You are on page 1of 9

FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA CURSO TÉCNICO DE QUÍMICA

QUÍMICA INORGÂNICA II

ÁCIDOS HALOGENÍDRICOS

Grupo 3 Gabriela Bronca Lopes – Nº 10 Marina Ritter Schüler – Nº 20 Vitória Gabriela Berlitz – Nº 30 Vitória Müller Gerst – Nº 31 Turma: 1211

Professora: Lucinara de Souza Linck Auxiliar: Sabrina da Silva

Novo Hamburgo, 16 de abril de 2013.

sendo altamente tóxico. porém para utilização em processos químicos é dissolvido em água. É incolor. devido ao fato de que possui ligações de hidrogênio entre suas moléculas. Em contato com a pele causa queimaduras e ulceração. corrosivo. comercializado então como ácido muriático. ligados por uma ligação covalente simples. chamando a solução de ácido clorídrico. Possui menos de 10% de suas moléculas ionizadas. Ácido Fluorídrico O ácido fluorídrico (HF) é uma substância formada por um átomo de hidrogênio e um átomo de flúor. éter e benzeno. como o limão. sendo classificado como ácido moderado. pode-se citar os ácidos clorídrico. II. além de testar suas propriedades químicas. OBJETIVO Esta aula prática teve por objetivo estabelecer o meio de obtenção dos ácidos clorídrico (HCl).I. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Definição geral de ácidos Os ácidos. Sua aparência é de um líquido incolor e fumegante. facilmente identificado em frutas cítricas. Entre os principais ácidos. Seu ponto de ebulição é a 20°C. sendo um ácido forte. Além da água é solúvel em etanol. liberando como único íon o cátion hidrônio. odorífero. o que diferencia este de outros ácidos halogenídricos. fluorídrico e nítrico. são substâncias que em solução aquosa se ionizam. pisos e outros. . não inflamável. possui pH igual a zero e o grau de ionização é de 92%. Uma propriedade geral marcante dos ácidos seria seu sabor azedo ou cáustico. O ácido clorídrico impuro tem suas aplicações voltadas à limpeza de paredes. Entre outras propriedades se poderia citar a excelente condução de eletricidade em solução aquosa devido a dissociação de seus íons e também a capacidade de alterar a cor dos chamados indicadores. azulejos. fluorídrico (HF) e nítrico (HNO3). O cloreto de hidrogênio encontra-se no estado gasoso à temperatura ambiente. Ácido Clorídrico O ácido clorídrico (HCl) é uma solução constituída por cloreto de hidrogênio e água. segundo a definição do químico sueco Arrhenius. H+ .

porém os danos causados internamente podem ser graves. seus danos são internos. Quando puro. sendo essa sua principal propriedade. não podendo reagir com cloro. incolor e inodoro. formando vapores amarelos (devido a acumulação de óxidos de nitrogênio) de gás nitroso que reagem violentamente com metais. o gás desprendido é o óxido nítrico. podendo causar queimaduras e manchas amareladas na pele. sendo as manchas decorridas de uma reação com a cisteína presente na queratina da pele. podendo fazer gravações nele. gases de refrigerantes. a pele permanece normal. ou seja. levando ao enfraquecimento e até corrosão destes. Além disso. na alquilação de petróleo e enriquecimento do urânio para fins de geração de energia nuclear. Reações HCl: Obtenção: NaCl + H₂SO₄ → NaHSO₄ + HCl↗ c) HCl + NaHCO₃ → NaCl + H₂O + CO₂ ↗ d) HCl + AgNO₃ → AgCl↓ + HNO₃ f) 2HCl + Zn → ZnCl₂↓ + H2 ↗ g) HCl + Cu → Não ocorre reação devido ao fato de o cobre ser um metal nobre. em solução aquosa. No exterior. NH 4NO3. agindo sempre como agente oxidante.Esse ácido é conhecido por ser corrosivo. NO. O ácido nítrico se caracteriza por ser um ácido forte. é usado na produção de sais fluorados. Quando em contato com a pele. já em laboratório ele é produzido a partir de uma reação entre o ácido sulfúrico e o nitrato de sódio. A maior utilização do ácido nítrico se encontra na fabricação de nitrato de amônio. Quando diluído. e quando concentrado. O HNO3 diluído ou concentrado atua sobre os metais (exceção Au e Pt). Ácido Nítrico O ácido nítrico (HNO3) é obtido pela oxidação da amônia em processo catalítico. O ácido entra em contato com o cálcio presente nos ossos. Os vapores emitidos são extremamente tóxicos. é o óxido nitroso (NO2). é um líquido viscoso. O HNO3 também está presente na produção de fertilizantes agrícolas. Também pode ser usado para criar o efeito de jato de areia e de vidro fosco. Em contato com o calor se decompõe. O ácido também é corrosivo. com grau de ionização a 92%. . O ácido é altamente usado em formulações de pólvora e fabricação de explosivos como o trinitrotolueno (TNT) e a nitroglicerina (dinamite). é menos reativo que o hidrogênio. formando gás hidrogênio. e por esse motivo é usado para corroer o vidro.

