You are on page 1of 19

Universidade Anhanguera – UNIDERP Centro de Educação a Distância

ATPS – Estrutura de Ensino no Brasil Disciplina: Estrutura e Organização da Educação Brasileira
Tutor a distância: Cheila R. S. do Carmo

MAYARA ALVES CAVALCANTE – 407396 PATRICIA BRINGEL NOLETO – 419212 WALBER LUZ DOS SANTOS – 437796

ARAGUAÍNA - TO 2012
UNIVERSIDADE ANHANGUERA - UNIDERP

Atividade Prática Supervisionada (ATPS) entregue como requisito para conclusão da disciplina “Estrutura e Organização da Educação Brasileira”. sob orientação do professor-tutor à UNIVERSIDADE ANHANGUERA .UNIDERP .

Enquanto não se estabelecer um compromisso real com as questões ligadas à educação. seremos obrigados a conviver com a triste realidade da escola brasileira.UNIDERP . Observamos que a realidade do sistema se encontra muito distante do desejado e do proposto nos termos da lei.distância Cheila Ramos Siqueira do Carmo. Como aproximar essa realidade do que se almeja é o grande desafio da educação no Brasil. UNIVERSIDADE ANHANGUERA . INTRODUÇÃO Neste trabalho. procuramos discorrer sobre os diversos aspectos pertinentes à Estrutura e Organização da Educação Brasileira.

A justificativa para o afirmado acima se deve que durante muito tempo o sistema vigorou dentro de um sistema excludente e desfavorável a grande parte da população brasileira. pois a facilidade de ensino principalmente nos níveis superiores era de fácil acesso a quem dispunha de um financeiro elevado. a formação de professores. houve então o surgimento da lei 9. Até se chegar a estrutura atualmente conhecida foi necessário e estudo e a analise de vários fatores que estiveram sob forte visualização dentro do campo da educação brasileira. não foi condizente com os direitos de igualdade. principalmente as classe de menor estrutura e poder aquisitivo. bem como também proporcionou ao longo do período de estudo a visualização e contextualização deste trabalho.UNIDERP . faziam parte do mesmo espaço de analfabetos registrados. Como ponto de partida para essa discussão é importante ressaltar que o sistema brasileiro de ensino. onde pelo contrário o ensino em suas diversas faces era ofertado à parte dominante da sociedade da época em questão. O país era analisado por estudiosos da época. Levando em consideração as situações colocadas acima. relacionado à oferta de estudo para todos independentemente de classe social. tanto na seleção de conteúdos quanto na estruturação deste documento. a qual se dominava classe da elite brasileira. desde sua criação. referente à educação analisavam e afirmavam que nosso país era uma terra de doutores. bem como o repasse escasso de recursos para as escolas publicas. ao mesmo tempo em meio a tantos graduados e bacharéis.ESTRUTURA DO SISTEMA DE ENSINO NO BRASIL No decorrer de muito tempo o sistema educacional brasileiro passou por diversas mudanças. por exemplo. ou por pessoas que deste cedo percebiam o grande erro imposto e atuante na sociedade brasileira. tento como base para o não desenvolvimento na área de ensino a não disponibilidade de ensino e falta de incentivo. falta de oportunidade de ingressão nos centros de ensino e universidades para os desfavorecidos economicamente. A percepção de uma série de aspectos envolvendo este contexto se faz instrumento fundamental para se detectar as problemáticas que envolvem e dificulta o sistema de educação no Brasil. em suas primeiras atuações dentro do território nacional.394/96 denominada de lei de Diretrizes e Bases que tem como incumbência de UNIVERSIDADE ANHANGUERA .

