UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGICA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA LABORATÓRIO DE QUÍMICA ANALÍTICA

DETERMINAÇÃODE PERÓXIDO DE HIDROGENIO EM ÁGUA OXIGENADA

SÃO CRISTÓVÃO-SE, 2012

para facilitar a oxidação da substância em análise. um forte oxidante. Seus números de oxidação diminuem durante a reação. Seus números de oxidação aumentam durante a reação. dependendo da substância utilizada para as determinações: permanganometria. é necessário que seja possível padronizar a solução que será utilizada para a determinação da outra espécie. Os métodos de volumetria de óxido-redução dependem dos potenciais de eletrodo envolvidos nas semi-reações. quando utiliza-se o permanganato como titulante. o método de interesse é a permanganometria. e os estados de oxidação devem ser bem definidos e conhecidos antes da análise. as titulações permanganométricas são realizadas em meio ácido. e iodimetria. As substâncias que retiram elétrons de outras espécies e. Em geral. reduzindo-o de Mn7+ a Mn2+. A desvantagem da permanganometria é que o permanganato de potássio não possui características de padrão primário. assim. Já as substâncias que perdem elétrons e os doam para a espécies oxidante são chamados agentes redutores. Além disso. quando as reações envolvem a oxidação do iodeto a iodo. e que exista um meio apropriado para a detecção do ponto final da titulação. ganham elétrons durante a reação de redox são chamadas de agentes oxidantes. . como titulante. e usa o permanganato de potássio. reduzindo-o de Iº a I-. Os métodos de volumetria de óxido-redução recebem nomes específicos. os reagentes devem ser estáveis no meio da titulação. A perda ou o ganho de elétrons é formalmente indicado pela variação do número de oxidação das espécies envolvidas na reação de redox. A permanganometria é o método titulométrico de óxido-redução mais importante. As reações de redox podem se utilizadas como método analítico titulométrico. Nesta prática. Este método dispensa o uso de indicadores porque a coloração violeta intensa do íon permanganto indica o ponto final da titulação. quando as reações envolvem a redução do iodo. além de sofrer auto-decomposição quando exposto à luz. iodometria.1 – INTRODUÇÃO As reações que envolvem a transferência de elétrons de uma espécie à outra são chamadas de reações de óxido-redução ou simplesmente redox.

Erlenmeyers.Solução de H2O2.Bureta. .Solução de H2SO4 a 1:6. pois os íons MnO4. .Solução de KMnO4.tendem a oxidar a água. . .+ 8H+ + 5é Solução de H2SO4 é adequada Mn2+ + 4H2O íons MnO4 não oxidam íons SO42- OBS: Meio reacional fortemente ácido 2 – OBJETIVOS Determinar a concentração de uma solução de peróxido de hidrogênio através da volumetria de óxido-redução com permanganato de potássio. . pois não é um padrão primário devido a presença de MnO2 que altera sua concentração.+ 16H+ → 2Mn2+ + 10CO2 + 8H2O Padronização da solução de permanganato (= solução pouco estável.A solução de permanganato é padronizada com oxalato de sódio(Na2C2O4). 2MnO4. então exige que: 1) Filtração da solução para eliminar MnO2 (dióxido de manganês) 2) Armazenar a solução em frasco âmbar (escuro) 3) Repadronização periódica MnO4.Oxalato de sódio sólido. 3 – MATÉRIAIS E PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL a) Materiais utilizados . .

Béqueres. B – Padronização com oxalato de sódio (Na2C2O4). mais ou menos. Determinar a concentração de H2O2 em “%” e em “volumes”. 5. 2. . 6. . 5.2000 a 0. L-1 até o surgimento de leve coloração violácea. . . . 4. Calcular a concentração em mol . L-. C – Determinação de peróxido de hidrogênio em água oxigenada. Realizar a titulação em duplicata. Pesar 1.02 mol .Aquecedor magnético. 3.. Guardar a solução em frasco escuro. 60 mL de água destilada e adicionar 15 mL de H2SO4 1:6. 6. 1. 4. Ferver a solução por 15 minutos até reduzir o volume para 500 mL.6 g de KMnO4 Transferir para proveta de 1L e dissolver até 600 mL com água destilada. 1. 2. 4. Titular com a solução padronizada de KMnO4 0.Funil. Transferir exatamente 10 mL da amostra diluída para um erlenmeyer e acrescentar 15 mL de H2SO4 1:6. Pesar de 0. 1. Dissolver o oxalato em. Resfria-la 5. Deixar esfriar Filtrar em funil com lã de vidro. L-1.02 mol . 2.2500 g de oxalato e transferir para erlenmeyer de 250 mL. L-1 até permanência da coloração rósea durante 30 segundos.02 mol.Suporte universal. b) Procedimento experimental A – Preparação da solução de KMnO4 0. 3. Titular com a solução de KMnO4 0. Aquecer a solução a 90°C. 3.Água destilada. Retirar uma alíquota de 10 mL da amostra (água oxigenada) com auxilio de uma pipeta volumétrica e diluir com água destilada em balão volumétrico de 100 mL.