84? 96g H₂SO ₄ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 100g H2SO4 impuro 20g H₂SO ₄ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 20.8g H₂SO₄ impuro v = m/d v = 20.5g NaCl 20g H₂SO ₄ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 11.3 mL H₂SO₄ b) Qual a massa de sal que deve ser pesada sabendo que sua pureza é de 99%? 98g H₂SO ₄ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 58. sabendo que sua pureza é de 98% e deve reagir 2g deste reagente puro? .06g NaCl ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 4.84 v = 11.5g NaCl ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 22.6L HCl Cálculos para a obtenção do HF: a) Qual a massa de fluoreto de cálcio que deve ser pesada.94g NaCl puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 12.06g NaCl impuro c) Qual o volume de gás clorídrico será liberado? 58.4L 12.94g NaCl puro 99g NaCl puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 100g NaCl impuro 11.8/1. CÁLCULOS E RESULTADOS Cálculos para a obtenção do HCl: a) Qual o volume de ácido sulfúrico que deve ser medido sabendo que devem reagir 20g de ácido sulfúrico puro cuja pureza é 96% e d=1.HF: Obtenção: CaF2 + H2SO4 → CaSO4 + 2 HF↗ c) SiO2 + 4 HF → SiF4 + 2 H2O HNO3: Obtenção: NaNO3 + H2SO4 → NaHSO4 + HNO3 b) 4HNO3 + Cu → Cu(NO3)2 + 2 H2O + 2NO2 ↗ c) 2HNO3 + CaCO3 → Ca(NO3)2 + CO2↗ + H2O III.

84? 78g CaF₂ 2g CaF₂ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 98g H2SO4 ̶̶̶̶̶̶̶̶ x x = 2.3g NaNO ₃ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 100g NaNO3 impuro 6.3g H₂SO ₄ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 7.84 e pureza de 96%.4 mL H₂SO₄ Cálculos para obtenção do HNO3 Dados: O ácido sulfúrico disponível tem d=1.6g NaNO₃ impuro b) Qual o volume de ácido sulfúrico que deve ser medido? 85g NaNO ₃ 6.98g CaF₂ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 100g Ca F2 impuro 2g CaF₂ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 2.04g CaF₂ impuro b) Qual o volume necessário de ácido sulfúrico sabendo que sua pureza é de 96% e sua densidade é de 1.3g NaNO ₃ x = 7. a) Qual a massa de sal que deve ser pesado? 95.3g de nitrato de sódio. O nitrato de sódio tem pureza de 95.61/1.51g H₂SO ₄ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 2.3%. Devem reagir 6.6/1.6g H₂SO₄ impuro v = m/d v = 7.3g NaNO ₃ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ x x = 6.3g H₂SO₄ 96g H₂SO ₄ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 100g H2SO4 impuro 6.61g H₂SO₄ impuro v = m/d v = 2.84 ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 98g H2SO4 ̶̶̶̶̶̶̶̶ x .51g H₂SO₄ 96g H₂SO ₄ puro ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 100g HSO ₂ ₄ impuro 2.84 v = 1.

HF: Foi colocada uma placa de vidro coberta com parafina contendo um desenho na superfície sobre um cadinho de chumbo contendo solução de CaF₂ com H₂SO₄. b) Adicionou-se 1mL de HCl obtido + 1 gota de metilorange em um tubo de ensaio: solução tornouse vermelha (meio ácido). c)Adicionou-se 1mL de HCl obtido + pequena quantidade de NaHCO 3 em um tubo de ensaio e agitou-se: desprendimento de gás (dióxido de carbono – CO 2).6g HNO₃ 6.3g NaNO ₃ x = 4. na região onde foi desenhado. O vidro é atacado pelo ácido na parte que não continha parafina. o qual ficou vermelho (meio ácido).3g HNO₃ 4.v = 4.6g HNO₃ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 22. Além disso. obtido pelo aquecimento da solução de CaF₂ com H₂SO₄. f) Adicionou-se 2mL de HCl obtido + um pedaço de zinco metálico em um tubo de ensaio e aqueceu-se brandamente: desprendimento de gás (gás hidrogênio – H2). g) Adicionou-se 2mL de HCl obtido + um pedaço de cobre metálico em tubo de ensaio: não reagiu. d) Adicionou-se 1mL de HCl obtido + 1mL de AgNO3 em um tubo de ensaio e agitou-se: formação de precipitado sólido e branco (cloreto de prata – AgCl). pelo fato do Cu pertencer aos metais nobres e ter pequena reatividade com o HCl. Como o vidro apresenta alta concentração de sílica esta reage com o ácido fluorídrico.64L HNO₃ HCl: a)Molhou-se com o HCl obtido o papel tornassol azul. Formação de precipitado sólido e branco (ZnCl2 – cloreto de zinco).4L HNO 3 ̶̶̶̶̶̶̶̶ x ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ ̶ 63g HNO3 ̶̶̶̶̶̶̶̶ x x = 1. ou seja. molhou-se com o HCl o papel universal: resultado pH igual a zero (meio ácido).1 mL H₂SO₄ c) Qual o volume de ácido nítrico que vai liberar? 85g NaNO ₃ 6. .