Tais concepções proporcionam ao sistema a estruturação de sua forma. pois viabilizam termos que são contrários. tento ela um de seus principais objetivos o de propiciar o acesso a educação de igual modo a todos os brasileiros. foram criados junto a estes passos. normas intermediadas. a igualdade de conhecimento básico. Depreende-se inicialmente que o sistema escolar é um dos elementos que formam a infraestrutura compreendem os meios e as formas do homem produzir sua própria existência.UNIDERP . expressões inclusas na organização deste sistema. sem deixar de olhar. mediando com estas formas. e própria organização que depreende e considera que a formação tanto básica como superior é fator primordial para o desenvolvimento do país. recursos entre outros. emocional. como anseia a lei. tem como objetivo principal a democratização. à organização nacional brasileira. no entanto destes aspectos e prestar atenção também nos fatores como o físico. e sofrem constantes modificações por conta de muitos fatores como concepções políticas. sendo este componente e parte fundamenta no processo de desenvolvimento da sociedade. Para se chegar ao entendimento e compreensão do sistema de ensino em questão. bem como também. fazendo sempre que necessário a introdução de mudanças mediante as exigências que surgem ao longo do tempo no âmbito da educação básica do Brasil. Nesta visão a compreensão destes passos deve ser compreendida com impulsos que despertem mudanças significativas na superestrutura que tem como embasamento de movimentação dois elementos de atuação sendo um as instituições e a outra as ideias que permeiam esse espaço. moral. pois também são vertentes que devem ser bases para o desenvolvimento da educação de forma geral no Brasil.organizar e normatizar ao Maximo o sistema de educação no Brasil. alguns eixos que servem de norte ação para o bom relacionamento com a lei. Tanto a infraestrutura quanto a superestrutura agem combinadamente em oposição. e o social. UNIVERSIDADE ANHANGUERA . assumindo verdadeiramente uma marca de intenção e sistematização. Este amparo judicial e um conjunto de constituições e definições políticas que orientam o sistema. visando proporcionar uma educação que tenha Maximo cuidado com as questões escolares. que vem complementada pelas concepções da educação. Desta maneira a nova proposta de educação para a educação no Brasil.

considerando o fato de a educação não básica além dos citados acima. no entanto as suas áreas de funcionamento. ambos atuantes em nível federal. Cabe também a lei organizar e designar quais são os órgãos administrativos responsáveis. que entidades. UNIVERSIDADE ANHANGUERA . partindo desta linha de pensamento e justificativa e sendo medida prioritária levar o ensino de qualidade as mais diferentes extensões. bem como também favorecer acesso a todas as classes em âmbito de estudo. tento como embasamento iminente os princípios presentes na Constituição. o Conselho Estadual de educação (CEE) a Delegacia Regional de Educação (DRE). ensino fundamental e médio. onde são estabelecidos pela organização de ensino o Ministério da Educação (MCE).UNIDERP . A Secretaria Estadual de Educação (SEE).INCUMBÊNCIA DE CADA SISTEMA DE ENSINO NO BRASIL Sabe-se que a lei 9. Como modalidades complementares o sistema brasileiro de ensino ainda é composto pela educação de jovens e adultos (ensino fundamental ou médio) da educação profissional ou técnica. o Conselho Nacional de Educação (CNE). Para assistência na rede municipal de ensino existem a Secretaria Municipal de Educação (SME) e o Conselho Municipal de Educação. Esta norma estabelece finalidades e procedimentos para fazer com que a estrutura organizacional da educação no país caminhe corretamente. respeitando o direito de cada cidadão ao ensino em todas as suas modalidades. todos interligados e correlacionados quanto as suas intenções dentro do campo educacional do país. também são modalidades que compõem o nível superior. a Subsecretaria de Educação faz vigilância nos assuntos educacionais que dizem respeito ao âmbito estadual. foi estruturada também a educação a distancia (EAD). depreende-se. A organização brasileira de ensino conta com mediadores. Partindo-se dos órgãos competentes. como suas pertinências próprias criaram-se também a educação especial. quais os níveis e modalidades de ensino. entre outros aspectos em que se define e se assegura o sistema de ensino. órgãos que atuam de maneira próxima em determinadas áreas da educação. pois a educação brasileira constitui-se do ensino infantil.394 de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 20 de Dezembro de 1996 é a prescrição que existe para fazer a manutenção bem como também à organização do ensino no Brasil. e como forma de abranger todas as classes.

