CIÊNCIAS NATURAIS - 8

Fluxos de Energia e Ciclos da Matéria– Pirâmides Ecológicas

2

As transferências de matéria e de energia dos produtores aos restantes seres do ecossistema são acompanhadas de perdas significativas.

Nuno Correia 08/09

3

Cada degrau da pirâmide corresponde a um nível trófico

Nuno Correia 08/09

4

Existem três tipos de pirâmides ecológicas:
 pirâmides

de números;  pirâmides de biomassa  pirâmides de energia

Nuno Correia 08/09

5

Nestas pirâmides, a área de cada degrau é proporcional ao número de indivíduos, à biomassa ou à quantidade de energia, respectivamente.

Nuno Correia 08/09

6

As perdas significativas de alimento que ocorrem nas cadeias alimentares têm uma dupla origem:
 Alimentos

não utilizados (matéria não absorvida)  Perdas respiratórias

Nuno Correia 08/09

7

Nuno Correia 08/09

8

Em consequência das perdas verificadas, em regra, o número de indivíduos de um nível trófico é inferior ao do nível trófico precedente

Nuno Correia 08/09

9

Há, no entanto, algumas excepções, no que se refere a pirâmides de números e de biomassa, podendo surgir pirâmides invertidas. Por exemplo, uma única árvore (produtor) pode fornecer alimento a um número enorme de consumidores.
Nuno Correia 08/09

10

As perdas verificadas nas transferências de alimento explicam que o tamanho das cadeias alimentares seja limitado. Quanto mais curta for uma cadeia alimentar, menores são as perdas que se verificam, havendo, portanto, uma maior economia de alimento.

Nuno Correia 08/09

11

Nuno Correia 08/09

12

Nuno Correia 08/09

13

A energia proveniente do Sol fixada pelas plantas passa a fazer parte da matéria orgânica que produzem e é depois transferida através dos consumidores e dos decompositores, abandonando o ecossistema ao longo do percurso sob a forma de energia térmica (calor).
Nuno Correia 08/09

14

A matéria, no entanto, circula continuamente do meio abiótico para os seres vivos e destes para o meio abiótico, sendo portanto reciclada.

Nuno Correia 08/09

Related Interests