You are on page 1of 6

QUESTÕES SOBRE “CONSOLIDAÇÃO DE BALANÇOS”

1. Em relação à consolidação das demonstrações contábeis, é correto afirmar que: a) as sociedades controladas em conjunto, segundo a Instrução CVM nº 247/96, não devem constar das demonstrações consolidadas b) as demonstrações contábeis das empresas do grupo devem ser elaboradas na mesma data de encerramento do exercício, sendo que nenhuma defasagem é permitida c) os critérios adotados na escrituração contábil das empresas objeto da consolidação devem ser uniformes entre si, exceção feita às sediadas no exterior, que poderão utilizar padrões contábeis próprios d) é obrigatória apenas caso a controladora seja um companhia aberta e) são obrigatórias as consolidações do Balanço Patrimonial, da Demonstração de Resultado e da Demonstração de Origens e Aplicações do Recursos

2. Julgue as afirmações a seguir, classificando-as como verdadeiras (V) ou falsas (F): IAs sociedades controladas cuja venda, por parte da investidora, tenha efetiva e clara evidência de realização podem ser excluídas da consolidação, desde que haja autorização prévia da CVM As companhias abertas deverão elaborar demonstrações consolidadas incluindo apenas as suas controladas cujo valor contábil do investimento represente pelo menos 30% de seu patrimônio líquido

II -

III - mediante prévia autorização da CVM, poderão ser excluídas da consolidação as sociedades controladas cuja exclusão não represente alteração relevante

a) V, V, V d) F, V, V

b) e)

V, F, V F, F, V

c)

F, V, F

3. Na consolidação:

a) são incluídas as demonstrações de sociedades coligadas b) devem ser excluídas as participações de uma sociedade em outra

não devem ser excluídos(as): a) os lucros não realizados decorrentes da venda de bem do Ativo Permanente entre empresas do grupo b) os investimentos permanentes da controladora nas controladas c) as participações societárias de empresas não pertencentes ao grupo d) os créditos operacionais decorrentes de transações entre as empresas do grupo e) as parcelas do custo dos estoques correspondente à venda de mercadorias entre as empresas do grupo 5. As participações de acionistas minoritários. mesmo que não realizados d) não devem ser incluídos os resultados de controladoras sediadas no exterior e) somente devem ser incluídas as subsidiárias integrais da controladora 4. deverão ser: a) segregadas em conta específica fora do Patrimônio Líquido consolidado b) deduzidas do valor do investimento no Ativo Permanente consolidado c) segregados em conta específica do Ativo Permanente consolidado d) acrescidas ao valor do investimento no Ativo Permanente consolidado e) apresentadas no Ativo Diferido consolidado . Na consolidação das demonstrações contábeis do grupo.c) devem constar os resultados de negócios entre as sociedades. na consolidação.

00 150.00 1.00 130.000.00) 150.00 800.00 II .000.00 Cia.000. A 370.000.000.00) 84.000.00 450. Longo Prazo Capital Reservas Lucros Acumulados Total do Passivo Cia.00 250.000.00 200.000.500.00) 232.00 (268.000.00 420.00 300.BALANÇO PATRIMONIAL .00 100.00 200.00 (120.000.000.00 70.000.00 .000.000.00 (30.00 800. B 270.000.000.00 Cia.000.000.000.Utilize as informações a seguir para responder as questões de nº 6 a 13: I .000.31-12-20X0 ITENS Vendas (-) Custo das Vendas (=) Lucro Bruto (-) Despesas Operacionais (+) Resultado da Equivalência Lucro Líquido Cia.00 Cia.000.000. A 240.000.31-12-20X0 ATIVO Disponível Clientes Estoques Investimento Cia.000.000.00 350.00) 120.000. A 500.DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO .000.00 210.000.00 400.00 100.00 Cia.000.000.00 210. B 100.00 120.000.000.00 80.000.000.00 (106.000.000. B Imobilizado Total do Ativo PASSIVO Fornecedores Contas a Pagar Emp. B 180.500.00 1.00 180.

000. A participação dos acionistas minoritários no balanço patrimonial do grupo equivaleu (em R$) a: a) 30.00 c) 1.000.00 435. O valor dos estoques consolidados do grupo em 31-12-20X0 correspondeu (em R$) a: a) 530.00 1.000.000.A controladora vendeu para a controlada.00 7. a prazo. possuindo 70% (setenta por cento) do capital social desta última .No final do período.000. 6.090. obtendo um lucro na transação de 40% sobre o preço de venda.00 em mercadorias referentes ao lote adquirido da controladora.000.Informações adicionais I .A Cia.000. mercadorias no valor de R$ 100.000. B. A é controladora da Cia.00 .000.00 8.00 c) 510.00 90.00 d) 1.000.082.000.982.00 c) 52.00 d) 456.000.00 b) e) 42.000.000.000.000. a controlada ainda não havia saldado seu débito para com a controladora. II .00. O Ativo Total consolidado montou a (em R$): a) 2. IV .990. III .00 b) e) 522.000. remanesciam no estoque da controlada R$ 20.00 b) e) 2.950.00 d) 70.No final do período.

00 13.00 b) e) 322.000.00 d) 670.00 820. A receita de vendas consolidada do grupo foi correspondente a (em R$): a) 770.00 .00 650.000.00 c) 782.000.00 d) 388.00 10.00 12.00 c) 730.000.00 c) 354.00 c) 296.000. obtém-se (em R$): a) 278.00 11.000.000.00 282.000.000.000.00 230.000.00 b) e) 750.000.00 b) e) 374. O lucro líquido consolidado montou a (em R$): a) 330.000.000.000.00 b) e) 700.000.000.00 d) 790.000.000. O lucro bruto consolidado correspondeu a (em R$): a) 382.000.000.00 c) 288.00 d) 238. Consolidando-se o custo das vendas.000.000.000. O patrimônio líquido consolidado do grupo foi (em R$): a) 692.9.000.00 d) 290.00 b) e) 288.00 396.

quando proveniente de transações com mercadorias d) lançado contra impostos a compensar no Passivo Circulante e) lançado contra impostos a compensar no Exigível a Longo Prazo 15. Na consolidação. o deságio obtido na aquisição do capital da controlada deverá ser divulgado a) na Demonstração de Resultado Consolidado b) como retificação da conta de Investimentos no Ativo Permanente consolidado c) em conta apropriada de resultados de exercícios futuros d) como adição da conta de Investimentos no Ativo Permanente consolidado e) em conta apropriada do Patrimônio Líquido . devido em função de lucro não realizado referente a operações efetuadas entre as empresas em consolidação. O imposto de renda.14. deverá ser: a) eliminado do resultado consolidado em contrapartida à conta de imposto diferido classificado no Ativo consolidado b) eliminado do resultado consolidado e não pago pelo sujeito passivo da obrigação tributária c) lançado à crédito de estoques.