T I & Informática para Concursos Públicos » Padrõe...

http://waltercunha.com/blog/index.php/2009/06/27/p...

- TI & Inf ormática para Concursos Públicos - http://waltercunha.com/blog -

Padrões de projeto: parte 1 de 3
P os ted By nandopedros a O n junho 2 7 , 2 0 0 9 @ 5 :5 5 pm I n A rtigos | N o C omments

Saudaç ões , c omunidade c onc urs eira ! A qui quem fala é o Fernando P edros a, o mais novo c olaborador da c omunidade. A lém de c omentar algumas provas (a primeira, T RT 2 região já es tá dis ponível na loja [1]! ) irei inic iar algumas s éries de artigos c om materiais [1] que ajudarão voc ês c onc urs eiros na s ua jornada rumo à aprovaç ão. A ntes gos taria de me apres entar brevemente. Sou formado em C iênc ia da C omputaç ão pela U nivers idade Federal de P ernambuc o, e trabalhei 2 anos na inc iativa privada loc al de Rec ife. A pós es s e período res olvi que prec is ava de uma maior qualidade de vida e c omec ei a es tudar para c onc urs os . I nic ialmente foquei em c onc urs os menores e obtive algumas aprovaç ões que me motivaram bas tante. D epois de alguns mes es es tudando pas s ei a foc ar nos “peixes grandes ”, o que ac abou res ultando na minha aprovaç ão na Sec retaria de T es ouro N ac ional, c omo A nalis ta de Finanç as e C ontrole [2] – T I , em Bras ília, c argo que oc upo hoje. P ara um his tóric o mais c ompleto da minha trajetória, podem dar uma olhada no meu perfil aqui no blog. M as vamos ao que interes s a. E s ta s emana c omeç o uma s érie s obre um as s unto que c os tuma s er o c alo de muitas pes s oas , es pec ialmente aquelas da área de infra- es trutura [3]: padrões de projeto. D ividirei os pos ts em três partes , c omeç ando c om os padrões C riac ionais , depois os E s truturais , para terminarmos c om os C omportamentais . Bons es tudos ! O que são padrões de projeto? N o livro D es ign P atterns , E lements of Reus able O bjec t- O riented Software (mais c onhec ido c omo o G ang of Four – G O F – em alus ão aos s eus autores ), padrões de projeto s ão definidos des ta forma: “C ada padrão des c reve um problema que oc orre repetidamente em nos s o ambiente, e então des c reve a s oluç ão para aquele problema, de tal forma que voc ê pos s a us á- la milhões de vezes depois , s em na verdade fazê- lo do mes mo jeito duas vezes .” A pes ar da fras e meio enigmátic a, o fato é que padrões de projeto s ão s oluç ões arquiteturais de s oftware para res olver problemas c omuns , que s empre aparec em, tes tadas e h0 mologadas c omo efic azes , ou s eja, elas de fato res olvem aquele problema es pec ífic o. D ito is to, vamos aos padrões C riac ionais . A bstract Factory · P roporc iona uma interfac e para c riar famílias de objetos relac ionados ou

1 de 4

04-06-2010 12:23

mas deixa as s ubc las s es dec idirem qual c las s e ins tanc iar. de forma que o mes mo proc es s o de c ons truç ão pos s a c riar diferentes tipos de repres entaç ões · U s e o Builder quando: o O algoritmo [5] para c riar um objeto c omplexo deva s er independente das partes que c ons tituem o objeto e de c omo ele é montado o O proc es s o de c ons truç ão deva permitir repres entaç ões diferentes para o objeto que é c ons truído [6] Factory Method · D efine uma interfac e para c riar um objeto... e voc ê s ó quer revelar s uas interfac es . http://waltercunha.. e voc ê prec is a as s egurar es s a res triç ão o V oc ê quer proporc ionar uma bibliotec a de c las s es de produtos . O Fac tory M ethod permite uma c las s e deferir a ins tanc iaç ão às s ubc las s es · U s e Fac tory M ethod quando: o U ma c las s e não pode antec ipar a c las s e de objetos que ela deve c riar o U ma c las s e quer que s uas s ubc las s es es pec ifiquem os objetos que ela c ria 2 de 4 04-06-2010 12:23 .T I & Informática para Concursos Públicos » Padrõe.com/blog/index. dependentes s em es pec ific ar s uas c las s es c onc retas · U s e A bs trac t Fac tory quando: o O s is tema deve s er independente de c omo s eus produtos s ão c riados . não s uas implementaç ões [4] Builder · Separa a c ons truç ão de um objeto c omplexo da s ua repres entaç ão. c ompos tos e repres entados o O s is tema deve s er c onfigurado c om uma de múltiplas famílias de produtos o U ma família de objetos de produtos relac ionados é projetada para s er us ada junta..php/2009/06/27/p.

