You are on page 1of 10

1 ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DOS UNIVERSITÁRIOS DE SÃO JOÃO DO OESTE AUSJO CAPÍTULO I DAS DISPÓSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1º - A ASSOCIAÇÃO DOS

UNIVERSITÁRIOS DE SÃO JOÃO DO OESTE - AUSJO, é uma entidade de natureza estudantil sem fins lucrativos, com sede e foro na Rua Santa Cruz 368, município de São João do Oeste – SC, com patrimônio e personalidade distinta de seus associados, constituída de alunos e professores que se deslocam de ônibus, de propriedade ou locado pela associação, até São Miguel do Oeste – SC. ARTIGO 2º - A ASSOCIAÇÃO DOS UNIVERSITÁRIOS DE SÃO JOÃO DO OESTE – AUSJO, tem como área de abrangência os municípios de São João do Oeste, Iporã do Oeste, Descanso e Tunápolis, todos do estado de Santa Catarina e reger-se à pelo presente Estatuto Social. CAPÍTULO II DAS FINALIDADES ARTIGO 3º - A ASSOCIAÇÃO DOS UNIVERSITÁRIOS DE SÃO JOÃO DO OESTE – SC, tem como finalidades principais: I – defender e representar os interesses de seus associados; II – promover o deslocamento dos associados, com as mensalidades em dia, no trajeto de São João do Oeste – SC a São Miguel do Oeste - SC, com ônibus de propriedade ou locado pela AUSJO, para isso recebendo auxílios, donativos, subvenções, firmando convênios e efetuando promoções, recebendo legado. III – organizar reuniões de caráter cívico, social, cultural, científico, técnico e desportivo, visando a complementação e o aprimoramento da formação acadêmica; IV – realizar intercâmbios e colaboração com entidades congêneres; V – encaminhar junto aos Centros Acadêmicos UNOESC – SMO, bem como entidades afins, propostas que visem zelar pela moralidade do ensino e pelo nível cultural da classe; VI – difundir os preceitos da ética estudantil. ARTIGO 4º - É competência da AUSJO: I – patrocinar os interesses de seus associados; II – representar seus associados perante as autoridades municipais, estaduais, federais e outras entidades; III – exercer todos os poderes que não forem originariamente de competência de outras entidades estudantis, por este estatuto ou por regimento de outras entidades superiores. ARTIGO 5º - É vetado a AUSJO: I – interferir na vida particular dos associados; II – exercer qualquer atividade político partidária; III – fazer distinção entre seus associados por questões de religião, raça, posição social, partidária e ideológica; IV – cercear direta ou indiretamente a propaganda eleitoral estudantil de candidatos, regularmente inscritos aos postos eletivos estudantis.

mas não terão o direito a voto.Os sócios estarão em pleno gozo de seus direitos. poderá a AUSJO manter uma sede social. sendo-lhe vetado o uso do nome da AUSJO sem a devida autorização. sendo isentos do pagamento das mensalidades e sendo-lhes vetado o direito de votar e de serem votados.São sócios honorários: aqueles que tenham prestado relevantes serviços a AUSJO. salvo as isenções previstas no presente estatuto. a juízo da Assembléia.Todos aqueles que por tempo indeterminado estiverem fora do quadro de associados da AUSJO e quiserem voltar a fazer parte dos associados novamente. CAPÍTULO V DOS DEVERES E DIREITOS DOS SÓCIOS ARTIGO 11 . que necessitarem de deslocamento no trajeto de São João do Oeste a UNOESC – SMO. quando em dia com suas mensalidades.Obrigam-se os sócios pelo pagamento de taxa de admissão e mensalidade.São deveres de todos os sócios: I – zelar pelo bom nome da AUSJO. nem a ser votado. CAPÍTULO IV DOS SÓCIOS ARTIGO 8º . terão o direito mediante o pagamento da taxa de admissão do associado.Para maior união e estreitamento das relações. § 5º .2 CAPÍTULO III DA ORGANIZAÇÃO ARTIGO 6º . § 3º .São sócios efetivos: aqueles que regularmente matriculados em qualquer dos cursos de nível superior da UNOESC – SMO. ARTIGO 9º . satisfazendo as condições do presente