You are on page 1of 4

Ano Xxi • Nº 41 • Joinville • ABRIL/MAIO de 2009

Têxteis garantem reajuste

7%
acima da inflação
Com a crise mundial que iniciou no segundo
semestre do ano passado e que vem fechando
postos de trabalho em todas as áreas e setores
da cadeia produtiva, têm deixado os trabalha-
dores bastante apreensivos. No entanto, para as
categorias que estão organizadas e que mantém
um sindicato forte e representativo, é sempre
mais fácil atravessar tempos difíceis e conquistar
vitórias. Exemplo disto foi a luta dos têxteis, com
data base em fevereiro de cada ano, que foi
iniciada em dezembro último e concluída no dia
21 de fevereiro com a aprovação por aclamação
do dissídio da categoria para 2009/2010.
Ou seja, neste dia, reunidos em assembléia
geral na sede do SINDITEX, com a presença de
aproximadamente 350 trabalhadores, foi apro-
vado por unanimidade a proposta negociada
com a classe patronal em quatro rodadas de
negociações: 7% de reajuste, aplicado sobre o
salário de janeiro /2009, que significou além da
reposição da inflação medida pelo INPC (Índice
Nacional de Preços ao Consumidor) que foi de
6,43% , obteve um aumento real de 0,57%.
Para o piso experiência o aumento foi superior:
8,97%, passando de R$ 490,60 para R$ 534,60 ou
de R$ 2,43 por hora de trabalho. Já para o piso
de efetivação, o salário passou de R$ 521,40 para Malharias
Calendário de Divulgação e Meiase tecelagem
do INPC/fiação
R$ 569,80 mensais, ou seja, R$ 2,59 por hora, o Inflação de fevereiro de 2008 a janeiro de 2009
que representou um aumento de 9,28%. A Con-
venção Coletiva de Trabalho foi assinada neste Mês Ano Data Divulgação INPC (%) ACUMULADO (%) INFLAÇÃO (%)
mesmo dia e o pagamento do aumento salarial
foi incluído ainda na folha de fevereiro. Fevereiro 2008 11/03/2008 0,48 0,48 5,43
De acordo com o presidente do SINDITEX, ape- Março 2008 09/04/2008 0,51 0,99 5,50
sar do sindicato patronal ter-se manifestado que Abril 2008 09/05/2008 0,64 1,63 5,90
neste ano não se alcançaria nenhum resultado Maio 2008 11/06/2008 0,96 2,61 6,64
acima da inflação, as negociações foram mais Junho 2008 10/07/2008 0,91 3,54 7,28
difíceis, no entanto, a força da categoria falou Julho 2008 08/08/2008 0,58 4,14 7,56
mais alto, com a conquista do aumento real. Agosto 2008 05/09/2008 0,21 4,36 7,15
“Para quem recebe o piso, como já acontece Setembro 2008 08/10/2008 0,15 4,52 7,04
Outubro 2008 07/11/2008 0,50 5,04 7,26
tradicionalmente, o aumento foi ainda mais
Novembro 2008 05/12/2008 0,38 5,44 7,20
significativo”, acrescentou. As demais cláusulas
Dezembro 2008 09/01/2009 0,29 5,75 6,48
sociais permaneceram inalteradas. Janeiro 2009 06/02/2009 0,64 6,43 6,43
2 Nº 41 ABRIL/MAIO de 2009

Editorial É festa para o Trabalhador não ficar parado!