estando ambas.procurando após o diagnóstico das problemáticas as possíveis soluções para se garanta uma educação de qualidade a cada educando. onde contara com assistência e prestabilidade dos Estados. obedecendo a função de dar sustentabilidade e consistência a educação e seus incrementos naturais e supletivos. educação profissional. Diante as atribuições presentes nesta lei que rege os andamentos da educação no Brasil. categorias de ensino público e privado. objetivando com tal esforço a melhoria e o bom andamento de cada nível. Com todo este sistema montado e estruturado. mediante a lei de diretrizes e bases. portanto. dos estados. sendo a educação a distância. Proporcionar mediante necessidades vivas e pertinentes planos de ação que visem à avaliação UNIVERSIDADE ANHANGUERA . sendo vinculados ao mesmo tempo todos os órgãos do sistema. importando a união o papel de organizar de forma coordenada a política nacional de educação. Dos diversos atos da educação ressalta-se que o plano nacional de educação é iniciativa destas incumbências. fazendo articulações que se julgarem necessárias. A rede de ensino pública criada e incorporada é administrada e sustentada pelo poder público.UNIDERP . endente-se.sendo esta uma medida prioritária. Presta assistência e conteúdo de trabalho para a destinação e superação das dificuldades detectadas nas modalidades de ensino. inclusas. O sistema privado de ensino e assistido por pessoas físicas ou jurídicas. sendo. objetivando com esta articulação a organização das demais instâncias educacionais. educação especial. A união também se incumbe de favorecer condições de manutenção aos órgãos coligados. educação de jovens e adultos. como na parte financeira. e constituindo a educação escolar compreende-se então a educação infantil. do Distrito Federal e também dos Municípios. do Distrito Federal e dos municípios. bem como o desenvolvimento de suas atividades em seu território de ensino. e estado e os municípios ficam responsáveis pela organização em suas determinadas áreas de funcionalidade. educação fundamenta ensino médio. Analisar e tentar sanara perante acompanhamento do rendimento escolar em todas as suas modalidades. todavia que todos estes passos exercitados de forma permanente nas duas categorias que compõem igualmente a educação brasileira. onde os mesmos com sua visão deveram receber mantimentos que favoreça a sustentabilidade. econômica. a cargo da união.Como subdivisão instituída fica estruturada como educação básica no Brasil a educação infantil. a união. no entanto nas modalidades de presente nesta estrutura. visando a continuação permanente do desenvolvimento de seus sistemas de ensino. a educação fundamental e o ensino médio.

