You are on page 1of 9

RESUMO

O presente trabalho dissertativo se constitui num exercício acadêmico que tem como objetivo a pesquisa sobre o Sistema de Transportes Público de Passageiros das zonas norte e leste da cidade de Manaus,mais especificamente no que se refere a questão das zonas norte e leste linha de ônibus 640 voltados para a circulação do modal ônibus, cuja análise inicia a partir da perspectiva das Políticas de transportes coletivo urbano. A crise urbana, desordenada desde o crescimento da cidade de Manaus,em particular nas zonas norte e leste, causada por três principais fenômenos complementares, o crescimento demográfico devido o aumento da migração inter-regional, o primeiro associado ao êxodo rural a falta de apoio de políticas agrárias ao homem do campo,o segundo originado da ausência de políticas de saúde com relação ao controle de natalidade para com famílias de baixa renda,e finalmente o terceiro a falta de um investimento na infraestrutura do transporte coletivo o qual será de sumo importância pois a cidade será uma das sedes da copa do mundo em 2014.A relação de consumo do espaço de circulação entre um modal e outro, a queda na demanda do sistema coletivo e a tendência para o aumento do transporte particular e as conseqüente causas da poluição do ar e sonora, pela degradação do espaço construído, pelos acidentes de trânsito, são considerados aqui como desafios a serem superados por prática e ações de gestão urbana através de intervenções no meio físico viário que visem mitigar impactos ambientais. A adoção de instrumentos de planejamento pela política municipal e empresas privadas que devem intermediar padrões de equidade, mobilidade e acessibilidade na produção do espaço urbano passam aqui, a serem avaliados como elementos de uma política ambiental na medida em que contribui, entre outros, para criar as condições de um programa maior de DESENVOLVIMENTO SUSTENTÃVEL.

Transporte público ou transporte coletivo designa um meio de transporte no qual os passageiros não são proprietários deles, e são servidos por terceiros. Os serviços de transporte público podem ser fornecidos tanto por empresas públicas como privadas.

Transporte público urbano

independentemente de quanto lugares ocupados nos carros. Não seria aceito ouro como pagamento. . Os transportes públicos numa cidade providenciam o deslocamento de pessoas de um ponto a outro na área dessa cidade. porém. As saídas obedeceriam horários regulares. em países como Portugal e Brasil. é. a fim de evitar atrasos. na também francesa Nantes é que o conceito de transporte público seria retomado. o serviço deveria cumprir os seguintes critérios:      Os carros iriam seguir o mesmo trajeto de um ponto a outro. com a criação do ônibus por Stanislas Baudry. em 1826. e ainda seguindo os mesmos critérios definidos por Pascal. Naquele mesmo ano. com uma licença do rei Luis XIV para explorar cinco rotas com carruagens. até que ele ser extinto.Um bonde da companhia de transporte público de Toronto. mesmo sem passageiros. que a propósito ainda hoje estão presentes no transporte público moderno. O seu fornecimento adequado. além de permitir o deslocamento de pessoas que. a tarifa de cinco centavos permitiria cruzar apenas para mais um setor. restrições do Parlamento para que fosse usado apenas por pessoas "de condições" e o aumento da tarifa para seis centavos gradualmente foram tirando a popularidade do negócio. Blaise Pascal definiu os primeiros conceitos que iriam nortear o serviço de transporte público coletivo. precisam percorrer longas distâncias para o local de trabalho [editar] História Em 1662. A rota ao redor de Paris seria dividida em cinco setores. geralmente. O transporte público urbano é parte essencial de uma cidade. Na sua empreitada. Apenas 150 anos depois. a companhias particulares. Além disso. às vezes acompanhadas de subsídios. em 1677[1]. O serviço perdurou por quinze anos após a morte de Pascal. uma vez que menos carros são utilizados para a locomoção de pessoas. não possuindo meios de adquirir um carro. deveria ser paga uma nova tarifa. cada ocupante iria pagar apenas por seu lugar. A grande maioria das áreas urbanas de médio e grande porte possuem algum tipo de transporte público urbano. Diminui a poluição. Canadá. embora o município possa conceder licenças. de responsabilidade municipal.