Pelo fim do fator Não tem como ficar parado, tamanha a
previdenciário animação e integração entre os partici-
e por justiça pantes. Assim é o Baile do Trabalhador
nas reposições que em 2009 chega a sua sexta edição
salariais aos e promete repetir o sucesso de público
dos últimos anos. Marcado para acon-
aposentados tecer no dia primeiro de maio, a partir
das 22 horas, o baile deste ano cairá
No dia 24 de janeiro foi cele- numa sexta-feira, no CTG Sítio Novo,
brado o Dia do Aposentado,
numa demonstração de que reunindo os trabalhadores das indústrias
estes companheiros que outrora têxteis, mecânicas e metalúrgicas de até de madrugada. Os ingressos são
estiveram na ativa ajudando a Joinville. Este baile tem como finalidade gratuitos e começam a ser distribuídos
construir nosso País merecem mais do que homenagens maior comemorar a passagem do Dia aos associados a partir do dia 16 de
e considerações pelo muito que já fizeram. Eles merecem
respeito no sentido amplo de significação desta palavra.
do Trabalhador, comemorado no dia abril, no Sindicato. Então fique atento.
Ou seja, sindicatos representativos dos trabalhadores e primeiro de maio de cada ano. Se você quer participar, lembre-se que
trabalhadoras de todas as categorias organizadas, que Desta vez a animação ficará por conta os convites são limitados, sendo que
lutam diariamente para a manutenção de seus direitos e das bandas Essência Tropical que abrirá cada sindicato terá direito a duas mil
de justiça social; não podem se descuidar dos colegas que o baile e a também animada Manches- unidades e a distribuição será por ordem
hoje estão na condição de aposentados e daqueles que
em breve deixarão a ativa para usufruir de forma justa e ter Band, que prometem agitar o público de chegada.
condigna uma nova etapa em suas vidas.
Neste ponto, dois aspectos importantes não devem pas-
sar despercebidos e são alvos de interesse de todos os Material Escolar, com preços especiais
trabalhadores. O primeiro deles é sobre o fim do Fator
Previdenciário, que entrou em vigor desde 1999 e que Entre os dias 12 de janeiro a 12 de
teve a intenção de diminuir o valor dos benefícios e au- fevereiro último, o SINDITEX disponi-
mentar as exigências para a aposentadoria. Ou seja, desde bilizou uma ampla lista de materiais
2004, os brasileiros vêm sentindo as conseqüências desta
escolares com mais de 80 itens, com
“reforma” da previdência, que hoje obriga-nos a trabalhar
mais para se aposentar sem perdas no valor do benefício, preços especiais. Graças a este dife-
sendo que os grandes prejudicados são os trabalhadores rencial, a procura novamente superou
mais pobres e menos especializados. Cálculos do próprio todas as expectativas, ou seja, mais de
Ministério da Previdência dá conta de que hoje o brasileiro 450 associados estiveram na sede do
precisará trabalhar 54 dias a mais a partir de agora para
se aposentar como nos patamares utilizados anteriormente
sindicato para comprar material para
ao Fator Previdenciário. si ou para seus filhos e dependentes,
Felizmente, a união da classe com grande mobilização com a possibilidade de parcelamento
nacional, nos faz enxergar uma luz no fim deste túnel. São em até duas vezes para quem fez
grandes as expectativas em relação a aprovação dos proje-
compras acima de R$ 70,00 com des-
tos de lei de autoria do Senador Paulo Paim (PT/RS). São três
projetos de lei importantes, ou seja, o 296/03 que muda a conto na folha de pagamento. Quem
forma de cálculo dos benefícios, o 01/07 que equipara os comprou à vista, além da vantagem
reajustes futuros dos benefícios previdenciários aos reajustes do preço especial, ainda ganhou mais
do salário mínimo; e o projeto de lei 58/03, que recompõe 5% de desconto. Segundo o presidente
o poder aquisitivo das aposentadorias e pensões pagas aos
seus segurados, com base no número de salários mínimos
do SINDITEX, Livino Steffens, mais sentem-se apoiados num momento
que tinham a data de suas concessões. de mil pessoas foram beneficiadas fundamental em suas vidas e de seus
Vigílias em frente ao Senado, manifestos por todo o país, com um excelente nível de satisfação familiares, ou seja, o início, retorno
assembléias, reuniões com apoio das Federações, Con- pelos serviços prestados. “Já é uma ou investimento num novo projeto de
federações e Centrais Sindicais, enfim, uma massa que vida, que é o estudo”, destaca.
tradição, aguardada pelos sócios, que
vem crescendo para derrubar uma “ilegalidade” que vêm
prejudicando nos últimos anos milhões de trabalhadores.
Outro aspecto que merece atenção foi o reajuste concedido
pelo governo federal aos aposentados de apenas 5,92%, DIA INTERNACIONAL DA MULHER
contra os 12,05% que o mesmo governo concedeu ao
salário mínimo. Vale lembrar que neste cálculo da inflação A UGT (União Geral dos Trabalhadores) através
para reposição das perdas, estão itens importantes aos
aposentados, como os gastos com planos de saúde, gás,
da Comissão de Mulheres, da Coordenadoria das
transporte público, alimentos, remédios, entre muitos ou- Centrais Sindicais do Cone Sul (CM- CCSCS),
tros que tiveram reajuste no período. Temos que lutar pela promoveu evento internacional em Santana do
equiparação e pelas perdas acumuladas a cada ano em Livramento(RGS) nos dias 07 e 08 de Março
que o governo não respeita o calendário das reposições, de 2009. O evento reuniu aproximadamente
adiantando os prazos e não recompondo as perdas dos dias
que ficaram para trás. São coisas para serem discutidas na 10.000 pessoas.
justiça caso não haja reconhecimento do governo de que os O Sinditex participou deste evento com as di-
aposentados foram e continuam sendo importantes para o retoras Rainilda Kindlein Miranda e Rosangela
Brasil. É uma questão de prioridade e de respeito! Aparecida Rohregger Batista.
Livino Steffens
Presidente do Sinditex
Nº 41 ABRIL/MAIO de 2009 3