estatuto. ARTIGO 7º . atividades comerciais destinadas aos seus associados. mas que por interesse próprio continuam associados contribuindo com as mensalidades. e outros. professores da UNOESC – SMO.A AUSJO. ARTIGO 10 . conferidos pelo presente estatuto. § 4º . porém sem direito de votar e ser votado. entre seus associados. a critério da diretoria e quando esta julgar oportuno. § 2º . com fins lucrativos. a critério da Diretoria. após regularmente admitidos pela AUSJO. administrando-a por si ou por terceiros.Sócios formados: são aqueles já formados. contribuírem com a taxa de admissão e mensalidade. fixada em Assembléia. podendo ter o direito de votar e ser votado. poderá criar e manter.São sócios transitórios: os alunos matriculados em cursos temporários. cursos de pré-vestibular. Contribuirão com a mensalidade da AUSJO.A ASSOCIAÇÃO DOS UNIVERSITÁRIOS DE SÃO JOÃO DO OESTE é formada pelas seguintes categorias de associados: I – sócios Efetivos II – sócios Honorários III – sócios Transitórios V – sócios Formados § 1º . .

eleição de Nova Diretoria e Conselho Fiscal. trancando a matrícula na UNOESC ou ainda em caso de conclusão de curso. o trancamento da matrícula ou desistência da faculdade e solicitar o desligamento temporário ou definitivo do quadro social da AUSJO. com datas pré-estabelecidas sendo uma vez por semestre. II – no 2º semestre para prestação de contas da diretoria. . III – votar nas eleições da AUSJO. até o dia estipulado pela Assembléia do mês de competência. III – Conselho Fiscal: órgão fiscalizador.As Assembléias Gerais Ordinárias ou Extraordinárias: § 1º . pelo Presidente da AUSJO. vier a danificar. IV – participar das reuniões e Assembléias Gerais da AUSJO.São direitos de todos os sócios efetivos com suas mensalidades em dia: I – tomar parte das Assembléias Gerais. somente nos casos permitidos neste estatuto. por escrito.acatar as resoluções da Diretoria e ou Assembléia. V – comunicar à diretoria da AUSJO. apreciação do Conselho Fiscal. solicitando ainda isenção da mensalidade no período de licença. III – Diretoria: órgão de direção. XI – enviar um ofício à Diretoria solicitando o desligamento da AUSJO. X – assinar um contrato particular de compromisso de pagamento das mensalidades até a data de vencimento. ARTIGO 12 . somente em caso de mudança de endereço para outra cidade. deliberar. CAPÍTULO VI DOS ÓRGÃOS DA AUSJO ARTIGO 13 .requerer o desligamento. III . IX – zelar pela conservação do material e patrimônio da AUSJO. discutir. a saber: I – no 1º semestre para prestação de contas da diretoria. de conformidade com este estatuto. os regulamentos aprovados pela Assembléia e as leis das entidades à que a AUSJO estiver filiada. órgão deliberativo. imprudência e ou negligência. VIII – pagar a mensalidade para a AUSJO e repassar o valor determinado nas planilhas.A ASSOCIAÇÃO DOS UNIVERSITÁRIOS DE SÃO JOÃO DO OESTE é composta pelos seguintes órgãos de consulta: I – Assembléia Geral: órgão máximo da AUSJO. VII – atender as convocações feitas pela Diretoria e ou diretores de departamentos a fim de colaborar nas promoções e eventos realizados pela AUSJO. CAPÍTULO VII DAS ASSEMBLÉIAS GERAIS ARTIGO 14 .as Assembléias Gerais Extraordinárias (AGE) serão convocadas sempre que necessário. valendo à mesma a partir da concordância da Diretoria da AUSJO. VI . observando-se os critérios do Artigo 8º. eletivo e legislativo da AUSJO. votar e ser votado. observando-se o que determina o Artigo 8º. II – solicitar a convocação da Assembléia Geral. § 2º . execução e representação da AUSJO. previstos neste estatuto. temporário ou definitivo da AUSJO.3 II – cumprir e fazer cumprir o presente estatuto. constituída por todos os sócios efetivos em pleno gozo de seus direitos.as Assembléias Gerais Ordinárias (AG) serão convocadas. propor. indenizando-o quando por sua culpa.

