APRENDER HEBRAICO É FÁCIL PARTE 1 INTRODUÇÃO A primeira informação que os principiantes em hebraico desejam é, sem dúvida, conhecer o alfabeto hebraico ou "alefbets". Os caracteres hebraicos são, realmente, bem diferentes dos caracteres ocidentais, mas com pouco tempo conseguimos nos acostumar com eles, quando então passam a ser lidos sem necessidade de recorrermos a tabelas de consulta. Você ficará surpreso de só encontrar consoantes no "alefbets", porém mais adiante falaremos sobre isso. Vamos então ter nosso primeiro contato com os caracteres hebraicos. 1) Letra ÁLEF Não possui som próprio. Pode, porém assumir o som de vogais, dependendo da palavra. 3) Letra GUÍMEL - Equivale à letra "G". 5) Letra HÊ Equivale à letra "H", levemente aspirado, como o "H" em inglês. É muda no final da palavra.

2) Letra BÊT - Equivale à letra "B".

4) Letra DÁLET - Equivale à letra "D".

6) Letra VAV - Equivale à letra "V" ou "W", mas pode ter som de vogal "U" ou de vogal "O", dependendo da palavra. 8) Letra KHÊT Representa-se o KHÊT de forma transliterada por "KH". Seu som é como o som do "R" na palavra "RUA". 10) Letra YOD - Equivale à letra "Y". Apresenta som de "I", embora seja uma consoante. O "Y" não faz parte do alfabeto da língua portuguesa, mas tanto em hebraico como

7) Letra ZÁIN Equivale à letra "Z".

9) Letra TÊT Equivale à letra "T".

porque de fato são uma única letra no alefbets.Equivale à letra "N". 21) Letra SHIN Equivale às letras "SH". 21) Letra SIN . dependendo da palavra. o "Y" é considerado consoante. Equivale a um "T" seguido de "S" ou "Z". Observação: O número 21 aparece repetido para as letras SHIN e SIN. não? 19) Letra QÔF Equivale à letra "Q".Equivale à letra "R" intermediária em português. 18) Letra TSADE . 17) Letra PÊ Equivale à letra "P". 15) Letra SÁMEK . 11) Letra KAF Equivale à letra "K". como na palavra "CARO". 13) Letra MEM Equivale à letra "M". Pode ser transliterado como "TS" ou "TZ". 20) Letra RÊSH . contudo. assumir o som de diferentes vogais. 12) Letra LÂMED Equivale à letra "L". Pode.Esta letra também não possui correspondente em português.Esta letra também não possui som próprio e não possui correspondente em português.em inglês. 22) Letra TAV Equivale à letra "T". com o mesmo som de um "CH" em português. O ponto à direita superior ou esquerda superior foram adicionados apenas para indicar quando esta letra soa como "S" . Essa é fácil de memorizar. 14) Letra NUN .Equivale à letra "S". 16) Letra AYIN .Equivale à letra "S".

"PÊ" e "TAV". Corresponde ao "P" não aspirado. quando apresentadas da forma simples acima. o som aspirado se representa colocando-se um "h" após a letra. Dh. Corresponde ao "K" não aspirado. não aspirado. e então é referido como "KHAF". . Corresponde ao "PH" aspirado. São elas: "BÊT". mas sim as mesmas seis consoantes já apresentadas. confira na tabela abaixo as formas aspiradas e não aspiradas destas 6(seis) consoantes: Corresponde ao "Bh" (B aspirado) que é de fato um "V". denominado "dáguesh lene". Corresponde ao "B". resultando em: Bh (V). "DÁLET". O QUE É BEGADKEFAT ? Begadkefat é o nome usado para 6(seis) consoantes que podem ou não ter a sua pronúncia aspirada. "GUÍMEL".ou como "SH" em cada palavra. Corresponde ao "T" não aspirado. e então é referido como "FÊ". Em verdade. "KAF". Ph (F) e Th Estas letras. Corresponde ao "D" não aspirado. Corresponde ao "Gh" aspirado. Assim. Kh. Corresponde ao "G" não aspirado. que é de fato um "F". que possuem sons diferentes dependendo das palavras em que são usadas. Tais pontos não fazem parte da escrita original do hebraico. Corresponde ao "Th" aspirado. mas apenas as mesmas consoantes que recebem o ponto médio interior. Gh. Corresponde ao "Kh" aspirado. Volto a lembrar que estas não são seis consoantes adicionais. são aspiradas. e então é referido como "VÊT". em vez de "BÊT". Corresponde ao "Dh" aspirado. Note que não são consoantes adicionais ao "alefbets". Quando não são aspiradas. então devem receber um ponto médio interior para representar uma pronúncia não aspirada.