00158 = 5. A reação do oxalato de sódio com o permanganato de potássio pode ser observada abaixo : 2 KMnO4 +5C2O4 +16H N = m \ MM N = 0. 0. C2.01975 mol (permanganato de potássio) 2Mn +10CO2 + 8H2O Considerando que cada 2 mol de permanganato de potássio necessita de 5 mol de oxalato de sódio para ser consumido totalmente .0. Tabela1 . 2128 g \ 134g \ mol N = 0.16 C2 = 0. C2. Os volumes de KMnO4 titulados em cada amostra . 10-3\ 0.foi possível calcular o nº de mols de permanganato de potássio utilizados em cada titulação . V2 (permanganato de potássio) 2.16.00158 mol (oxalato de sódio) 2.032 C2 = 3.RESULTADOS E DISCURSÕES A solução de permanganato de potássio não é considerada um padrão primário por isso faz-se necessário preparar uma solução próxima á desejada e em seguida determinar a verdadeira concentração da solução por meio de titulação de oxalato de sódio . bem como suas respectivas massas de oxalato de sódio encontram-se na tabela 1. C1. V1 (oxalato de sódio) = 5.4 .

01975 15.01975 mol 1000 mL -------0.4 mL de KMnO4 .1 mL 32.10-4 -----------------------10 mL 7.2080 (g) 0.10-3 mol--------------------10mL .011.525.25 mL.25 mL-------------X X = 3.6 mL.0.525.AMOSTRAS Volume Titulante de KMnO4 (mL) 32.4 mL 32.525. 10-4 KMnO4 2Mn2+ + 5O2 + 8H2O 2mol de MnO4------------------------5mol H2O2 3.2128 (g) Determinação do teor de H2O2 na amostra Na primeira titulação gastou-se um volume de 17.25 mL MASSA Na2C2O4 ( g) 1 2 Média 0. De acordo com a reação de titulação: 2MnO4.10-4 (H2O2) 7.10-4-----------------------------X X = 7.26160 (g) 0.011.+ 5H2O2 + 6H+ MnO4. na segunda 17. A média aritmética dos volumes foi de 15.

X -------------------------------.5585% Que é um valor próximo ao esperado 3%.100 mL X = 7. 10-3 mol 1mol H2O2-------34g 0.Referências Bibliográficas . Baseia-se na redução do permanganato a íon manganês (II) em meio ácido.525. podendo ele próprio atuar como indicador. 6. é um dos mais importantes métodos volumétricos de oxidação. pois o ponto final na titulação é observado pelo aparecimento de uma coloração rósea persistente.Conclusão Conclui-se que a permanganimetria. neste caso. onde verificou-se que a porcentagem de H2O2 foi bem próxima do esperado que é de 3% para 10 volumes. aplicada na determinação de peróxido de hidrogênio em água oxigenada comercial de 10 volumes.100 mL X= 0.5585% m\v X -------------------------------.07525 mol Teor de H2O2 encontrado na amostra de água oxigenada 10%. que faz uso do permanganato de potássio como reagente volumétrico. Obtivemos também com este experimento um conhecimento prático das aplicações da permanganimetria. O permanganato de potássio é um poderoso agente oxidante e suas soluções possuem coloração violeta intensas.07525 mol--------X X= 2.foi de 2. 7.

2002. A. . Análise Química Quantitativa. Rio de Janeiro: LTC Editora.http://www.com/quimica/peroxido-de-hidrogenio.brasilescola.htm VOGEL. I. 6ª Ed.