ganhando sofisticação tecnológica e conquistando seu espaço próprio no mundo dos transportes. Fila de ônibus escolares em Belo Horizonte para servir uma escola municipal. com uma carroceria adaptada para o transporte de passageiros. Inicialmente. O metrô de Londres era uma adaptação urbana da já conhecida ferrovia. Posteriormente. para explorar o serviço de transporte coletivo na capital francesa. Porém. substituindo a tração animal por eletricidade. o metrô alcançava inédita eficiência em velocidade e volume de passageiros transportados. liberando a superfície para o transporte individual ou para os pedestres. . segregando-se o sistema em vias exclusivas. próprio Baudry fundou em Paris a Entreprise Générale des Omnibus. seu filho iniciaria empreendimentos similares em Lyon e Bordéus[2]. Em 1863. O ônibus foi a primeira modalidade a servir o transporte público. o ônibus foi adquirindo personalidade. os ônibus eram baseados na estrutura de caminhões. Nova Iorque teria oficialmente sua primeira linha subterrânea de metrô em 1904. posteriormente. Paris inauguraria seu Métropolitain em 1900. Com a popularização do automóvel no início do século XX. No Brasil a primeira linha subterrânea foi inaugurada em 1974. evoluiu popularizando os sistemas de bondes. Europa e demais partes do mundo. em Londres. a inauguração da primeira linha de metrô. subterrâneas. dando início ao Metrô de São Paulo. ao incorporar trilhos e. o ônibus retornaria à pauta como alternativa de transporte público. embora já contasse com linhas elevadas urbanas três décadas antes disso[3]. Logo em seguida. a partir daí alcançaria rapidamente as principais cidades da América.Em 1828. Inicialmente tracionado por cavalos (conhecido em Portugal por americanos. Abraham Brower[3] havia estabelecido em 1827 a primeira linha de transporte público em Nova Iorque. Em 1829 a novidade chegaria a Londres pelas mãos de George Shillibeer e. viria estabelecer novos paradigmas de qualidade no transporte público. Em Portugal o Metropolitano de Lisboa foi inaugurado no dia 29 de dezembro de 1959. Após Londres.

mesmo naquelas dotadas de sistemas metroviários. que foi primeiramente implantado na cidade brasileira de Curitiba. Japão. Uma vez estabelecida a rota. são construídos os pontos de ônibus (paragem de autocarro. em Portugal) ao longo dessa rota. causam muita poluição. a capital chilena Santiago (Transantiago) e cidades americanas como Los Angeles e Las Vegas. [editar] Eléctrico Ver artigo principal: Bonde . em rotas altamente usadas. esse quadro não deverá mudar a curto prazo. A maior vantagem do ônibus é sua flexibilidade. devido ao maior número de ônibus necessários para o transporte eficiente de passageiros nesta dada rota. Os ônibus (autocarro em Portugal) são práticos e eficientes em rotas de curta e média distância. Na última década o VLP foi construído em outras cidades do mundo como São Paulo(Expresso Tiradentes). Porém. ônibus não são eficientes em rotas de maior uso. sistema conhecido como Veículo Leve Sobre Pneus (VLP). é considerada a substituição da linha de ônibus por outra linha usando bondes ou mesmo um metrô. dada a sua baixa capacidade de passageiros. Neste caso. sendo frequentemente o meio de transporte mais utilizado no transporte público. Ônibus.Atualmente o ônibus é a modalidade predominante de transporte coletivo em virtualmente todas as cidades brasileiras. Devido ao alto custo de implantação do transporte sobre trilhos e à burocracia da gestão pública. por constituir uma opção econômica. [editar] Modalidades [editar] Ônibus ou Autocarro Ver artigo principal: Ônibus Ônibus em Kyoto. As companhias de transporte procuram estabelecer uma rota baseada num número aproximado de passageiros na área a ser tomada. Para aumentar a capacidade do sistema muitas cidades estão aderindo a construção de vias exclusivas para ônibus.

por causa da constante manutenção necessária das linhas de eletricidade que alimentam o bonde. Porém. usam bondes em larga escala para o transporte eficiente de passageiros. a construção de uma via pública exclusiva para bondes pode ser considerada. como San Francisco. Lisboa. até que o deslocamento de passageiros dentro e fora do bonde tenha terminado. e são alimentados por eletricidade. todos os veículos que o seguem são forçados a parar. Atualmente. em Portugal) semelhantes às de ônibus (ao invés de uma estação à parte). mais caros de se manter. sempre que o bonde para nas suas paradas (paragens. Egito. Linhas de bonde de diversas cidades atuam como atrações turísticas. especialmente porque a linha de bonde é instalada geralmente no centro da rua. Rio de Janeiro. . via cabos de eletricidade instalados ao longo da rota. podem causar problemas de trânsito em ruas cujo tráfego é pesado. Para a resolução deste problema.Uma parada de bonde (paragem de eléctrico em Portugal) em Cairo. poucas cidades. Porto. Quando o deslocamento de passageiros é feito numa via pública comum. Campos do Jordão e Santos. [editar] Metrô Ver artigo principal: Metrô Vista do metrô de Montreal. Os bondes são. Os bondinhos (eléctrico em Portugal) são veículos que se movimentam sobre trilhos construídos no solo. como Toronto e San Francisco. além disso. Podem transportar mais passageiros do que um ônibus nãoarticulado e não poluem diretamente o meio ambiente. devido à impossibilidade de locomoção lateral.

