You are on page 1of 2

Unidade Pedagógica: Mucuri – BA Disciplina: Fundamentos e Didática do ensino da geografia I – Curso: Pedagogia Aluna: Maria Nilda de Freitas Data

: 04/05/2012 ATIVIDADE INTEGRADORA Análise crítica sobre a importância de estudar Geografia no mundo atual A geografia é uma das ciências que explica ou tenta explicar o nosso modo de ser e de viver. Pois o Homem por toda sua história alterou a paisagem do planeta, e é a leitura dessas alterações que é o alvo da geografia, por tanto ela é fundamental para uma pessoa ter uma leitura de mundo crítica. O campo de preocupações da Geografia é o espaço da sociedade humana, onde vivem homens e mulheres e, ao mesmo tempo, produzem modificações neste espaço, que esta em permanente (re) construção. Indústrias, cidades, agricultura, rios, solos, climas, populações e muitos outros elementos constituem o espaço geográfico, isto é, o meio ou a realidade material onde a humanidade vive. A noção de espaço é construída socialmente e a criança vai ampliando e complexificando o seu espaço vivido concretamente. A capacidade de percepção e a possibilidade de sua representação é um desafio que motiva a criança a desencadear a procura, a aprender a ser curiosa, para entender o que acontece ao seu redor, e não ser simplesmente espectadora da vida. “O exercício da curiosidade convoca a imaginação, a intuição, as emoções, a capacidade de conjecturar, de comparar na busca da perfilização do objeto ou do achado de sua razão de ser” (Freire, 2001, p. 98). Hoje podemos obter os mais diversos conhecimentos sobre o espaço, seja pelos meios de comunicação, pela ciência etc. Sob a luz da Geografia Critica é possível que realmente se possa desenvolver um ensino que favoreça o entendimento real e concreto da ação humana através da relação espaço-tempo e de suas múltiplas relações e determinações, procurando compreender o movimento da sociedade sobre o espaço ao longo do tempo, o que poderá ocorrer através de uma visão de totalidade, e não fragmentada, descritiva e superficial da sociedade. Assim, a geografia serve para ajudar o educando a desvendar o mundo pelo método de análise e investigação procurando formar o verdadeiro cidadão participativo, levando a conhecer a organização do espaço local, nacional e mundial, bem como as inter-relações, enfim a sociedade como um todo, despertando a sua verdadeira cidadania e necessidade da conquista de seu próprio espaço, capaz de transformar e usufruir os benefícios da natureza, conservando-a. A educação para cidadania é um desafio para o ensino e a Geografia é um dos componentes

estudar as relações entre a sociedade e a natureza. analisar a forma como a sociedade atua. onde homens e mulheres vivem. devendo sempre ser contextualizada no espaço e no tempo. Geografia: ciência da sociedade: uma introdução à análise do pensamento geográfico.html.br/2009/03/olapessoal. Manuel Correia de.com. a realidade a ser estudada não pode ficar restrita aos seus limites. P. nas formas de utilização da natureza.curriculares fundamentais para tanto. e ao mesmo tempo. São Paulo : Atlas. sem que se perca de vista as várias dimensões da escala geográfica.. Endereço eletrônico: Disponível em http://tusgeo. 2001. cabe a Geografia:“. Portanto. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. ed.criticando os métodos utilizados e indicando as técnicas e as formas sociais que melhor mantenham o equilíbrio biológico e o bem estar social. 18.Segundo Andrade (1992. o campo de preocupação da geografia é o espaço da sociedade humana. produzem modificações que constroem e reconstroem permanentemente.acesso em 21 de mai. qual seja: resgatar o conhecimento produzido cientificamente. devendo indica caminhos a sociedade. daí admitiu que a Geografia fosse eminentemente uma ciência social da sociedade”.. p18). 1992. reconhecer e valorizar o conhecimento que cada aluno traz consigo. FREIRE.>. São Paulo: Paz & Terra.blogspot. Os conteúdos trabalhados devem ter uma tríplice função. de 2012 . Ela é a ciência eminentemente política. no sentido aristotélico do termo. REFERÊNCIAS ANDRADE.como resultado de sua própria vida e dar sentido social para este saber.