o presente na lei visa por objetivo à estabilidade e consistência da funcionalidade da educação no Brasil. levando em consideração os princípios e fins da educação nacional. a organização conta com o apoio constante das entidades contribuidoras que atuam incessantemente nas questões relacionadas com a educação do país. bem como também. e procura dentro das realidades encontradas a resolução permanente para os percalços que também fazem parte do sistema educacional de ensino. A criação da LDB proporcionou neste novo período condições fundamentais para a estruturação e organização do sistema.das instituições de educação superior tanto como colaboradores nesta questão todos os órgãos de competência vinculados a este interesse. a Lei de Diretrizes e Bases. incumbindo a cada uma das entidades suas respectivas responsabilidades. Como parte de formação do sistema de ensino brasileiro.UNIDERP . Com base nestas colocações. a promoção de um aprendizado de plena qualidade. Com a grande extensão do sistema e sua vasta amplitude. cabendo ainda a elaboração de planos educacionais para fomentar o máximo o enriquecimento e o amplia mento da qualidade de ensino em seu ambiente comum.o estado de transporte dos alunos da rede estadual de ensino. pode-se concluir que o sistema de ensino brasileiro caminha e age sempre em parceria dentro do campo educacional. Partindo da organização da educação brasileira. a fiscalização através de normas complementares para o desempenho significativo do mesmo. visando com a atuação de fiscalização a erradicação e o bom funcionamento. reconhecendo ao mesmo tempo sua importância no ensino nacional. se possa chegar ao patamar mais alto possível dentro do campo educacional. UNIVERSIDADE ANHANGUERA .observando ainda dentro desta visão as reais condições de acesso as instituições de ensino. as instituições oficiais do sistema de ensino de sua competência. organiza e estrutura o sistema de educação atribuindo a cada órgão administrativo suas responsabilidades e competências para que com a coletividade no exercício dos assuntos ligados a educação. Compreende-se também como medida do estado para o desenvolvimento do ensino. aglomerando suas modalidades. o estado tem como a união. observando junto a esta etapa a proporcionalidade da manutenção do ensino fundamental e assegurando como formação continuada a oferta prioritária do ensino médio. o papel de organizar e estruturar segundo sua percepção. Considerando o grande leque que a educação brasileira tem. sistemas e demais categorias.vistoriando e mantendo sempre em bom funcionamento dentre outros aspectos.

Manter e desenvolver órgãos que tem por incumbência somativa.A educação sendo pleno e natural dever da família. bem como cuidar da disseminação destas informações. ou de outra natureza conforme a problemática encontrada. no meio desses órgãos. bem como o direito a própria liberdade. Relacionando as colocações acima. baseando-se nas dificuldades presentes na área estadual. do estado e dos demais responsáveis. a clara e espontânea liberdade de expressão. Das diversas atribuições da união quanto à organização do ensino. está presente a união federal ocupando o lugar de sistema responsável pelos demais parceiros. sendo esta técnica. dos empecilhos que barram o andamento do ensino neste ambiente. a concepção de suas idéias próprias. a organização e coordenação da política nacional de ensino. bem como diretrizes para o norteamento da educação básica nas suas diversas áreas de aprendizado sem descuidar em nenhuma hipótese.UNIDERP . está elaboração do plano nacional de educação. e tem como função prioritária a manutenção do libertado e perfeito andamento das relações de ensino em suas determinadas áreas de ação. a preparação para as atividades da cidadania na sociedade em que vivem. o favorecimento ao aprendizado. Cabe a união de forma geral. fomentar e fortificar o sistema de ensino em suas subdivisões. sendo ela também responsável pelas instituições de ensino superiores criadas e mantidas pelos órgãos federais de educação e também pela iniciativa privada. Iniciando do princípio organizacional da estrutura. desencadeia-se assim o papel dos sistemas que compõem a estrutura brasileira na área da educação. esperançando com este investimento. do distrito federal e dos municípios. deve ter por finalidade o pleno desenvolvimento da criança deste o inicio da vida. Prestar constantemente auxílio às varias necessidades apresentadas pelo estado. essas mesmas instituições compõem os órgãos oficiais do sistema federal de ensino dos territórios. analisar e avaliar o credenciamento das instituições de ensino superior. ainda incumbindo-se do dever de providenciar as normas para os procedimentos de cursos de educação e pós. Estabelecer normas e competências. A igualdade.graduação. fazendo a revisão e mantendo a promoção e articulação nos níveis e sistemas. os deveres correlacionados ao UNIVERSIDADE ANHANGUERA . o processo contínuo da educação no ambiente escolar e dentro do mesmo. Assistir e proporcionar cuidados referentes às informações sobre o andamento da educação nacional. a de ajudar. no entanto. são direitos que devem em todas as suas modalidades serem ofertadas aos educando brasileiros. sendo o mesmo documento base e de referência para o desencadeamento das demais práticas a serem criadas com vista no desenvolvimento da educação no Brasil. incrementar. financeira. estabelecendo.