e em si não possuem som algum. Em segundo lugar. se por um lado ajudou a preservar a pronúncia original das palavras. senão apenas das consoantes das palavras. Assim era o hebraico arcaico até a época dos massoretas. Apenas as pessoas aprendiam o som de cada palavra e inseriam na leitura o som das vogais destas palavras. tenha aprendido a escrever a palavra "computador" assim: "CMPTDR". Desta feita. A escrita hebraica é feita da direita para a esquerda. a lombada fica à esquerda e folheamos as páginas virando-as da direita para a esquerda. Então quando você encontrasse esta palavra "CMPTDR" num texto. não acontecesse. e descendo linha a linha. uma vez que uma utilização errada de tais sinais. Tal sistema. eventualmente atuem com o som de vogais. a partir da primeira linha superior.MAS ONDE ESTÃO AS VOGAIS? No hebraico arcaico. de forma nenhuma. que eles temiam. mais antigo. a lombada deverá ficar à direita. A partir deste grupo denominado massoretas. é preciso entendermos que em hebraico não existem vogais. senão o som de vogal que adquirem dependendo da palavra em que estão. Relembre abaixo como é a forma quadrática destas duas letras: ÁLEF ÁYIN . Normalmente ao abrirmos um livro escrito em alguma linguagem ocidental. Estas consoantes são o ÁLEF (primeira letra do "alefbets" hebraico) e o ÁYIN. Duas destas consoantes são especialmente usadas para vogais. as Sagradas Escrituras Hebraicas. Quando abrimos. Há uma inversão de lateralidade em relação à escrita ocidental. mas não havia representação escrita destes sons. é claro. o hebraico moderno conta com um sistema de sinais massoréticos com a finalidade de indicar a pronúncia das vogais. por exemplo. mas apenas consoantes. você leria em voz alta "COMPUTADOR". de modo que a perda da cultura. não existiam vogais na escrita. Mais adiante falaremos sobre alguns exemplos destes. Repetindo: os sons de vogais existiam. desde o início de sua alfabetização. e folhearemos as páginas da esquerda para a direita. uma Bíblia Hebraica. como por exemplo. perpetuaria o erro para todas as gerações futuras. A ORTOGRAFIA DO HEBRAICO Em primeiro lugar é necessário aprendermos como se lê um livro escrito em hebraico. Foi então criado um sistema de sinais. chamados de "SINAIS MASSORÉTICOS". embora algumas destas consoantes. Imagine que você. inserindo todas as vogais que não estariam presentes na escrita. por outro foi um terrível instrumento de corrupção. houve uma preocupação de que o hebraico pudesse ser esquecido totalmente e ninguém mais soubesse como se pronunciavam as palavras. para indicar e memorizar as vogais no idioma hebraico.

como consoante. no final de uma palavra. Veja na tabela abaixo as formas normais e finais destas cinco letras: FORMA NORMAL FORMA FINAL . quando é usado com o seu próprio som. porém esta letra tem o seu som próprio quando não está sendo usada como vogal. Os caracteres hebraicos quadráticos são os que primeiramente trataremos aqui. O VÁV. chamada de forma final ou "SOFIT". Outra letra hebraica que pode assumir sons de vogais é o VÁV. ao nosso "V": VÁV Em hebraico não existe diferença de letras maiúsculas e minúsculas na escrita. mas apenas a forma natural das letras onde quer que elas se encontrem. Portanto não existem letras maiúsculas e minúsculas. correspondente. para um nome próprio ou dentro das palavras. apresentam forma diferente.Denomina-se forma quadrática ao tipo de letra usado para imprensa. AS FORMAS FINAIS Embora o hebraico não utilize letras maiúsculas ou minúsculas na sua escrita. aquela que não é manuscrita. corresponde ao nosso "V" como em "VALE". O mesmo tipo de letra é usado para começar uma frase. há um fator peculiar para 5(cinco) letras específicas quando as mesmas se encontram no final de qualquer palavra. Estas cinco letras. Relembre abaixo como é a forma quadrática da letra VÁV.