Trabalhadores da Malharia Iracema recebem


créditos depois de nove anos de luta
Há aproximadamente nove anos, o lhistas, mais precisamente nos
SINDITEX iniciou uma intensa batalha anos de 2002 e 2005.
judicial contra a empresa Malharia Ira- Mas foi agora em janeiro úl-
cema, visando resguardar a cobrança timo, com a venda judicial de
dos direitos trabalhistas dos empregados mais um imóvel, que o SINDI-
desta empresa que tiveram seus contratos TEX obteve maior êxito nesta
de trabalho encerrados pela empresa de causa, com a arrecadação da
forma imotivada. receita de R$ 1.100.000,00
As principais reivindicações dos tra- (um milhão e cem mil reais),
balhadores da Iracema, levadas ao que foram suficientes para
conhecimento da empresa pelo jurídico quitar o saldo total dos 176
do SINDITEX, consistia no pagamento processos trabalhistas que
do Fundo de Garantia em atraso desde ainda estavam pendentes. Ou
setembro de 1998 e verbas rescisórias, seja, foram nove anos de lutas
ou seja, salários, aviso prévio, férias, 13º e esperas que agora findam.
salários, dentre outros títulos que não A união e a luta de todos os
foram quitados. trabalhadores, que sempre
Diversos bens imóveis da empresa foram estiveram presentes e con- Mais um exemplo positivo e vitorioso
leiloados judicialmente, ao mesmo tempo fiantes nesta luta, permitiu que o sindicato de que os trabalhadores devem sempre
em que passaram a ser efetuados parcial- conquistasse os meios judiciais necessários permanecer unidos e confiantes em suas
mente os pagamentos aos credores traba- à satisfação de toda a dívida trabalhista. lutas de classe!

Trabalhadores da Malharia Manz recebem


segunda parcela dos créditos trabalhistas
Desde 2001, quando a Ma- milhões de reais) foi possível
lharia Manz passou a enfrentar quitar aproximadamente 50%
dificuldades financeiras, o da dívida trabalhista. Do total
SINDITEX vem lutando judi- de credores, 400 deles, de me-
cialmente para que todos os nor valor, foram integralmente
trabalhadores e trabalhadoras satisfeitos.
tenham seus direitos garantidos Outra vitória que se aproxima,
e para que também recebam mas que ainda aguarda a pa-
todos os seus créditos traba- lavra final da justiça frente aos
lhistas. O arresto de todos os embargos apresentados pela
bens da empresa, ou seja, o Malharia Manz, foi a venda judi-
pedido encaminhado à justiça cial de outro imóvel da empresa
pelo departamento jurídico do localizado na Avenida Santos
SINDITEX, para que os bens do Dumont, onde estava instalada
devedor necessários a garantia a Tinturaria da Manz e que foi
da dívida não pudessem ser arrematado judicialmente pela
vendidos ou transferidos, foi empresa Malharia Carymã por
uma das primeiras vitórias do R$ 5.500.000,00 (cinco milhões
sindicato para que as perdas e danos e quinhentos mil reais).
sofridas pelos empregados desta empresa (um milhão e oitocentos mil reais) entre O SINDITEX está aguardando o julga-
fossem minimizadas. os trabalhadores. mento em instância final dos Embargos
Em dezembro de 2006, em razão da Dois anos depois, em dezembro do ano impetrados pela Manz para que então a
venda judicial de parte do patrimônio passado, com a venda judicial de outro Justiça possa determinar a liberação do
da Manz, mais precisamente o prédio da imóvel, desta vez a Unidade Fabril da valor arrecadado com a venda, para o
Unidade Fabril localizada na Rua Padre Avenida Santos Dumont, arrematado pelo pagamento dos créditos trabalhisas ainda
Kolb, foram rateados R$ 1.800.000,00 Grupo Millium por R$ 6.000.000,00 (seis pendentes.
4 Nº 41 ABRIL/MAIO de 2009 Piadas
Confira o nome dos sortudos nas duas
PREOCUPAÇÃO
assembléias dos Têxteis
Marido chega preocupado em
Sorteios e prêmios para quem participou! casa e diz à esposa:
- Tenho um problema no servi-
Já é tradição e todo mundo aprova! A cada assembléia, o Sinditex brinda os associados ço.
com o momento de descontração, fazendo o sorteio de vários brindes pequenos até Esposa: - Não diga tenho um pro-
os mais valiosos, como aparelhos de TV e bicicletas. A participação dos trabalhadores blema, diga temos um problema,
foi maciça, superando todas as expectativas. porque os teus problemas são
Confira quem foram os sortudos nas duas assembléias dos trabalhadores têxteis, que meus também.
aconteceram, respectivamente, nos dias 06 de dezembro de 2008, para o levantamento Marido: - Ta bem, temos um problema no
das propostas e no dia 21 de fevereiro, para a aprovação do dissídio 2009. serviço, a nossa secretária vai ter um filho
nosso.
Ganhadores na Assembléia de 06 de Ganhadores na Assembléia do dia 21 de
dezembro de 2008: fevereiro de 2009: NA PESCARIA