As Assembléias Gerais Extraordinárias poderão ser convocadas: I – pelo Presidente da AUSJO. aos candidatos eleitos. dirigidos ao Presidente da AUSJO. por documentos assinados por eles. II – garantir a palavra aos oradores. observados os seguintes requisitos: I – data.As Atas e Presenças das reuniões da AGO e AGE deverão ser registradas em livro próprio. II – número de 50% dos Associados efetivos em pleno gozo de seus direitos estatuários. III – pelo Presidente do Conselho Fiscal.As atas e presença das reuniões da AGO e AGE deverão conter termo de abertura e encerramento e suas páginas rubricadas pelo Presidente da AUSJO. ARTIGO 18 . salvo decisão em contrário. de acordo com o item III do artigo 27 do presente estatuto. suspender os trabalhos da AGO até que se restabeleça a ordem.Cabe ao Presidente da Assembléia Geral Ordinária: I – encaminhar a discussão e votação dos assuntos em pauta.4 ARTIGO 15 . horário e local. ARTIGO 19 . o seu Presidente. se não for atendido sua admoestação. todos os associados que assinarem o pedido de convocação. II – tomar conhecimento das representações feitas por associados e julgá-los. §2º .Nas atas deverão constar: data. Parágrafo Único – Para validade da AGE convocada de acordo com o item II deste artigo. assuntos deliberados. na forma prevista. após a leitura e aprovação da mesma pela mesa diretora. obrigatoriamente dela deverão participar. podendo. quando da eleição da Diretoria e Conselho Fiscal. transcrição do edital de convocação e número de associados presentes. que. juntamente com a mesa diretora a ata da AGO. V – autorizar a alienação e ou doação dos bens da AUSJO. . usarem linguagem indelicada ou deixarem de considerar a Assembléia ou qualquer Associado. infringirem os preceitos estatutários. discutir e votar a reforma deste estatuto.Cumpridos os requisitos do edital de convocação. §1º . II – pela maioria simples (50 % + 1) dos sócios em pleno gozo de seus direitos estatutários. IV – propor.As decisões da Assembléia Geral somente poderão ser alteradas ou revogadas por outra Assembléia Geral. Parágrafo Único – Instalada a AGO esta escolherá por votação entre os presentes. que uma vez empossado designará os demais membros da mesa. III – considerar e aprovar propostas para outorgar título de Sócio Honorário. cessar a palavra do orador e até mesmo. ARTIGO 21 . IV – dar posse. 15 (quinze) minutos depois. ARTIGO 17 . ARTIGO 20 . III – chamar a atenção dos que se afastarem do assunto em pauta. resultado das votações e decisões tomadas pela AG. III – assuntos a serem tratados na AGO. local e horário para realização da AGO. com qualquer número de associados. ARTIGO 16 . até 15 (quinze) dias após a decisão recorrida. V – assinar. em 1ª convocação e em 2ª convocação. dentro das seguintes condições: I – quando convocada. por 2/3 (dois terços) dos associados efetivos. deverão participar da mesma. a Assembléia Geral Ordinária será instalada por quem a convocou. concedendo-lhes o direito de defesa.As convocações para as Assembléias Gerais Ordinárias (AGO) deverão ser feitas com antecedência mínima de 5 (cinco) dias.Compete à Assembléia Geral Ordinária: I – deliberar e votar os assuntos em pauta.

