ARTIGO – BANDES PÓS FUNDAP

O QUE É BANDES? SURGIMENTO E PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS.. O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo S/A (Bandes) é uma instituição pública, cujo negócio é fornecer soluções financeiras e estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Espírito Santo. Foi criado em 20 de fevereiro de 1967, inicialmente com o nome de Companhia de Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo (Codes), com a missão de atuar como principal instrumento de revitalização da economia capixaba. (BANDES. Quem somos. Disponível em: <www.bandes.com.br>. Acesso em 16 de
fevereiro de 2013).

Em 21 de novembro de 1969, instituída pela lei 2.413, de 1969 e pela Carta Patente I – 333 de 11 de dezembro de 1969 pelo BACEN), a Codes foi transformada em Bandes, com a atribuição e responsabilidade,delineadas pelo Banco Central do Brasil, de operar com financiamentos a médio e longo prazos.[1](BANDES. Relatório 3 anos da
Companhia de Desenvolvimento Econômico do Espírito Santo. Vitória, 1970)

São as principais funções atribuídas à instituição:  Agente financeiro de investimentos, por meio do financiamento de projetos e planos de negócios para implantação, ampliação, modernização e qualificação de empreendimentos localizados no Espírito Santo. Agente de fomento e promoção da competitividade da estrutura econômica estadual, por meio da participação, junto com outras instituições públicas do Estado, de conselhos ou colegiados temáticos que buscam fortalecer a competitividade da economia capixaba. Assim, o Bandes é membro, entre outros, do Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo (Invest-ES), do Conselho Gestor do Programa de Microcrédito do Governo do Estado (Nossocrédito), do Conselho deliberativo do Sebrae-ES, do Conselho para Incremento da Competitividade Sistêmica do Espírito Santo (CompeteES), do Conselho Estadual de Turismo (Contures), do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Concitec) e do Comitê de Desenvolvimento Econômico. Agente de formulação e articulação de interesses governamentais, empresariais, setoriais e regionais, por meio da participação em fóruns, seminários e entidades que deliberam ações e procedimentos para atividades voltadas para o desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo.

Atualmente, o Bandes atua com recursos próprios e é agente credenciado repassador de recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e, portanto, alavanca recursos federais para serem aplicados em projetos produtivos no Espírito Santo, por meio de linhas de financiamento que tenham esse banco como fonte. O banco possui um leque diversificado de soluções de crédito, onde os empreendedores podem contar com linhas de financiamento para objetivos que gerem emprego, renda e competitividade da economia e, consequentemente, o desenvolvimento sustentável do Estado. O Bandes apoia pessoa jurídica e pessoa física, no campo e na cidade. Com milhares de clientes ao longo de sua história, viabilizou grande parte dos empreendimentos que permitiram o crescimento da economia do Espírito Santo. Hoje,

então recém-criado. A carência para começar a pagar pode ser de até seis meses. criado em 2004. (BANDES. quando necessário. O banco atua também na captação de investimentos. o Fundapsocial (Fundo para Financiamento de Micro e Pequenos Empreendimentos e Projetos Sociais). treinamento e capacitação. criado em 1969 (pelo Decreto 880/69).com forte atuação no microcrédito. FUNRES . o Bandes também cumpre papel de articulador do Governo junto à iniciativa privada e às entidades nãogovernamentais. oferecendo. também entrou para a carteira da instituição. CREDITAR: Consiste em um programa que disponibiliza uma opção de crédito para o cidadão que precisa de uma oportunidade. indústria e serviços). como o Funres (Fundo de Recuperação Econômica do Espírito Santo). e reforma e ampliação das instalações relacionadas às atividades produtivas. O valor poderá ser para compra de equipamentos. PROGRAMAS DO BANDES? Além de recursos financeiros. A partir de 2003. Quem somos. O Bandes faz a gestão de diversos fundos. cujas primeiras liberações aconteceram em 2008. composto por recursos de . o Bandes assumiu a gestão financeira dos pagamentos por serviços ambientais efetuados pelo Fundágua. passou a gerir os recursos provenientes do Fundap (Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias). A partir de 1970. com juros bem abaixo dos praticados no mercado e em bancos comerciais. matéria-prima e mercadorias. e pagar em até dois anos.com. no crédito para a micro e pequena empresa e no crédito rural.Fundo de Recuperação Econômica do Estado do Espírito Santo: Perguntar pra ÉRIKA informações adicionais sobre esse fundo. a formalização e a modernização de empresas e empreendedores dos vários setores da economia (agropecuária. conserto de máquinas. Disponível em: <www. o Bandes financia a implantação. o Bandes proporciona o desenvolvimento por meio da atuação como gestor de fundos e administrador de programas que tratam do crescimento do Estado de forma sistêmica.bandes.br>. Com o Creditar. O público alvo são empreendedores informais que tenham rendimento anual de até R$ 120 mil. é possível solicitar o microcrédito. Acesso em 16 de fevereiro de 2013). por meio das prefeituras e associações sociais que aderiram ao programa ou através do banco comunitário mais próximo da sua casa. que está começando seu próprio negócio. ferramentas. E mais recentemente. apoio técnico e administrativo ao Governo do Estado em articulações com empresas interessadas em se instalar no Espírito Santo. O Fundo de Recuperação Econômica do Estado do Espírito Santo (FUNRES) é um Fundo Fiscal de Investimento criado pelo DL 880/69. a ampliação. Além de disponibilizar recursos sob a forma de financiamentos.