os sinais massoréticos não faziam parte do hebraico arcaico. tendo sido criados numa época em que havia temor de que a língua hebraica caísse no esquecimento e se tornasse impossível saber como as palavras eram pronunciadas. são colocados abaixo das letras. ao mesmo tempo. pronúncias puderam ser alteradas também. originalmente. Vamos então conhecê-los: . Como efeito disso.CLASSIFICAÇÃO DAS CONSOANTES QUANTO À FONÉTICA GUTURAIS PALATAIS LINGUAIS DENTAIS LABIAIS Observe que a consoante RESH é. OS SINAIS MASSORÉTICOS Como vimos anteriormente. Os sinais massoréticos. em sua maioria. mas alguns também são colocados acima ou na linha média da letra. bastando que alguém por falha ou por tendência religiosa inserisse o massorético errôneo. gutural e lingual.

Para melhor entendimento. precisaremos explicar alguns dos massoréticos fora da ordem em que aparecem na tabela acima. o "Qamets Qaton". como no Nome do Messias.LONGAS VOGAL "A" BREVES SEMIVOGAIS Qamets Gadol Qamets Qaton Patar Shevau Qamets Shevau Patar VOGAL "E" Tserê Segol Shevau Shevau Segol VOGAL "I" Hireq Gadol Hireq Qaton VOGAL "O" Vav Roulem VOGAL "U" Vav Shúreq Qibuts Roulem Em hebraico existem vogais LONGAS (Gadol). YAOHU. mas sim. mais fácil de pronunciarmos se usarmos o ditongo decrescente "AO".O massorético "qamets" pode representar a vogal "A" longa. ou a vogal "A" curta. conforme as figuras abaixo: . Somente pelo conhecimento da etimologia da palavra somos capazes de saber se estamos diante de um "Qamets Gadol" (qamets longo) ou de um "Qamets Qaton" (qamets curto). o som realmente pronunciado não é de "A". de uma sonoridade entre o "A" e o "O". No caso da vogal "A" curta. YAOHUSHUA. BREVES (Qaton) e SEMIVOGAIS (Shevau). não havendo diferença no sinal massorético entre os dois casos. O "Qamets Qaton" é a primeira vogal usada tanto no Nome do Criador. Qamets .

patar ou segol). causando uma pausa como se a palavra tivesse sido dividida em duas palavras. após o "d". estas duas palavras certamente receberiam o "Shevau" secante. certamente esta palavra receberia um "Shevau" vocálico entre o "m" e o "n" iniciais. embora consoante. uma "vogal esvaída".Estas são duas formas de "O" longo. para uma perfeita pronúncia das palavras que contêm o massorético "Shevau" ou seus compostos. e do Messias YAOHUSHUA. um sinal massorético. Para entendermos tal coisa. eventualmente. sobre as quais falaremos a seu tempo.Este massorético foi inventado para representar uma semivogal ou "vogal esvaída". O Vav Roulem é a representação da letra VAV com um ponto sobre ela. existiria do mesmo jeito numa escrita onde os sinais massoréticos estivessem ausentes.Quando o massorético "Shevau" estiver sob uma consoante gutural (álef. Shevau-Segol e Shevau-Qamets . apresentando som de "O" . Roulem e Vav Roulem . devemos pensar nas palavras "advogado" ou "adjetivo". que é composto de um ponto sob a consoante que precede a letra YOD. áyin. khêt ou rêsh). e não é transliterado. Este conceito de semivogal é importante de ser bem entendido. Se usássemos os massoréticos em português. IMPORTANTE: Quando falamos sobre sinais massoréticos. pois é como se pronunciássemos duas palavras "ad-vogado" ou "ad-jetivo". no caso do Hireq Gadol. ele é pronunciado como "E" bem curto. mas que é pronunciada por um tempo muito pequeno. o "Qibuts" (U curto) e o "Patar" (A curto). Um bom exemplo para este caso é a palavra "mnemônico" em português.É a vogal "A" breve. a própria letra YOD. apresentam mais três vogais: o "Vav Shúreq" (U longo). O mesmo é válido para a palavra "pneu".A forma longa da vogal "I" é representada pelo Hireq Gadol. e que não faziam parte do hebraico original. mas é vocálico ou sonoro. apresenta som de "I" e. Há pessoas que pronunciam erradamente a palavra como "adevogado". somente o ponto é. que não é nem escrita. Nestas palavras. É usada sob a letra AYIN final do Nome do Messias YAOHUSHUA. "E". Se usássemos massoréticos em português. acima. Além disso.Os Nomes do Criador. Quando o "Shevau" aparece no final de uma sílaba. Patar . de fato. servem de exemplo para este caso. A forma curta da vogal "I" é representada pelo Hireq Qaton que é apenas um ponto sob uma consoante. Novamente as palavras "advogado" e "adjetivo". em português. Shevau-Patar. hê. em português. mas atua de forma "secante" na palavra. O YOD que aparece depois dele. há. ele é pronunciado extremamente curto. de fato. como se ali houvesse uma vogal. Shevau . Quando o "Shevau" aparece ligando uma consoante à outra. Hireq Gadol e Hireq Qaton . Assim. esclarecemos que são sinais ADICIONADOS à escrita hebraica. ele deve ser representado precedido pelo sinal de uma vogal breve (qamets qaton. YAOHU. na mesma sílaba. que muitos pronunciam erradamente como "peneu".

