FILO MOLUSCA FILO MOLUSCA - 80.000 ESPÉCIES.

SERVEM DE ALIMENTO PARA OS HOMENS E ANIMAIS DOMÉSTICOS SÃO HOSPEDEIROS INTERMEDIÁRIOS DE PARASITAS DO HOMEM E DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS DANIFICAM CASCOS DE EMBARCAÇÕES E PORTOS SÃO PARASITAS DAS CULTURAS SÃO UTILIZADOS NA INDÚSTRIA ALGUNS MOLUSCOS COMESTÍVEIS: Mytella falcata - sururu Crassostrea gigas - ostra japonesa Perna perna - mexilhão Helix aspersa - escargot Anomalocardia brasiliana - sarnambi Loligo brasiliensis - lula Crassostrea spp - ostra Sepia officinalis - lula Crassostrea rhizophorae - ostra do mangue POSIÇÃO NO REINO ANIMAL 1. Os moluscos constituem um dos maiores grupos de animais verdadeiramente celomados. 2. Pertencem ao ramo dos protostômios, ou celomados esquizocélicos, e têm clivagem espiral e desenvolvimento determinado (mosaico) 3. Muitos moluscos tem larva trocófora similar à larva trocófora dos anelídeos marinhos e de outros protostômios marinhos. Evidências a partir do desenvolvimento embrionário indica que os moluscos e anelídeos compartilham um ancestral comum. 4. Devido ao fato dos moluscos não serem metaméricos, eles provavelmente divergiam a partir do ancestral comum com os anelídeos antes do advento do metamerismo. 5. Todos os sistemas de órgãos estão presentes e bem desenvolvidos. CONTRIBUIÇÕES BIOLÓGICAS 1. Nos moluscos, a troca gasosa ocorre não somente através da superfície corporal, mas também em órgãos respiratórios especializados na forma de brânquias ou pulmão. 2. A maioria das classes tem um sistema circulatório aberto com coração pulsátil, vasos e seios sangüíneos. Na maioria dos cefalópodes o sistema circulatório é fechado. 3. A eficiência no sistema circulatório e respiratório nos cefalópodes tornou o aumento do tamanho corporal. Invertebrados atingem suas maiores dimensões em alguns cefalópodes. 4. Eles tem um manto carnoso que na maioria dos casos secreta uma concha calcaria e se apresenta diversamente modificado para desempenhar várias funções. 5. Características singulares para o filo são a rádula e o pé muscular. Características gerais 01. Corpo bilateralmente simétrico (assimetria bilateral em alguns); não segmentados; frequentemente com cabeça definida. 02. Parede ventral do corpo especializada como um pé muscular, diversamente modificado, mas usado principalmente para a locomoção. 03. Parede dorsal do corpo forma um par de dobras, chamadas manto, o qual delimita a cavidade do manto e dá origem às brânquias ou pulmões e secreta a concha calcaria (ausente em alguns). 04. Epitélio da superfície corporal geralmente ciliado e provido de glândulas de muco e terminações nervosas sensoriais. 05. Celoma limitado, principalmente à região ao redor do coração, e talvez no lúmen das gônodas e partes do rins. 06. Sistema digestivo complexo; orgão raspador (rádula) geralmente presente; anus geralmete evacuando para dentro da cavidade do manto. 07. Sistema circulatório aberto (fechado entretanto em cefalópodes) constituído de coração (geralmente com três câmaras), vasos e seios sanguíneos; pigmentos respiratórios presentes no sangue. 08. Troca gasosas através das brânquias, pulmão, manto ou superfície corporal.

