformação das empresas em organizações educadoras e da grande preocupação com o desenvolvimento da educação corporativa? Os motivos são: a emergência da organização não hierárquica.

quando priorizam a informação. As empresas precisam distribuir e não reter o conhecimento. criando toda uma rede de fluxos da mesma e delas fazendo um bom uso no processo decisório. processos. tem mais acesso a treinamento e aprendizado. O conhecimento explícito é aquele embutido em produtos. abertura econômica. serviços e ferramentas ou registro em documento. aplicá-lo e lucrar com ele. ênfase em serviços adicionais. integração. com surgimento de novas formas de trabalho. Nessa Era surge a economia do conhecimento. tecnologia organizacional.é um período de rápidas mudanças. O conceito de gestão de conhecimento refere-se à criação. o capital e trabalho. na Era da Informação. parcerias. passa a ser uma vantagem competitiva para as organizações e suas principais fones de riqueza passam a ser o conhecimento e a Informação que passam a superar em importância relativa a terra. capazes de planejar.de 1989 até os dias atuais . podendo ser explícito em palavras e . recuperação. disseminá-lo. As empresas da Era do Conhecimento são aquelas que substituem seus ativos tangíveis pelos intangíveis. O conhecimento pode ser classificado em tácito e explícito. a tendência da administração do conhecimento é procurar orientar a empresa inteira para produzir o conhecimento. experiência aplicada. a característica de substituição do aumento do balanço patrimonial por aumento de receitas e a terceirização de serviços em virtude da redução dos ativos físicos e possuem funcionários altamente qualificados e com elevados níveis de escolaridade. bem como. combiná-lo. ênfase no conhecimento e orientação para o aprendizado organizacional. lida com muitas informações. compartilhamento e utilização do conhecimento e utilização do conhecimento dentro da empresa. pois cada pessoa precisa agregar valor aos processos e produtos da empresa. programar e gerenciar. Isto é. uma informação contextualizada com a experiência aplicada. onde a ênfase no conhecimento. aproveitá-lo. relacionamento com clientes e habilidades profissionais que profissionais que proporcionem à empresa de criar continuamente e proporcionar valor de qualidade superior. O capital intelectual representa a posse conhecimento. acelerado desenvolvimento tecnológico. são trabalhadores do conhecimento. O conhecimento é a capacidade de aplicar informação a um trabalho ou a um resultado específico.BALANÇO DE IDÉIAS (QUESTIONÁRIO) Explicar cada um dos itens relacionados 1-modelo rígido de empresa tangível 2-capital intelectual 3-microsoft e intel 4-diretor de capital intelectual 5-demonstrações contábeis vazias de significados 6-ativos intangíveis 7-diferença entre valor de mercado e valor contábil 8-novas leis 9-capital intelectual nas ong’s 10-idéia principal do texto (RESPOSTAS) Para que haja o entendimento da gestão do conhecimento faz-se necessário a contextualização do atual estágio de nossa sociedade. Era da Informação . supervisionar.

A sua transmissão pode ocorrer de uma pessoa para outra de duas maneiras: através da informação – ocorre de maneira indireta. através do aprendizado pela prática e dessa forma deve ser utilizada para transferir conhecimento. Portanto. tornando-o visível para toda a organização. é composto pelos conhecimentos adquidiridos. via palestras e apresentações audiovisuais. crenças e valores. o papel da Gestão do Conhecimento tenta converter o conhecimento tácito em explícito. abrange as habilidades desenvolvidas por meio de know-how adquirido mais as percepções.e através da tradição – onde é transferido pela forma direta. . de modo que eles sempre devem estar antenados com as reais dimensões do capital disponível dentro da empresa para que possa se assegurar da real densidade de conhecimento. de pessoa para pessoa. Já o conhecimento tácito é o conhecimento incorporado nas pessoas. moldando a forma como se percebe e se lida com o mundo. mas é cada vez mais importante para o sucesso de uma empresa a sua devida valorização. A idéia principal do texto nos mostra que a contabilidade não registra o capital intelectual.números e compartilhado sob forma de dados brutos ou princípios universais. O diretor de capital intelectual é responsável pela gestão organizada e sistematizada dos ativos intangíveis.