O VAV que aparece com o ponto em sua linha média. O Vav Shúreq faz parte do Nome do Criador. YAOHU. contudo. e que não faziam parte do hebraico original. no caso do Vav Roulem. por ser curto. O segundo "U" do Nome do Messias é representado por um massorético Qibuts. Este é o caso em que o VAV atua como "O" e não como "V". PARTE 2 ALGUMAS PALAVRAS PARA ADQUIRIRMOS VOCABULÁRIO LUZ (ÔR) DIA (YÔM) BOM (TÔV) CIDADE (IR) VOZ (QÔL) HOMEM (ISH) EU (ANI) POVO (ÁM) . um sinal massorético. somente o ponto é. existiria do mesmo jeito numa escrita onde os sinais massoréticos estivessem ausentes.longo por natureza. a pronúncia da vogal "O". esclarecemos que são sinais ADICIONADOS à escrita hebraica. no caso do Vav Roulem. da vogal "U". somente o ponto é. um sinal massorético. e também do Nome do Messias. de fato. O ponto superior pode também ser usado em palavras onde não há o VAV mas que possuem. IMPORTANTE: Quando falamos sobre sinais massoréticos. IMPORTANTE: Quando falamos sobre sinais massoréticos.São as representações longa e curta. Assim. Assim. YAOHUSHUA. de fato. esclarecemos que são sinais ADICIONADOS à escrita hebraica. respectivamente. existiria do mesmo jeito numa escrita onde os sinais massoréticos estivessem ausentes. e que não faziam parte do hebraico original. Vav Shúreq e Qibuts . O VAV que aparece sob ele.

um Shevau simples ou composto. no máximo uma vogal e uma semi-vogal. mas pode também conter uma semi-vogal Shevau. Alguns exemplos: - A primeira sílaba contém a . mas apenas uma vogal. Cada sílaba pode ter uma ou mais consoantes. Shevau-Patar. Shevau-Segol ou Shevau-Qamets. adicionalmente quando for o caso. Assim. PARTE 3 APRENDENDO A DIVISÃO DE SÍLABAS Como regra básica. e. seja ela breve ou longa (Gadol ou Qaton). JUSTO (TSADIQ) TERRA (ERETS) SOL (SHEMESH ) Em partes subsequentes deste material conheceremos mais palavras em hebraico com suas respectivas escritas e transliterações. cada sílaba só pode conter uma única vogal.CAVAL O (SUS) CASA (BAYITH) LEI (TÔRÁH) RETO.

vogal breve HireqQaton e a semi-vogal Shevau (mitz). NA-VI . MITZ-VAH mandament o A primeira sílaba contém a vogal QametsGadol apenas (na). TORAH . A segunda sílaba contém a vogal longa Hireq-Gadol (vi).profeta A primeira sílaba contém a vogal longa VavRoulem (to com "o" fechado). A segunda sílaba contém a vogal longa QametsGadol (vah).lei - . A segunda sílaba contém a vogal longa QametsGadol (rah).

