O documentário produzido pela BBC retrata as espécies mais próximas de nós humanos, divididos em capítulos nos leva a perceber

a quanto essas espécies têm em comum conosco e quanto tem em diferença a nós.

AUSTRALOPITHECUSAFARENSIS: O documentário começa com a espécie de homem-macaco

Australopithecusafarensis, o qual foi encontrado um fóssil de uma fêmea a qual foi batizada com o nome de Lucy, levando a conclusão que viveu na África a mais ou menos 3 milhões de anos, onde a única diferença entre eles e os macacos era que andavam sobre duas pernas , eretos. Os Australopithecus foram obrigados a permanecerem mais tempo no chão e não pulando ente os galhos das árvores por causa das mudanças climáticas em seu habitat, pois houve a redução de recursos, tendo que se adaptar a esse meio, ficaram em posição vertical, estando mais altos e tendo um campo de visão com alcance muito maior, tendo uma vantagem também na economia de energia, pois a reprodução pode ser dada em um intervalo menor, favorável para garantir a permanência da espécie. Votando a mais ou menos 2 milhões de anos atrás, na África, aonde existia várias espécies de homens-macacos, devido à grande abundância e riqueza de recursos e alimentos que se desenvolveram naquele período. Cada espécie foi especializada em um tipo de alimento, e uma delas é a nossa ancestral. O questionamento do documentário é exatamente qual delas.

PARANTHROPUS BOISEI: Outra espécie que se assemelha com os seres humanos são os ParanthropusBoisei, mais parecidos com os gorilas, possuiam grandes dentes e a forte mandíbula foram adaptações para alimentar-se de vegetais duros, raízes, sementes e cupins, o que representou vantagem competitiva em relação aos outros hominídeos, enquanto ainda havia disentponibilidade deste tipo de alimento. O acasalamento era feito pelo macho dominante com todas as fêmeas. odocumentário mostra que como a organização social é parecida com a de outros animais, mas pode ser observado em comparação a nós asemoções, como o afeto entre eles. Porém, com as diversas mudanças

visto que puderam descobrir aonde haviam carcaças de animais deixadas para trás por carnívoros próximos através da presença de abutres. maior controle da respiração. começaram a ter comunicação com alguns sons. com fome e com curiosidade. O que vai fazê-los se aproximar dos humanos são a sua inteligência e sua criatividade. a curiosidade é o maior instinto e percepção do ambiente ao seu redor que fez com que o Homo habilis garantisse a sua sobrevivência. O que o documentário destacou foi que eram possíveis vegetarianos. e tiveram grande contribuição para a evolução humana. apesar do seu limitado raciocínio. os P. foi uma espécie não muito falada nesse documentário. HOMO ERGASTER Os homo ergaster surgiu em 1.climáticas que aconteceram na Terra. Boisei não foram bem sucedidos em sua luta pela sobrevivência. isso os levou a ser mais eficientes na forma de procurar alimentos. que também podiam comer carne. por causa do clima seco e árido seu organismo teve que fazer adaptações como a diminuição dos pêlos. foram eles os primeiros a produzirem as ferramentas de pedra lascada. eles forma considerados os primeiros a terem estratégia para sobrevivência HOMO RUDOLPHENSIS: A espécie Homo Rudolphensis. criando com isso estratégias de caça. testavam tudo o que encontravam a fim de encontrar algo comestível de qualidade. conclusão feita pelos desgastes dos dentes que eram diferentes das outras espécies. não tinha as habilidades dos Boisei para se alimentar. e assim descobrir ainda. coisa que somente eles conseguiram naquela época. HOMO HABILIS: O Homo habilis. conseguiram extrair dos ossos dos animais o tutano. . e grande crescimento do seu cérebro.5 milhões de anos atrás. apesar do eficiente estilo de vida.