e também do retorno das operações de crédito já realizadas. operacional.empresas localizadas no Estado que destinaram ao fundo parte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e/ou parte do Imposto de Renda (IR). Para isso. financeira e administrativa do FUNRES. Para receber apoio do Fundo.Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia O Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia (FUNCITEC) foi criado pelo Governo do Estado para prestar apoio financeiro a programas e projetos de interesse para o desenvolvimento científico e tecnológico do Espírito Santo. A operacionalização do FUNRES é feita em conjunto pelo Bandes e pelo Grupo Executivo para Recuperação Econômica do Estado do Espírito Santo (GERES). as empresas não podem mais destinar recursos ao FUNRES por meio da renúncia fiscal. A capacitação técnica e científica de recursos humanos. o direcionamento de investimentos para os municípios do interior. pessoas físicas (autônomos do setor informal. contabilistas e pequenos produtores rurais). incluindo. Cabe ao GERES. Tal flexibilidade amplia o leque de atividades econômicas que podem ser apoiadas pelo FUNRES e permite o apoio a todo tipo de empreendimento. administrar e disciplinar o uso dos recursos do FUNRES. O desenvolvimento. Atualmente. a adaptação e a transferência de tecnologia. O Bandes é o agente financeiro e gestor do fundo. ainda. das micro às grandes empresas do Estado. . órgão colegiado vinculado ao Ministério da Integração Nacional. A produção e a difusão de conhecimentos técnico-científicos. FUNCITEC . acrescido dos rendimentos das aplicações dos recursos em caixa. Os resultados para a sociedade são a alavancagem. executando as funções de natureza técnica. além do desenvolvimento das atividades do setor de serviços. ele conta com o saldo disponível. o apoio às micro e pequenas empresas e a consolidação das atividades industriais. consolidação e atração de novos investimentos para o Estado. especialmente na liberação dos recursos após a autorização. mas o fundo continua operando e aprovando novos projetos.    O Fundo é administrado pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT) por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (FAPES) e o Bandes é o responsável pela sua gestão financeira. é necessário que os programas e projetos tenham a ver com:  A implantação e o fortalecimento da infraestrutura física e técnica indispensável à realização de atividades inerentes ao desenvolvimento científico e tecnológico.

Assim. Fundágua Reflorestamento O financiamento é indicado a projetos que tenham a finalidade de proteger.Programa de Pagamento por Serviços Ambientais O Bandes opera. cujo apoio ocorre via SEAMA/IEMA. no Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) e em financiamentos.FUNDÁGUA . os produtores rurais sintam menos os efeitos de sua interferência na natureza. O objetivo do Bandes com a linha é buscar melhor convergência entre a política de crédito e desenvolvimento agropecuário do Estado e a política de recuperação e conservação dos recursos naturais.Fundo Estadual de Recursos Hídricos do Espírito Santo O Fundo Estadual de Recursos Hídricos do Espírito Santo (FUNDÁGUA) é um instrumento da Política Estadual de Recursos Hídricos destinado à captação e à aplicação de recursos financeiros para garantir um melhor gerenciamento dos recursos hídricos no Estado. do setor energético e do orçamento do Governo do Estado podem ser aplicados em programas e projetos (demanda espontânea ou estimulada pela SEAMA). O Bandes. Reserva Particular do Patrimônio Natural. PRONAF . o programa que remunera proprietários rurais pelo serviço ambiental prestado de preservação e conservação da cobertura florestal e de nascentes em sua propriedade. colabora para transformar os recursos do Fundo em uma oportunidade para que os proprietários rurais possam agir em favor do meio ambiente nas suas propriedades. A definição do apoio é feita de acordo com estudos e políticas estabelecidos pelos órgãos estaduais.Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) é um programa do Governo Federal que financia projetos individuais ou coletivos. Reserva Legal. provenientes dos royalties do petróleo. que gerem renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. PSA . recuperar e adequar áreas de Preservação Permanente. a longo prazo. Os recursos financeiros do FUNDÁGUA. o banco contribui para que o Estado permaneça produtivo e para que. junto com SEAMA/IEMA. . O Fundo é vinculado à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEAMA) e tem o Instituto Estadual do Meio Ambiente (IEMA) na função de secretaria executiva. O programa possui as mais baixas taxas de juros dos financiamentos rurais do País. degradadas ou de uso ambiental. Essa oportunidade é viabilizada por meio da linha de financiamento Fundágua Reflorestamento e do Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA). como gestor financeiro do FUNDÁGUA.

