You are on page 1of 8

A República Velha (1889-1930) A República da Espada (1889 – 1894 ) Período correspondente aos governos dos dois primeiros

presidentes (Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto), ambos pertencentes à corporação militar. Deodoro da Fonseca (1889 – 1891) Após a derrubada da Monarquia formou-se o governo provisório cuja finalidade era realizar a transição da Monarquia para a República. Composto pelos expoentes do partido republicano, tomou as seguintes medidas. • • • • • • • • Expulsão da família real do Brasil; Dissolução da Câmara; Extinção da vitaliciedade do Senado; Extinção do poder moderador; Separação entre Igreja e Estado; Liberdade de culto; Instituição do registro e casamento civil; Ocorrência de uma grande naturalização.

A Crise do encilhamento: Representou a primeira crise econômica da República Velha, foi motivada por uma tentativa fracassada de industrialização do país, comandada pelo ministro da fazenda Rui Barbosa. O governo aumentou a circulação monetária e oferecia facilidades para aquisição de créditos que deveriam ser aplicados em investimentos industriais. A especulação e o surgimento de empresas fantasmas acabaram conduzindo essa tentativa ao fracasso. A Constituição de 1891: O presidente convoca uma Assembleia Constituinte visando elaborar a primeira constituição republicana. A constituinte dividiu-se da seguinte forma: CENTRALIZADORES Liderados por militares; Defendiam a centralização do execultivo com o governo forte capaz de manter a ordem no país. FEDERALISTAS Composto pelas oligarquias estaduais; Defendiam a completa autonomia administrativa dos Estados Federados.

ocupa a Baía da Guanabara ameaçando bombardear a capital federal exigindo a renúncia do presidente. Suas principais características eram: • • • • • Inspirada na Constituição Norte-Americana. A primeira revolta da Armada . Com o apoio militar Deodoro dissolve o Congresso aplicando um golpe de Estado. uma esquadra da Marinha brasileira. descoberto e direto. onde não possuía apoio parlamentar. O manifesto dos 13 generais. Exemplos: 1. ao mesmo tempo. O presidente interveio enviando tropas federais para combaterem ao lado dos republicanos e encerrando o movimento. A fase Constitucional do Governo Deodoro da Fonseca: • Após a promulgação da Constituição de 1891. Isolado no poder e para evitar a propagação do movimento. • • • • Floriano Peixoto (1891 – 1894): • Assumiu o poder em meio a um conflito motivado por artigos contraditórios da Constituição que. legitimavam e tornavam ilegal sua posse. 2. Suas propostas de governo eram sistematicamente recusadas no Congresso. Reabriu o Congresso e com apoio parlamentar permaneceu no poder reprimindo revoltas e manifestos que tentavam afastá-lo da presidência. universal. Mandato presidencial de 4 anos. Deodoro foi eleito presidente da República (Constitucional). Incompatibilizou-se com o Congresso Nacional. A Revolução federalista do Rio Grande do Sul • Motivada por disputas políticas entre republicanos (Pica-paus) do governador Júlio de Castilho e Federalistas (Maragatos) de Silveira Martins. 3. sob a liderança do Contra-Almirante Custódio José de Melo. Deodoro renuncia. Presidencialismo e Federalismo . A revolta expandiu-se por todo o estado gaúcho e já alcançava Santa Catarina. Convertia em leis as medidas do Governo Provisório.em represália à atitude de Deodoro. Voto livre. • . A segunda revolta da armada. A revolta das fortalezas de Lajes e Santa Cruz.A 24 de fevereiro de 1891 era promulgada a Constituição que consistia numa conciliação das duas tendências.

