You are on page 1of 15

Termos de Uso

Este trabalho está sob uma licença Creative Commons 3.0
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

Seja Legal! Compartilhe essa ideia!

www.theoriapratica.org

Cultura .

de Arnaldo Antunes O girino é o peixinho do sapo O silêncio é o começo do papo O bigode é a antena do gato O cavalo é pasto do carrapato O cabrito é o cordeiro da cabra O pecoço é a barriga da cobra O leitão é um porquinho mais novo A galinha é um pouquinho do ovo O desejo é o começo do corpo Engordar é a tarefa do porco A cegonha é a girafa do ganso O cachorro é um lobo mais manso O escuro é a metade da zebra As raízes são as veias da seiva O camelo é um cavalo sem sede Tartaruga por dentro é parede O potrinho é o bezerro da égua A batalha é o começo da trégua Papagaio é um dragão miniatura Bactérias num meio é cultura .Poema: Cultura.

como membros da sociedade humana. . adquirem por meio da representação simbólica." Émile Henriot O conceito de cultura abarca praticamente todos os tipos de comportamento e produtos relacionados com que os homens.Como definir a cultura? "A cultura é aquilo que permanece no homem quando ele já esqueceu todo o resto.

 seja para a  adequação do indivíduo  à  sociedade.  sendo  um  elemento  responsável  pela  sua  manutenção  e  perpetuação  a  partir  da  transposição.  Enquanto  processo  de  sociabilização.Educar para a Cultura A  educação. .  a  educação  é  exercida  nos  diversos  espaços  de convívio social.  dos  modos  culturais  de  ser.  às  gerações  que  se  seguem.  do  indivíduo  ao  grupo  ou  dos  grupos  à  sociedade.  estar  e  agir  necessários à convivência e ao ajustamento de um membro  no  seu  grupo  ou  sociedade.  é  um  processo  observado  em  qualquer  sociedade  e  nos  grupos  constitutivos  destas.

religião. Ela é compartilhada. 1994) .(Gollnick e Chinn. .Identidade Cultural Cultura é uma maneira de perceber. idade. região geográfica. local de residência. idioma principal. nível socioeconômico. sexo. avaliar e agir. e em constante mutação. e de adaptação. e deficiências. pensar. A identidade cultural de uma pessoa é baseada em traços e valores que são aprendidos como parte da nossa origem étnica.

Levada a circunstâncias extremadas. Para essa avaliação preconceituosa são levadas em conta características físicas hereditárias. referências e padrões adotados pelo grupo social ao qual o próprio indivíduo ou grupo fazem parte. e determinados traços de caráter e inteligência ou manifestações culturais. ● O racismo é um pensamento que acredita existir raças humanas distintas e superiores umas às outras. O racismo não é uma teoria científica. mas um conjunto de opiniões pré concebidas onde a principal função é menosprezar outros grupos se valendo de critérios supostamente científicos. cabelo e traços faciais. na cor dos olhos. .Existe uma cultura superior? ● Etnocentrismo: a visão ou avaliação que um indivíduo ou grupo de pessoas faz de um grupo social diferente do seu é apenas baseada nos valores. como a diferença na tonalidade de pele. medo). essa visão absoluta pode desembocar numa xenofobia (ξένος [xenos] = estrangeiro e φόβος [phobos].

Cultura popular e cultura erudita  Cultura  Popular:  Trata­se  de  um  saber  não  institucionalizado.  mas  por  academias.  trata­se  de  um  saber  de  caráter  mais  formal  e  institucionalizado  do  saber. ou ainda  a literatura de cordel.  isto  é.  conservatórios  musicais.  que  selecionam  o  material  e  impõem  regras  rígidas  e  complexas  elaborações  para aceitação deste saber em seu seio. ou a culinária tradicional. Cultura Erudita: Em contraposição ao saber popular (folk­lore).  Isto  é:  o  domínio  da  cultura  erudita  passa não  pela  tradição  familiar.  .  exemplo disso  é o crochê.  bibliotecas.  etc.  que  não  se  aprende  em  colégios  ou  academias.

● . outros se adicionam. a cultura sofre mudanças dentro de um continuum histórico. ● Como mecanismo adaptativo e cumulativo.A cultura muda? Sendo a representação de um grupo em uma determinada época. Traços se perdem. em velocidades distintas nas diferentes sociedades. podemos dizer que a cultura é histórica.

Como paradigma representacional da aldeia global. esse conceito quer dizer que o progresso tecnológico ● estaria reduzindo todo o planeta à mesma situação que ocorre em uma aldeia. Mas antes disso. um meio de comunicação de massa em nível internacional. ele elegeu a televisão.Uma aldeia global Criado pelo sociólogo canadense Marshall McLuhan. Depois do boom da televisão e depois do celular e da internet. o rádio já construia pontes entre países e continentes. é que podemos de fato perceber esse conceito não mais como uma possibilidade teórica. . mas como realidade factual.

● . Os produtos da chamada indústria cultural se caracterizam sobretudo pela plasticização e a efemeridade e descartabilidade. o entretenimento.Cultura de massa Trata-se de uma novidade surgida em meio ao desenvolvimento dos meios de comunicação. sexuais ou psicológicas — onde a função é sobretudo. O alcance e a velocidade das informações abriu espaço para a produção de um tipo de cultura voltada para o grande público — a despeito de heterogeneidades sociais. étnicas. etárias.

" .. os beatnicks. de certa  maneira. entendida  assim. um certo espírito. uma certa movimentação nas  universidades. drogas e assim por diante. de enfrentamento diante da ordem vigente... [.] Uma contracultura..A contracultura O termo contracultura pode se referir ao conjunto de movimentos de  rebelião da juventude [. [. Um tipo  de crítica anárquica – esta parece ser a palavra­chave – que. mais abstrata.  embora muito próximo de nós.. viagens de mochila.. um certo modo de  contestação.] que marcaram os anos 60: o movimento  hippie. já faz parte do passado”.  e costuma ter um papel fortemente revigorador da crítica social.] Trata­ se. em diferentes épocas e situações. então. ‘rompe com as regras do jogo’ em termos de modo de se fazer  oposição a uma determinada situação. [. de caráter  profundamente radical e bastante estranho às forças mais  tradicionais de oposição a esta mesma ordem dominante. a música rock. de um fenômeno datado e situado historicamente e que.. reaparece de tempos em tempos. o mesmo termo pode também se referir a alguma coisa mais  geral.] “De outro  lado..

nunca fora alterado. as imagens. "Controle da realidade. "controla o futuro. em verdade. 1984 ”Quem quer que controle a mídia." E no entanto o passado. George Orwell.então a mentira se transformava em história. O que agora era verdade era verdade do sempre ao sempre. Era bem simples.E se todos os outros aceitassem a mentira imposta pelo Partido ." chamava-se. quem controla o presente controla o passado.se todos os anais dissessem a mesma coisa . Bastava apenas uma série infinda de vitórias sobre a memória. "Quem controla o passado.” Allan Ginsberg ." dizia o lema do Partido. controla a cultura. conquanto de natureza alterável.

scribd.br/sec_discografia_view.arnaldoantunes.com.wikipedia.Fontes  http://www.org/wiki/Cultura http://pt.org/wiki/Educa%C3%A7%C3%A3o http://pt.scribd.html http://www.co.com/doc/6922241/1984GeorgeOrwell http://www.wikipedia.org/wiki/Contracultura TEXTOS:        http://www.banksy.uk/index.wikipedia.org/wiki/Aldeia_global http://pt.wikipedia.org/wiki/Racismo http://pt.php?id=1&type=1 http://pt.com/doc/29057883/Colecao­Primeiros­Passos­O­Que­e­Cultura­Jose­Luiz­dos­Santos  .wikipedia.

org/licenses/by­nc­sa/3.Termos de Uso Este trabalho está sob uma licença  Creative Commons 3.0/br/ Seja Legal! Compartilhe essa ideia! www.0 http://creativecommons.org .theoriapratica.