Essa declaração também permite aos agricultores o acesso às demais ações e políticas públicas dirigidas a eles. As condições de acesso ao Crédito Pronaf. Podem ser beneficiadas pelo programa empresas que realizem projeto econômico considerado de interesse para o desenvolvimento socioeconômico do Estado. IV .Redução de base de cálculo. INVEST-ES . formas de pagamento e taxas de juros correspondentes a cada linha são definidas anualmente. FUNDAP . desde que respeitados os limites e as condições previstas nos benefícios anteriormente citados. nas operações internas. os principais órgãos emissores de DAP são o Instituto Capixaba de Pesquisa e Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e os Sindicados Rurais. com ênfase na geração de emprego e renda e na redução das desigualdades sociais e regionais. até o limite de setenta por cento do valor do imposto a recolher mensalmente.Crédito presumido. destinados exclusivamente ao estabelecimento industrial importador. nas operações interestaduais. estimulando a realização de investimentos.Diferimento do pagamento do ICMS incidente nas aquisições de máquinas e equipamentos destinados à integração no ativo permanente imobilizado do estabelecimento e incidente nas operações internas e de importação de insumos e matérias-primas. A DAP é o instrumento que identifica os agricultores familiares aptos a realizarem operações de crédito rural por meio do Pronaf. que é divulgado entre os meses de junho e julho. publicado no DIOES em 26/10/2007. Os benefícios para as empresas são: I . até o limite de setenta por cento do seu respectivo valor. e suas alterações. Saiba como se beneficiar. Aqui no Estado. III . a cada Plano Safra da Agricultura Familiar . modernização e diversificação dos setores produtivos do Espírito Santo. que será emitida segundo a renda anual do produtor e as atividades exploradas. II .Outras modalidades de benefícios fiscais.Programa de Incentivo ao Investimento no Estado do Espírito Santo O Invest-ES é um programa de incentivos fiscais que tem como objetivo contribuir para a expansão.Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias O FUNDAP é um financiamento para apoio a empresas com sede no Espírito Santo e que realizam operações de comércio exterior tributadas com ICMS no Estado. Empresas industriais com sede no Espírito Santo que fazem uso de insumo importado também podem se habilitar aos financiamentos FUNDAP. conforme condições previstas no Decreto Nº 1951-R. a renovação tecnológica das estruturas produtivas e o aumento da competitividade estadual. .Para contar com o apoio financeiro do Pronaf é necessário apresentar a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).

no mínimo 9% do valor financiado. Seu objetivo é gerar recursos para ampliar a oferta de crédito para micro e pequenas empresas. A concentração de aplicações dos recursos do Fundapsocial é o Programa Nossocrédito. e projetos sociais e culturais. incluindo o setor informal. FUNDAP e desenvolvimento As empresas fundapianas devem investir o valor caucionado. em contrapartida. Na prática. microempreendedores. FUNDAPSOCIAL . renda e emprego no Espírito Santo. Os recursos destinados a este fundo serão aplicados em financiamentos a micro e pequenas empresas industriais. que concede empréstimos a empreendedores de micronegócios formais e informais. Com a criação do Fundapsocial. o Fundapsocial é resultado de recursos gerados pelo FUNDAP por meio de parte do valor dos financiamentos concedidos às empresas a ele vinculadas. O recolhimento do ICMS Fundap deve ser efetuado para o Estado do Espírito Santo. as empresas fundapianas passaram a ter mais uma opção de aplicação do valor caucionado no financiamento. FUNDAP . possibilitando o acesso ao crédito e a inclusão social de norte a sul do Espírito Santo. em projetos que irão gerar desenvolvimento. comerciais e de serviços. e beneficiar ainda projetos sociais e culturais.Fundo para Financiamento de Micro e Pequenos Empreendimentos e Projetos Sociais O FUNDAPSOCIAL foi criado em 2004 pelo Governo do Estado para ampliar o campo de atuação do FUNDAP . inclusive do setor informal. para aplicação em projetos que irão incrementar a economia capixaba.até então restrito a investimento em empresas. microempreendedores.Existem algumas condições básicas para que uma empresa opere no FUNDAP:    As operações devem ser realizadas por empresas que tenham sede no território do Espirito Santo. O Nossocrédito está presente nos 78 municípios capixabas. ou seja. Do total financiado via FUNDAP. programa de microcrédito produtivo do Governo do Estado. o benefício de poder usar imediatamente o valor restante para incremento próprio e/ou para investimento em projeto. .PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO FUNDO POR QUE NÃO EXISTIRÁ MAIS FUNDAP? EXPECTATIVAS DO BANDES PÓS FUNDAP – FUNDAMENTADA EM ENTREVISTA FEITA COM PROFISSIONAL DA ÁREA. em 2004. As empresas que optam pela adesão ao Fundapsocial podem destinar metade do valor retido (4. O desembaraço aduaneiro tem que ser efetuado no Estado do Espírito Santo.5%) para o fundo e recebem. 9% ficam retidos no Bandes como caução.