articulando o “café com leite” e utilizando o coronelismo como instrumento de dominação nos municípios. O Coronelismo . Essa prática eliminava as oposições. . apoiariam o presidente. • Ocorrência do movimento messiânico da Guerra de Canudos. Campos Sales (1898 – 1902): Consolida definitivamente o domínio das oligarquias rurais sobre a política nacional criando a política dos governadores. (*) A comissão verificadora de poderes – encarregada de analisar o resultado final das eleições e diplomar os vitoriosos. Utilizando-se de alguns instrumentos de dominação. os grandes proprietários rurais intitulados ‘coronéis’ controlavam o processo eleitoral em seus municípios obrigando os eleitores a votarem apenas nos candidatos oficiais (indicados pelo governo).por serem os estados mais ricos da união e com maior representação no congresso nacional. • Política dos Governadores – consistia em uma troca de favores entre o presidente da república. São Paulo (café) e Minas Gerais (leite) estabeleceram um acordo entre si pelo qual somente os dois estados poderiam indicar o candidato oficial à presidência da república. interessado em ter um congresso nacional que o apoiasse integralmente e os governadores que garantiam em seus estados a eleição dos deputados e senadores que. conhecidos como florianistas. os estados federados e os municípios. O presidente reassume o cargo. reconhecia apenas a vitória dos candidatos oficiais (indicados pelos governadores). a classe proprietária rural estabeleceu total controle sobre o país.utilizando-se de uma política assistencialista em seus municípios e/ou da repressão realizada por jagunços armados. administrando-os de acordo com os seus interesses. Esse processo era conhecido como “degola das oposições” Política do Café com leite . decreta estado de sítio. no congresso. Tentou conciliar investimentos no setor agrícola e no industrial com o objetivo de atender aos dois grupos obtendo o apoio dos mesmos. Em troca disso recebiam os favores do governo federal. Era o voto de cabresto e os municípios tornavam-se currais eleitorais. neutraliza seus adversários florianistas e concretiza o domínio dos proprietários rurais sobre a política nacional. • • • Prudente de Morais (1894 – 1898): • Seu governo foi marcado por conflitos entre os cafeicultores paulistas que chegaram ao poder e grupos ligados ao ex-presidente Floriano Peixoto.A republica das Oligarquias (1894 – 1930): No decorrer desse período houve o domínio político das oligarquias rurais sobre o país.

realizou-se a primeira campanha nacional de vacinação pública. Rodrigues Alves ( 1902 – 1906): • • • • • • Seu governo coincide com o ciclo da borracha provocando efeitos para o Brasil como: Migração de pessoas para a Amazônia. (*) Foi firmado o tratado de Petrópolis pelo qual o Acre era incorporado ao Brasil em troca de dois milhões de libras esterlinas e a construção da ferrovia MadeiraMamoré. Vinda de empresas estrangeiras para a região amazônica. na Holanda. Ocorrência da Revolta da Vacina obrigatória. (*) Principal produto de exportação nacional o café enfrentava uma crise de superprodução que determinou a queda do preço no mercado. garantindo assim artificialmente um preço adequado favorecendo os cafeicultores mas endividando-se externamente para bancar essa prática. ligando a Bolívia à Baía de Marajó. Urbanização do Rio de Janeiro com a parceria entre os governos federal e municipal. (*) O Brasil foi representado nessa conferência por Rui Barbosa que defendeu os interesses das nações exploradas destacando-se como a grande expressão dessa conferência onde recebeu o título de ‘águia de Haia’. Urbanização do Rio de Janeiro com a parceria entre os governos federal e municipal. para isso realizou empréstimos junto à Inglaterra ampliando a dependência brasileira em relação aos britânicos. Afonso Pena (1906 – 1909): Assumiu o governo implantando o plano nacional de valorização do café. Crescimento urbano de cidades como Belém e Manaus. Ocorrência da questão do Acre. (*) Coordenado pelo médico sanitarista Osvaldo Cruz .Negociou com os credores internacionais o acordo do Funding-Loan baseado nas seguintes medidas: (*) Abandonou definitivamente os investimentos no setor industrial voltando-se apenas para a agro-exporrtação. • • • • • Ocorrência do Convênio de Taubaté e definição da política de valorização do café. A obrigatoriedade da vacina. a insatisfação popular com o Governo e a falta de esclarecimento ocasionou a revolta. envolvendo Brasil e Bolívia. . O governo interfere comprando o excedente . • Participação brasileira na conferência de paz em Haia. Ocorrência da Revolta da Vacina obrigatória.