então esta consoante deve receber um Shevau. pois termina com a consoante HÊ. nunca começa por vogal. que recebe um Shevau sob o TSADE que é consoante sonora final da primeira sílaba. ou com as consoantes ÁLEF ou HÊ. que irá atuar como um divisor de sílabas. Este é o caso da palavra MITZ-VAH apresentada acima.Uma sílaba pode terminar por vogal ou por consoante. pois termina em vogal. A segunda sílaba (reh) também é aberta. e além disso. Quando a sílaba termina por consoante que não seja ÁLEF e nem AYIN (consoantes mudas). como regra geral. não for a última sílaba da palavra. são sílabas fechadas. (MOREH professor) A primeira sílaba (sho) é - - . As demais sílabas. terminadas por consoantes que não sejam ÁLEF ou HÊ. Agora observe o quadro abaixo: TIPO DE SÍLABA TÔNICA ABERTA ÁTONA VOGAL BREVE ou VOGAL LONGA VOGAL LONGA VOGAL BREVE ou VOGAL BREVE VOGAL LONGA FECHADA Mas o que é uma sílaba aberta? E uma sílaba fechada? Sílaba aberta é a que termina em vogal. contudo. Veja alguns exemplos: A primeira sílaba (mo) é aberta.

. pois termina com a consoante TAV. Pronuncia -se "ARRÓT". APRENDENDO A CONJUNÇÃO "E". SHOFAR trombeta. logo é a sílaba tônica). pois termina em vogal. A primeira sílaba (a) é aberta. pois termina com a consoante RESH. pois termina por vogal. A segunda sílaba (far) é fechada. AKHOT irmã. A segunda sílaba (khot) é fechada. (note que a última sílaba é fechada e tem vogal longa.aberta.

e a vogal inicial não é uma semivogal. e não mais de "V". e a vogal inicial não é uma semivogal. como se nós escrevêssemos assim: "homem emulher". "VA" ou "VE" resultantes de VAV com a vogal correspondente à semivogal inicial da palavra. tônica. Esse VAV. caso a primeira semivogal da palavra seja um ShevauPatar. . "pai emãe". A primeira sílaba de "I-SHÁH" não é tônica. caso a primeira semivogal da palavra seja um Shevau-Segol. Poderá ser "VE". terá o som de "V" e mais uma vogal que irá depender da palavra à qual ele está sendo adicionado.A conjunção "e". Além disso. VA-EM = "e mãe". e também pode ser um VAV com Patar (VA). Em que casos cada uma dessas formas se aplica? "VE" (VAV com Shevau) é usado quando a primeira sílaba da palavra à qual se unirá não é tônica. a primeira sílaba não deve possuir uma semivogal inicial. na maioria das vezes. ou "irmão eirmã". como nas expressões "homem e mulher". a primeira sílaba não deve possuir uma semivogal inicial. poderá também ter o som puramente de "U". "VA" ou "VI". A única sílaba de "EM" é. pode ser um VAV com Segol (VE). Contudo. é representada pela letra VAV adicionada ao início da segunda palavra. caso a primeira semivogal seja um Shevau-Qamets. obviamente. "VA" (VAV com Qamets) é usado quando a primeira sílaba da palavra à qual se unirá é a sílaba tônica. ou "pai e mãe". Pode ser um VAV com Qamets (VA). ou ainda "irmão e irmã". VE-ISHÁH = "e mulher". Além disso.

