You are on page 1of 8

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL

FISPQ nº.: 41 Página 1 de 8 Data Últ. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02

1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Silicone em aerossol Código interno de identificação do produto: Silicone aerossol Nome da empresa: Implastec Plásticos Técnicos e Lubrificantes Especiais Ltda. Endereço: Avenida Adolpho Massaglia nº 655 – Parque Bela Vista – Votorantim – SP – CEP: 18116-175 Telefone da empresa: (15) 3243-3788 Telefone para emergências: (15) 3243-3788 Fax: (15) 3243-3788 E-mail: implastec@implastec.com.br

2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE OS INGREDIENTES Preparado mistura de butanos/propano (CAS 106-97-8 / 74-98-6).................. % Não Disponível silicone (CAS 70131-67-8 ) .............................................................% Não disponível Natureza química Gás liquefeito Ingredientes ou impurezas que contribuam para o perigo A inalação dos vapores/ aerossol pode provocar dores de cabeça, vertigens, inconsciência. O jato direto do aerossol nos olhos pode provocar lesão na córnea; o jato direto do aerossol na pele pode provocar queimaduras. Nome químico ou genérico de cada ingrediente que contribua para o perigo Vide item 3, perigos mais importantes. Concentração ou faixa de concentração de cada ingrediente que contribua para o perigo Vide item 3, perigos mais importantes. Classificação e rotulagem de perigo dos ingredientes que contribuem para o perigo Gás Butano/Propano: inflamável e asfixiante 3. IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS Perigos mais importantes Gás envasado sob pressão, inflamável e asfixiante Efeitos do produto Butano / Propano: A inalação de altas concentrações de vapor pode causar desmaios. Efeitos adversos à saúde humana Inalação: A inalação de altas concentrações de vapor é perigosa e pode causar irregularidades cardíacas, inconsciência, ou morte. Ingestão: N.A. produto em aerossol. Contato com os olhos: irritação e embaçamento.

Se a pessoa não estiver respirando. por pelo menos 20 minutos debaixo do chuveiro. Ingestão N. Quais ações devem ser evitadas Não faça o acidentado ingerir nada caso inconsciente. Assegurar que haja uma rota de evasão disponível. procure um médico. FISPQ nº. Inflamável. Perigos físicos e químicos Gás envasado sob pressão. MEDIDAS DE PRIMEIROS-SOCORROS Medidas de primeiros-socorros: Inalação Remova a pessoa imediatamente para o ar livre. Classificação do produto químico Gás Inflamável Visão geral de emergências Em caso de incêndio. tratamento sintomático. ardor.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL Contato com a pele: irritação de grau leve e erupções. falta de ar. aplique respiração artificial.A. Os incêndios pequenos. 4. Não há antídoto. Descrição breve dos principais sintomas e efeitos Inalação: tontura. Proteção do prestador de socorros e/ou notas para médico Tratar de acordo com as condições do envolvido e também do tipo de exposição. por ser um produto em aerossol a ingestão não é considerada uma via potencial de exposição e risco. falta de ar. Principais sintomas quando super exposição Inalação: tontura.: 41 Página 2 de 8 Data Últ. . Contato com a pele: ardor. Não usar água quente em caso de contato com a pele ou olhos. como aqueles que se podem dominar com um extintor manual. Perigos específicos Produto asfixiante se aplicado em local sem ventilação. Chame um médico. sempre chamar os bombeiros.Se houver irritação. normalmente podem ser combatidos por uma pessoa instruída quanto aos riscos dos fogos de líquidos inflamáveis. ardor. Contato com os olhos: coceira. Contato com os olhos: coceira. Procurar assistência médica. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 Efeitos ambientais N.D. Contato com os olhos Lave os olhos em água abundante mantendo as pálpebras separadas. Os fogos mais fortes devem ser combatidos por pessoas que tenham recebido uma instrução completa. queimação ou coceira. Contato com a pele: ardor. Contato com a pele Lave a área afetada em água abundante . coceira.

