You are on page 1of 7
Cálculo Diferencial e Integral PROFESSOR CLOVIS JOSE SERRA DAMIANO Função Exponencial Potenciação (revisão) A potenciação ou exponenciação é a operação de elevar um número ou expressão a uma dada potência. Exemplo: 23 = 2.2.2 = 8 Nesta potência o número 2 é a sua base e ao número 3 damos o nome de expoente. Esta potência representa a multiplicação de três fatores iguais a dois, então 23 é igual a 2 . 2 . 2 que é igual a 8. Potências com expoente 2 ou 3 possuem uma outra forma particular de leitura. A potência 23 também pode ser lida como dois ao cubo, assim como a potência 32 pode ser lida como três ao quadrado. Potências de Base Real com Expoente Inteiro Há quatro situações em particular que iremos tratar: quando o expoente é maior que um, quando é igual a um, quando é igual a zero e quando é negativo. Expoente Maior que 1 De forma geral: , isto é, a multiplicação de n fatores iguais a a. Este é o caso de mais fácil compreensão, pois o conceito da exponenciação está bem claro. Observe a expressão abaixo: 54, que se lê 5 elevado a 4, ou 5 elevado à quarta potência é igual ao produto de quatro fatores todos eles iguais a cinco. Ao multiplicarmos 5 vezes 5 vezes 5 vezes 5 iremos obter 625 que é o resultado da exponenciação. O número de fatores iguais a 5 é justamente o numeral do expoente. Apesar de estarmos trabalhando com expoentes inteiros, as bases podem ser decimais: Assim como também podem ser fracionárias: Expoente Igual a 1 Todo número elevado a 1 é igual ao próprio número: Expoente Igual a 0 Todo número, diferente de zero, elevado a 0 é igual a 1: Expoente Negativo Qualquer número diferente de zero elevado a um expoente negativo é igual ao inverso deste número elevado ao oposto do expoente: Propriedades das Potências de Base Real com Expoente Inteiro Multiplicação de Potências de Mesma Base A multiplicação de potências de mesma base é igual a esta base elevada à soma dos expoentes. Vamos analisar o desenvolvimento da expressão a elevado à quinta potência vezes a elevado ao quadrado para confirmarmos esta afirmação: Primeiramente vamos substituir as potências por suas respectivas multiplicações: Repare que a expressão foi substituída pela multiplicação de 7 fatores iguais a a. Pelo conceito da exponenciação podemos então escrever a seguinte potência: De onde concluímos que: Generalizando: Divisão de Potências de Mesma Base A divisão de potências de mesma base, diferente de zero, é igual a esta base elevada à diferença dos expoentes. Vamos utilizar as mesmas potências analisadas na propriedade anterior, mas agora fazendo a análise em relação à divisão: Substituindo as potências por suas respectivas multiplicações: Utilizamos uma fração ao invés do operador , apenas para visualisarmos mais facilmente o próximo passo, que será a simplificação de dois fatores do numerador com dois fatores do denominador: Do estudado até agora sabemos que: 2 Então chegamos a conclusão de que: Novamente generalizando temos: Entendendo porque a0 = 1 Para a ≠ 0 sabemos que: Então se tivermos m = n temos que: Sabemos que: Já todo número, diferente de zero, dividido por ele mesmo é igual a 1 e que todo número menos ele mesmo é igual a zero. Logo concluímos que: É por isto que todo número, diferente de zero, elevado a 0 é igual a 1: Entendendo porque a1 = a Para a ≠ 0 sabemos que: Logo se tivermos m = n + 1 temos que: Como: Então: Logo: Agora vamos transformar as potências do primeiro membro em multiplicações do fator a: Repare que o numerador da fração no primeiro membro possui um fator a a mais que o denominador, pois o expoente da potência do numerador tem uma unidade a mais que o expoente da potência do denominador. Simplificando a fração temos: 3 Ou ainda: Outra forma de entendermos porque a1 = a é que pela própria definição de potência, o expoente indica o número de fatores e como o expoente é igual a 1, obviamente este fator será o próprio número. Entendendo porque a-n = 1/an Como já vimos para a ≠ 0 temos que: Se tivermos m = 0: Como a0 = 1, temos: Ou: Potência de um Produto A potência do produto de dois ou mais fatores é igual ao produto de cada um destes fatores elevados ao expoente em questão: Potência de um Quociente Podemos proceder de forma análoga ao que fizemos no caso da multiplicação, mas neste caso os divisores não podem ser iguais a zero: Potência de um Expoente Fracionário Podemos transformar uma potência com expoente fracionário em um radical: Exemplo: Potência de uma Raiz 4 Ao elevarmos um radical a uma dada potência, estaremos obtendo o mesmo resultado que obteríamos se elevássemos apenas o seu radicando a esta mesma potência: Exemplo: Potência de uma Potência Novamente para uma base diferente de zero podemos expressar a seguinte igualdade: Vamos como de costume recorrer a um exemplo: Função Exponencial É toda função cuja lei é dada por f(x) = ax, sendo a um número real positivo e diferente de 1. O a tem que ser maior do que zero para garantir que a função tenha uma solução real e diferente de 1 para ser exponencial, pois o 1 elevado a qualquer número é ele mesmo, o que caracterizaria uma função constante e não uma função exponencial. Gráfico da Função Exponencial O gráfico é uma figura chamada curva exponencial, que passa por (0, 1). Para a > 1; a função é crescente. Para 0 < a < 1; a função é decrescente. 5    A curva nunca irá interceptar o eixo x e não tem pontos nos quadrantes 3 e 4. A função exponencial é bijetora. A curva sempre cortará o eixo y no ponto 1. Os valores de y sempre serão positivos. Exercícios de Aplicação 1. Construa o gráfico das funções: a. y = 2x b. 2. Construa uma tabela e desenhe num referencial cartesiano, o gráfico da função exponencial . Use os seguintes valores para x: -2, -1, 0, 1 e 2. Dê o domínio e o conjunto imagem dessa função. 3. A população P de um país tem seu crescimento dado pela lei P = 2.000.000.(1,03) n, em que n é o número de anos que decorrem depois desse país ultrapassar dois milhões de habitantes. Observe a base dessa potência e esboce o gráfico dessa função. Determine a população estimada desse país para n = 2. 4. A produção de uma indústria vem caindo mês a mês. Em um determinado mês ela produzia 100 unidades de seu principal produto. A partir de então a sua produção mensal passou a ser dada pela lei y = 100.(0,4)x. a. Quantas unidades foram produzidas no terceiro mês desse período recessivo? b. Esboce o gráfico da função. 6 Equações Exponenciais As equações exponenciais são aquelas que apresentam a incógnita no expoente. Para resolver as equações exponenciais usaremos as propriedades das potências. Propriedade muito utilizada para resolução de equações: am = an Exemplo: Qual o valor real x, tal que 2x = 16? m=n (a>0 e a Fatorar o 16. O objetivo é colocar os dois membros da equação na mesma base. Temos então: Quando temos a mesma base, corta-se a base e trabalha-se apenas com o expoente. Exercícios de aplicação: 1. Determinar o valor de x: a. b. c. d. e. f. g. √ 7