ARTIGO 26 . . III –houver sido advertido.O Conselho Fiscal tornar-se-á solidariamente responsável por irregularidades.O integrante do Conselho Fiscal será automaticamente substituído por um suplente quando: I – for suspenso ou eliminado do quadro social da AUSJO. V – escolher. por escrito.A eliminação de que trata o item I será imposta pela Assembléia. ARTIGO 24 . ARTIGO 25 . § Único – Não acontecendo isso.5 II – quando convocada pela diretoria. ARTIGO 23 . II – solicitar licenciamento do quadro social da AUSJO os termos do item V do artigo 11 e item III do artigo 12. ARTIGO 28 . balancetes apresentados pela Diretoria e emitir parecer antes das AGO.A presença e participação do Conselho Fiscal. os suplentes do Conselho Fiscal deverão assumir. IV – estiver sofrendo as penalidades previstas neste Estatuto. verificar a veracidade dos mesmos e ainda apurar o estado e aplicação dos recursos financeiros e patrimônio da AUSJO. cabendo ao advertido o direito de defesa. parecer sugerindo medidas e soluções a serem tomadas. o seu Presidente e o seu Relator. V – não estiver desempenhando as funções previstas neste Estatuto. desde que do interesse da AUSJO. VII – convocar e solicitar explicações da Diretoria da AUSJO. documentos. CAPÍTULO VIII DO CONSELHO FISCAL ARTIGO 22 . entre os membros efetivos. § 2º . III – fiscalizar permanentemente os débitos e créditos da AUSJO. em caráter reservado. cometidas pela Diretoria da AUSJO. IV – solicitar à diretoria a convocação da AGE quando ocorrerem fatos graves que mereçam apreciação da Assembléia. ambos deste estatuto.Ao Presidente do Conselho Fiscal compete: I – convocar as reuniões ordinárias e extraordinárias do Conselho Fiscal. interinamente o cargo de Presidente da AUSJO em caso de vacância dos cargos de Presidente e Vice-Presidente da AUSJO e convocar AGE para eleição do novo Presidente para cumprir o restante do mandato da Diretoria nos termos do item III. II – apresentar a defesa do Conselho Fiscal. cabendo ao eliminado o direito de defesa. do artigo 15. juntamente com a Diretoria da AUSJO e terá mandato com duração de 1 (um) ano. § 1º . nas AGO`s. ARTIGO 27 . II – apresentar a AGO. devidamente rubricado pelo Presidente. III – assumir. Parágrafo Único – Os integrantes do Conselho Fiscal não poderão tomar parte da Diretoria. quando isso for necessário. quando estiver ciente das mesmas e não denunciá-las. é obrigatória.Compete ao Conselho Fiscal: I – examinar os livros.É da competência do Relator do Conselho Fiscal manter em ordem e em dia os livros do Conselho Fiscal. eleitos pela AGO.O Conselho Fiscal será composto de 3 (três) membros efetivos e 3 (três) suplentes.A advertência de que trata o item III será feita pelo Presidente da AUSJO. VI – manter em boa ordem o seu livro de atas das reuniões. quando for o caso.