devem surtir efeito vivo e constante nas relações municipais. e de maneira mais próxima. Ainda como prestação de serviço a rede municipal de ensino.desenvolvimento de cada sistema e das demais instancias ligadas direto ou indiretamente com a educação. outro sistema importantíssimo que contribui no seu universo de atuação para o desenvolvimento do aprendizado nacional. Incluso no campo pertinente a educação da união encontra-se ainda o conselho nacional de educação. deverá sem falta presta assistência ao transporte dos alunos de sua competência administrativa. Ao abranger todas as limitações da educação. novos métodos na proposta pedagógica para ao ensino fundamental. sistema de extrema importância para o desenvolvimento da educação. com o acesso prioritário de todos os dados pertinentes aos assuntos vinculados a educação de todos os órgãos estabelecidos. que tem incumbências próprias de supervisão referentes às atividades criadas pela lei. O estado cuida das instituições estaduais de nível fundamental e médio dos órgãos públicos ou privados. Subsidiar as divisões das políticas educacionais. criação de competências para direcionamento da educação infantil.UNIDERP . policiarem constantemente a supervisão e avaliação dos cursos das instituições de ensino superior dos estados. e ainda prestar auxílio financeiro em cada particularidade destas determinadas entidades do poder público. Contara ainda pelo fato de supervisionar os demais sistemas da educação. e com estas adoções assegurar o processo distributivo de responsabilidades. Pois de forma próxima UNIVERSIDADE ANHANGUERA . devem definir com os mesmos. Dentre as funções que são responsabilidades do estado. contanto para esta supervisão com o apoio das entidades municipais. Completando o papel das responsabilidades pertinentes a educação. objetivando com o proceder destes passos a promoção de segurança para a formação comum. devendo ainda fazer o levantamento do número populacional. que favorecem a correta direção dos currículos e seus conteúdos. Tem a função de estabelecer com o apoio maciço dos demais parceiros vinculados a este mesmo interesse. ensino fundamental e médio. o município. mas é amparado na estrutura geral pelas atividades do estado. dentre as mesmas é atuante de forma presente no exercício ligado as instituições de ensino fundamental e médio e de educação infantis criadas e mantidas pelo poder publico do Distrito Federal e também centros privados de ensino. que tem as mesmas responsabilidades do estado. haja vista que as medidas no espaço do estado. Coligado com o poder Estadual esta presente o Distrito Federal. está o papel de organizar e manter o desenvolvimento dos órgãos e instituições oficiais de ensino que estão sob seus cuidados. a união tem um olhar voltado para os demais componentes do sistema em questão. mediante repasse financeiro e técnico da união.

porém também é encarregado de vistoriar os centros de ensino médio que favorecem aos seus educando. velando pelo plano de recuperação de alunos que apresentarem rendimento de baixo nível.e pratica é o sistema mais íntimo do público nos termos políticos e. portanto de responsabilidades. bem como fiscalizar seus administradores de perto.principalmente no caso de nunca interferir no sistema geral de ensino.assim é composto com suas incumbências próprias os sistemas que atuando juntos o tempo todo constituem a atual organização e estrutura do sistema de ensino no Brasil.Diante da análise e forma de estudo proposto pela Lei de Diretrizes e Bases.observando no contexto geral. No âmbito municipal ainda é vista a importância do papel dos docentes. e ao mesmo tempo propiciar a articulação com as famílias e com a comunidade. como os interesses ligados ao ensino infantil e fundamental. Os municípios ocupam-se de forma mais particularizada. que cada uma possui sua visão peculiar. UNIVERSIDADE ANHANGUERA . pois evidencia que tais contribuidores e trabalhadores da educação se fazem presentes na elaboração dos planos e diretrizes dos centros de ensinos que democraticamente definem e criam suas próprias formas de gestão. estando todas estas decisões ligadas de acordo com os demais sistemas. favorecendo com isso a socialização escola e comunidade.UNIDERP . Destaca-se ainda a função de elaborar a proposta pedagógica.

