You are on page 1of 14

UDC – Faculdades Dinâmica das Cataratas

Virtualização

Cleber da Paixão Rojas cleberprojas@gmail.com

Resumo. Este estudo tem por objetivo definir o conceito de virtualização, que em geral é confuso a muitas pessoas, explicar como funciona, qual a sua estrutura e quais as formas de existentes e como esta infraestrutura evoluiu com o avanço tecnológico que se sucedeu nas últimas décadas, chegando à consolidação e contingenciamento de servidores, a virtualização é considerada hoje a melhor solução para estes ambientes. Este estudo identifica porque esta tecnologia está sendo tão rapidamente difundida, como surgiu, qual o seu conceito, como funciona e quais as vantagens que ela proporciona.

PALAVRAS-CHAVE: XEN, VMWare, VMM, Hypervisor, Datacenter

1

com o tempo novas soluções foram surgindo com o XEN e o VirtualBox. dando o suporte necessário aos requisitos que os diretores de TI procuravam. até que em 1946 surgem os primeiros mainframes. Introdução Desde o surgimento dos computadores e por consequência da computação. grandes datacenter’s se formaram para suprir as necessidades das organizações. com o crescimento da área de processamento de dados nas organização os diretores de TI tiveram que começar a adotar medidas de contigênciamento e consolidação dos servidores. 2 . energia elétrica e do espaço.1. sempre houve uma grande preocupação com duas coisas. a virtualização ganhou força no início da década quando grandes corporações deram-se conta de que a TI ocupava uma grande fatia tanto dos custos operacionais quanto do espaço físico disponível. nos primórdios da informática. espaço físico e gastos com energia elétrica. que posteriormente em 1967 seriam o berço da técnica conhecida com virtualização. Apesar de ter tanto tempo de vida. os computadores ficaram menores e melhores. com o passar dos anos a tecnologia se desenvolveu. uma única estrutura de hardware físico ocupava o espaço equivalente a todo um andar de um prédio. visando a redução dos custos com manutenção. a VMWare foi uma das primeiras a apresentar um solução de software que implementava a virtualização de forma simplificada. A virtualização foi a tecnologia que supriu a necessidade dessas organizações.

3 . fazendo a tecnologia evoluir. desde então a tecnologia vem se aperfeiçoando e com o tempo outras empresas começaram a desenvolver suas próprias máquinas virtuais. segundo umas das maiores empresas do ramo a VMWARE (2008). Como cada máquina virtual possui diferentes S. saindo dos mainframes e chegando à outras plataformas de hardware. seja possível a instalação de vários sistemas operacionais (S. a virtualização faz com que em um único conjunto de hardware. que compartilham os recursos desse computador entre os vários ambientes. Ao contrario do que se pode pensar a virtualização não é uma tecnologia nova.2.O’s é possível instalar e usar diferentes e inúmeros aplicativos no mesmo computador físico. passados 4 anos e depois de um 2009 com crise para a maioria das organizações do mundo a Gartner divulgou uma pesquisa conduzida pelo Gartner Executive Program com os CIO’s do mundo que aponta a virtualização no topo da lista de prioridades de investimentos em tecnologia para o ano de 2010. A virtualização ganhou notório destaque nos últimos anos. segundo a Forrester Research em 2006 40% das empresas americanas já faziam uso da tecnologia de virtualização em suas atividades que envolviam TI. é um recurso que continua crescendo dia após dia. reduzindo assim o número de máquinas físicas em uma organização.O). ela foi desenvolvida pela IBM em 1967 com o intuito de particionar as unidades lógicas e aproveitar melhor os recursos dos mainframes. Conceito A principal características da virtualização é a escalabilidade e elasticidade que a tecnologia proporciona.

virtualização Total. Técnicas de Virtualização A virtualização que é usada atualmente é baseada em conceito chamado de máquina virtual (VM . Uma máquina virtual é criada usando um monitor de máquina virtual (VMM – Virtual Machine Monitor) que também é conhecido como hypervisor. executados sobre uma VM a cópia exata do hardware existente na máquina física (figura 1). vantagens e desvantagens que serão abordadas a seguir . segundo Laureano (2008) torna-se desnecessário para o sistema convidado sofrer qualquer tipo de alteração em seu Figura 1. segundo a IBM(2008) pode ser definida como uma abstração de software que replica com perfeição o hardware subjacente. 3.1.virtual machine ). O hypervisor é responsável por criar e gerenciar uma ou mais máquinas virtuais em uma plataforma de hardware físico.(LAUREANO. cada uma delas possuem características. Fonte (Roloff 2009) 4 . assim sendo.3. Virtualização Total De acordo com a VMWare(2007). 2008) As técnicas de virtualização mais usadas atualmente são a paravirtualização e a virtualização total. o sistema não sabe que está rodando em uma VM. funcionamento. a virtualização total é uma técnica que oferece aos sistemas convidados (guest ).