com cordões nervosos e plexo subepidérmico.calcária e orgânica (hypostracum) células secretoras do nácar (externo) epitélio interno ciliado Pinctada margaritifera Pinctada maertensi HISTÓRICO .09. HELICICULTURA . muitos também com larva véliger. larvas rimitivamente do tipo trocófora. pedioso. alguns com desenvolvimento direto CLASSES CLASSES Monoplacophora Polyplacophora Aplacophora Bivalvia Cephalopoda Gastropoda REPRESENTANTES Neopalinas Quítons Solenogastres Sururú. 11.era apreciada pelos nobres gregos e romanos. olhos altamente desenvolvidos em cefalópodes. caracóis FORMAÇÃO DA PÉROLA As pérolas são: camadas alternadas de CONCHIOLINA e CALCITA . São animais de vida livre e terrestre.criação de escargot’s HELIÁRIO .estudo das conchas. clivagem espiral. pleural. chagriné gros-gris escargots de Vénétie escargot de Adana escargot turco chinês Bulimo 250 g. equilíbrio e visão (em alguns). 12. olfato.vivem na água doce ou salgada. mexilhões.Helix . arrastando-se lentamente. 10. Plínio . CARACÓIS .é a ciência que estuda os moluscos. Formas monóicas e dióicas. 13. ALGUMAS ESPÉCIES Espécies Helix pomatia Helix aspersa Muller Helix aspersa máxima Taylor Helix cincta Helix adanensis Helix lucorum Linné Achatina fulica Strophocheilus ovatus Megalobolinos Nome vulgar gros blanc. CONQUIOLOGIA . dedo-de-velho Lulas. Órgãos sensoriais do tato.Arqueológicos A Bíblia considera carne impura e proibida . visceral. CARAMUJOS . cogonille. Um ou dois rins (metanefrídios) abrindo para dentro da cavidade pericárdica e geralmente drenado para dentro da cavidade do manto. Baixa postura – 3 a 5 ovos .local de criação dos escargots MALACOLOGIA . Sistema nervoso constituído de gânglios pares cerebral.perióstraca camada prismática (CO3Ca) . ostra Sarnambí.são terrestres.fez referencias que Fulvius Lippinus apreciava os escargot’s. Tratos ciliares internos e externos frequentemente de grande importância funcional.ESCARGOT Desde o homem das cavernas .cristais (ostracum) camada nacarada . escargot de bourgogne petit gris. polvos e náutilos Caramujos. paladar. gânglios centralizados em anel nervoso nos gastrópodes e cefalópodes.

MG e PR PORQUE CRIAR? Mercado consumidor garantido .115/100 g Frango .5 Baixo colesterol 15% .cal/grama Coelho . Custo de investimento pequeno.500 ovos > filhotes > aos 4 meses adultos > postura 4 posturas por ano VATAGENS NA CRIAÇÃO DE ESCARGOTS: O clima é determinante.5 x 5 20 x 3 Tamanho  x h (cm) 4.3 4.5 19.1 16.8 4.0 21.0 18. SP. Qualidade da carne.5 8.4 22.1 19.80/100 g Comparativo entre carnes ESPÉCIE Escargot Avestruz Boi Capivara Cateto/Queixada Cervo Codorna Coelho Cordeiro Frango Rã Tartaruga CALORIAS (kcal) 76 126 225 135 147 126 184 162 206 246 88 82 PROTEÍNAS (g) 15 25.8 A CRIAÇÃO DOS ESCARGOT OU CARACOL A França é o maior consumidor No Brasil .0 12.137/100 g Vitela .3 0. CARACTERÍSTICAS PETIT GRIS GROS GRIS ACHATINA 4.COMPARAÇÃO ENTRE CARNES .lipídios GORDURAS (g) 0.8 21.8 2. Pouco espaço. ESCARGOT´S BRASIL EUROPA Adulto 4 a 6 meses 1 a 2 anos Nº de desovas até 5 vezes no máximo 2 vezes Hibernação 1 a 2 meses (Sul) 5 a 6 meses CARACTERÍSTICAS DAS PRINCIPAIS ESPECIES CRIADAS NO BRASIL.1 18.5 x 5 3.5 a 4 5 2a3 300 a 500 40 .7 15. Pouca mão de obra.7 0.70% é lucro.9 17. Alta postura .8 18.5 x 3 Peso (g) Abate (meses) Longevidade (anos) Nº de Postura Ovos/Postura Nº Caracol/kg 15 a 20 6a7 3 2a3 80 a 120 100 a 150 30 a 40 6a7 3 2a3 80 a 120 80 a 120 200 4.85/100 g Escargot .0 14.0 17.RJ.5 8.proteína 1% .