A portuguesinha de 10
anos vai pescar com o
pai e volta com o rosto
todo inchado.
A mãe, assustada, pergunta:
- Minha filha, o que houve?
- Foi um marimbondo, mamãe....
- Ele te picou?
- Não deu tempo, o papai matou ele com
o remo.

Dario Holtz - Dohler, ganhou uma TV 14 Vilson Kissner - Dohler – ganhou uma NA BOLSA
Polegadas TV 14 Polegadas
A mãe americana encontra uma
lata de cerveja na bolsa da filha
e pergunta para si mesma:
- Será que minha filha está
bebendo?
A mãe italiana encontra um
maço de cigarros na bolsa da filha e se
questiona:
- Será que minha filha está fumando?
A mãe portuguesa encontra uma camisinha
na bolsa da filha e se pergunta:
- Meu Deus, será que minha filha tem
Odirlei Forster - Dohler, ganhou uma Pedro Ivo de Souza - Dohler, ganhou pinto?
bicicleta uma bicicleta
TAMPANDO O NARIZ

O bêbado chegava todo dia


no boteco, pedia uma pinga,
tapava o nariz e tomava tudo
num só gole:
Um dia, o balconista não se
conteve:
- Escuta aqui, ô cara! Por que você tapa o
nariz enquanto bebe?
E o bêbado:
Fernando Alexandre Kruger - Comfio, Claudete Volfe Alves - Fibrasca, ganhou - É que o cheiro da pinga me dá água na
ganhador de uma bicicleta uma bicicleta boca.... e eu gosto dela pura!

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação, Malharia, Tinturaria, Tecelagem e Assemelhados de Joinville
Rua Orestes Guimarães, 355 • América • CEP 89204-060 • Joinville/SC • Fones (047) 3433-0660 (Administração) (047) 3422-0303
(Assistência Social) • Fax (047) 3433-1310 • Joinville.SC • www.sinditex.org.br

Presidente: Livino Steffens. Vice-Presidente: Gerson Cipriano. Secretária-Geral: Rainilda Kindlein Miranda. 1ª Secretária: Rosângela Aparecida Rohregger Batista.
2º Secretário: Rubens Schroeder. Tesoureiro Geral: Manoel Pedro Lamin Neto, 1º Tesoureiro: Marcelo Henrique Muller. Suplentes de Diretoria: Airton Medeiros, Vair
José Leoni, Pedro Schmitz, Marisa Alaide Pereira, Alice Pettersen. Conselho Fiscal Efetivo: Álvaro José Marchi, Gilmar Lourenço da Silva, Maria Aparecida Maximiano de
Souza. Conselho Fiscal Suplente: Willian Boldt. Delegados Representantes Junto a Federação Efetivos: Livino Steffens e Jairo Machado. Delegado Representante
Suplente: Valdecir Isidoro. Editoração eletrônica: Primeira Linha Editora Ltda, Textos e Edição: Simone Vieira. Fone/Fax: (47) 3025-1911. Fotos: Tayane Pereira/Simone
Vieira. Fotolitos: Weyhe-Print, Impressão: Gráfica Nacional Tiragem: 6 mil.