Dinamarca. Isto acontece quando os passageiros precisam percorrer longas distâncias ou se as rotas de ônibus/bondes ficam frequentemente congestionadas. quando são usadas como meio de transporte de passageiros numa grande cidade. parques e outros. Geralmente. O metrô é alimentado por eletricidade. estradas. O metrô é um meio de transporte que não implica grandes custos a nível ecológico/ambiental. ferrovias.O metrô (metro ou metropolitano em Portugal) é utilizado quando os ônibus ou bondes não atendem de modo eficiente a demanda de transporte de passageiros em certas rotas da cidade. Porém. em Portugal) é um tipo de transporte público inter-urbano. mais usado para o transporte de passageiros em massa. [editar] Trem Ver artigo principal: Trem O trem (comboio. de responsabilidade nacional. Além disso. ou entre diferentes cidades localizadas próximas uma da outra. O metrô pode rodar em túneis abaixo do solo. geralmente. Às vezes são de responsabilidade regional. Os passageiros embarcam em estações construídas ao longo da linha de metrô. e só é economicamente viável em rotas de alta densidade. as rotas de metrô precisam de ser cuidadosamente planejadas. cobrindo uma rota entre dois pontos bem afastados. suspensas através de pilares. e é totalmente separado de espaços de acesso público. em terra (quase sempre separada de outras áreas através de cercas) ou no ar. sendo. ao contrário dos ônibus. [editar] Balsa . aos passageiros usando trens inter-urbanos não é concedido o direito de transferimento para outros meios de transporte público de uma dada cidade sem antes pagar taxa integral para o uso de tal transporte. sua manutenção é muito cara. como ruas. sendo ideal para o transporte em massa de passageiros. Estação de trem em Valby.

em Varenna.Vale a pena deixar de usar o carro? (*) Robson Paulo de Lima Dia desses vi um painel num ponto de ônibus da Av. [editar] Outros tipos de transporte público        Avião: usado por pessoas que precisam deslocar-se por longas distâncias ou para uma região isolada.vivacidade. de suas casas para suas escolas. Em Portugal é conhecida a ligação feita por "Cacilheiros" e Catamarãs entre Almada. Comum em Nova Iorque e em São Paulo. Barreiro e Lisboa a cargo da Transtejo. Fonte da pesquisa http://www. Elevador: Facilitam bastante o movimento vertical de pessoas em prédios e torres.2006. A publicidade é interessante do ponto de vista da conscientização de quanto os carros ocupam .br/cidade_textos_interno. Ônibus inter-urbano: usado para locomoção de pessoas entre duas diferentes cidades. ou quando tais conexões estão muito afastadas de certas rotas de interesse público.11.php?id_cidade=4 21 24. pois um ônibus equivale ao espaço de 50 carros nas ruas". que não possuem acesso entre si por meio de pontes e/ou túneis. por exemplo. ou quando outro transporte público numa dada região é inexistente. Táxi: usado por pessoas que preferem conforto e agilidade. Escada rolantes e esteira rolantes: deslocam pessoas em uma curtas distâncias. Helicóptero: usados por pessoas que não se arriscam no trânsito da cidade. No Brasil. Ver artigo principal: Balsa As balsas (também conhecidas como ferrys) cobrem certos trechos entre dois pontos separados por um corpo de água. Artigo: Transporte Urbano . Ônibus escolar: usado para locomoção de estudantes.Balsa Ghisallo. Lago di Como. Trafaria. General Carneiro com uma frase mais ou menos assim: "Use o transporte coletivo. são largamente usadas entre Santos e Guarujá.com. Itália.