por dynamic loading o Sis temas [8] que utilizam o padrão A bs trac t Fac tory para c riaç ão de objetos . a hierarquia de c las s es pode s e tornar muito c omplexa e o padrão P rototype pode s er uma alternativa mais s imples .com/blog/index.ac es s o c onhec ido [10] 3 de 4 04-06-2010 12:23 . N es te c as o. c omo por exemplo..de. e proporc iona um ponto de ac es s o global a ela · U s e Singleton quando: o D eve haver exatamente uma ins tânc ia de uma c las s e. [7] Prototype · E s pec ific a os tipos de objetos para c riar us ando uma ins tânc ia prototípic a.. por realizar a mes ma tarefa c om um número reduzido de c las s es . o Sis temas [8] que pos s uem c omponentes c ujo es tado inic ial pos s ui pouc as variaç ões e onde é c onveniente dis ponibilizar um c onjunto pré.. e ela deve s er ac es s ível aos c lientes a partir de um ponto.T I & Informática para Concursos Públicos » Padrõe. e c ria novos objetos c opiando es s e protótipo · U s e o P rototype quando/em: o A s c las s es para s erem ins tanc iadas s ão es pec ific adas em run-time.es tabelec ido de protótipos que dão origem aos objetos que c ompõem o s is tema..php/2009/06/27/p. [9] Singleton · G arante que uma c las s e tem apenas uma ins tânc ia. http://waltercunha.

php?keywords=af c&x=0&y=0 [3 ] infra.jpg [5 ] algoritmo: http://www.com.com/blog/wp-content/uploads/2009/06/gof 022.com/blog/index.T I & Informática para Concursos Públicos » Padrõe.es trutura: http://waltercunha.com/blog/wp-content/uploads/2009/06/gof 031..org/popularity-contest-14-wordpress-26-plugin-f ixedand-hacked/ C opyright © 2 0 0 8 Walter C unha.br /advanced_search_result..br/ [2 ] A nalis ta de Finanç as e C ontrole: http://www. P opularity: 1 1 % [? [11]] A rtic le printed from T I & I nformátic a para C onc urs os P úblic os : http://waltercunha. http://waltercunha.com.jpg [1 0 ] I mage: http://waltercunha.php/2009/06/27/p..jpg [8 ] Sis temas : http://waltercunha.com/blog/index. A ll rights res erved.php/2009/06/27/padroesde-projeto-parte-1-de-3/ U RL s in this pos t: [1 ] loja: http://www.provasdeti.php/ranking/inf ra-estrutura/ [4 ] I mage: http://waltercunha.submarino.provasdeti..php/ranking/sistemas/ [9 ] I mage: http://waltercunha.jpg [7 ] I mage: http://waltercunha.com/blog/wp-content/uploads/2009/06/gof 05. 4 de 4 04-06-2010 12:23 .com/blog/index.com/blog/index.br/produto/1/166575?f ranq=271796 [6 ] I mage: http://waltercunha.jpg [1 1 ] ? : http://guatewireless.com/blog/wp-content/uploads/2009/06/gof 04.com/blog/wp-content/uploads/2009/06/gof 06.com/blog U RL to artic le: http://waltercunha.com.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful