You are on page 1of 18

Mostrando postagens com marcador ARTES VISUAIS.

Mostrar todas as postagens
QUINTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2012

SUGESTÕES DE ATIVIDADES EM ARTES
Colagem livre Pintura em guache sobre papel Giz molhado (giz, água e papel) Pintura/Desenho com lixa (lápis de cera e lixa) Pintura com areia (papel, areia, anilina e cola) Massa de modelar (óleo, farinha de trigo e anilina) Pintura no isopor (tinta, pincel e isopor) Desenho com giz de cera (papel e giz de cera) Pintura com esponja (tinta, papel e esponja) Desenho com cordão (papel, cordão e cola) Trabalho com papel amassado (revistas) Trabalhando com argila Trabalhando com gesso Colagem com laminado (papel laminado, cola e papel) Pintura com carvão (carvão e papel metro) Trabalhando com sucata Desenho com hidrocor (papel e hidrocor) Desenho com folhas espelhadas (folhas, papel e giz de cera) Carimbo com verduras (verduras, tintas e papel) Pintura de caixa com tinta (caixas e tintas) Pintura de caixa com lápis de cera (caixas e lápis de cera) Pintura com tecido (tecido e tinta) Montagem de instalações (cômodos da casa, escola, etc.) Colagem com papéis rasgados Postado por Karla Wanessa às 21:51 2 comentários: Links para esta postagem Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut Marcadores: ARTES VISUAIS, IDEIAS PARA TODAS AS TURMAS Reações:

24 DE JUNHO DE 2010 BIOGRAFIA DE PINTORES INTERNACIONAIS .QUINTA-FEIRA.

.

.

.

Postado por Karla Wanessa às 13:17 2 comentários: Links para esta postagem Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut Marcadores: ARTES VISUAIS Reações: BIOGRAFIAS DE PINTORES NACIONAIS .

.

.

Postado por Karla Wanessa às 11:00 Nenhum comentário: Links para esta postagem Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut Marcadores: ARTES VISUAIS Reações: ATIVIDADES COM SUCATAS Abaixo atividades com sucatas .

.

.

.

.

.

Postado por Karla Wanessa às 10:49 Nenhum comentário: Links para esta postagem Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut Marcadores: ARTES VISUAIS Reações: SEXTA-FEIRA. que estão rodeadas de imagens. Este trabalho deve ser explorado de forma . estão presentes no cotidiano das crianças. Por isso o trabalho com Artes é muito importante no que se refere as peculiaridades e esquemas do conhecimento para a compreensão deste entorno. 25 DE SETEMBRO DE 2009 PLANEJAMENTO DE AULA INTRODUÇÃO As artes visuais.

instrumentos e suportes necessários para o fazer artístico. Contudo ao rabisca. a percepção. a intuição e a cognição devem ser trabalhadas de forma integrada . guache de cores variadas para a massa de . bacia. PÚBLICO ALVO: Crianças de 5 anos. farinha de trigo. o prazer é o domínio do próprio fazer artístico. Isso significa. Reconhecer o uso no contexto social do gênero textual prescritivoreceita. fabricação de massinha de modelar. OBJETIVO: Produzir trabalhos de arte. sentimentos. a imaginação. Para o desenvolvimento da aula serão necessários. da simbolização e da leitura de imagem. confecção de esculturas e apreciação das próprias produções. notação de atividades onde receitas são utilizadas no cotidiano. PLANEJAMENTODE AULA – ARTES VISUAIS TEMA: Escultura. apesar que ainda é encontrada propostas de artes sem significação tidas como passatempo. Leitura e compreensão de pequenos textos. a sensibilidade. vinagre. por meio da observação e leitura de alguns dos elementos da linguagem plástica. Exploração do espaço tridimensional na realização de seus projetos artísticos. Apreciação das suas produções e das dos outros. Confeccionar um trabalho artístico tridimensional de escultura. uma escultura do Mestre Vitalino e argila. um cartaz contendo a receita. utilizando a linguagem da modelagem. pois é inconcebível abordar este tema de maneira isolada. METODOLOGIA DA AÇÃO PEDAGOGICA: A aula será realizada em sala de maneira interdisciplinar. Propiciar esta aprendizagem significativa de movimento e ação da criança em sua singuralidade requer atividades programadas na contextualização social e cultural. transformação e criação. explorando as texturas de objetos e materiais. que no processo de aprendizagem em artes visuais a criança traça um percurso de criação e construção e no decorrer deste processo. sal. o pensamento. desenhar a crianças desenvolve atributos de comunicação e imaginação.interdisciplinar. expressando-se através de sensações. CONTEÚDO: Exploração e aprofundamento das possibilidades oferecidas pelos diversos materiais. Portanto. com apreciação de escultura de Mestre Vitalino. ou seja. as crianças encontram na arte possibilidades de comunicação. água. e é isso exatamente que este planelamento pretende evidenciar.

mas com outros ingredientes. o que o motivou a confeccioná-la. a água. . em roda no chão da sala as crianças receberão algumas orientações. dos mesmos se misturando e depois da massinha já pronta. falando sobre receita. em uma roda de conversa. tecidos etc. De início a professora trabalhará a oralidade. para apreciação. será executada a fabricação ao passo das instruções recebidas da leitura da receita em cartaz. que também será apresentada as crianças para que possam sentir sua textura. mencionando que a próxima atividade é a fabricação de massinha de modelar. no decorrer do diálogo a professora comentará fatos característicos das esculturas do Mestre Vitalino e marcantes da sua vida. para que serve. depois o sal. onde será facudado as crianças fazerem a leitura e análise da obra. que é um material de textura semelhante a argila. e guardarão o resto da massa em sacos plásticos na geladeira . 5° momento Já com a sala organizada será realizada um exposição das esculturas confeccionadas. etc. 4° momento Sobre o papel madeira as crianças irão produzir objetos. neste momento deve ficar claro para as crianças a matéria prima usada por Vitalino na confecção de suas obras (barro/ argila). depois de misturados dar cor com guache (cada criança receberá cor diferente). Essa atividade visa desenvolver a capacidade de observação e o sentido tátil. o que ela representa. etc. 2º momento Depois. primeiramente interna para a própria sala e em seguida para o jardim I. o vinagre. Durante a fabricação a criança será instigada a observar e comentar a textura dos ingredientes separados. papel madeira e vários objetos com pentes. pedras. Em seguida a professora apresentará um cartaz contendo a receita da massinha. a professora apresentará uma escultura do Mestre Vitalino. expondo um pouco do gênero textual prescritivo. etc PLANO DE ATIVIDADE 1º momento De início. quem já presenciou a mãe preparando algum prato. pedras. Onde cada criança falará sobre sua escultura. Nesse momento as crianças receberão uma bacia média e pequenas porções dos ingredientes já anteriormente separados. após leitura. Após confecionadas as esculturas as crianças com auxílio da professora organizarão a sala. Primeiro o trigo. brinquedos.modelar. neste momento haverá intercâmbio entre as crianças em troca de massinhas e nos comentários decorrente do processo de criação. animais em escultura com a massinha dando liberdade a sua criatividade de criação. seu processo de criação. 3º momento Depois da limpeza da sala as crianças relacionarão semelhanças e diferenças da textura da argila e da massinha com outros objetos que terão a disposição como pentes.

Rosely Cardoso. Esta postura de ensino incuti habilidades. competência. ainda estavam meio tímidos. Klésia Garcia andrade. participando de cada momento da aula com atenção e muita alegria. 1° ano ensino fundamental/ Amélia Porto e Maria Luisa Aroeira. livro do aluno. imagens. São Paulo: Pearson Prentice Hall. Amélia. Laura Célia Cabral Cava. constituindo assim sua própria linguagem artistica. Amélia.Belo Horizonte: Dimensão. CONCLUSÃO Ensinar Artes significa ir além da mera produção de desenhos e pintura. REFERÊNCIAS Porto. 2008. apreciação de suas próprias produções. onde a criança é deixada a deriva em uma aula entendida como hora do descanso. bem como aos comentários. porém com motivação da professora foram conseguindo atuar sobre a massa com mais propriedade. valorização e interpretação do mundo por intermédio da observação das cores. Postado por Karla Wanessa às 23:55 2 comentários: . somente pequenos impasses facilmente solucionados. animais gingantescos. não houve problema de ingestão. Artes é linguagem e com tal é fundamental para desenvolver aspectos cognitivos. outros pequeninos. sensiveis e culturais. bem como identificar as situações onde pode-se usar a receita e de como ela nos serve no dia. A aula sucedeu de forma hamoniosa.a dia. harmonia dos sons.Belo Horizonte: Dimensão. 1° ano ensino fundamental/ Amélia Porto e Maria Luisa Aroeira. exploraram bastante as cores. Elas se envolveram de forma plena. Montagnini. Ensino das artes e música: pedagogia/ Rosely Cardoso Montagnini.AVALIAÇÃO: A aula foi muito proveitosa. No começo alguns ateram-se apenas a duas cores. Esse trabalho realizado em Artes Visuais não objetiva resultados de técnicas em construções perfeitas e sim o prazer de explorar e conhecer diversos materiais. 2008. alcançando os objetivos traçados. formando mostrinhos coloridos. sendo assim o Ensino das Artes significa articular os três campos conceituais: fazer artistico. houve bom entendimento da proposta por parte das crianças. Novo Fazer e Aprender. Foi extremamente prazeroso ver o encantamento das crianças durante seu processo de criação. BIBLIOGRAFIA: Porto. Novo Fazer e Aprender. 2009. apreciação e reflexão fundamentado no desenvolvimento cultura da criança. livro do aluno. elas conseguiram fabricar a massa e também confeccionar a escultura.