Comentários sobre as insanidades de Marco Feliciano

Seguem as transcrições de dois vídeos sobre o polêmico pastor que se julga dono por vontade divina da Comissão de Direitos Humanos: O primeiro, em que o InFeliciano e bizarro presidente da comissão de Direitos Humanos da Câmara, porta voz de todo uma ala de pensamento fundamentalista de parte doentia da nação, ataca Católicos e a Igreja Católica (ele já atacou outras denominações e pessoas, famosas ou não... faz parte do estilo "humanista" e "equilibrado" dele). O link para este vídeo é: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=p7d6sw3M7J8 O outro vídeo é um comentário bastante lúcido do analista político Bob Fernandes, da TV Gazeta e da Rádio Metrópole, da Bahia. Há também, no final, a transcrição deste comentário de Bob Fernandes para quem quiser copiar e guardar ou compartilhar... O link para o vídeo é: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=slRFIh-i6PY

Primeiro Vídeo, extraído da Cnews Em um vídeo gravado - veja mais abaixo - durante um culto, o ainda presidente da Comissão dos Direitos Humanos afirmou que avivamento da Igreja Católica é um avivamento de Satanás. Mais uma polêmica envolvendo o nome do pastor Marco Feliciano. Agora, o deputado pelo PSC de São Paulo, que foi eleito para presidir a Comissão dos Direitos Humanos, protagoniza um vídeo gravado durante um culto religioso.
Feliciano partiu para o ataque à Igreja Católica. “Eu conheço Deus... Não é o Deus desta religião morta e fajuta... Se há algum católico aqui, o que eu duvido muito, mas, se tiver, está em busca de alentamento. Deixa eu te explicar uma coisa. Primeiro, você não pode sentir aquilo que nós sentimos sem experimentar o Deus que nós sentimos. „Não pastor, não pastor, mas eu sou carismático, eu até aprendi a falar em línguas, botar uma fita no rádio e eu decorei.‟ Esse avivamento é o avivamento de Satanás... Por que é que você não pode experimentar o mesmo avivamento? Porque o seu Deus não é o mesmo que o meu... O meu Deus exige santidade, santidade física e de alma” , declarou. A parte sobre a Igreja Católica pode ser vist, no vídeo,a a partir de 3 minutos e 10 segundos.

Transcrição do comentário de Bob Fernandes na TV Gazeta da Bahia em abril de 2013: Recordemos a espantosa coleção de estultices do deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP). Para alguns uma frase dele pode soar espertinha, engraçadinha, mas o conjunto da obra revela seu caráter. Agora ele calunia, mente sobre Caetano Veloso, agride e despreza outra religião, o candomblé. O pastor mente e calunia ao dizer que Caetano submetia músicas à aprovação de Menininha do "Patuá". O erro no nome, Gantois, é proposital. O erro é proposital. Profundamente ignorante, desrespeitoso, situa a Ialorixá num tempo em que ela já estava morta há 12 anos. Feliciano diz que Deus matou John Lennon: "Eu queria estar lá no dia que descobriram o corpo dele. Ia tirar o pano de cima e dizer 'me perdoe, John,

mas esse primeiro tiro é em nome do Pai, esse é em nome do Filho, e esse, em nome do Espírito Santo'". Qual Deus, qual religião prega assassinato como faz esse suposto pastor? A não ser quem tenha sérios desvios, que religião debocharia da morte de cinco jovens, como fez Feliciano com o grupo Mamonas Assassinas? Disse ele sobre os integrantes da banda que morreram num acidente aéreo: - Um anjo pos o dedo no manche e Deus fulminou aqueles que tentaram colocar palavras torpes na boca das nossas crianças. O que pode existir de mais torpe do que essas palavras de Feliciano? Talvez mais torpe seja entregar a própria mãe. Dizer, como ele disse, que assistia à mãe "arrancar fetos de dentro das mulheres". A mãe de Feliciano desmentiu, disse que não era bem assim, mas, verdade ou mentira, a frase revela o que é a cabeça do filho. Há quem veja nisso só um jeito "ixpérto" de chamar a atenção. Esperteza à parte, só a escolha da frase já escancara a profundidade da doença na alma e na cabeça de Feliciano. O deputado apregoa que descendentes de africanos são amaldiçoados, que sentimentos homoafetivos são "uma podridão", e que direitos para as mulheres podem levar à "predominância homossexual". Diz também que, antes dele, Satanás ocupava a Comissão de Direitos Humanos. Com ares e fama de quem é "ixpérto", mas parecido mesmo é com um grande beócio, Feliciano segue em frente. Mesmo acusado de estelionato, desfila nesses tempos de lassidão e mediocridade. Até que alguém, quem sabe um dos seus pares, dele se aproxime. Alguém verdadeiramente religioso, próximo da divindade. Alguém que, com compaixão, chegue para Feliciano e diga a verdade: - Amigo, você não é "ixpérto". Você está é doente, tem uma doença na cabeça e na alma, procure ajuda, Feliciano, vá se tratar.