estruturas organizacionais flexíveis.TEXTO "O VALOR DO QUE NÃO SE VÊ" (ELABORAÇÃO DE QUESTIONÁRIO E RESPOSTAS) 1º Quais as principais mudanças organizacionais ocorridas nos últimos anos? Diante das várias mudanças ocorridas podemos citar a redução dos níveis hierárquicos pela horizontalização das estruturas. prática e tarefa. . da complexidade. entende conflito como sendo uma idéia diferente. 10º Cite algumas características do mundo contemporâneo.. isolamento físico. novas relações com fornecedores e concorrentes. usa o tempo em ações. orientação para um mercado global. sua capacidade de criar resultados que desejam. Esse tipo de organização usa o raciocínio sistêmico. elevado nível de exigência dos clientes. economia sem fronteiras. crescente utilização de equipes multifuncionais com alto grau de economia. mudanças velozes. 7º Quais as competências requeridas dos gestores atuais? As competências são: a gestão da competitividade. parcerias. 3º caracterize a organização de aprendizado. 8º Quais as características das pessoas com uma "mentalidade global"? Essas pessoas são aquelas que investem na imagem mais ampla. vêem a mudança como uma oportunidade. dão valor à diversidade e no trabalho em equipes multiculturais. reflexões. alianças organizacionais. relevância da ética. parcerias. cobrindo aspectos técnicos e do negócio. responsabilidade social. são aquelas nas quais as pessoas ampliam. competição em mercado globalizado. buscam continuamente estar abertas a si mesmas e aos demais. vê nos erros cometidos oportunidades de crescimento. crescente exigência dos consumidores. 5º O que é competência? É uma capacidade específica de executar a ação em um nível de habilidade que seja suficiente para alcançar o efeito desejado. Características: acelerado desenvolvimento tecnológico. aproximação tecnológica. Alta competitividade. orientação para o aprendizado organizacional. flexibilidade – adaptabilidade necessária para lidar com as mudanças rápidas no ambiente. 6º Como a competência é desenvolvida? Através do fluxo constante entre a mentalidade. impacto significativo da T.I. 9º Quais as características pessoais pertinentes dos gestores do mundo moderno? São o conhecimento amplo e profundo. gestão de equipes. velocidade e quantidade de informações. alta complexidade. Mudanças nas empresas: novas formas de trabalho. sensibilidade – é necessária para lidar com as diferenças individuais presentes nas equipes. 4º Cite as características do mundo contemporâneo no ambiente de negócios e as conseqüentes mudanças nas empresas. globalização. alianças. interdependência dos fenômenos. reflexão – oferece a perspectiva necessária para lidar com as exigências de um aprendizado contínuo. julgamento – está associado à qualidade de lidar com a incerteza presente nas decisões gerenciais. incertezas. estruturas em rede. nas quais a aspiração coletiva é libertada e nas quais as pessoas aprendem. permanentemente. da incerteza e do aprendizado. ações. conceituação – capacidade conceitual necessária para lidar com a complexidade das organizações atuais. a aprender em grupo. continuamente. adaptabilidade. crescente consciência política dos empregados. 2º Conceitue organização de aprendizado.