(São • Seu governo coincidiu com a primeira Guerra Mundial. Observe o quadro abaixo: Esses segmentos sociais. onde havia uma intensa disputa entre posseiros e fazendeiros que exploravam madeira. • Faleceu antes de completar o seu mandato sendo substituído pelo vice Nilo Peçanha. (*) O evento foi um sucesso sendo visitado por cerca de um milhão de pessoas e o Brasil chegou a realizar bons negócios durante a mesma. Delfim Moreira (1918 – 1919): • .centenário da abertura dos portos em 1908. Liderados pelo monge messiânico José Maria. • Ocorrência da Guerra do Contestado. na defesa das suas propostas. onde o Brasil exibia produtos agrícolas e industriais. além de colaborar no policiamento do Oceano Atlântico. Houve nesse período a emergência de vários segmentos sociais que. Venceslau Brás (1914 – 1918): • Sua eleição foi garantida pela reaproximação do café com leite Paulo e Minas Gerais) que uniram-se par evitar a vitória de Pinheiro Machado. o movimento anarquista. gerando efeitos positivos para a economia nacional com o:  Aumento no volume das exportações brasileiras. os posseiros enfrentavam as tropas federais e forças particulares de fazendeiros e da serraria multinacional que havia estabelecido-se na região.   crescimento industrial. esse conflito ocorreu na fronteira entre os estados do Paraná e Santa Catarina. A crise dos anos 20: • a década de vinte (1920 – 1929) marcou a crise do regime oligárquico rural à frente do governo brasileiro. pressionavam o governo com manifestações pacíficas e radicais. mobilizaram-se contra o mesmo através de greves. não atendidos em seus interesses por esse regime. O movimento encerra-se em 1916. Formação do operariado da burguesia industrial. como exemplo citamos a Semana de Arte Moderna. comícios e luta armada. (*) Iniciado no governo anterior. o tenentismo e a formação do Partido Comunista Brasileiro (PCB). A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL  Restringiu-se ao fornecimento de alimentos e matérias-primas aos aliados brasileiros (Inglaterra e EUA). com o massacre dos rebeldes. a formação dos sindicatos. passeatas.

exigindo uma discussão mais ampla da nossa realidade e a valorização da cultura genuinamente nacional. Início da dependência brasileira em relação aos EUA. realizou-se no teatro municipal de São Paulo uma reunião de artistas e intelectuais que contestavam a mentalidade artística brasileira. sua vitória representava a continuação das oligarquias rurais no poder. Anita Malfatti. como previa a constituição. fundamentada no tradicionalismo e na cópia de modelos europeus. Di Cavalcanti e outros. o presidente volta a especializar o Brasil na produção de gêneros agrícolas para exportação e adquirindo produtos manufaturados importados. que já havia sido presidente do país. Início do movimento tenentista. (*) Foram obtidos vários empréstimos junto aos EUA para bancar a política de valorização do café. Delfim Moreira. 2.) resolveram tentar impedir essa posse e.. Oswald de Andrade. A SEMANA DE ARTE MODERNA (1922) • Em fevereiro de 1922. porém. Vítor Brecheret.. A revolta do Forte de Copacabana ou os dezoito do Forte – para suceder Epitácio Pessoa foi eleito o mineiro Artur Bernardes. assumiu apenas o tempo necessário para convocar novas eleições. (*) Essas manifestações eram reprimidas severamente pela ação das tropas federais. o mesmo faleceu antes de tomar posse. saíram às ruas de Copacabana onde enfrentaram as • • . • • • - Seu governo foi marcado pela ocorrência de manifestações anti-oligárquicas como: Os movimentos sindicalista e anarquista. Essa prática gerou os seguintes efeitos : 1. apoiado pelo café com leite. EPITÁCIO PESSOA Promulgou a lei Adolfo Gordo – essa lei estabelecia o repatriamento de imigrantes estrangeiros que viessem a participar de qualquer manifestação contrária ao governos. Tarsila do Amaral. Seu vice. Desse movimento participaram nomes como: Mário de Andrade . Desequilíbrio da Balança comercial brasileira. Epitácio pessoa (1919 – 1922) Com o fim da primeira Guerra . 3. Greves operárias .• Para suceder Venceslau Brás foi eleito pelo café com leite o paulista Rodrigues Alves. armados. onde houve a vitória do paraibano Epitácio Pessoa. Dezessete militares e um civil (. Enfraquecimento da indústria nacional.