o gasto e uso eficiente dos recursos públicos.UNIDERP . que a falta de recurso não é o único fator que afeta e atrasa a capacidade de resolver as problemáticas que abraçam o sistema educacional. o ampliamento significativo do número de pessoas que passaram a ter acesso a escola. esse acaba sendo mais um. e torna-se um freio que dificulta em grande escala o crescimento econômico. dentre muitos outros problemas que o país enfrenta. obtendo como resultados de tais modificações.MODALIDADES DE EDUCAÇÃO APRESENTADAS PELA LDB O sistema de educação no Brasil tem se expandido bastante em todos os níveis.a facilidade de estudo de hoje sem sombra de dúvidas foi um grande avanço e conquista da rede nacional de ensino.Mesmo com todos estes progressos. Depreende-se também que a educação brasileira passou por inúmeras e grandes transformações ao longo das últimas décadas. como por exemplo.assim como do nível médio e da escolarização da população. porém o país ainda encontra grandes dificuldades em melhorar sua qualidade e eficiência. valendo ressaltar ainda. levando em consideração a particularização do sistema de ensino onde proporcionava e favorecia somente a elite da população daquela época. a criação de mecanismos que possam retificar e consequentemente acabar com os problemas que envolvem irregularidades sociais e econômicas. Com a falta de uma população educada.ainda não é o UNIVERSIDADE ANHANGUERA . É importante destacar que as necessidades diagnosticadas na educação brasileira não são muito diferentes das presentes no país como completo.

simultaneamente uma grande burocracia cujo o emprego é verificar o cumprimento deste mesmo número de normas.é impossível uma adequação de plausíveis soluções que resolva as questões pertinentes as peculiaridades regionais. que o fato de se existir tantos teores. como poder público. que tem como primeiro grau obrigatório atribuído pela legislação.UNIDERP .encaixando-se assim esta situação nos temas que envolvem os currículos mínimos.ao mesmo tempo um sistema extremamente detalhado de muitas regras e.tanto do ponto de vista da igualdade de oportunidades que a rede de educação deve proporcionar a todos os cidadãos.locais e mesmo de forma mais próxima de cada bairro e cada escola.Olhando por esta visão é possível a percepção de problemas. é possível perceber claramente os avanços em diversos campos deste sistema.Ressalta-se que no decorrer dos anos que a atuação burocrática assume uma importância colossal em detrimentos de outros. como por exemplo.quanto em relação a concorrência e atuação da capacidade que o país tem em seu adjacente de participar das novas modalidades de produção e trabalho surgidas nos tempos atuais. Compreende-se.suficiente para que o país esteja no patamar educacional necessário. Diante da análise de crescimento e de desenvolvimento dos sistemas de educação no Brasil. a responsabilidade de levar o ensino a suprir a demanda que existe. a levada ao nível dos estabelecimentos educacionais e o fortalecimento do papel dos governos centrais e regionais. esclarece para que neste mesmo momento já seja detectada uma problemática presente no sistema nacional de educação.torna-se mais ágeis e mais dinâmico. ainda é possível observar fortemente a falta de cumprimento das normas que são passadas as entidades encarregadas. Contudo diante do estudo e análise sobre os problemas deparados no sistema de ensino brasileiro.pois em um sistema como esse que multiplica constantemente as regras universais que já existem. mas. sugerir medidas que apontem transformações e melhoras. no entanto. devendo estar constantemente sobre intensa inspeção.assim como ampliar também UNIVERSIDADE ANHANGUERA . Perante o esforço da legislação em tentar resolver ou mesmo amenizar as questões ligadas ao ensino. Portanto falta um consenso que contraia maior intensidade de modo a motivar ações governamentais cada vez mais deliberadas e bem direcionadas com a dianteira que a educação estabelece. bem como também proporcionar o provimento de creches e pré-escolas. é possível ao mesmo tempo. necessário é ater-se ao reconhecimento de que a área educacional do país ainda precisa avançar muito para que um dia se possa classificar este sistema como um princípio confortável aos olhos principalmente da critica nacional. e reparar as necessidades das mesmas.