Sugerimos que retornem as latas vazias para a Implastec.A. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO FISPQ nº. não risque fósforos. Pare o vazamento somente se isto puder ser feito sem risco. não jogue-a em lixo comum. produto em aerossol Neutralização N. utilize vestimentas de proteção térmica.A. produto em aerossol Disposição Retorne as latas vazias para a Implastec. não jogue no incinerador. mantenha longe de chama e não armazene acima de 40°C Remoção de fontes de ignição Não fume. isole e sinalize a área. Métodos para Limpeza N.: 41 Página 3 de 8 Data Últ. Prevenção de perigos secundários Não perfure a lata de aerossol. mucosas e olhos Usar óculos de proteção e luvas impermeáveis. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO . Os frascos de aerossóis podem explodir sob condições de incêndio.A. 7. Evite altas temperaturas e cargas estáticas.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL 5. pois o gás é asfixiante. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO Precauções pessoais Não perfure a lata. 6.A. Vestimentas usuais de combate ao fogo oferecem proteção limitada. produto em aerossol Recuperação N. Métodos especiais Use spray ou névoa de água para proteger os bombeiros e para esfriar os frascos. Controle de poeira N. Prevenção da inalação e do contato com a pele. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 Meios de extinção apropriados Pó Químico Seco ou CO2 Meios de extinção não apropriados Não combata o fogo em vazamento de gás. Sistemas de alarme Em caso de vazamento. Precauções ao meio ambiente O descarte de embalagens de aerossóis está sujeito a legislação específica. Proteção dos bombeiros Usar equipamento de respiração independente. Perigos específicos Os vapores podem se deslocar até uma fonte de ignição e detonar a combustão. a menos que este possa ser contido.

O gás utilizado como propelente é extremamente inflamável. . CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL Medidas de controle de engenharia Use a lata em local com ventilação suficiente para manter a exposição do usuário abaixo dos limites recomendados.A.: 41 Página 4 de 8 Data Últ. Recomendadas Somente a embalagem original. Inadequadas N.D. afastado de fontes de calor ou ignição.A. especialmente em locais fechados e baixos. Precauções para manuseio seguro Não perfure a lata. 8. A evitar Evite produtos oxidantes e temperaturas acima de 50 o C.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL Manuseio Use em local com ventilação suficiente. seco e ventilado. FISPQ nº. Medidas técnicas apropriadas Todo equipamento utilizado no manuseio do produto deve estar aterrado. Condições de armazenamento Adequadas Local coberto. Materiais seguros para embalagens Mantenha o produto na embalagem original. Orientações para manuseio seguro Mantenha afastado de crianças. Não guardar o produto no interior do veículo. Produtos e materiais incompatíveis N. Armazenamento Armazenar na embalagem original.A. De sinalização de risco O gás utilizado como propelente é inflamável. animais e pessoas inaptas. Parâmetros de controle específicos N. Prevenção da exposição do trabalhador N. Prevenção de incêndio e explosão Não tente recarregar a lata. Produto para uso durante o processo de produção. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 Medidas Técnicas Mantenha o frasco na posição vertical a uma distância de aproximadamente 20 cm do local de aplicação.

D.D.A.A.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL Limites de exposição ocupacional Para o Butano/Propano Portaria MTb 3214/78.D.D.8% Pressão de vapor Propelente: 2 atm @ 18.8o C Densidade de vapor Propelente: 2.05 Densidade Silicone:1. Procedimentos recomendados para monitoramento N. Proteção dos olhos: Óculos de proteção contra respingos de produtos químicos.A.: 41 Página 5 de 8 Data Últ. Equipamento de proteção individual apropriado Proteção respiratória N. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS Estado físico :gás liquefeito Forma: gás liquefeito (pressurizado) Cor : incolor Odor: inodoro PH: N.D.A. Outros limites e valores N.580 Solubilidade (com indicação do(s) solvente(s)) Propelente: >50g/100ml em água. Solúvel em éter. Precauções especiais N. Faixa de temperatura de ebulição Não avaliado Faixa de destilação Não avaliado Ponto de fusão Não avaliado Temperatura de decomposição Não avaliado Ponto de fulgor N. (NR15-Anexo11) : 470ppm (48 h/semana) Indicadores biológicos N. FISPQ nº.03 g/cm³ Propelente: 0. Proteção da pele e do corpo N. clorofórmio e álcool. Temperaturas específicas ou faixas de temperaturas nas quais ocorrem mudanças de estado físico Ponto de ebulição N. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 9.A. Medidas de higiene N. .4%. Proteção das mãos N. Temperatura de auto-ignição: 405o C Limites de explosividade superior/inferior Propelente: Superior. Inferior: 1.A. 8.