Foi observado então a presença da reação com o metal nobre. Supostamente não haveria reação. O líquido. o pH verificado pelo papel universal foi de 0. pois o Cu pertence ao grupo de metais nobres. e metais nobres são pouco reativos e muito resistentes a oxidação. ou seja. . Porém. o HNO3 é um ácido extremamente oxidante. primeiramente turvo voltará a se apresentar transparente. azul esverdeada. o gás dióxido de nitrogênio: NO2. A reação tem como produto final uma única fase líquida. Quando o cobre é adicionado é liberado gás amarelado que se concentra nas paredes do tubo de ensaio.HNO3: a) Após adicionar em um mesmo tubo de ensaio 1mL de água deionizada e 1mL de HNO 3. possibilitando a reação. b)Novamente em um tubo de ensaio se adiciona 3mL de HNO3 e um pedaço de Cu metálico. ácido. c) Na adição de 3mL de HNO3 com uma pitada de CaCO3 há a formação de água e desprendimento de CO2 que causa o 'borbulhamento'.

por ser um ácido forte reage com quase todos os metais. Quanto ao ácido clorídrico (HCl) evidenciou-se sua forte acidez através dos papeis tornassol e universal. Quando a reação entre o Cu (metal nobre portanto pouco reativo) e o HNO3 ocorreu foi possível concluir que devido ao ácido nítrico ser um ácido extremamente oxidante. não liberando hidrogênio e reagindo até com os metais abaixo do hidrogênio na tabela de reatividade. com a exceção dos metais nobres por não ser um ácido oxidante. e foi por isso que a reação ocorreu. . CONCLUSÃO A partir das práticas feitas foi possível associar as propriedades dos ácidos com os resultados observados na prática. Pois ácidos oxidantes tem seus íons negativos com capacidade de realizar reações de oxidação. Em relação ao ácido fluorídrico (HF). Além disso. além do metilorange. ele possibilita reação com os metais nobres.IV. foi possível relacionar sua propriedade corrosiva à prática. tendo em vista o seu ataque ao vidro nos locais não recobertos por parafina quando em contato com o gás do mesmo.

Acesso em: 11 de abril de 2013. Acesso em: 11 de abril de 2013. Info Escola. Disponível em: <http://www. Ácido Fluorídrico. Ácido Clorídrico. Acesso em: 11 de abril de 2013. Mundo Educação. Jennifer Rocha Vargas.V.br/quimica/acido-nitrico. Ácido Nítrico. Disponível em: < http://www. Disponível em: <http://www. Disponível em: <http://www. Grau de ionização de ácidos.htm>.htm>. REFERÊNCIAS ALVES. FOGAÇA. Brasil Escola.mundoeducacao.htm>.com.mundoeducacao. Mundo Educação.pdf>.infoescola. Disponível em: < http://www. Ácido Clorídrico. 23 de dezembro de 2009.com.br/quimica/reatividade-metais-comacidos. Disponível em: < http://www.br/download/fichas/%C3%81cido%20clor%C3%ADdrico2003.com/quimica/grau-ionizacao-acidos. Acesso em: 11 de abril de 2013. FOGAÇA. Reatividade de metais com ácidos. Acesso em: 11 de abril de 2013.oswaldocruz. Abril de 2013. . Susana. FOGAÇA. Maria Lucila Ujvari de.com/quimica/acido-fluoridrico/>.com.htm>. Jennifer Rocha Vargas. Mundo Educação.br/quimica/acido-fluoridrico-hf. Mundo Educação.htm>. FOGAÇA.brasilescola. Acesso em: 11 de abril de 2013. Jennifer Rocha Vargas.com. Acesso em: 11 de abril de 2013.br/quimica/acido-cloridrico. Disponível em: < http://www. Ácido Fluorídrico (HF). Líria.mundoeducacao. LORENA.mundoeducacao. Jennifer Rocha Vargas. TEVES.