de certa forma. o que é bem comum em Sorocaba nesta época do ano. caminhar alguns metros e pegar o ônibus Ouro Fino na Praça 9 de Julho. o que daria para fazer duas vezes ida-volta o caminho entre os dois bairros e. Em detrimento disso. Os empresários que optam pela contratação do fretamento.Criar linhas expressas que vão dos bairros ao centro sem parar nas Avenidas Perimetrais. mas. porém.09. Estes. na Vila Hortênsia e assim por diante. Esses mini-terminais fariam uma malha de conexão entre eles. fazemos o trajeto entre os bairros em 15 minutos e ainda temos a vantagen do conforto do carro. Portanto.webtranspo. permitindo a conexão das regiões Leste e Oeste através de trem de passageiros. gastando R$ 3. poderiam ser colocados Ônibus Perimetrais que fariam a circulação apenas nessas vias. pois um carro bi-combustível popular faz 15 km com um único litro de álcool. através de cartões. então.Criar mini-terminais nas regiões que se ligariam entre si através de micro-ônibus. na Colômbia. cidade modelo no sistema de transporte coletivo. infelizmente.espaços em nossas vias e. 2 . haveriam linhas de transporte aos outros miniterminais na Zona Industrial. fui fazer na prática o que informava o painel e constatei alguns problemas que passo a relatar: Saída: Bairro Ouro Fino Destino: Bairro Campolim Já achei caro. Raposo Tavares. poderia desembarcar do Ônibus Campolim na Avenida Moreira César. 7 . aos poucos estão desaparecendo dos terminais. mas com o objetivo de serem utilizados para abaixar o preço das tarifas ou para suprir a demanda por ônibus nas linhas mais deficitárias e não para atender aos sindicatos sejam patronais ou de empregados. poluem tanto no aspecto ambiental como no sonoro. Façamos um rápido cálculo: se o preço do litro de álcool é de R$ 1.2006 http://www. Isso surte um efeito em cascata.Colocar para circular na cidade mais ônibus a gás. evitando que os ônibus precisassem adentrar as regiões centrais da cidade. é impossível adotar como prática o que foi lido naquela placa de publicidade. pois quando uma empresa realiza as entregas de seus . Exemplo: um ônibus Expresso que vem do Bairro Ouro Fino e passa pela Avenida General Carneiro não mais pararia nos pontos dessa via. foram implantados há algum tempo atrás. é possível percorrer 45 km de carro.com.Utilizar as linhas férreas já existentes para o uso do trem urbano. poltronas coloridas confortáveis e corredor espaçoso. (*) Robson Paulo de Lima é contabilista .11. Com o ônibus precisei sair 45 minutos mais cedo de minha casa. Ambos já estavam lotados e todo o percurso foi feito em pé num calor comparado a uma sauna. 3 . o usuário possa sair de um ônibus e pegar outro sem a necessidade de ir aos terminais. se para isto utilizarmos a Rod.Ônibus mais modernos como aqueles com suspensão a ar. O que faz o fluxo de trânsito diminuir nas ruas.br/artigos-e-entrevistas/12186-artigo-transporte-coletivo-e-sustentavel O uso do transporte coletivo pode ser considerado como uma forma de inibir gastos excessivos das corporações. retiram automaticamente 20 carros de circulação. 6 .Limitar a quantidade de passageiros que ficam em pé. Usei os ônibus das linhas Ouro FinoTerminal Santo Antônio e Terminal São Paulo-Campolim.27. e colocam 44 colaboradores dentro de um ônibus. Sabendo que o nosso prefeito visitou recentemente Bogotá. na Vila Santana. Exemplo: um usuário que vem do Campolim e vai para o Bairro Ouro Fino. no Campolim. 4 . Exemplo: num mini-terminal instalado no Bairro Júlio de Mesquita.24. o objetivo desta descrição é fazer uma crítica e propor políticas mais eficientes para o nosso transporte coletivo. por mais esforço que façamos. indo até o centro. disponibilizando mais veículos para os usuários nos horários de pico. proponho idéias que podem ajudar numa futura reestruturação do nosso transporte: 1 . 5 .Permitir que. Diante dessas condições.

por ano. para compensar o estrago que seu colaborador fez ao meio ambiente. desenvolve com excelência as suas atividades sociais com o replantio de árvores e com o reuso de água. E esta empresa terá que plantar cerca de 12 árvores. está o seu colaborador indo para o trabalho com um carro de motor 1. . São análises minuciosas que traduzem até que ponto estas empresas são sustentáveis. devido ao trânsito. Do outro.produtos. Com a fluidez do trânsito suas entregas serão mais rápidas. ela acaba gastando mais combustível. Se de um lado.0 e com combustível custeado por ela mesma. o seu funcionário terá mais conforto e a empresa contribuirá para o meio ambiente. o custo do frete diminui.