You are on page 1of 2

Sinal amarelo: Cássio avisa que aliança com RC não depende mais só dele

Jornal da Paraíba

Após a troca de amabilidades com o ex-prefeito Luciano Agra, quando inclusive admitiu que o PSDB terá candidato próprio em 2014, o senador Cássio Cunha Lima voltou a causar sobressaltos no arraial girassol. O

tucano comentou com aliados, no final de semana, que sua aliança com o governador Ricardo Coutinho não depende mais apenas dele. “Sei que minha palavra tem peso dentro do PSDB, mas não sou o PSDB. Há outras lideranças no partido, que também têm o direito de opinar sobre a eleição de 2014. Defendo a manutenção da aliança com Ricardo (Coutinho), como já disse em várias oportunidades, mas isso não depende mais apenas de mim”, afirmou o senador. Nas conversas com lideranças do partido, Cássio tem expressado a convicção de que estará elegível para a disputa de 2014: “Esse não é o meu propósito. Defendo a manutenção da aliança com o PSB. Mas, tenho certeza de minha elegibilidade nas eleições do próximo ano.” Segundo o senador Cícero Lucena, o PSDB terá candidato e “será Cássio”. Um dos sinais de que há ruídos na relação com o governador, veio recentemente quando RC anunciou de público que ofereceu ao tucano de presente a indicação da presidência da PBGás (que foi de Zenóbio Toscano), mas Cássio negou: “Não pauto minha aliança com a indicação de cargos, até porque o partido já indicou outros nomes para o Governo.”