You are on page 1of 2

1 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m .

b r

Prova EFOMM
Matemática 2001

01) Sabendo-se que Z
1
= (1 - 2i)
4
e Z
2
= (2 + 2i)
3
, o resultado
de Z
1
- Z
2
é:
a) 5 + 22i b) 15 + 22i c) 3 + 24i
d) 13 – 24i e) 9 + 8i

02) O volume de um cone circular reto de área lateral igual
a 24t cm
2
e raio da base igual a 4 cm vale:
a)
3
cm 20
3
16
t b)
3
cm
3
34
t
c)
3
cm
3
24
t d)
3
cm π 24
3
8

e)
3
cm π 20
3
1


03) Se o r est o da di vi são do pol i nômi o
30 - x 5 x 2 ) x ( P
n
+ = por 2 - x ) x ( Q = é igual a
44, n é igual a:
a) 2 b) 3 c) 4 d) 5 e) 6

04) Um prisma hexagonal regular tem como altura o dobro
da aresta da base. A razão entre o volume deste prisma e o
volume do cone reto, nele inscrito, é igual a:
a)
t
2 6
b)
t
2 9
c)
t
6 3
d)
t
3 6
e)
t
3 9


05) Um navio que navega em linha reta em relação a um
farol, o avista sob um ângulo de 60
o
com o horizonte.
Afastando-se do farol mais 30 m, passa a vê-lo sob ângulo
de 45
o
. Então, a altura provável do farol é:
a) ) ( m 1 3 30 + b) ) ( m 3 15 10 +
c) ) ( m 3 3 15 + d) ) ( m 1 3 15 +
e) ) ( m 3 10 15 +

06) O valor de 2x + y + 3z no sistema linear abaixo vale:

2 z y x = + +
2
y x 2
1 z

2 z 3
y - x 2
=
+
+
=
+


a) – 29 b) – 73 c) – 85 d) – 98 e) – 135

07) O valor de
1 x 3 - x 2
2 x - x 4 - x 3
lim
2 3
2 3
1 x
+
+
÷
é:
a)
3
2
b)
3
5
c)
5
3
d)
2
3
e) 2

08) Em um triângulo isósceles ABC de altura 16 cm
relativa à base, inscreve-se um círculo de raio a 6 cm da
base BC desse triângulo vale:
a) 16 b) 17 c) 18 d) 24 e) 28

09) O conjunto solução da equação 1 x cos x sen = +
é:
a)
b)
c)
d)
e)
s
=
{ } = +2h , I h R
s
=
{ } = +h , I h h ou = 2 R
s
=
{ } = , I h h2 R
s
=
{ } +h , I h = 2 3
2
R
s
=
{ } = +h , I h ou = 2
2
h2
R


11) A solução da equação cos (2 arc cos x) = 0 é:
a) | = S
b)
¦
)
¦
`
¹
¦
¹
¦
´
¦
=
2
3
,
2
3
- S

c)
¦
)
¦
`
¹
¦
¹
¦
´
¦
=
2
2
,
2
2
- S

d) 2 , 2 - S =
e) 2 , 2 - S =

12) A igualdade 7
x
+ 7
x – 1
= 8x se verifica:
a) apenas para os valores irracionais de x
b) apenas para x = 1
c) para x = 0 e x = 1
d) para x = 1 e x = – 16
e) para x = – 1 e x = 0
13) Sendo a
2
+ b
2
= 70ab, o valor de
( )
ab
b a
log
2
5
+
em
função de m = log
5
2 e n = log
5
3, é:
a) n + m b) 2n + m c) 3n + m d) 2n + 2m e) 2n + 3n

14) O valor numérico da
12
11
cos .
12
13
sen y
t t
= é:
a) ( ) ( ) 3 1 3 1
8
1
+ +
b) ( ) ( ) 3 1 3 1
8
1
+ + ÷
c) ( ) ( ) 3 3 3 1
8
1
÷ + ÷
d)
11
tg
2
t

e)
12
t


15) A área do quadrilátero de vértices A ( 0 , 1), B ( 1 , 0 ),
C ( 3 , 2 ) e D ( 2 , 4 ) é:


2 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r

a)
2
11
S =
b)
2
13
S =
c)
4
15
S =

d)
4
17
S =
e)
4
19
S =


16) Dados os pont os P = (m – n, 10) e Q (3m, -2n),
quai s os val or es de m e n, sabendo-se que P pertence
à bissetriz dos quadrantes ímpares e Q pertence à
bissetriz dos quadrantes pares.
a) m = 1 e n = 6
b) m = 2 e n = 5
c) m = 3 e n = -4
d) m = 5 e n = -3
e) m = 4 e n = -6

17) O valor de m na equação x
2
- 6x + m = 0 a fim de que
uma raiz seja o dobro da outra é:
a) m = 12 b) m = 8 c) m = 5 d) m = 4 e) m = 3

18) Dividindo-se o polinômio f = -2x
3
+ 4x
2
+ kx + t onde k, t
e IR, por x + 1 obtém-se resto 12. Se f é divisível por x - 2,
então k + t é igual a:
a) 0 b) 1 c) 2 d) 3 e) 4

19) O valor de x e [0, 2t] tal que 2 . sen x = 1 é:
a)
)
`
¹
¹
´
¦
6
- ,
5
π π
b)
)
`
¹
¹
´
¦
6
,
4
π π

c)
)
`
¹
¹
´
¦
6
,
3
π π
d)
)
`
¹
¹
´
¦
6
,
6
π 5 π

e)
)
`
¹
¹
´
¦
6
- ,
6
π 5 π


20) O conjunto solução da equação abaixo é:
0
) 1 x 2 ( 1 x 2 1
) 1 x ( 1 x 1
x x 1
2
2
2
=
+ +
+ +
a) S = {-1, 0} b) S = {1, -1} c) S = {0}
d) S = {1, -2} e) S = {0, 2}

21) Seja uma matriz de ordem 2 tal que
det A = 5, então det ( 4A ) vale:
a) 40 b) 50 c) 60 d) 70 e) 80

22) O valor de

1 - 5 - 3x
2 - x
lim
3
2 x÷
é:
a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5

23) O valor de

x
3
1 lim
x
x
|
.
|

\
|
+
· ÷
é:
a) e
-3
b) e
-1
c) e d) e
2
e) e
3


24) Das afirmativas abaixo:
I. Se
( ) · + =
+· ÷
x f lim
x
e
( ) · + =
+· ÷
x g lim
x
,
então ( ) · + =
+· ÷
) x ( g . f lim
x

II. Se
( ) · + =
+· ÷
x f lim
x
e
( ) · ÷ =
+· ÷
x g lim
x
,
então ( ) · + =
+· ÷
) x ( g . f lim
x

III. Se
( ) · ÷ =
+· ÷
x f lim
x
e
( ) · ÷ =
+· ÷
x g lim
x
,
então ( ) · + =
+· ÷
) x ( g . f lim
x

IV. Se
( ) · + =
+· ÷
x f lim
x
, então
· + =
+· ÷

) x ( f
1
lim
x


Estão incorretas:
a) II e IV b) I e IV c) III e IV
d) apenas a II e) II e III