You are on page 1of 5

TEXTO PUBLICITÁRIO

A palavra publicidade deriva do latim publicus. É uma técnica que tem por objectivo promover a venda de produtos ou serviços (publicidade comercial) ou a divulgação de ideias (publicidade não comercial). A intenção comunicativa do publicitário é procurar convencer o público-alvo (destinatário) a consumir (um produto ou serviço) ou a seguir uma ideia.

Baseia-se em três princípios: 1. Estudo de mercados - deve conhecer-se bem o mercado, a concorrência, para que a venda seja eficaz. 2. Marketing - técnicas usadas para solicitar o receptor a comprar a mercadoria. Normalmente, fazemse promoções, enviam-se amostras e usam-se outras estratégias. 3. Motivação - devem utilizar-se todos os processos para convencer o consumidor.

A PUBLICIDADE AO LONGO DOS TEMPOS

Na Grécia antiga e em Roma encontram-se os primeiros vestígios de propaganda política e de publicidade vocal, simultaneamente, através de pregoeiros que, na Antiguidade, vendiam gado, escravos e vários produtos, para além de anunciarem os combates nas arenas.

O cartaz e o anúncio escrito também chegaram a ser utilizados, se bem que muito rudimentarmente, como testemunham tabuletas descobertas nas ruínas de Pompeia e que serviam para anunciar os combates de gladiadores ou as características dos escravos foragidos. A utilização dos símbolos também é muito antiga, pois já nessa altura uma cabra simbolizava uma leitaria e uma pipa de vinho, uma adega. Mais tarde, um escudo de armas significava a existência de uma pousada e uma peruca, a de uma barbearia.

Até ao século XVII, a publicidade não sofreu praticamente nenhuma evolução. Foi só em 1625 que apareceu no periódico inglês Mercurius Britannicus o primeiro anúncio publicitário de um livro. Tinham sido encontrados um novo medium e uma nova fonte de receita para o jornal, que até ali vivia unicamente da venda de assinaturas. Estava marcado o limiar duma nova era da publicidade moderna.

Estes primeiros anúncios eram sobretudo de teor informativo, servindo para chamar a atenção do leitor para determinado produto ou facto.

MARTINS LAMPREIA. Com o advento da era industrial e a consequente necessidade de aumentar o consumo dos bens produzidos. A maio. a técnica publicitária foi-se aperfeiçoando. nos fins do século XIX. Propaganda e Relações Públicas . em vez de se limitar a descrever o produto. passando a ser mais persuasiva nas suas mensagens e perdendo quase totalmente o seu sentido unicamente informativo.). Foi ele que. Em 1745 aparece na Grã-Bretanha o General Advertiser. Volney Palmer começou a planear a publicidade de vários anunciantes. Técnicas de Comunicação . F: W. que começou por comprar e revender espaço em vários periódicos. passa à preparação do texto publicitário e ao fornecimento de diversos outros serviços de apoio ao cliente. ao tipo classificado (pessoas procurando cria.dos. em Filadélfia.ria dos anúncios pertencia ainda. comodidade. assim. publicou a Pennsylvania Gazette. chefe de publicidade. Benjamim Franklin.Em 1729. etc. desfiles de carros decorados e oferta de galhardetes. No nosso país. J. Franklin era redactor publicitário. gigantescos painéis exteriores. como muitos modernos redactores publicitários. aparecendo. vendedor. cobrando aos periódicos 25% do custo dos anúncios.). Ficou conhecido como o primeiro angariador publicitário.Publicidade. como o precursor da agência de publicidade de serviço completo. tentando estimular o interesse deste. o pai da publicidade norte-americana. Em 1841. Ayer. editor e director do jornal. dando um apoio publicitário nunca visto. destinada a um estabelecimento de roupas para homem. no entanto. ao usar. Finalmente. o primeiro jornal inteiramente dedicado à publicação de anúncios publicitários. para além dos anúncios de imprensa. esta actividade iniciou-se por volta de 1920. John Wanamaker teria planeado a primeira campanha publicitária. cujo primeiro número continha já o anúncio de um sabão. começou a encarar a publicidade do ponto de vista do consumidor (saúde. em Filadélfia e Boston. outras pretendendo empregados. etc.

Polissemia (a mesma palavra usada com vários significados).2.despertar a atenção. : «Dê um passo para o conforto. O texto publicitário. 2.» 4. A . Serve-se de vários recursos linguísticos.» 4. tem tudo.2.: «Quem tem Philips. O slogan deve ser original. para tal. Deve ser constituído por: 2.provocar o desejo.2. Os mais importantes são: 4. 2. D .Atenção .3 Aliteração (repetição de sons idênticos). 2.Desejo . Um texto icónico (imagem).permitir a memorização.desencadear a acção.Interesse .Memorização . A .1.» . simples e fácil de reter na memória. I .Aspectos a Considerar na Elaboração de um Anúncio Publicitário Um anúncio bem elaborado deve respeitar aquilo a que os publicitários dão o nome de AIDMA. Os dois textos (linguístico e icónico) devem estar interligados. funcionando a imagem como reforço da mensagem verbal. Ex.suscitar o interesse.1.1. breve.1 Frases de tipo imperativo Ex. Aqueça o Inverno com Mitsubishi Electric.Acção . Tintas Hempel à prova do tempo.3. 2. Ex. : «Prova nas mais duras provas. tem que ter em conta os sentimentos e emoções que pretende despertar.1. O anúncio deve ser adequado ao público a que se destina (público-alvo) e. M. para atingir o objectivo de persuadir e/ou incentivar ao consumo. Um texto linguístico (slogan e texto de argumentação).

4. fiel. Onomatopeia Ex.: «Há mar e mar. O sistema de segurança inteligente que reage mais depressa que o perigo. Ex.» 4. Repetição Ex. : «IPSTM.8.: «Banco Nacional Ultramarino.7.» 4. Hipérbole (exagero da realidade). Adjectivação abundante Ex. Metáfora Ex. bonito.» 4.: «Sssschhhh Schweppes.9.» 4. Há ir e voltar. AIWA» .5 Rima Ex.6.: «Inteligente. Pessoas experientes para pessoas exigentes. : «Com TAP AIR PORTUGAL damos asas aos seus sonhos.4.» 4.

Mas a imagem pode também despertar a nossa vaidade. etc. . encontrámos imagens que despertam a nossa atenção porque têm graça ou porque nos recordam a infância (histórias tradicionais). porque as pessoas não perdem muito tempo a ler um anúncio. quer a imagem (linguagem icónica) quer as palavras (linguagem verbal) utilizadas devem ser fortemente apelativas. Por isso. São textos cuidados.Anúncio publicitário O objectivo da publicidade é persuadir o leitor a comprar um determinado produto. A imagem Nos anúncios anteriores. Normalmente é curta. a par de uma bela imagem. o nosso apetite. A linguagem A linguagem é também muito importante. um convite ao sonho e à fantasia. o anúncio publicitário deve despertar a atenção e o interesse do consumidor de modo a produzir o desejo de comprar. com preocupação literária. predominam as frases imperativas e os adjectivos exagerados: Estupendo! Fantástico! Fabuloso! Inultrapassável!. Por isso. Só o fazem se estiverem muito motivadas. Para concretizar este objectivo. Neste anúncio. encontras também um texto que convida à leitura. Os textos mais longos são acompanhados de imagens belíssimas. muitas vezes de carácter poético. o nosso desejo de aventura ou o gosto pelo mistério.