se escrevermos "o cavalo". mas a palavra "cavalo" sem o artigo transmite a idéia de "um cavalo" (indefinido). Shevau-Segol. Os artigos definidos em português são o. Assim. e a forma "U" (VAV Shureq) é raramente usada no cotidiano. o VAV recebe o Segol para formar a conjunção "e". A vogal inicial da palavra EMET é uma semivogal. A vogal inicial da palavra ANI é uma semivogal. O artigo definido antes da palavra "cavalo" transmite a idéia de "o cavalo" (definido). com o artigo unido à palavra que ele define. aplicando-se o massorético adequado para cada caso de pronúncia e de ortografia. A vogal inicial da palavra KHALÍ é uma semivogal. Shevau-Qamets. ele vem junto à palavra do mesmo modo que acontece na conjunção "e". A vogal inicial da palavra DEVARIM é um Shevau sonoro. . a e as. "U" (VAV Shureq) é usado quando a palavra à qual se unirá começar por consoante labial ou por um Shevau sonoro. a forma "VE" (VAV + Shevau) é a mais comumente usada no cotidiano. será como escrevermos "ocavalo" em português. Assim. quando um artigo precede uma palavra. ShevauPatar. NOTA: Embora estas sejam as regras ortográficas para utilização do VAV como conjunção "e". Em hebraico. os. o VAV recebe o Qamets para formar a conjunção "e". Assim. Pronuncie "KH" como "R". Vejamos então como é formado o artigo em hebraico: O artigo em hebraico é formado sempre pela letra HÊ. VE-EMET = "e verdade".VA-ANI = "e eu". U-DEVARIM = "e palavras". Assim. o VAV recebe o Shureq para formar a conjunção "e". "VI" (VAV com Hireq) é usado quando a palavra à qual se unirá começar por YOD com Shevau vocálico. VA-KHALÍ = "e doença". o VAV recebe o Patar para formar a conjunção "e". PARTE 4 APRENDENDO O USO DO ARTIGO Em hebraico.

sem o DAGUESH (ponto) na primeira consoante da palavra. Esta forma é usada quando o artigo ocorrer diante de uma palavra começada por consoantes guturais ALEF.Podemos encontrar as seguintes formas: PRIMEIRO CASO Esta forma é composta pelo HÊ com PATAR. Podemos considerar esta forma como a forma genérica. sem o DAGUESH (ponto) na primeira consoante da palavra. Vejamos alguns exemplos para podermos visualisar melhor o uso correto do artigo em hebraico: EXEMPLOS DO PRIMEIRO CASO: INDEFINIDOS NAVI UM PROFETA DEFINIDOS HA-NAVI O PROFETA YOM UM DIA HA-YOM O DIA SUS UM CAVALO HA-SUS O CAVALO . então não se coloca o DAGUESH (ponto). além do DAGUESH na primeira consoante da palavra. salvo o caso anterior onde o AYIN apareça com QAMETS ou SHEVAU COMPOSTO. AYIN ou RÊSH. KHÊT ou AYIN. TERCEIRO CASO Esta forma é composta pelo HÊ com QAMETS. Quando a consoante inicial da palavra for HÊ ou KHÊT. que tiver sob si uma vogal QAMETS ou um SHEVAU COMPOSTO. SEGUNDO CASO Esta forma é composta pelo HÊ com SEGOL. As exceções serão mostradas nos dois casos seguintes. Esta forma é usada quando o artigo ocorrer diante de uma palavra começada pelas consoantes guturais HÊ.

a. Isto também acontece no idioma inglês onde "o menino" é "the boy" e "a menina" é "the girl". EXEMPLOS DO SEGUNDO CASO: INDEFINIDOS HARIYM UMAS MONTANHA S KHAKAM UM SÁBIO DEFINIDOS HE-HARIYM AS MONTANHA S HE-KHAKAM O SÁBIO HAG UMA FESTA HE-HAG A FESTA KHALOM UM SONHO HE-KHALOM O SONHO . Do mesmo modo "the boy" ou "the boys" (o menino/os meninos) usam o mesmo artigo definido para singular e plural. os artigos flexionam como o. mas não em hebraico. Mesmo artigo "the" para masculino e feminino. Na lingua portuguesa sim.QÔL UMA VOZ HA-QÔL A VOZ SHAMAIY M UNS CÉUS HASHAMAIY M OS CÉUS Você reparou que o artigo não se alterou quando a palavra estava no singular ou no plural? Sim. as. os. o artigo não se altera quanto a número (singular/plural) ou gênero (masculino/feminino).