5 kg/1 kg carne. chuchu.ALIMENTAÇÃO Herbívoros Comem de 10 a 15% equivalente ao peso vivos a cada 24 horas de vegetais verdes .5 g/dia/caracol adulto Conversão alimentar . banana. etc. melancia.Etagére PARQUES: conjunto de viveiros .Couve. Limpeza da terra .evitar afogamentos 2 Telhas CAIXAS: Achatina .6 m .retirada de fungos e fezes .ração .1.5 kg/ m .penetração . lesões e morte Comedouro estreito/comprido Terra em vasos para desova e facilita o manejo Bebedouro deve ser raso c/pedras .5% > 1.50 x 1. Preparo da Terra: Colocar no sol de 2 a 3 dias Água quente .10 cm Limpeza . Peneiramento da terra.45 dias.Farinha de cereais .0 m 1. 2 2 PARQUES . drenado e sombreado Evitar proximidades de lavouras Dimensão: 0.postura .1 a 1.minhocas Obs: as caixas podem ser dispostas em prateleiras .0 x Y m Dificuldade de limpeza 2 Engorda . abobrinha.1 m . confrei. Ração inicial de frango de corte ou codorna Fabricação própria .alvenaria Local com declive.1 a 1.60 entre viveiros (espaçamento) . no mesmo local SISTEMAS DE CRIAÇÃO Caixas de madeira com tampa de tela Parques de alvenaria CAIXAS: Petit/Gros Dimensão: 70 x 60 x 30 cm Engorda: 120 Gros 160 Petit BERÇÁRIO: Filhotes Dimensão: 70 x 60 x 20 cm Cobrir com tela . repolho.rápido crescimento/ engorda/higiene/pouca mão-de-obra. Suplementação com ração .1. alface.20% .291.80 caracóis Dimensão: 70 x 60 x 40 cm Terra esterilizada no fundo .casca de ovo farinha de ostra Obs: O alimento deve ser colocado no final da tarde/noite.2 m x 15m > 5 viveiros de 24.consórcio com minhocas.evita a fuga e favorece a oxigenação Evitar queda. lingua de vaca.elimina ovos/parasitas/predadores 3 Calagem . Ração .80 Achatina 120 Gros 160 Petit TERRA : Descansar Desova Bebedouro/comedouro.80% (trigo/aveia) Cálcio .

Ninho Eclosão: 20 dias em média Filhotes em 6 dias abondonam o ninho Filhotes se alimentam da casca .0 m dividido em 3 módulos Reprodutores Crescimento Engorda INICIAR A CRIAÇÃO EM CAIXAS: Mínimo . líquido escuro e cheiro de fermentação Postura Rosa . Abatido .Achatina . Temperatura e umidade favorecem Postura: 15 a 30 dias após a monta Nº de ovos .40 unidades .200 Petit Viveiros de 15.400 Gros 19.microfungo .200 filhotes/matriz/ano REPRODUÇÃO: Hermafrodita sem Autofecundação Cópula: 10 horas. erva-doce .Fresco ou Congelado VIVO: 1 Kg / US$ 7.cálcio.consangüinidade e doenças hereditárias Máximo .600 Achatina 14.Pode-se criar - 9.100/postura .60% .n/recolhe na concha.000 filhotes/ano 1 Cx .00 .purga (5 dias sem alimentação) .gosma Achatina . PREDADORES: Aves.40 Achatina 60 Gros 80 Gris 1 Cx .ovos ficam de cor róseo.000 filhotes/ano                CAIXA DE ENGORDA .até 3 meses ABATE: .40 a 45% COMERCIALIZAÇÃO: Lucro: 70% .60 X 0. Helix . 10 dias antes.60 matrizes Achatina > 200 filhotes x 60 = 12.400/postura .Helix .10 matrizes .50 filhotes/matriz/ano Achatina . Vivo . cobras.60 matrizes Helix > 50 filhotes x 60 = 3.70 X 0.30 cm . sapos. Ácaros e Nematóide SELEÇÃO DE MATRIZES: Tamanho Precocidade Alimentação especial Renovar em 10% o plantel CAIXA: 0. patos.bactéria .300 a 400 Helix . Achatina . rãs e formigas DOENÇAS: Pseudomonose .como ovos de aves Buraco na terra . alimentar c/ervas perfumadas: hortelã.100 matrizes Helix . Lavagem: com sal e vinagre QUEBRA: . Jejum absoluto .