GESTÃO DO CONHECIMENTO E UNIVERSIDADE CORPORATIVA (RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO) 1) 2) 3) 4) 5) 6) 7) A Universidade Corporativa centraliza as soluções de aprendizado para cada "família" de cargos e funções dentro da organização (tracks). Elas também percorrem o processo de seleção de parceiros de aprendizagem. seja para atrair e reter talentos.CAPITAL INTELECTUAL. surgiu e está crescendo. seja para atender à gestão do seu capital intelectual. ou seja. longe de caracterizar um rótulo. o conhecimento e as competências necessárias para que os objetivos estratégicos sejam alcançados. o mundo acadêmico terá de redefinir seus negócios e até mesmo considerar a operação de franquias nas dependências de seus parceiros corporativos. Devido ao fato deles serem os grandes responsáveis das empresas estarem exigindo para seus funcionários uma educação mais focada e mais alinhada em termos estratégicos. uma forte evolução qualitativa da tradicional área de treinamento e desenvolvimento a qual. procurando suprir as deficiências e o timing de correção do sistema educacional tradicional. clientes e fornecedores. que reagir quebrando paradigmas tradicionais e trazendo para si a responsabilidade da coordenação do aprendizado e da educação de seus Seres Humanos. Por isto. ou muito menos um modismo. . institutos. que funcionem com forte estímulo à consolidação da motivação dos seus colaboradores. via universidades. rapidamente. inspirando um aprendizado permanente e um desempenho excepcional dos valores humanos e. motivo pelo qual direta e indiretamente deverão fazer parte do seu currículo as atividades ligadas aos princípios. é o desenvolvimento e educação de funcionários. a todos os funcionários. que envolvem profissionais de treinamento. às crenças e aos valores da organização. reduzindo custos pela escala de contratação. A universidade corporativa refere-se a um processo e não necessariamente a um local físico.O Os colaboradores de uma organização se sentem mais estimulados e motivados a dividir entre si o know-how adquirido criando a rede interna de conhecimento com ênfase na comunicação permanente das best practices. das organizações. onde todos os funcionários selecionados e algumas vezes clientes e fornecedores. emerge com força total esse novo conceito (pelo menos para nós brasileiros) da Universidade Corporativa (UC). A universidade corporativa se constitui em um fortíssimo pólo de irradiação e consolidação da cultura empresarial. centros ou escolas de diversos tipos e estruturas. buscando otimizar as estratégias organizacionais. consultores e instituições de educação superior. utilizando o treinamento como instrumento de massa crítica. uma embalagem redesenhada. (ver quadro no texto seguinte). cuja meta é oferecer. obrigatoriamente. A educação corporativa. virá representar um poderoso instrumento viabilizador de uma base humana que sustente o desenvolvimento estratégico das empresas. para atender às necessidades de educação continuada e para sustentar a vantagem competitiva. Tem por finalidade o desenvolvimento e a educação de funcionários. definindo padrões comuns para atuação dos consultores externos etc. participa de uma variedade de experiências de aprendizagem necessárias para melhorar seu desempenho no trabalho e incrementar seu impacto nos negócios. A tentativa de convergência destas idéias nos leva à conclusão de que as empresas terão. As universidades corporativas personificam a filosofia de aprendizagem da organização. conseqüentemente.

visto que as universidades tradicionais. verificando que somente especialistas não atendiam às demandas do mercado. formavam especialistas para o mercado de modo não específico. 9) Departamento da EMpresa Missão Educar pessoas Universidade COrporativa Melhorar a organização através do aprendizado contínuo e aplicado Objetivos Cumprir orçamentos Aplicar aprendizado na realidade da empresa.8) com o objetivo de atender às estratégias empresariais de uma organização como meio de alavancar novas oportunidades. sob o qual estão concentradas todas as iniciativas de desenvolvimento das competências individuais que darão suporte ao desenvolvimento/sustentação da competência empresarial favorecendo dessa forma todo o desenvolvimento de uma otimização da gestão do conhecimento . O surgimento das universidades formadas dentro das empresas teve o mercado e a concorrência como forte impulsionadores. melhorando continuamente sua performance Centro de custos Centro de lucros Burocrático Competitivo Sem vinculação com a cultura Melhorando a cultura Estratégias Concentrada na sala de aula Aberta para o mundo Visão endógena Visão exógena Visitas Entrevistas Benchmarking Não há exigência de aplicação Busca aplicação em projetos Não há vinculação com a avaliação de Serve como indicador de desempenho desenvolvimento de carreira Responsabilidade da empresa Responsabilidade conjunta entre colaborador e empresa Avalia os professores Avalia a aplicação Consultores externos Consultores internos e externos Tecnologia tradicional Tecnologias avançadas 10) Universidade Corporativa é um grande guarda-chuva estratégico. criar relacionamentos mais profundos com os clientes e impulsionar a organização para um novo futuro. orientadas de modo funcional. entrar em novos mercados globais. as universidades tradicionais disponibilizaram cursos de especialização. Neste sentido. visando ao atendimento das empresas na formação de pessoas com uma visão sistêmica dos processos.