sendo esta primeira sílaba a sílaba tônica. AYIN ou RÊSH.'AON UM DELITO HE-'AON O DELITO Note que a consoante inicial destas palavras são HÊ. EXEMPLOS DE ALTERAÇÃO NA PALAVRA PELA JUNÇÃO COM O ARTIGO: INDEFINIDOS ERETZ TERRA DEFINIDOS HA-ARETZ A TERRA . Este caso se dá quando a palavra for começada por ALEF. EXEMPLOS DO TERCEIRO CASO: INDEFINIDOS 'IYR UMA CIDADE DEFINIDOS HA-'IYR A CIDADE ISHAH UMA MULHER HA-ISHAH A MULHER ROEH UM APASCENTADO R HA-ROEH O APASCENTADO R Note que a consoante inicial destas palavras são ALEF. AYIN ou HÊ. Até aqui você pode perceber que a palavra não sofreu nenhuma mudança em função de receber o artigo definido. e possuem sob elas o massorético QAMETS ou um SHEVAU COMPOSTO. Para encerrar esta parte do estudo do artigo definido. vamos estudar o caso em que a palavra sofrerá variação quando receber o artigo. KHÊT ou AYIN.

cada uma delas com um massorético que depende da palavra que a preposição precede. cada uma. CONFORME CONFORME UMA PALAVRA A. porque estão unidas às palavras que precedem. A forma comum é com shevau simples. COM EM PAZ COMO. de uma consoante. Memorize-as como "bet kaf lamed". PARA . Veja na tabela abaixo os exemplos de utilização da preposição com a vogal massorética shevau simples: EM. As preposições inseparáveis são compostas. do mesmo modo que o artigo e a conjunção "e" (VAV conjuntivo). Algumas são denominadas "inseparáveis". POR.HAR UMA MONTANHA HA-HAR A MONTANHA 'AM UM POVO HA-'AM O POVO PARTE 5 PREPOSIÇÕES INSEPARÁVEIS Em hebraico. possuímos preposições do mesmo modo que no idioma português. mas veremos também as outras.

Como os judaicos consideravam o Nome do Criador como impronunciável. não por ser difícil de pronunciar. com o objetivo de ocultar a pronúncia do Nome do Criador. A maioria das palavras que começam pelo Nome do Criador foram grotescamente e intencionalmente corrompidas. na leitura. colocando-se no Nome do Criador os massoréticos das palavras "adonay". Contudo. "elohim" ou "ha-shem". é que muitas palavras no hebraico moderno receberam um shevau simples sob o YOD. substituíam. CONFORME COMO UM PRIMOGÊNITO A. COM EM UM VASO OU EM UM RECIPIENTE COMO. devido a uma grotesca corrupção do hebraico original arcaico. o Nome do Criador por uma destas . o shevau simples do YOD desaparece e o YOD passa a não se pronunciar. POR. . PARA PARA UMA MOÇA OU PARA UMA SERVA IMPORTANTE OBSERVAÇÃO NESTE PONTO DE NOSSO ESTUDO: Quando a preposição inseparável precede uma palavra começada por YOD com SHEVAU SIMPES. no caso da palavra seguinte possuir um shevau simples na primeira consoante: EM. a importante observação a ser feita. veremos como estas preposições se apresentam. mas por uma falsa crença religiosa.PARA UM PROFETA Na tabela abaixo.