couve. apresentando diversas nuanças do ruivo até o marrom escuro.  O escargot é. aprovada pelo Decreto Legislativo no 02 de 03 de fevereiro de 1994 e promulgada pelo Decreto no 2. A cor da concha varia em função da região de procedência. contrasta com o corpo escuro tendendo para o preto.60 unidades .00 US$ . pode pesar mais de 200 gramas.Achatina . pepino e chuchu podendo usar a ração seca. 3º da Lei nº 5.160 a 200 unidades/kg Petit . Pode medir até 15 cm do vértice à base. Apresenta uma concha com espirais marrons e mechas castanho escuro o que o diferencia do Bourgogne que apresenta as mesmas características com nuanças mais claras. basicamente com alface. Peso médio de 20 gramas.  Helix pomatia OU ESCARGOT DE BOURGOGNE  É o maior escargot europeu.519 de 16 de março de 1998.  Achatina fulica OU ESCARGOT CHINÊS  É o maior escargot comercializado conhecido. Sua concha é de cor marrom com ranhuras transversais muito escuras.80 unidades . 95. 37 da Lei nº 9. É indicado para criação em regiões com climas temperados e frios. de 14 de maio de 2002.  Helix lucorum OU ESCARGOT TURCO  É muito parecido com o Escargot de Bourgogne. e Art. Tem ciclo mais longo que o Gros Gris e o Escargot Turco. de 03 de janeiro de 1967 e nos incisos II e IV do Art. Considerando o disposto no § 2º. do Art. Anexo I.756. da Estrutura Regimental aprovado pelo Decreto nº 4. O diâmetro da concha pode variar de 30 a 55 mm e a altura de 30 a 50 mm. 24. com ranhuras transversais. O Presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama.605. um herbívoro. no uso das atribuições previstas no Art. DE 18 DE AGOSTO DE 2005. Sua forma oval e cor cinza rajada com faixas creme. as espécies mais importantes são:  Helix aspersa maxima OU GROS GRIS  Muito prolífero e com ótima aceitação no mercado externo e interno.      Gros Petit ABATIDO: 1 kg/ 30. Considerando os compromissos estabelecidos no item h do Art. Quando adulto. Ele se alimenta à noite. Desenvolve-se muito bem em regiões de clima quente. Para consumo são comercializados os filhotes na faixa de 15 a 20 gramas. Seu peso adulto para abate é ao redor de 15 gramas. No Estado de São Paulo a criação dessa espécie encontra-se proibida pela LEI Nº 11. É uma espécie das mais prolíferas. de 12 de fevereiro de 1998.150 a 180 unidades/kg Gros .240 a 280 unidades/kg Do ponto de vista da criação comercial no Brasil. de 20 de junho de 2003. botando mais de 200 ovos em cada postura. 8º da Convenção sobre Diversidade Biológica. DE 1º DE JULHO DE 2004.  MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 73. Peso médio ao redor de 22 gramas. cenoura. preparada em casa. .756. Peso médio de 7 gramas.197. 0 diâmetro da concha pode variar de 18 a 30 mm e a altura de 20 a 30 mm. na natureza.  Helix aspersa OU PETIT GRIS  É um escargot de pequeno porte. bardano. item VI do Regimento Interno aprovado pela Portaria GM/MMA nº 230.