ordinariamente. incluindo a presença do Presidente.6 CAPÍTULO IX DA DIRETORIA ARTIGO 29 -A Diretoria. é composta pelos seguintes cargos: I – Presidente(a). órgão de direção. serão preenchidos por eleições diretas e secretas na AGO. II – Tesoureiro(a). caso persistir a vacância do cargo. III – cumprir e fazer cumprir este Estatuto. II – organizar e manter um regimento interno onde se especifique as atribuições. . VI – constituir e dissolver comissões para determinadas tarefas de suas atribuições. VIII – zelar pela segurança e aplicação dos Recursos Financeiros da AUSJO.Ficará sujeito à perda de mandato.A Diretoria deverá reunir-se. Parágrafo Único – O cargo de Diretoria. apresentando uma solução em 15 (quinze) dias. após o recebimento. ou seu substituto estatutário.É da competência da Diretoria da AUSJO: I – administrar a Associação e zelar pelo seu patrimônio e interesses dos associados. Parágrafo Único . execução e representação da AUSJO. promovendo o seu engrandecimento. IV – submeter semestralmente as contas e compromissos assumidos para apreciação do Conselho Fiscal e aprovação das AGO de cada semestre. ARTIGO 30 . por eleição direta em AGE convocada para este fim. ARTIGO 33 . atribuindo-se ao mesmo o voto de qualidade em caso de empate na deliberação. sempre que o Presidente ou outro membro julgar necessário. no máximo. assumirá interinamente o Presidente do Conselho Fiscal. V – Secretário(a). ARTIGO 34 . ARTIGO 31 . quando julgar necessário. IX – propor o valor de mensalidade da AUSJO para deliberação e aprovação da AGO. II – Vice.Presidente(a). extraordinariamente. VI – Vice-Secretário(a). que convocará AGE para preenchimento dos cargos vagos num prazo máximo de 15 (quinze) dias após a vacância dos cargos. prerrogativas e responsabilidades de seus associados. este será preenchido automaticamente pelo seu vice e.A Diretoria considerar-se-á reunida com presença de 2/3 (dois terços) de seus membros. VII – examinar devidamente as petições e protestos que lhe forem dirigidos. ARTIGO 32 . IV – Vice-Tesoureiro(a). vago em decorrência da aplicação deste artigo. será preenchido pelo seu vice e. na falta deste. V – propor alterações deste Estatuto.Os cargos da Diretoria (I á VI). uma vez por semestre e.Ocorrendo vacância do cargo de Presidente. desde que não apresente razões consideradas justas pelos demais membros da Diretoria: I – O membro da Diretoria que faltar a duas reuniões consecutivas ou três alternadas.

respeitando o direito de defesa ou recurso. local e horário das AGO e AGE. IV – organizar e manter atualizadas as fichas cadastrais dos Associados da AUSJO. lavrando atas e procedendo a sua leitura.Ao Vice. VI – convocar e designar a data. licenciamentos. obedecendo este Estatuto. os recursos financeiros da AUSJO. conjuntamente com o Tesoureiro. V – convocar e presidir as reuniões da Diretoria. judicial ou extrajudicial. ARTIGO 38 . III – organizar e conservar em perfeita atualidade a correspondência e arquivos da AUSJO. conjuntamente com o Tesoureiro. editais de concorrência. ARTIGO 39 . ordens de pagamento. II – assegurar perfeita normalidade do expediente interno e externo da AUSJO. conjuntamente com o Presidente. XI – autenticar todos os papéis que necessitam de sua assinatura. toda correspondência expedida e recebida. impor as penalidades previstas neste Estatuto. III – efetuar o pagamento das despesas devidamente autorizadas pelo Presidente. VII – apresentar semestralmente o Balancete Financeiro. faltas. na forma deste Estatuto. V – emitir e assinar as carteiras de identidade de Associado. VII – secretariar. ARTIGO 36 . VIII – ouvida previamente a Diretoria. licenciar. bem como ler as mesmas em reuniões mensais de Diretoria.7 X – interpretar e resolver os casos omissos deste Estatuto.São Atribuições do Presidente: I – representar a AUSJO em qualquer ato público. ARTIGO 37 . contratos. para apreciação da Diretoria. IV – representar a AUSJO em suas relações externas. . em caso de renúncia e ainda auxiliar o Secretário no desempenho de suas funções. contratos. XIII – homologar o resultado das concorrências promovidas pela AUSJO. IX – admitir. II – despachar correspondências conjuntamente com o Secretário da AUSJO.São atribuições do Secretário: I – secretariar as reuniões da diretoria. suspender e demitir os associados com aprovação da maioria da Diretoria. VI – redigir e assinar. em juízo. ao Conselho Fiscal. autorizações de despesas. licenciamentos. além de funções que lhe forem atribuídas no regimento interno da AUSJO. e outros documentos de igual natureza. por si ou por procuradores convenientemente constituídos. recibos. ARTIGO 35 . II – manter em dia a escrituração contábil da entidade em livros apropriados e apresentá-los semestralmente. cheques. editais de concorrência e outros documentos de igual natureza.Ao Vice-Secretário compete substituir o Secretário em seus impedimentos. faltas ou em caso de renúncia.São atribuições do Tesoureiro: I – manter sob sua guarda e responsabilidade os valores e bens pertencentes a AUSJO. XII – designar e nomear os integrantes de Comissão Julgadora de Concorrência. III – dar assistência à Associação. advertir. ordens de pagamento. X – assinar. rubrica ou visto.Presidente compete substituir o Presidente em seus impedimentos. autorização de despesas. IV – conservar depositados em estabelecimentos bancários ou similares. V – assinar conjuntamente com o Presidente: cheques.