progressivamente o acesso ao ensino de segundo grau nas instituições públicas de ensino.UNIDERP . todos estes problemas têm sido confirmados sob forma de ataques de várias formas no decorrer do tempo. onde mostra que os níveis de desigualdades de renda no Brasil. pois em relação à qualidade. a ausência de equipamentos e materiais para subsidiar a educação. os fatores referentes à qualidade e que são classificados como graves.concluindo-se. compreende as condições socioeconômicas dos estudantes. universidades e demais estabelecimentos. Compondo esse conjunto de dificuldades. tais informações são adquiridas através de estudos isolados e trabalhos de comando interno. Mesmo como forma de ação referente a esta assistência. mas principalmente a qualidade destes números. e tais efeitos destas diferenças se mostra de forma impactante na área educacional do país. De forma clara e notável. Como prova deste problema. Portanto. O efeito da não aprendizagem no Brasil se reflete e é comprovada por outros aspectos. um acompanhamento sistemático sobre o grau de absorção dos alunos. onde ganha vista e cria-se ao mesmo tempo razões para criticas relacionadas à funcionalidade do mesmo. o mesmo muito importante para o país. da qualidade e demais fatores coevos nesta discussão como repetência e ineficiência nas áreas de atuação. evidenciam-se aspectos sobre o funcionamento do próprio sistema. é necessário ressaltar também para ponto de análise. ganha lugar de um dos mais altos do mundo.objetivando com isso a universalização do atendimento. não existe neste contexto. que tem direção a ultrapassar o nível de 50% para alunos da primeira serie do ensino inicial. portanto que não importa somente a quantidade desses níveis. Destaca-se ainda que o poder público tenha como incumbência passada pela legislação a função de propiciar a manutenção dos centros de ensino superior. ganha espaço dentre outros o número que se refere às taxas de repetência nas modalidades de educação básica do país. Ao se destacar o crescimento. com a finalidade não só de fornecer uma formação de alto nível. Partindo-se então para uma visão mais próxima em relação às problemáticas existentes nos níveis de ensino no Brasil. Como argumento justificativo para as problemáticas expostas acima relacionadas à qualidade de ensino. como também promover o incentivo a outros caminhos como à pesquisa. má formação dos professores e o desajuste dos currículos. comenta-se então sobre as injustiças. e mais agressivamente a crueldade existente diante desta temática. os resultados encontrados sobre este fator não são muito mais problemáticos do que aqueles sugeridos pelos altos índices de repetência. o estudo dos apontamentos que identifica essa temática relacionada a problemáticas no sistema de ensino são discursiva e UNIVERSIDADE ANHANGUERA .

UNIDERP . os governos locais são responsáveis por estabelecer programas voltados para a educação fazendo da utilização desses recursos investimentos visando a o desenvolvimento em seu nível de ensino e de todo o país. a educação no Brasil é regida e organizada por cada nível do governo. só falta.existente principalmente ao ponto de encontrar soluções para estas. A preparação do indivíduo e da sociedade para dominar recursos científicos e tecnologias. facilitando a utilização dos mesmos. no entanto que ele ganhe mais espaço de modo a implantar ações direcionadas para a resolução desses entraves. a educação é um direito de todos. Já consta na sociedade atual um consenso de estratégias importantes para a educação no mundo. Cada sistema educacional é responsável por sua própria manutenção. NÍVEIS E MODALIDADES DA EDUCAÇÃO ESCOLAR BRASILEIRA Segundo o que determina a Constituição Federal e a Lei de Diretrizes e Bases da educação nacional. a UNIVERSIDADE ANHANGUERA . O Governo Federal é o principal regulamentador do sistema de ensino através do Ministério da Educação que define os parâmetros orientadores da educação e programas educacionais. devendo ser promovida pela sociedade objetivando o desenvolvimento pleno e integral da personalidade humana e sua participação nos trabalhos com vista sempre no bem-estar comum. Estabelecido pela Constituição Brasileira. organização e controle dos mecanismos e fontes de recursos financeiros. sendo dever do estado e da família. possibilitando o bem estar comum. onde cada um deve elaborar seus respectivos sistemas de ensino. Com o apoio do Governo Federal os governos.

