Dia-a-dia da coluna saudável.

Pequenos cuidados diários podem salvar a saúde da sua coluna. Um pequeno guia para melhorar a qualidade de vida - Fernanda Leonel - Repórter 16/11/2006

A ACESSA.com preparou um guia prático para você fazer pequenas mudanças em ações cotidianas e ganhar mais qualidade de vida quando o assunto é coluna. Anote e faça o teste em casa. Clique para conferir! Dá pra imaginar o corpo humano sem ossos? Foi com essa pergunta que a fisioterapeuta Aline de Sartro Motta começou a explicar a importância da coluna vertebral para o nosso corpo. Segundo a fisioterapeuta, o corpo seria uma "verdadeira gelatina sem funcionamento" caso não tivéssemos esse "eixo central" para equilibrar postura e funções do corpo. Essa parte tão importante, no entanto, nem sempre recebe o carinho e atenção que merece. É só olhar para o lado para enxergar alguém no trabalho ou em casa - para não falar olhar para você mesmo - todo torto, sentado na cadeira ou deitando de forma incorreta. "Cometemos erros com a nossa coluna a todo momento. Pequenas coisas que vão influenciar na nossa terceira idade, no nosso rendimento e na nossa qualidade de vida", destacou Aline, lembrando que não é só a coluna que sofre quando a tratamos mal. "Para realizar bem as atividades do dia-a-dia, precisamos receber oxigênio e eliminar gás carbônico no ritmo e intensidade adequados. Esse fluxo respiratório pode ser prejudicado por problemas posturais", acrescenta. Quem ainda tem hábitos sedentários, fica muito tempo sentado ou faz grandes esforços físicos quando trabalha, tem ainda mais tendência a ter problemas como estes. Isso porque, todas essas atividades, são potencializadoras de fraqueza muscular ou no caso da atividade pesada, expõe a coluna a erros posturais. Como explica a fisioterapeuta, sem músculo para proteger os ossos, a possibilidade de fratura é muito maior. Para evitar esse tipo de complicação, quem está no grupo dos mais atingidos, pode procurar uma academia para tentar resolver o problema. Aline explica que o exercício físico, que restaura a força e dá mais músculos ao corpo, é a base para o controle de dor na coluna vertebral. Se para esse grupo, os cuidados parecem, no mínimo, fáceis de serem resolvidos, para a fisioterapeuta, o grande problema está nas pequenas atividades do dia-a-dia. Para Aline, são essas pequenas mudanças de hábito que podem evitar em mais de 80% as possibilidades de problemas na coluna. A ACESSA.com montou, em parceria com a fisioterapeuta, um pequeno guia prático de novas atitudes para você adotar no seu cotidiano. Coisas simples, que não demandam investimento financeiro e que podem salvar a sua pele - ou melhor, sua coluna - na hora de realizar coisas que você faz todos os dias.

e jogue o peso para a perna. que naturalmente. Agache. Na hora de lavar as vasilhas e arrumar a cozinha sagrada de todos os dias. uma panela. o certo é arrumar um apoio para levantar os pés. vale colocar um apoio nos pés para aliviar a coluna. Se toda vez você fizer isso.Dia-a-dia da coluna saudável Na hora de pegar um objeto no chão. esticar o braço e tudo mais que der na pinta para alcançar algo que está em cima do guarda-roupa. já sofre com a altura da pia. No outro extremo. . Nada de esticar na ponta do pé. Pode ser um monte de livros velhos. Vale pegar uma cadeira para cuidar da coluna. Para sentir que está descansando de verdade. qualquer coisa. nada de dobrar a coluna toda para pegar peso. O importante é que um de seus pés possa ficar suspenso de vez em quando. por exemplo. Nada de espalhar sofá ou cadeira afora só porque vai descansar e assistir televisão. para uma boa bengalinha no final da vida. pode ir se preparando. segundo Aline de Sartro. vale a dica para pegar coisas no alto.

uma "gelatina". não tiver mesmo como escapar. com os pés já no chão. Nada de pular da cama. só depois. A ossatura humana dá estrutura ao corpo e também auxilia na sua morfologia. Na hora de olhar novidades na internet ou trabalhar. Você conseguiria imaginar o corpo humano sem ossos? Então. É a mesma coisa que construir uma casa sem alicerce. além do que através de suas articulações. encoste e se aproxime do computador. sente no "fim" da cadeira. . Se na hora de fazer força. No computador a postura é imprescindível. tendões. vale ficar de costas. A coluna agradece mais uma vez! xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx CUIDADOS COM A COLUNA Saibam por que a coluna é tão importante. Quando empurramos uma mesa de frente. e quais os fatores (físicos e emocionais) que causam problemas.Na hora de levantar da cama. feche os olhos e imagine uma massa amorfa. Vire de lado. forçamos mais a coluna e também ficamos em uma posição torta que em nada colabora com a saúde do seu "eixo central". vale a regra de que se deve acordar devagar. por exemplo. desde a motricidade mais fina (mais complexa) até a mais grosseira. apóie o braço e aí. Principalmente porque não há quase nada no mundo moderno que roube mais o nosso tempo do que ficar na frente dele. ligamentos e cadeias musculares fazem o corpo se locomover. levante da cama.