A posse da Diretoria eleita será efetuada imediatamente após a eleição pelo Presidente da AGO. franqueando-lhe o exame de todos os documentos e livros da tesouraria. ou seja.O mandato dos membros da Diretoria e Conselho Fiscal será de 1 (um) ano.São receitas da AUSJO: I – taxas de admissão e mensalidades dos associados. II – rendas eventuais de taxas cobradas dos associados. ARTIGO 43 . VI – verbas.Somente poderão ocupar cargos eletivos da AUSJO: I – os sócios efetivos. III – rendimento das aplicações financeiras.8 VI – prestar ao Conselho Fiscal. doações recebidas de associados. licenciamento ou em caso de renúncia e ainda auxiliá-lo no desempenho de suas funções. podendo os mesmos ser reeleitos para o mesmo cargo. ARTIGO 42 . regularmente matriculados na UNOESC. todas as informações que forem solicitadas. VII . o sócio que faz parte da Associação há mais tempo. II – os sócios efetivos em pleno gozo de seus direitos estatutários e que não tenham sido julgados e condenados por falta grave de conformidade com este Estatuto. aluguéis e gastos indispensáveis à manutenção da entidade e de seu patrimônio. entidades públicas ou privadas e ainda entidades internacionais. VIII – alienação dos bens da AUSJO. CAPÍTULO XI DAS RECEITAS E DESPESAS ARTIGO 46 . ARTIGO 44 .rendas eventuais e legados. IV – produto do arrecadamento de atividades comerciais. V – as sobras líquidas das promoções da AUSJO. ARTIGO 47 . ARTIGO 45 . II – aquisição de material de expediente. com seus respectivos cargos. que estejam inclusos no quadro social a mais de 6 (seis) meses e para o cargo de Presidente não poderá estar cursando o último semestre da faculdade. . simpatizantes. será considerado eleito o candidato à Presidente mais antigo.São despesas da AUSJO: I – pagamento de impostos. subvenções.Ao Vice-Tesoureiro compete substituir o Tesoureiro em seus impedimentos. taxas. Parágrafo Único – Em caso de empate na votação. II – pagamento de salários e encargos sociais de seus funcionários.Serão considerados eleitos os candidatos que obtiverem a maioria simples dos votos. ARTIGO 40 . CAPÍTULO X DA ELEGIBILIDADE ARTIGO 41 .Os concorrentes aos cargos eletivos deverão apresentar nominativa de candidato à Assembléia Geral Ordinária.