• A Coluna Prestes – Sob a liderança o capitão Luís Carlos Prestes e do major Miguel Costa formou-se um contingente de militares e civis (variava ente 800 a 1500 combatentes). que percorreu cerca de vinte e quatro mil quilômetro do interior brasileiro incitando os locais por onde passavam a se revoltar contra o governo oligárquico. Rio Grande do Sul (1923) e São Paulo (1924). (*) Essa revolta foi motivada pela disputa entre o Partido Republicano Gaúcho do governador Borges de Medeiros e o Partido Libertador. Sua administração foi marcada por várias revoltas em estados como o Rio de Janeiro (1922). Com suas cabeças a prêmio e perseguidos por tropas do governo e jagunços armados. Tomou medidas autoritárias como a censura à imprensa e a restrição das liberdades individuais dos cidadãos. Criou presídios e campos de concentração para onde eram enviados os prisioneiros acusados de conspiração contra o governo . Houve a interferência presidencial e através do Pacto de Pedras Altas encerrou-se conflito. o qual não aceitava a derrota sofrida nas eleições para presidência do Estado. Ao final do combate apenas os tenentes Eduardo Gomes e Siqueira Campos sobreviveram. refugiaram-se na Bolívia. houve fuga de investimentos estrangeiros do Brasil e o país não consegue mais adquirir recursos para bancar a política de valorização do café. construindo as rodovias Rio –São Paulo e Rio-Petrópolis. Seu governo foi profundamente marcado pelos efeitos da crise de 1929. Criou a lei Celerada de 1927 visando conter o avanço dos movimentos antioligárquicos. Tentou equilibrar a economia nacional através de uma reforma financeira criando a Caixa de Estabilização que emitia papel moeda lastreada no ouro que o país possuísse. Washington Luís (1926 – 1930): • Foi indicado por São Paulo para suceder Artur Bernardes e adotou como lema de governo a frase “governar é abrir estradas. o mineiro Artur Bernardes governou os quatro anos sob estado de sítio. de Assis Brasil. Essa situação foi decretada visando fortalecer a autoridade presidencial para conter o avanço dos movimentos anti-oligárquicos que ocorriam no país.tropas fiéis ao governo. Artur Bernardes (1922 – 1926): • Eleito com apoio do café com leite. • • • • • • • . como: diminuição das exportações de café e de outras matérias-primas brasileiras. Ocorrência da revolução do Rio Grande do Sul.

entretanto. os paulistas indicaram Júlio Prestes. Paraíba e Rio Grande do Sul retiram-se do governo e passam a apoiar a aliança liberal (oligarquias dissidentes). O assassinato do Paraibano João Pessoa . tenentes. artistas e intelectuais exigiam do regime oligárquico rural uma série de reivindicações que o mesmo recusava-se a atender. Fatores: • A crise de 1929 – Desarticulou a economia nacional criando o cenário ideal para ocorrência da revolução. A Revolução de 1930: • Constituiu-se em um movimento revolucionário que assinalou a derrubada do Regime Oligárquico Rural do governo brasileiro e é utilizado como marco final da República Velha.candidato a vice-presidente pela Aliança Liberal. industriais. caberia a Minas Gerais a indicação do candidato oficial que seria o governador Antônio Carlos Ribeiro de Andrade. A ruptura da política do café com leite – pelo acordo. Com isso as oligarquias de Minas Gerais. A ascensão das camadas médias urbanas – setores como operários. esse episódio marcou o início da revolta.• • Sua sucessão foi marcada pela ruptura definitiva da política do café com leite. Foi derrubado do poder pela Revolução de 1930. João Pessoa foi assassinado por um desafeto pessoal (João Dantas). • • • • . A formação da Aliança Liberal – Os setores citados lançaram a candidatura de Getúlio Vargas para concorrer com o candidato oficial Júlio Prestes.