Lá. Trabalham em equipe para a caça. Hieldelbergenses se diferenciou em uma espécie fisicamente igual a nossa. mais um enorme passo mudou completamente suas vidas: a descoberta do fogo. Ao sul o clima era totalmente diferente. fazendo o uso de ervas para o fim de curar. com clima e condições adversas. até o ocidente num processo que levou milhares de anos. adaptações para a vida no clima quente. ao sul. Sempre migrando em função da disponibilidade de comida. tinham de uma pele escura. Tiveram o primeiro sinal de raciocínio. cada um escolhia tinha uma fêmea. HOMO HIELDELBERGENSES: H. . era o tratamento com um ente querido morto. ou um mundo paralelo. seguindo o Rio Nilo.. o H. O documentário inicia sobre essa espécie mostrando sentimento. Eles tiveram a criatividade de guardar água dentro de ovos e enterrá-los para mais tarde poderem usar.000 anos atrás. já se encontravam à beira da extinção e os sobreviventes foram os poucos capazes de desenvolver a “imaginação”.ferramentas mais eficientes. Hieldelbergenses viveu 500. geração após geração. Tinham um comportamento parecido conosco. Também foi possível perceber o inicio da monogamia. Ergaster foi a espécie de hominídeo que se mais se multiplicou e então pode deixar a África para colonizar outras áreas da Terra. O documentário relata que eles tinham uma visão muito objetiva e pouco imaginativa do mundo e deles mesmos. mas o que não era semelhante a nós. H. O documentário vai mostrar essa mesma espécie em outro lugar. eram mais altos e magros. o da preocupação com um dos seus ferido. foram capazes de conquistar o Oriente Médio e depois a Ásia. não tinham a idéia de corpo e alma. Eis que então. Puderam então usá-lo para se aquecer e se proteger e partir daí passaram a ter um controle ainda maior sobre o seu ambiente. pois quando um morria eles o deixavam para trás. A condição de vida lá era muito mais difícil do que no norte. entendendo a natureza aprendendo a controlá-la. habitavam a Europa e a África. pensando no bem estar de todos traziam a caça p eles. seco e desértico.

com um deles a frente para tomar as decisões pelo grupo . e viviam em grupos como famílias. já estavam mais próximos dos seres humanos. Foi possível notar essas semelhanças quando o macaco começou a andar sobre duas pernas. há 140. como a alegria do reencontro após a caçada.000 anos. a liderança. os Neandertais ainda tinham uma visão muito objetiva do seu mundo. O que garantiu seu sucesso e sua sobrevivência por mais tempo foi sua força e resistência para suportar situações extremas causadas pelo clima rigoroso que tinham que encarar durante dias em busca de alimento. a criatividade em criar ferramentas para sobreviver. com o passar do tempo foi possível verificar nossa evolução através de marcas. viveu ao norte gélido. Apesar das muitas características em seu comportamento parecidas com as dos humanos. luta pelos territórios. Possuíam narizes maiores e mais largos do que os nossos. o domínio da natureza (o fogo). os primeiros laços afetivos. a “imaginação” mas apesar de possuírem uma estratégia de sobrevivência muito bem sucedida.HOMEM DE NEANDERTHAL: O Homem de Neanderthal . Eram adaptados ao clima frio. e a . Ainda faltava o essencial neles. HOMO SAPIENS: 130. estratégia muito utilizada até hoje em animais e plantas de clima frio. a necessidade de estarem aquecidos e bem alimentados e a capacidade de se divertir à custa uns dos outros. diminuindo sua superfície de contato com o ambiente e assim evitando a perda de água. tomados de grande imaginação. já usavam peles como roupas por causa das baixas temperaturas. aos poucos desapareceram.000 anos atrás na África se dá o surgimento dos Homo sapiens. com uma estatura menor e extremidades mais curtas. criaram novas ferramentas e por onde passavam deixavam suas marcas e história através de desenhos feitos nas paredes das cavernas Enfim esse documentário viajou a milhões de anos atrás para tentar mostrar a nós a nossa possível evolução vindo dos macacos. utilizados para aquecê-los na medida certa.

saída da África para conquistar o mundo. . fatos esses que encontramos até hoje nos seres humanos.