V – as contribuições à entidade a que a AUSJO for associada. VIII – pagamento do deslocamento dos associados a UNOESC. devendo ser publicada em Edital.A Assembléia Geral Extraordinária para alteração deste Estatuto. III – eliminação do quadro Social. CAPÍTULO XII DO PATRIMÔNIO ARTIGO 48 . ARTIGO 53 . . através de seus órgãos competentes. sendo depois aceita e aprovada em Assembléia com a maioria dos sócios. convocada especialmente para este fim. vigentes no país.Em caso de dissolução da AUSJO.O associado que infringir qualquer dispositivo deste estatuto e do regulamento interno da AUSJO será punido. Parágrafo Único – A alienação ou doação de qualquer bem imóvel ou móvel somente será realizada com autorização prévia da AGE e mediante concorrência. poderá ser convocada: I – por proposição da Diretoria. entre outros. § 2º . pela melhor proposta recebida.O patrimônio da AUSJO será constituído pelos bens móveis e imóveis.As concorrências serão julgadas por uma comissão julgadora especialmente designada para este fim.Toda despesa acima de 10 (dez) salários mínimos. pelo Presidente da AUSJO. somente poderá ser realizada mediante concorrência aberta a quem quiser tomar parte.O patrimônio da AUSJO responde pelos compromissos assumidos pela entidade. II – suspensão.A alteração deste estatuto será promulgada pelo Presidente da AUSJO. ficando esta comissão encarregada de decidir e escolher a melhor alternativa para a AUSJO.O presente poderá ser alterado mediante o voto favorável de 2/3 (dois terços) dos associados efetivos presentes na AGE. VI – gastos com publicidade e divulgação da associação e suas promoções. adquirido ou recebidos em doação. VII – gastos eventuais. ARTIGO 52 . segundo a gravidade e na natureza da falta com as penas de: I – advertência.9 IV – custeio de festas e reuniões organizadas. CAPÍTULO XIV DAS FALTAS GRAVES ARTIGO 54 . imediatamente após a votação. seu patrimônio reverterá à Prefeitura Municipal. § 1º . ARTIGO 49 . CAPÍTULO XII DA REFORMA DO ESTATUTO ARTIGO 51 . que estejam em pleno gozo de seus direitos estatutários. II – por proposição de pelo mínimo 2/3 (dois terços) dos sócios efetivos que obrigatoriamente deverão participar da AGO para que a mesma tenha validade. ARTIGO 50 .

ARTIGO 56 . pela maioria de 2/3 (dois terços) dos associados efetivos. pelas obrigações sociais. II – desfalcar a AUSJO em bens ou valores. pelo penalizado ou outro sócio. Parágrafo Único – A Assembléia Geral de que se trata este artigo será convocada especificamente para este fim.A dissolução da AUSJO será efetuada após votação em AG.Todos os cargos da Diretoria e Conselho Fiscal serão exercidos gratuitamente pelos associados. em caráter reservado. ARTIGO 55 . reincidir nas faltas que as motivaram. CAPÍTULO XV DA DISSOLUÇÃO E DISPOSIÇÕES FINAIS ARTIGO 58 . no ônibus locado ou próprio da AUSJO e em qualquer festa ou reunião social e cultural organizada pela AUSJO. ARTIGO 61 . III – deixar de efetuar o pagamento de 2 (duas) mensalidades consecutivas ou 3 (três) alternadas. ARTIGO 60 .Os casos omissos no presente Estatuto serão resolvidos pelas leis vigentes no País ou pela Assembléia Geral convocada para este fim.A eliminação será deliberada e aplicada pela AG. André Klunk Presidente Carlise Ana Ludwig Secretária Marcos Mahl Tesoureiro . 03 de julho de 2005.A advertência ou suspensão será deliberada em reunião da Diretoria e aplicada pelo Presidente da AUSJO. poderá ser recorrida.10 § 1º . resguardado o direito de defesa e apelação da penalidade.Será advertido o associado que se portar inconvenientemente na sede social.A penalidade imposta pela Diretoria a qualquer sócio. O presente Estatuto será promulgado pela mesa Diretora da AG e entrará em vigor após o término da mesma. o que não o desobriga do débito. por escrito ou verbalmente. § 2º .Será eliminado do quadro social da associação o sócio que: I – tendo sofrido pena de suspensão. ARTIGO 57 . subsidiariamente.Os sócios não respondem. ARTIGO 59 . São João do Oeste.