SISTEMA CIRCULATÓRIO Grandes Animais

Prof. Robério Fiuza

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO
Principais indícios:
• Cansaço, perda performance, intolerância • Arritmia, pulso irregular, edema peito • Regurgitação jugular ou mamária • Fraqueza, inapetência, decúbito, anorexia • Taquicardia, taquipnéia, febre • Mucosas cianóticas ou pálidas • Morte súbita

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO
Histórico atual (anamnese):
Sobre a evolução do caso
• Quais os 1º sinais notados pelo tratador, proprietário ou clínico? • Quais surgiram primeiro e qual foi a seqüência? • Como eles evoluíram? • Piorou ou melhorou? Quanto?

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Histórico atual (anamnese): Uso ou não de medicamentos • • • • • • • O animal foi medicado? Qual (is) o medicamento(s) foi (ram) utilizado (s)? Em que dose? Com que frequência de administração? Houve melhora dos sintomas? Ou o quadro clínico piorou? Quanto? Sintomas melhoraram? se agravaram ou mantiveram Qual o grau de alteração desses sintomas? .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Histórico atual (anamnese): Manejo • • • • Qual a alimentação o animal recebe? Em que quantidade e frequência? Qual a qualidade dos mesmos? Quais as características do local em que vive? (ventilação. umidade. calor. higiene) .

forma e frequência? .CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Histórico atual (anamnese): • • • • • Quais as vacinas administradas ao animal? Em que esquema foram aplicadas? Qual a função a qual se destina o animal? Qual sua carga de trabalho? Quanto de exercício realiza.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO • Avaliação Física e comportamental • Postura e atitude • Edemas: Bovinos – cabeça. b) obstruções linfáticas. c) ↓pressão osmótica . barbela e peito Eqüinos – peito e abdome Causas a)  Pressão hidrostática capilar.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO Edema peitoral Sinal de Godet (+) .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO • Abdução de membros torácicos: a) dispnéia (edema pulmonar) ou IC (endocardiose) b) diminuir dor (RPT) • Dilatação vascular (veias jugulares e mamária) • Cianose (hipóxia) .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO Abdução membros torácicos .

T .P.CÁRDIO-CIRCULATÓRIO R.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: Endocardiose .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO MUCOSAS NORMAIS X CIANOSE Mucosa oral .

P.CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO TEMPO DE PERFUSÃO CAPILAR (T.C) Mucosa oral .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO VASOS EPISCLERAIS (bovino) .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: INSPEÇÃO Pulso venoso (-) Pulso venoso (+) Preenchimento Venoso (JUGULAR) .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: AUSCULTA • Utilização de material adequado • Local silencioso e livre de insetos e ruídos externos • Auscultar todos os focos cardíacos: (P.M + Tricúspide) • Ter paciência (boa e completa ausculta cardíaca) • Não esquecer de auscultar o pulmão .A.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: AUSCULTA .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: AUSCULTA • • • • • O que devemos avaliar?? Freqüência cardíaca Ritmo cardíaco Bulhas Ruídos anormais (sopros) – pato ou não Focos de ausculta .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: Focos de ausculta EQUINO P – 3º EIC (E) A – 4º EIC (E) M – 4º EIC (E) T – 3º ou 4º EIC (D) E D .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: Focos de ausculta RUMINATES P – 3º EIC (E) A – 4º EIC (E) M – 4º e 5º EIC (E) T – 3º ou 4º EIC (D) .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: DIÁSTOLE • átrios e ventrículos estão em repouso • válvulas AV e semilunares estão fechadas • sangue entra nos átrios. se enchem pouco a pouco • criam pressão superior à dos ventrículos vazios .

.CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: SÍSTOLE AURICULAR • aurículas contraem-se • válvulas AV abrem-se • sangue penetra nos ventrículos.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: SÍSTOLE VENTRICULAR • válvulas AV fecham-se • ventrículos contraem-se (abrindo semilunares) • sangue sai dos ventrículos para as artérias • coração volta a ficar em repouso • reinicia-se o ciclo .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: DIÁSTOLE x SÍSTOLE .

2ª. 3ª e 4ª) .CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: Bulhas Cardíacas • Ruídos fisiológicos • Geradas conjunto de eventos mecânicos • Nº de quatro (1ª.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: Bulhas Cardíacas .

freqüência e intensidade fechamento (tensão e vibração) válvulas AV (D e E) distensão (tensão e vibração) das cordas tendíneas ruído muscular da contração ventricular coincide com o PA e choque pré-cordial (de ponta) chamado ruído sistólico (+ audível ápice) Bulhas Cardíacas .CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: 1ª bulha “lubb” • • • • • • longa duração.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: 2ª bulha “dupp” • • • • • som curto. intenso fácil ausculta na base cardíaca fechamento das válvulas semilunares (sigmóides) desaceleração da coluna de sangue grandes vasos repercussão do sangue contra as válvulas semilunares na tentativa de retornar aos ventrículos • ruído diastólico (+ audível base) Bulhas Cardíacas . freqüência.

que ocorre no início da diástole • esporádica em bovinos. freqüente em eqüinos • ruído de preenchimento ventricular (difícil audição) Bulhas Cardíacas .CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: 3ª bulha • distensão e vibração ventricular (início da diástole) • enchimento rápido das câmaras cardíacas pelo sangue • choque deste contra as paredes internas ventriculares.

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: 4ª bulha “lu” • • • • • contração atrial e a sua vibração chamada pré-sistólica pode ser confundida com a 1ª bulha ruído curto. breve e freqüência + audível dorsal do ventrículo Bulhas Cardíacas .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: SOPRO • som “sopro de ar” gerado passagem de sangue coração • fisiológico ou patológico • fisiológico .praticamente não audível • aumento FC. esforço físico ou gestação .

CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: SOPRO • patológico – som de retorno do fluxo sanguíneo • alt. anemias e congênito • possui 6 graus . infarto mio (papilares). valvar.

com frêmito palpável • grau 6 – muita intensidade. bem audível. audível com cautela • grau 3 – intensidade moderada. sem frêmito palpável • grau 4 – alta intensidade.CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Exame Físico: SOPRO • grau 1 – baixa intensidade. quase não audível • grau 2 – baixa intensidade. audível. audível em todo tórax. frêmito muito palpável . com frêmito discreto • grau 5 – alta intensidade. audível sem esteto.