carregar a bolsa sempre de um lado só. a maioria das vezes problemas lombares. conjuntamente com os membros inferiores. porém durante a fase gestacional. formam nossa base de sustentação. Portanto. uma boa e saudável alimentação a base de verduras. trabalhar sempre com a mesma postura (por exemplo: dentistas). sedentarismo. o stress físico. a mulher deve ter cuidados redobrados com a sua coluna. lesões. pois prolongaria demais o artigo e fugiria do tema proposto que é a prevenção de problemas de coluna. tchi-kun. sem estarem centralizados no chão e paralelos. fazer faxina na casa sempre com uma postura inapropriada. fazer massagens. carregar mochila pesada nas costas. obesidade. a própria gravidade. principalmente em fase de crescimento. porém aqui não vamos nos ater a estas questões. exercitar-se sem orientação adequada. principalmente nos membros inferiores como na própria coluna. fazer exercícios físicos e/ou musculação. cereais. Algumas outras sugestões de prevenção e para alívio das dores nas costas para as gestantes são: • • • dormir sempre com um travesseiro ou um rolo em baixo dos joelhos para posicionar a coluna lombar. desequilibrando a coluna lombar. fazer alongamentos. E. ainda mais se concomitantemente a gestante engordar mais do que o necessário. Estas são dicas válidas para todas as pessoas que querem cuidar bem de sua coluna. fazer exercícios inadequados para a idade. praticar esportes radicais. dormir sempre de bruços ou em má posição. alguns são: • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • carregar peso excessivo. tai-chi-chuan. Há os fatores congênitos de má formação da coluna. dormir em colchão muito mole (o indicado é um colchão que siga a formação da coluna). mas também contribui para um bom funcionamento gastrointestinal e conseqüente alívio na sobrecarga da coluna lombar. yoga. A própria gestação pode causar problemas na coluna. Tanto os aspectos físicos (externos) como os psicológicos (internos) vão se "imprimindo" na coluna à medida que vamos crescendo e nos desenvolvendo. que dá eixo ao mesmo. Dentre os fatores externos que podem ocasionar problemas na coluna. frutas. que não só é muito importante para o bebê. fazer movimentos repetitivos por tempo prolongado. andar com os pés "tortos". como por exemplo: . sem alongamentos.A coluna é como um pilar que sustenta e equilibra o corpo. alongamentos são uma ótima proposta principalmente após o 3° mês de gestação. pelo crescimento rápido da região abdominal. se agachar de forma incorreta para pegar algo no chão. falta de tônus muscular ou tonificação muscular demasiada.

apertamos as nádegas e projetamos a lombar para a frente. ocasionando uma hiper-lordose. que representa um indivíduo que está com dificuldade na ação e na vontade. O peso do abdômen como a própria flacidez podem fazer com que a curvatura na região lombar aumente. arqueamos a cabeça para cima e projetamos o tórax para a frente. também pode afetar a coluna. causando stress. no que nós queremos esconder. O problema está na cronicidade e nas defesas. • quando somos tímidos e não queremos olhar os olhos da outra pessoa. pois tanto o excesso como a falta de flexibilidade podem prejudicá-la. a uma escoliose (coluna em "S"). b) De costas com as pernas dobradas e os pés apoiados no chão. pois a postura não é nada mais nada menos que a expressão de nossa alma e de nosso "self" interior: • quando queremos nos exibir ou mostrar nossa valentia. fechamos os ombros e as pernas como se fossemos nos esconder. com as pernas juntas levá-las para a direita e para a esquerda. Inspirando. A nossa postura psíquica diante do mundo é refletida em nossa postura corporal. virando sempre as pernas. por exemplo. pelo rebaixamento de energia psíquica. Permanecer algum tempo nesta posição. podendo dar origem. • quando nos sentimos "sobrecarregados". Estes são alguns exemplos para mostrar como o corpo fala. a respiração fica curta e superficial. . porém é importante salientar que a expressão dos sentimentos corporais é muito importante. A falta de tônus muscular. encurvamos a coluna para frente e/ou tencionamos o ombro. (por exemplo. e não afeta a coluna. relaxe sem esticar as pernas. Não quer dizer que as defesas emocionais não tenham valor. c) Com as pernas elevadas e esticadas com os pés apoiados na parede sem tirar as nádegas do chão. nossas pernas perdem a firmeza e os joelhos podem doer. somente os quadris. Os músculos de tão contraídos e enrijecidos vão "espremendo" a coluna que vai perdendo a flexibilidade de movimento. apertamos o abdômen. girar os quadris. • quando estamos angustiados.a) Deitar-se em decúbito dorsal (de costas) com as pernas afastadas e flexionar os joelhos em direção ao abdômen sempre na expiração. resultando assim em um deslocamento da mesma. desviamos a cabeça para baixo. • quando nos sentimos amedrontados. ou seja as tensões psíquicas do dia-a-dia que vão se acumulando e cada vez mais enrijecendo as cadeias musculares. d) Em pé. um abdômen flácido). Os problemas internos que podem acarretar problemas de coluna são as nossas contrações musculares.

quão não é relevante a consciência do mesmo. O problema se torna realmente um problema quando estas defesas nos impedem de viver uma vida plena. é conhecer o Deus que há em você. emperrando nosso potencial diante da realidade. Se o corpo é a morada da alma. Conhecer seu corpo é conhecer o mais íntimo de si próprio.pois elas são necessárias para que vivamos numa sociedade. onde estão escondidos todos os mistérios sobre a natureza humana. .