A principal vantagem da virtualização total está no fato de que as aplicações que serão executadas em cima de uma VM criada sob a técnica de virtualização total não precisaram sofrer modificações em sua estrutura para que funcionem corretamente. é o fato de quê o sistema convidado é modificado para que reconheça a existência de uma máquina virtual. com a paravirtualização o sistema convidado consegue acessar os recursos de hardware diretamente. a principal diferença entre a paravirtualização e a virtualização total. Paravirtualização. endereços de memória e disco .2. pg 3). porém o VMM monitora esses acessos e define quais os recursos estão disponíveis (figura 2). como o sistema operacional não sabe que está sendo executado em um ambiente virtual. e interpreta as requisições do sistema operacional convidado para o hardware. isso ocorre. 2009) 5 . segundo Mattos (2008) porque. Figura 2. (LAUREANO. Em contrapartida a virtualização total sofre de um problema de baixo desempenho. esse processo de tradução acarreta a perda de performance. Fonte (Roloff. Paravirtualização É outra técnica. como por exemplo. 2008. 3. então o VMM intervém nessa ação. ele tenta acessar recursos de hardware diretamente.

o processador possui um conjunto de instruções específico que é responsável por tonar mais transparente a troca de informações entre a VMM e o processador. se comparada com a virtualização total.A paravirtualização tem a vantagem de ter um melhor desempenho. isso ocasiona uma queda na portabilidade da aplicação (LAUREANO. que a performance melhore na virtualização total. 2008). aumentando significativamente o ganho de desempenho. segundo Torres e Lima (2005) um processador que esteja nativamente preparado para a virtualização permite que ele opere como se fosse várias unidades de processamento trabalhando em paralelo e executando vários sistemas operacionais.3. utilizando conceitos como o trap-and-emulate . A principal desvantagem da paravirtualização é que. isso porque existem processadores como o Intel IVT e o AMD-V que dão suporte nativamente a instruções de virtualização. fazendo com que a escolha entre a utilização de umas das técnicas seja apenas uma questão de infra-estrura de 4. o hardware é outro fator que influencia na escolha. deve-se. Hardware Para que se atinja o máximo de performance ao se usar a tecnologia de virtualização. 3. é importante salientar que com o passar do tempo cada umas das técnicas evoluiu de forma diferente. isso ocorre porque o VMM não precisa testar cada instrução que o sistema convidado executa (MATTOS. faz com consideravelmente hardware. ambas as técnicas possuem vantagens e desvantagens. o hypervisor é um camada de software que pode mudar dependendo de cada fabricante (como o VMWare e a XEN). aceleração de memória e operações de entrada e saída. Paravirtualização x Virtualização Total Como observado. deve-se também utilizar-se de um hardware específico. 6 . que dê suporte a virtualização. mais precisamente um processador. 2007). como o sistema operacional deve ser modificado para reconhecer a existência da máquina virtual. além de escolher a técnica que melhor se adapte ao SO a ser virtualizado.

Os processadores da AMD-V são baseados em arquitetura definida pela AMD(2009). testadores de software e profissionais de TI a fim de simplificar o desenvolvimento. já dispõe de uma família de processadores voltados para a virtualização. A VMWare é uma empresa americana. pausar ou alternar entre os diversos SO’s que a VMM administra e são executados sempre que houver comunicação( I/O) entre a VMM e o hardware. essa porém com foco nos servidores. que é responsável por prover um linha direta de comunicação entre a CPU a memória. esses novos comandos são responsáveis por iniciar. o Workstation é uma VM bastante popular para desktops. como “Conexão Direta”. fundada em 1998 que oferece diversos produtos ligados a virtualização. VMWare(2009) “O ESXi Server particiona um servidor físico em várias máquinas virtuais seguras e 7 . parte da responsabilidade disso foi a simplificação que os softwares de virtualização trouxeram para o processo. a AMD promete aumentar a escalabilidade da plataforma e a velocidade na taxa de transferência. A Intel batizou sua tecnologia de Intel® VT. VMWare trás ainda outra proposta de VM. a AMD entregou para o mercado a família de processadores Opteron™. utiliza a tecnologia que consiste em prover para a VMM uma série de novas instruções. A Intel VT(2005). dispositivos de I/O ( Input & output) e até mesmo outra CPU. dentre dos que se destacaram nesse setor. conhecida como ESXi Server. VMWare (2010) Workstation é indicado à desenvolvedores. com a tecnologia chamada de AMD-V. Softwares A virtualização cresceu de forma exponencial durante os últimos anos. a Intel e a AMD.Atualmente as duas maiores fabricantes de processadores do mundo. pode se citar o VMWare e XEN. conhecidas como Virtual Machine Extensions (VMX). teste e a implantação de software em suas empresas. aliado ao HyperTransport™. 5.