as responsabilidades de cada sistema e suas respectivas obrigações fazem do sistema de educação do Brasil a estrutura conhecida atualmente com suas reformas e pontos de posteriores transformações. Contudo a dinâmica de evolução do sistema de educação é um grande e delicado campo na sociedade que deve ser observado com muita precisão e cautela. com suas particularidades. os problemas presentes e pertinentes no campo educacional dos apontamentos para fomentação na busca de desenvolvimento. problema nota-se que no contexto geral a educação brasileira evoluiu bastante. A educação brasileira é dividida em três grupos sendo o ensino fundamental. Compreendendo todo sistema de ensino do Brasil.defesa e a expansão do conhecimento são algumas funções que devem ser promovidas pela educação. o ensino médio. gratuito apenas em universidades públicas. Partindo do ponto inicial da temática da organização. se possa como medida de alteração elaborar através de consensos ligados a conceitos educacionais. as soluções cabíveis para que se almeje a um futuro onde todos posam gozar de uma educação de muita qualidade e receber as recompensas que ela deve sempre oferecer. cada sistema com suas incumbências e responsabilidades. Também é composto por suas modalidades próprias. porém com necessidades claras de melhorias e reformas que devem ao longo do tempo ser implantadas para que se alcance o patamar ideal que uma educação de qualidade exige. sendo este.UNIDERP . e o ensino superior incluindo graduação. UNIVERSIDADE ANHANGUERA . onde depois da análise e da percepção dos entraves e obstáculos que impedem seu crescimento.

UNIVERSIDADE ANHANGUERA . com maior fomentação e investimentos na área educacional. Percebe-se claramente que é cabível e aceitável a implantação de novas medidas nos diversos campos pertinentes à educação. que o sistema brasileiro de ensino.UNIDERP . embora bastante evoluído. conforme abordado ao longo deste relato.CONSIDERAÇÕES FINAIS Concluímos no decorrer do desenvolvimento deste trabalho. ainda necessita passar por algumas modificações qe devem ser reconhecidas como fundamentais para o aperfeiçoamento da rede de educação no Brasil. o sistema de ensino brasileiro poderá se colocar numa posição mais confortável e dentro do nível compatível com o de países desenvolvidos. Portanto.

A. T. MOÇO.394. A. da (LDB).com.shtml Último acesso em: 04/2013 Brasileira R.br/formacao/formacao-inicial/vale-pena-entar-nessaeducação-distancia-diploma-prova-emprego-rotina-aluno-teleconferencia-chat-510862.asp?entrID=499 Último UNIVERSIDADE ANHANGUERA ..br/artigos/artigo. A Brasília.UNIDERP . 04/2013 MARTINS. Disponível Disponível acesso em: em: em: http://www. polêmica 1996.planalto. Educação a distância valeu a pena? 2009.htm Último acesso em: 04/2013 http://www. Disponível em: HTTP://revistaescola. da LDB.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL.br/ccivil_03/Leis/L9394. S. de 20 de dezembro de 1996 Lex: Leis de Diretrizes e Bases da educação FERREIRA. R. Lei Nº 9.abril.psicopedagogia.com.gov.

UNIVERSIDADE ANHANGUERA .UNIDERP .