You are on page 1of 5

Trabalho Prático N" 5

Disciplina: Sistemas de Hidrogénio
Turma: ME3
Semestre: 12/13-Inv.
Resp. Unid. Curricular: Prof. Dr. José C. Quadrado
Prof. Manuel L. Ferre ira
SISTEMA DE ENERGIA HÍBRIDO E REGENERATIVO
I - Introdução.
2 - Descrição geral e configuração eléctrica do S.E.H.R.
3 - Pressupostos de energia alternativa.
4 - Produção de energia com utilização de Hidrogénio.
• Vários tipos de Células de Energia (F.C.).
• Vantagens e inconvenientes.
5 - Simulação da F .C. utilizada no S.E.H.R.
6- Produção (electrolisador) e armazenamento do Hidrogénio e Oxigénio.
7 - Apresentação do estudo da energia alternativa utilizada no S.E.H.R. e respectivo
modelo eléctrico.
8 - Características dos equipamentos utilizados no S.E.H.R.
9 - Pressupostos e estudo económico do S.E.H.R. (opcional).
OBS: Cada grupo de trabalho deverá dimensionar o seu S.E.H.R. de acordo com os
pressupostos efectuados nos trabalhos práticos ante1iores.
Disciplina: Sistemas de Hidrogénio
Semestre: 2012/2013- Inv.
Turma: ME 3
Trabalho Prático N" 5
Dimensionamento duma instalação U.P.E.H.
1 - Tipologia da Instalação.
Uma Estação de Telecomunicações do tipo remota é constituída por uma central
fotovoltaica (painéis e respectivo inversor), um grupo electrogénio de back-up, um
electrolisador, uma pilha de combustível (Fuel Cell), um conversor de potência, um
depósito de Hidrogénio, um depósito de Oxigénio, um depósito de água e uma Wlidade
de Monitorização de controlo, comando e supervisão.
2- Descrição do funcionamento da U.P.E.H.
A Central Fotovoltaica (C.F.) alimenta directamente a carga e o Electrolisador desta
instalação. Por falta de energia desta Central a carga passa a ser alimentada pela Pilha
de Combustível (F.C.). Caso se verifique que a energia produzida pela C.F. não é
suficiente para alimentar a instalação, esta passa a ser alimentada pela Rede Pública.
Como último recurso existe um grupo electrogénio de emergência de back-up (G.E.).
O Hidrogénio e o Oxigénio são produzidos electroquimicamente a uma pressão de 20
BAR e armazenados em depósitos próprios.
A Pilha de Combustível, do tipo PEM, é alimentada assim pelo Hidrogénio e uma
corrente de ar forçado enriquecido com parte do Oxigénio produzido, gerando tmla
força electromotriz (f.e.m.) e como subproduto vapor de água. Este vapor de água é
reaproveitado, sendo condensado e armazenado do depósito de água que alimenta o
Electrolisador.
I
3- Diagrama de carga e de funcionamento da Central Fotovoltaica.
E
2
E3
................ 1
'
------ l
'
'
: ~ - - - -
' '
------ 1
'--
'
'
'
Oh 24h
Figura - Diagrama de cargas
1 - Diagrama de carga da Instalação
2 -Diagrama de funcionamento do Sist. Fotovoltaico
4- Nomenclatura utilizada.
E 1 - Energia total diária consumida pela instalação.
E2 -Energia (média diária) produzida pela Central Fotovoltáica.
E3 - Energia consumida pela instalação que não é coberta pelo sistema fotovoltáico.
E4 - Excedente de energia produzida pelo sistema fotovoltáico.
Ho - Capacidade calórica bruta do Hidrogénio (KJ!m\
H
11
- Capacidade calórica líquida do Hidrogénio (KJ/m
3
).
P- Pressão (Pa).
R- Constante dos gases perfeitos (N.m.K-
1
.mor
1
).
T - Temperatura (°K).
V- Volume (m\
2
5 -Valores médios de referência.
El = 100 kWh
E2 =250kWh
E3=70kWh
H
0
= 12745 KJ/m
3
Hn = I 0800 KJ/m
3
Pot. Pilha Comb. = 2x5 KW
Pot. Grupo Elect. = (determinar valor mais adequado)
R= 8,314 N.m.K-
1
.mor
1
Y]CPI = 0,93
Y]CP2 = 0,93
Y]Eieet = 0,85
Y]FC = 0,65
Y]Dep = 0,98
Consumo (estimado) da pilha a plena carga= 2 x 75 l.p.m.
6- Dimensionamento da Instalação.
Efectuar o dimensionamento de toda a instalação, incluindo reservatórios, sistemas de
tubagens, instrumentação, etc. do sistema a Hidrogénio.
Deverá verificar qual é a potência mais indicada do gmpo gerador de emergência a fim
de permitir que a estação não fique sem energia nos períodos de produção fotovoltaica
insuficiente.
3

"""""-"--
Monitorização -··
,_
'""'""""'
Água
-
1
Carga
Dessalinizador Dep. H
2
0
I Desumid.
L

i
Painéis
C.P. I
FUEL
C.P. 2
Módulo
f---
Elect.
r-
Dep. Hz
r-
F otovoltaicos
CELL
transfer .
..• 1:""' 7
, ..'1'
:".
Filtro ar
Dep. 02
I -· ,
....•
Ar
....,,..,.
8
I