portáteis que podem ser executadas lado a lado no mesmo servidor físico ”. x86-64. é um software open source que surgiu na Universidade de Cambridge sob o comando de Ian Pratt. pode se fazer o download no site da VMWare da versão para teste por 30 dias. General Public License (GPL2). as versões da Citrix encontram-se para download no site da empresa. essas versões são respectivamente o XenDesktop e o XenServer. porém a comunidade de software livre mantém uma versão open source conhecida como Xen Hypervisor. pois o XEN se utiliza da paravirtualização. mantendo com a comunidade uma segunda versão open source (XenBR. Benefícios 8 . IA64 e PowerPC. que em 2003 colocou uma versão empresarial no mercado. Ambos os produtos Workstation e ESXi Server são máquinas virtuais. é uma alternativa a virtualização total do VMWare. o ESXi Server é uma solução gratuita e por tempo indeterminado de uso. O Workstation é um produto pago. 2010). IA-32. XenBR (2009) é uma plataforma de virtualização para arquiteturas x86. Outra VM que pode ser encontrada no mercado é XEN. enquanto que o Xen Hypervisor pode ser encontrado na página oficial do grupo XEN. após isso é necessário comprar uma licença. mais tarde em 2007 foi adquirido pela Citrix System Inc. Assim como o VMWare a o XEN possui versões que servem para satisfazer usuários de desktops e corporações que usam servidores. 6. que é mantida sob a licença GNU. a diferença ocorre no uso de cada um deles. também pode ser adquirida no site da VMWare. ambas as ferramentas da VMWare são exemplos de virtualização total. ambas são soluções mantidas pela Citrix e são pagas.

2010). armazenamento. Desafios 9 . traçar planos de ação e metas de redução de custo realistas. 7. Segundo Coutinho (2010) tecnologias como a virtualização otimizam os recursos energéticos imediatamente.A virtualização trás diversos benefícios para empresas que querem implantar métodos de contingenciamento e consolidação dos seus servidores. gastos com hardware. etc. sem a necessidade de se aguardar o temido retorno do investimento (ROI). deve se considerar que mesmo que o número de servidores físicos diminuam. Para Castaldi (2010) “a tecnologia muda muitos processos e melhores práticas. por conta das ferramentas de virtualização e do alto número de máquinas virtuais”. deve se realizar um estudo da atual estrutura da organização. Wolf (2009) diz que “o total de objetos a serem gerenciados pode crescer. ainda assim haverá um numero elevado de máquinas virtuais. como a redução de custos com energia elétrica. Muda a forma como você usa hardware. espaço interno. redes. “ Nós costumávamos manter 40 equipamentos. Agora temos 12 racks e o plano é consolidar para apenas 4 ” (GONZALES. A maioria das coisas muda para a melhor” Através da Virtualização é possível diminuir drasticamente o número de servidores físicos em uma empresa. segundo o gerente deTI do banco norte americano Credit Union of Colorado declarou para o site Computerworld (2010) que a virtualização trouxe ganhos imediatos para a empresa. Mas para que os benefícios adquiridos sejam tangíveis e satisfatórios.

segurança ou profissionais realmente preparados. e publicado pelo site Computerworld (2010). Um estudo realizado pela Forrester Consulting em 2010. robustez e soluções de armazenamento de dados (ANDRADE. Conclusão 10 . a virtualização consegue de forma inteligente melhorar a forma com que os serviços de TI se comportam dentro da empresa. Apesar de ainda existirem alguns desafios a serem superados. devido a compra de equipamentos com alto poder de processamento. seja no sentido de gerenciamento de ferramentas. OKANO. 2008). como novas superfícies de ataques e novos riscos de indisponibilidade. dando mais agilidade e flexibilidade para que a continuidade dos negócios da empresa seja prejudicada. de acordo com Corman (2009) pessoas e processos freqüentemente não estão prontos para a virtualização e para os riscos de segurança que ela traz. A segurança é um dos itens de maior importância na virtualização.A proposta de virtualizar os diversos ambientes de software é muito tentadora para a maioria das empresas. principalmente devido a queda nos custos com TI. aponta que “esse tipo de tecnologia aumenta o grau de complexidades que ameaçam a estabilidade dos serviços” Outro desafio de se implantar virtualização nos servidores é o alto custo inicial. tornando-se um aliada dos gestores de TI. Consolidar todas as aplicações em um único servidor faz com que a empresa tenha um ponto único de falha. porém essa prática não está imune a problemas e dificuldades. 8.

além de exigir a adoção de uma série de novas medidas de segurança e de capacitação profissional mais específica. tudo isso somado ao principal fator motivador das empresas. saber escolher qual o software hypervisor que melhor atende as necessidades do hardware que empresa possui. o crescimento no negócio aliado a redução de custos.Pôde se perceber que para implantar um ambiente virtualizado deve se considerar diversos fatores. pois permite a consolidação dos servidores. aproveitando assim melhor os recursos computacionais disponíveis. para tornar a infraestrutura mais segura e eficaz. como o tipo de recurso que será virtualizado e os tipos de serviços que serão movidos para um sistema operacional virtual. Conclui-se que a disseminação em larga escala da virtualização é justificada pelas vantagens que a mesma apresenta. 11 . principalmente quando aplicada nos grandes centros de processamento de dados. além de facilitar a implantação de um plano de contingência com alta disponibilidade dos serviços.