abrindo assim uma passagem para o mundo exterior. . dependendo das condições de clima. em todo o território brasileiro.Os caramujos e ovos recolhidos também podem ser mortos com solução de cloro. nociva às espécies silvestres nativas. permanecendo de 24 a 30 horas em trabalho de postura. sendo.O material ensacado também pode ser descartado em lixo comum. Após a eclosão. podendo ser superior a 200 na maior espécie conhecida (Escargot Chinês). três partes iguais de água para uma de cloro. cobertos com cal virgem e enterrados. em caso de frio ou vento. caracol-gigante-africano. Enterrando parcialmente sua concha. falso-escargot ou rainha-da-África. Quando ocorre o climax. eles vão se tocando e se excitando até atingir o ponto de acasalamento. transformando-se em ovos. . mas estes procedimentos devem ser realizados com segurança. a sua defesa natural: a hibernação. mas devem ser deixados totalmente cobertos por essa solução durante 24hs. A seguir. sobretudo cálcio) e depois a terra que envolve o ninho.00447/2004-88. . tornando-se possíveis focos para reprodução de mosquitos. No brasil. . que ficam semi-enterrados e proceder da mesma forma usada para os animais coletados. sendo função da seleção de matrizes. A cópula dura l0 a 12 horas. os pequenos escargots devoram tudo o que encontram pela frente. A operação de abandono do ninho leva de 24 a 30 horas. e Considerando os estudos técnicos e informações constantes do Processo Ibama nº 02001.Para realizar a catação. retornando sempre ao seu abrigo.Jogar água fervente e incinerar também são opções. as mãos devem estar protegidas com luvas ou sacos plásticos para evitar o contato com o animal. à agricultura e à saúde pública. caramujo-gigante. R E S O L V E: Art. dependendo da espécie. uma espécie exótica invasora.   Renata Fontoura 11/01/11 (Comunicação / Instituto Oswaldo Cruz .1o Fica proibida. ao ambiente. e com o auxílio da cabeça e parte do pé.Os caramujos recolhidos devem ser esmagados. bem como de seus ovos. a começar pelo que sobrou da membrana que revestia o ovo de onde saíram (rica em proteínas e sais minerais. mas é preciso quebrar as conchas para que elas não acumulem água. também conhecida como acatina. . Ela é precedida por uma fase de namoro que dura 20 minutos. eles ficam lado a lado em sentidos opostos e se penetram reciprocamente com o pênis de um na vagina do outro. Após esse período os óvulos ficam maduros para receber os espermatozóides e serem fecundados. antes mesmo de procurar alimento. o pequeno molusco começa sua maratona em direção ao alimento a à água. portanto. O número de ovos varia conforme a espécie. O filhote permanece no ninho de 3 a 5 dias. Os escargots são hermafroditas incompletos e como tal precisam de um parceiro para a cópula. antes de subir à superficie. a criação e comercialização de moluscos terrestres da espécie Achatina fulica. caracolafricano. Usando o dardo calcáreo. há espécies de escargots que atingem a vida adulta no máximo em 4 meses. ele escava um buraco em forma de cogumelo invertido. um local abrigado e começa a usar. alimentação e cuidados dispensados pelo criador. dependendo da temperatura e umidade.  A incubação leva de 16 a 30 dias. caracol-gigante. Na superfície.Considerando que o caramujo-gigante-africano – Achatina fulica – não pertence à fauna silvestre nativa. Numa mesma ninhada. Aclimatado a sua nova vida. o crescimento é heterogêneo. cada um recebe uma quantidade de espermatozóides do outro e armazena-os no receptáculo seminal. A profundidade do ninho pode variar de 3 a 15 cm. A precocidade é um dos fatôres importantes de uma criação bem sucedida . caramujo-giganteafricano.Recolher também os ovos. ele busca em primeiro lugar. antes de serem descartados.    Cuidados na catação e descarte dos animais .  A postura ocorre de 15 a 25 dias após a cópula.

02/05/2012. .

Related Interests