formaldeído. ESTABILIDADE E REATIVIDADE Condições específicas Instabilidade Estável a condições normais de armazenamento.D. sonolência. temperatura e uso. podendo evoluir para morte. tontura. Reações perigosas Condições a evitar Não guarde as latas no interior de veículos. por reduzir a concentração de oxigênio no ar. dióxido de silício.: 41 Página 6 de 8 Data Últ. 12. Efeitos locais Inalação: irritação das vias aéreas superiores. perda de consciência. Sensibilização N. Toxicidade crônica A inalação dos vapores pode causar tontura e asfixia. Contato com a pele e olhos: pode causar queimadura por baixa temperatura.D. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS Informações de acordo com as diferentes vias de exposição Toxicidade aguda: Butano: Em altas concentrações pode causar dor de cabeça. PotenciaçãoN. Produtos perigosos da decomposição óxido de carbono.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL Coeficiente de partição octanol/água Não avaliado. 11.D. Materiais ou substâncias incompatíveis N. Efeitos toxicologicamente sinérgicos Efeitos específicos em altas temperaturas. atua como asfixiante simples. Substâncias que causam efeitos Aditivos N. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 10. Necessidade de adicionar aditivos e inibidores N. bem como em local próximo à fontes de calor. o silicone não causa efeitos tóxicos. FISPQ nº.D. Silicone: De acordo com os conhecimentos atuais.D. Taxa de evaporação Não avaliado Outras informações N. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS Efeitos ambientais. comportamentos e impactos do produto .D.

deslocando-se para baixo. contaminar o ambiente ao redor. CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO Métodos de tratamento e disposição Produto Consulte os Órgãos Ambientais competentes da sua região ( Federal. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 Mobilidade tende a se dispersar facilmente. Comportamento esperado N. sugerimos que retorne a lata usada de aerossol para a Implastec. Embalagem usada A lata de aerossol não deve ser perfurada para reutilização e nem deve ser descartada em lixo comum. Para produto classificado como perigoso para o transporte (conforme modal) Número ONU 1011 Nome apropriado para embarque Misturas de Butano . produtos contaminados. deve-se seguir a legislação sobre transporte desse produto.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL FISPQ nº. Aéreo Listado como produto Perigoso pela Polícia Federal. Estadual ou Municipal) para verificar os padrões e condições vigentes nas Legislações em relação ao descarte de resíduos. 13. deve-se seguir a legislação sobre transporte desse produto. Ecotoxicidade N. bem como das embalagens. deve-se seguir a legislação sobre transporte desse produto. Impacto ambiental Pode contaminar mananciais de água e após vaporizado. deve-se seguir a legislação sobre transporte desse produto.D.: 41 Página 7 de 8 Data Últ. Marítimo Listado como produto Perigoso pela Polícia Federal.D. Estudos sobre bioacumulação ainda em andamento. Vide acima. 14. Fluviais Listado como produto Perigoso pela Polícia Federal.D. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE Regulamentações nacionais e internacionais Terrestres Listado como produto Perigoso pela Polícia Federal. Persistência/degradabilidade Não é biodegradável Bioacumulação N. pode contaminar o ar próximo à fonte de vazamento. Regulamentações adicionais Anexar a ficha de emergência à Nota Fiscal. Restos de produtos Eliminar segundo as leis e as regras locais quanto ao descarte de resíduos de produtos em aerossóis.

.: 41 Página 8 de 8 Data Últ.Portaria 204/1997 Resolução 420 de 12Fev 2004. no entanto.1 Número de risco 2. Não guarde a lata no interior de veículos. Revisão 01/03/2010 Revisão: 02 15.FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ (NBR 14725) NOME DO PRODUTO SILICONE EM AEROSSOL Classe de risco 2. segurança e higiene industrial são recomendados em caracter geral. Referências bibliográficas MT. Altamente Inflamável. Nenhuma garantia expressa ou implícita é aqui assegurada. Uso recomendado e possíveis restrições ao produto químico Não usar o produto em locais que soltem faíscas. Estas informações são fornecidas de boa fé e não como especificação do produto. Portaria 204/97: 333Kg Classificação conforme NFPA: Incêndio:4 Saúde:1 Reatividade: 0 Informações sobre riscos e segurança conforme escritas no rótulo Gás envasado sob pressão. Os procedimentos de uso.3 Grupo de embalagem II FISPQ nº. 16.A. OUTRAS INFORMAÇÕES Necessidades especiais de treinamento N. cada usuário deve rever essas recomendações e para cada caso específico. REGULAMENTAÇÕES Regulamentações Quantidade isenta segundo MT. determinar o quanto elas são apropriadas.