Disponivel em: <http://computerworld. orçamento de TI deve voltar aos níveis de 2005. indica pesquisa.uol. Computerworld.com.uol. Nathan. Reestruturação do data center: empresas colhem benefícios. Em 2010.Referências Bibliográficas AMD. Disponível em: http://idgnow.com/br-pt/Processors/ProductInformation / 0. rode vários sistemas operacionais na mesma máquina.uol.com. Virtualização. Disponível em: <http://idgnow.amd.br/computacao_corporativa / 2006/08/01/idgnoticia. IDG Now!..com.html> acessado em 10 de Junho de 2010. Acessado em 29 de maio de 2010. IDG Now!. Disponível em:<http://cio.2006-07-31.uol.br/gestao/2010/04/05/osbeneficios-da-reestrutura-dos-data-centers/>.com. Disponível em: <http://cio.30_118_8796_14287.br/tecnologia/2010/03/23/ virtualizacao-traz-beneficios-e-desafios-indica-pesquisa /> acessado em 15 de Maio de 2010. Informações da tecnologia AMD Virtualization™ (AMD-V™).7918579158>. Computerworld : Virtualização traz benefícios e desafios. Coutinho.com.uol. disponivel em:<http://www. Eficiência energética: tesouro escondido nos departamentos de TI.br/opiniao/2010 / 05/25/eficiencia-energetica-tesouro-escondido-nos-departamentos-deti/paginador/pagina_2 > Acessado em 01 de junho de 2010.00.br/mercado/2010/01/20/em-201012 . Acessado em 20 de maio de 2010.

Disponível em:<http:// cassianoroloff.html Acessado em 01 de junho de 2010. Marcos.uol. Mitos e verdades sobre a virtualização . Diogo M. VMware. Network World. Marcelo Tsuguio.com/xen> acessado em 05 de abril 2010 VMWARE. Como Funciona a Tecnologia de Virtualização da Intel.br/cneg /documentos/anais_cneg4/T7_0014_0102. ANDRADE.com.5. Gabriel.ufrj.orcamento-de-ti-deve-voltar-aos-niveis-de-2005/ acessado em 20 de maio 2010.livrariacultura. Advanced POWER Virtualization. 462 p.com. Técnicas e Aplicações. 2008. OKANO. br/artigos/1144> Acessado em 10 de junho de 2010 ROLOFF. F.pdf> acessado em 25 de maio de 2010 MATTOS.phtml> Acessado em 29 de maio de 2010.com/br/systems/p/advantages/virtualization/ timeline/index. Disponível em: <http://www. Histórico da virtualização na IBM.br/computacao_corporativa/2009/07/29/mitos-everdades-sobre-a-virtualizacao/> acessado em 30 de maio de 2010. LIMA.uff. Virtualização total e para-virtualização .com.br/grad/08_1/virtual/Virtualizaototalepara-virtualizao. Cássio.clubedohardware. Laureano.googlepages. Disponível em: <http://www. Disponivel em: http://www. Disponivel em< http://www. Cassiano. Máquinas Virtuais e Emuladores Conceitos.gta. Disponivel em <http://www.pdf> Acesso em: 29 mail. Disponivel em <http://idgnow. IBM.ibm. Fernanda Favero de.latec.br/imagem/ capitulo/1444487. Manual VMware Infrastructure 3: Install and Configure – Student Manual VMware ESX Server 3. O Impacto da Virtualização nas Empresas. 13 . 2010 TORRES. Introdução à Virtualização.5 and VirtualCenter 2.

Understanding Full Virtualization.com/files/pdf/ VMware_paravirtualization.vmware. Xen.html> Acessado em 20 de maio de 2010 14 . Xen Hypervisor .Leading Open Source Hypervisor for Servers.pdf> acessado em 13 de junho de 2010.org/products/xenhyp.com/files/pdf/VMware-Workstation-7-DS-EN.vmware. and Hardware Assist. Paravirtualization. Disponível em: <http://www. The Gold Standard in Desktop Virtualization. Disponível em: http://www.pdf acessado em 13 de Junho de 2010 White Paper VMWare. Disponivel em <http://www.VMWARE. Workstation 7.xen.