cuja pronúncia é melhor representada por "AO". que se consegue ao falar o ditongo "AO" rapidamente. e o YOD não é uma consoante gutural. a palavra continha o Nome do Criador no início. sendo o correto Yaohudi. que ele não deveria pronunciar o Nome. Não é nem "A" e nem "O". tanto o YOD com QAMETS QATON (YAO). "yehovih" (pelos massoréticos de "elohim").. Esta é a correta pronúncia do QAMETS QATON.. o que é fácil de constatar nos nomes dos profetas. Eles tentaram esconder o Tesouro. nos dois primeiros casos. ou seja.. Quando. outras vezes por "elohim" e ainda outras por "ha-shem". para os que amam a verdade poderem achar. Veja isso na figura abaixo: Por que então. aparece apenas o SHEVAU SIMPLES sob o YOD e não composto como nas palavras "adonay" e "elohim"? Porque. Com isso. Assim. mas um som entre "A" e "O". sendo o correto Yaohushuaoleym. Com isso apareceram pronúncias expúrias e grotescas como "yehovah" (pelos massoréticos de "adonay"). mas deixaram Ouro cair pelo caminho. quando a pronúncia original correta é "YAO". o Nome do Criador sufixava a palavra. As futuras gerações que encontraram estas palavras .palavras. começam por YOD com QAMETS QATON. e "yahweh" (pelos massoréticos de "ha-shem"). É importante também notar. sendo o correto Yaohudáh. Yehudi. exprimindo a correta pronúncia do Nome "YAOHU". Ora. porém. Yehushualeym. quando vocês consultarem outras fontes de hebraico. diversas palavras passaram a ser lidas pelas gerações seguintes como começando por "YE". cujos massoréticos ali estavam para lembrá-lo disso. que tem som de "U". Exemplos de palavras assim? Yehudáh. os sinais massoréticos destas palavras foram intencionalmente colocados sobre as consoantes do Nome do Criador (você sabe que o hebraico arcaico original não possuia sinais massoréticos). conforme já estudamos anteriormente. como o VAV SHUREQ. que esta corrupção ocorreu sempre que o Nome do Criador prefixava uma palavra. foi preservado sem alterações. Certamente eles se preocuparam muito mais com a ortografia do que com a verdade!!! O Nome do Pai Criador e de Seu Messias. algumas vezes por "adonay". já estarão conhecendo as excusas razões que corromperam estas palavras para o hebraico moderno. não se usa shevau composto sob consoante que não seja GUTURAL. mas sim o "substituto". com o objetivo de "lembrar" ao religioso leitor.

sem se preocupar muito com os erros de seus antepassados. que pode ser qamets.. Continuemos então com as preposições. ela recebe a mesma vogal do shevau composto. Agora vamos ver que forma a preposição toma quando precede uma palavra cuja consoante inicial tem um shevau composto. ou o que possa ter originado estas corrupções. patar ou segol. CONFORME COMO UMA DOENÇA COMO UM LEÃO COMO UM SER HUMANO A. COM EM UM NAVIO EM UM SONHO EM VERDADE OU COM VERDADE COMO. Vimos anteriormente a forma que a preposição toma quando precede uma palavra cuja consoante inicial tem um shevau simples. Quando a preposição precede uma palavra cuja consoante inicial tem um shevau composto.escritas deste modo.. POR. PARA . passaram a ler e pronunciar conforme estava escrito. Veja os exemplos na tabela abaixo: EM.

Esta preposição é MIN. mas a consoante do artigo desaparece. e agora vai receber uma preposição inseparável. do mesmo modo como aprendemos na conjunção "e" ou "VAV conjuntivo". Veja o exemplo abaixo: O DIA NO DIA (EM O DIA) Além das três preposições já vistas. a vogal do artigo permanece. que pode aparecer separada da palavra que antecede. então ela recebe a vogal QAMETS GADOL. o hebraico possui mais uma.PARA UM NAVIO PARA UM DESERTO PARA UM HOMEM Quando a preposição precede uma palavra cuja primeira sílaba seja a sílaba tônica. dando lugar à consoante da preposição. . MÃE PARA UMA MÃE Quando uma palavra já contém um artigo associado a ela.

do mesmo modo que a primeira forma do artigo.Quando esta preposição está ligada à palavra que se segue. então. quando precede palavras que já possuem o artigo. então o HIREQ QATON (vogal "i" breve) é substituído pelo TSERÊ (vogal "e" longa). mas estarão ligadas à palavra com artigo por meio do sinal MAQQEF. conforme os exemplos abaixo: DA VOZ DA CIDADE . ela aparece sem o NUN. não substituirá a consoante do artigo. a preposição MIN (de). e toma a forma abaixo: Veja. abaixo. onde a preposição "de" aparece ligada à palavra seguinte. mas com o "daguesh" (ponto) forte na primeira consoante da palavra. exemplos de como ficaria o uso desta preposição quando precedendo palavras começadas por consoantes guturais: DE UM HOMEM DE UMA ÁRVORE Para encerrar esta parte. Veja os seguintes exemplos abaixo. se apresentando com a vogal HIREQ QATON e o DAGUESH forte na primeira consoante da palavra: DE UM LUGAR DE ÁGUAS Quando esta preposição aparece diante de uma consoante gutural. lembrando sempre que o RÊSH é uma consoante gutural também.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful