You are on page 1of 9

PO7.

01

INSTRUÇÃO DE INTEGRAÇÃO

REVISÃO

00
DATA: 07/09/2012 Pag. : 01 a 09

OBJETIVO:
A presente Instrução tem como objetivo orientar e esclarecer aos funcionários que estarão sendo contratado pela empresa, sobre os riscos existentes de acidente de trabalho, bem como medidas para reduzir ou neutralizar a ação dos agentes agressores; obrigações e penalidades – conforme as disposições normativas, contidas na Portaria do Ministério do Trabalho NR 3.214/78 e C.L.T- Lei 6.514/77 art. 157, 158. O presente treinamento visa informar e demonstrar ao empregado: Todas as particularidades do seu novo ambiente de trabalho; Os riscos que possam originar-se nos locais de trabalho inerentes a função desempenhada; Os meios para prevenir e limitar tais riscos e as medidas adotadas pela empresa; As normas internas e de segurança, que deverão ser cumpridas à risca; Os procedimentos a serem adotados em situações adversas; As obrigações e direitos que lhe cabem conforme a legislação vigente; A prevenção de atos inseguros no ambiente de trabalho; As punições pelo descumprimento de ordens de superiores, normas internas e de segurança no trabalho; Como proceder em caso de acidente de trabalho.

1)- PARTICULARIDADES DE SEU NOVO AMBIENTE DE TRABALHO
A empresa tem como negócio, a fabricação e montagem de equipamentos elétricos e prestação de serviços de manutenção elétrica atividades que também podem ser realizadas em ambiente externo a empresa. 2) - OS RISCOS NOS LOCAIS DE TRABALHO INERENTES A FUNÇÃO DESEMPENHADA O colaborador deverá ler com atenção as informações abaixo relacionadas, para tomar ciência dos riscos existentes em cada setor, bem como dos cuidados que deverá tomar, para JAMAIS se expor a uma situação que lhe possa gerar um prejuízo à sua saúde e integridade física. Na edificação, existem RAMPAS, PASARELAS e ESCADAS que dão acesso à pisos superiores e inferiores, existindo o risco de queda, caso haja desatenção, descuido ou pressa no deslocamento pelas mesmas; No setor de Produção, existe o risco Químico(contaminação por óleo lubrificante, solventes ou tintas), risco Físicos( ruídos, vibrações e radiações não ionizastes) e risco de Acidentes (cortes esmagamentos prensagem e corpos estranhos no olho), assim é OBRIGATORIO o uso de EPI´s(Equipamento de Proteção Individual) recomendados para o setor; Em todas as áreas do Setor de Produção, inclusive áreas de circulação, é OBRIGATORIO o uso dos EPI´s: uniforme, botina de segurança, protetor auricular; óculos de proteção e outros específicos para cada atividade. Em toda a empresa existe a presença de ruídos, sendo seus níveis acima do limite de tolerância em algum setores e abaixo em outros. Entretanto, é OBRIGATÓRIO o uso do protetor auricular, em todas as áreas do Setor de Produção. Nas atividades realizadas com esmeril, policorte, lixadeira e furadeira e outros equipamentos semelhantes é OBRIGATÓRIO o uso de protetor auricular, óculos e/ou proteção facial transparente para evitar que corpos estranhos atinjam os olhos; 3)- MEIOS PARA PREVENIR E LIMITAR OS RISCOS EXISTENTES O colaborador deverá obedecer a todos os procedimentos existentes para cada atividade observando ATENTAMENTE, como deverá ser realizada cada tarefa, em cada setor, e os (EPI,s)Equipamentos de Proteção Individual a serem utilizados obrigatoriamente. O colaborador também deverá observar as placas de sinalização, as etiquetas de aviso existentes nas máquinas, e JAMAIS operar uma máquina sem antes ter sido orientado, e ainda em caso de dúvida sobre a realização da tarefa, solicitar ajuda do encarregado.

seja qual for o motivo. ficando ciente do uso obrigatório. etc. palestras e treinamentos que o empregador realizar. devido a necessidade da atividade e restritas às questões do próprio trabalho. protetor auditivo. freios. cordões. onde poderá guardar seus pertences. ou seja. conforme determinação da Lei Estadual n° 8852/88. Brincadeiras ou outras atitudes que possam tirar a concentração dos colegas de trabalho. Caso o colaborador perceba alguma anomalia (ruído estranho. não sendo permitido o uso de adornos (relógio anéis.NORMAS INTERNAS E DE SEGURANÇA QUE DEVERÃO SER CUMPRIDAS PELO COLABORADOR Para entrar no setor de produção o colaborador deverá OBRIGATORIAMENTE estar fazendo uso de botina de segurança. tonturas. respeitando os procedimentos para operação e observando se existe irregularidade no funcionamento dos mesmos. Havendo dúvida. Conversas sobre assuntos que não dizem respeito ao trabalho. para evitar qualquer possibilidade de contato entre a região ferida e os produtos trabalhados. ou procedimento errado ao realizar uma tarefa. realizando inspeções semanais. O colaborador deverá CONSERVAR máquinas e equipamentos por ele utilizados. não sendo permitida a entrada na empresa de colaboradores nesta condição. pergunte ao encarregado ou ao colega mais próximo. Caso o colaborador possua um ferimento (corte. lembrando que o mesmo deverá ser habilitado conforme Código Nacional de Trânsito. pulseiras. O colaborador deverá comparecer sempre que solicitado. o colaborador sentir um mal estar. O colaborador deve manter sempre livre as áreas de circulação. falha em equipamento. devido as peças e equipamentos que possam estar no piso. 5). Todo o deslocamento interno deverá ser realizado com cuidado. As conversas no ambiente de trabalho devem ser limitadas. limpando e arrumando o mesmo após realizar sua tarefa. sofrer acidentes que possam provocar danos a sua saúde e integridade física. assistindo e participando das mesmas e respeitando os colegas presentes e os palestrantes. deverá o colaborador parar a sua atividade e comunicar imediatamente o encarregado eou o Técnico de Segurança para que os mesmos tome as devidas providências. O colaborador deve manter o seu posto de trabalho organizado. avental e luva. Se em um determinado momento.). evitando assim. deverá desligar imediatamente o equipamento e comunicar o seu superior. deverá mantê-la sempre em bom estado de conservação. etc. não deixando peças e equipamentos. devem esperar os horários de folga. 6) . alertando inclusive seus colegas para que não ligue o equipamento até o mesmo ser liberado pela manutenção. arranhões. uniforme (calça e camisa). cheiro de queimado ou fumaça). desempenhando com atenção e eficiência as atividades que lhe forem atribuídas. através de adesivos amarelos. atitudes de colaboradores que possam por a ele ou aos colegas.PROCEDIMENTOS A SEREM ADOTADOS EM SITUAÇÕES ADVERSAS Os procedimentos a serem adotados em situações adversas são. O colaborador que se utilizar de veículo. principalmente nos pneus. etc. para circulação. que proíbe a prática de fumar em ambientes fechados ou que tenha a permanência de outras pessoas. É expressamente proibido comparecer ao trabalho alcoolizado. Cabe ao empregado cumprir as disposições legais e as regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho. sendo expressamente proibido correr. o mesmo deverá comunicar seu superior e também deverá trabalhar com o ferimento coberto por um curativo. e limitando-se as áreas delimitadas. que possam transformar-se em acidentes ou doenças do trabalho. o mesmo deverá comunicar de imediato. o colaborador deverá ter cuidado para não atingir ou ser atingido por alguém ou por peças transportadas com pontes rolante e outros. nas reuniões. Qualquer situação adversa que venha ocorrer (situação não planejada ou esperada). lanternas e espelhos.4). tranco.). Também lhe será demonstrado o seu armário particular. alianças. . obstruindo passagens. Nos deslocamentos efetuados no interior da empresa.. situações de risco. respeitando sempre seus colegas e as ordens de seus superiores. celulares.PREVENÇÃO DE ATOS INSEGUROS NO AMBIENTE DE TRABALHO O empregador não admitirá a prática de atos inseguros. O colaborador receberá gratuitamente do empregador. É proibido fumar no estabelecimento da empresa. o seu superior no setor que trabalha. dentro da área interna da empresa. não serão permitidas ou toleradas. não faça. seu uniforme e EPI´s necessários para o setor e tarefa que irá realizar. motocicleta ou bicicleta para se locomover entre sua residência e o trabalho.

pois a vida dele.O (Boletim de Ocorrencia). Se a vítima estiver inconsciente. Além da audição.COMO PROCEDER EM CASO DE ACIDENTE DE TRABALHO Caso o colaborador venha sofrer um acidente de trabalho. processos.NOÇÕES SOBRE PROTEÇÃO AUDITIVA E RUÍDO O ruído é um som desagradável. O método mais indicado para conter uma hemorragia externa é aplicar pressão direta sobre o ferimento.AS PUNIÇÕES POR DESCUMPRIMENTO DE ORDENS DE SUPERIORES HIERÁRQUICOS. um material limpo e impermeável (sacos plásticos) para evitar contaminação com sangue. a região mais indicada para se verificar o pulso é na região do pescoço próximo ao pomo de Adão. a Segurança do Trabalho. com uma compressa seca pelo menos 05 minutos. não serão aceitas comunicações efetuadas um dia após a ocorrência. do lado em que o socorrista estiver. . tendo como conseqüência a perda de produtividade e qualidade do trabalho. poderá apenas ter sofrido um desmaio ou estar adormecida. ou fora dela.. que a mesma legislação determina que.NOÇÕES DE PRIMEIROS SOCORROS A seguir. poderá depender de você! Primeiros Procedimentos O primeiro procedimento deve ser chamar o corpo de bombeiro pelo fone 193. em razão da dificuldade nas comunicações e erros na interpretação das mensagens. entrevistando o acidentado e demais pessoas envolvidas no acidente (testemunhas). etc.7) . ou Gerente do Setor ou RH. tanto de máquinas. Verificar se a vítima esta respirando. equipamentos. Após a ocorrência (Acidente de Trabalho) será realizada a investigação do ocorrido. como de operação. não será registrado e considerado para efeitos legais. o colaborador poderá sofrer as punições previstas em Lei (Advertência. o mesmo deverá comunicar de imediato. após sinalizar o acidente e então prestar atendimento às vítimas. A investigação do acidente é uma obrigação legal da empresa e não tem por objetivo punir o empregado. ansiedade e sensação de desconforto. treinamentos. 10) . na questão da proteção do colaborador. deve-se usar o equipamento de proteção para se ter uma maior segurança. tendo o cuidado de usar luvas de procedimentos ou na falta deste.. poderão ser afetados pelos excessivos níveis de ruído. atingido o limite de ação (80 dB). Para isso é necessário colocar o seu ouvido próximo á região da boca da vítima. outras funções e órgãos tais como sistema cardiovascular. Também vale lembrar. para que possa dar um atendimento emergencial e de qualidade para seu colega. Em um adulto. sistema endócrino.: Em acidente de trajeto o colaborador deve apresentar na empresa o B. causar a perda auditiva e ainda acarretar outros distúrbios funcionais no organismo. 9) . NORMAS INTERNAS E DE SEGURANÇA DO TRABALHO Em caso de descumprimento de qualquer um dos itens aqui mencionados. Suspensão e Justa Causa). você deverá colocar mais compressas sobre as que já estão no local sem retirar as de baixo. no sentido de tornar obrigatório o uso de proteção auditiva no ambiente de trabalho. com a finalidade de se verificar em que condições o acidente ocorreu. Obs. 8) . capaz de produzir desconforto e mal estar e dependendo da sua intensidade e duração. Visa também tomar medidas para que esta situação não venha a se repetir. Acidente não comunicado a empresa. além de reações de irritabilidade. descrevemos os procedimentos básicos que deverão ser adotados em caso de um colega necessitar de sua ajuda. Em uma hemorragia se o sangue ensopar as primeiras compressas aplicadas. pois fica prejudicada possibilidade de se levantar se realmente aconteceu na empresa. Por estas e outras razões não expostas justificam-se as providências adotadas pela empresa. mas descobrir possíveis falhas.

Respeite as sinalizações de segurança. conforme recomendação da NR10. Nunca obstrua área sinalizada para extintores e hidrantes instalados. Quando necessário utilizá – los. sem autorização do supervisor ou do Técnico de Segurança bem como não ultrapasse áreas sinalizadas que indique risco de acidentes. os painéis elétricos e não toque em fiações elétricas de máquinas e equipamentos. não podem ser realizados próximos à estocagem de materiais e pelo menos 10 a 15 metros de local onde são manuseados ou armazenados produtos inflamáveis. capacetes e luvas). As escadas portáteis a serem utilizadas devem ser de madeira ou fibras e estar em ótimas condições para o uso. Não modificar a intensidade da corrente elétrica durante o processo de soldagem.leia e obedeça todos os sinais de aviso. Sempre que realizar tarefas em altura superior a 2 metros de altura. as extensões não devem ser esmagadas ou puxadas. Respeite as sinalizações de segurança (cartazes. específico (cinto de segurança. se neste tiver uma etiqueta de aviso ou bloqueio . luvas e capacetes). Não improvise extensões elétricas e nem conserte equipamentos elétricos defeituosos.Não utilize equipamentos elétricos sem ter o devido conhecimento e autorização. utilizar EPI. também as ferramentas não podem ser transportadas em bolsos. . cones. luvas e avental de couro 13) . etiquetas. Nunca molhe ou higienize máquinas ou equipamentos com o cabo elétrico na tomada. . Sempre que realizar trabalhos com solda. Para fazer manutenção em instalações elétricas. óculos de proteção com lentes escuras. obedeça a orientação de segurança. botina e óculos de segurança. Conforme recomenda NR 26. sempre ficar atento. Prenda ou amarre as escadas móveis. Não abra em hipótese alguma. Não remova placas de sinalização. s (Equipamento de Proteção Individual). solicite ao seu gerente. Sempre que realizar tarefas sobre o telhado ou forrações. Serviços com solda. O ambiente onde será realizado o serviço de solda deve ser bem ventilado. é OBRIGATÓRIO o uso do cinto de segurança. botinas. solicite a ajuda de um eletricista. esporas. sinalizadas com fita zebrada ou em áreas restritas. Se nesses locais estiverem indicados que a entrada ou abertura é permitida somente para pessoas autorizadas. Na máquina de solda deve ser verificado o bom isolamento dos cabos e fios condutores de eletricidades e fio terra. utilizar sacolas especiais ou cintos apropriados . fitas zebradas e demarcações nos pisos).SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA: A sinalização de segurança avisa sobre os perigos e traz informações úteis para a execução das atividades. pois podem provocar danos nos equipamentos e conseqüentemente. placas. Sinalize com placas sempre que o local (piso) esteja molhado/úmido. para que não haja sobre cargas elétricas. Não faça adaptações ou ligações clandestinas e nunca ligue vários equipamentos em uma só tomada.SERVIÇOS A QUENTE. deve-se complementar com ventilação mecânica. observar os cabos elétricos existentes. o serviço de um eletricista. Nunca opere um equipamento. sem autorização do Gerente do Setor. Antes de realizar qualquer manutenção em redes ou cabos elétricos. estendendo-as pelo menos dois degraus acima do ponto de apoio superior para evitar que ela vire para os lados ou escorregue. s (Equipamento de Proteção Individual) máscara facial para soldador. Caso necessite subir em postes utilizar EPI. Nunca se aproxime de painéis de alta tensão. cones e fitas zebradas.s adequados (cinto de segurança.11) . desligando a chave geral antes de iniciar a manutenção. Para serviço de solda a quente deve ser solicitado ao Gerente de Manutenção da Empresa ou do Técnico de segurança do Trabalho. faixas e cartazes de segurança. Fique atento às orientações das placas fixadas nas áreas e painéis elétricos. 12) .MANUTENÇÃO EM INSTALAÇÕES ELÉTRICAS . os quais darão as orientações necessárias para a realização do trabalho. caso a ventilação natural for insuficiente. Quando necessário fazer a troca de lâmpadas. SOLDA E MAÇARICOS. Todo serviço com solda deve ser realizado fora de área de circulação de pessoas e protegido por cortinas ou biombos. choque elétrico no trabalhador. placas. devem fazer o uso de EPI. Não adentre em áreas isoladas. Não deixar materiais depositados nas faixas demarcadas para circulação de pessoas.

ou até mesmo ligados sem utilização. quando estiverem sendo usadas em locais de circulação de pessoas ou onde possa haver movimento de máquinas e equipamentos. Proibido retirar ou alterar os dispositivos de segurança existentes em máquinas e equipamentos conforme NR 12. secos e ventilados. esmagar. Realizar o empilhamento de materiais com estabilidade garantida e de fácil manuseio. caixas de ferramentas adequadas ou tipo cinturão. observar condições gerais de funcionamento das máquinas e equipamentos a ser utilizadas. rachadas. ou ainda. equipamentos. 16) . podem causar reações químicas liberando gases tóxicos e até mesmo causando uma explosão. Não trabalhar nos últimos três degraus de uma escada de abrir. papel toalhas e guardanapos). Nunca permaneça diretamente em frente à linha de ação de um disco abrasivo com a máquina em operação. devolvidos ao almoxarifado. extintores ou caixas de hidrantes. Máquinas e equipamentos móveis só poderão ser ligados através de conjunto plug tomada. enferrujadas. conforme recomenda NR 18. caixotes. puxar ou provocar acidentes. Mantenha – os em locais isolados. pois alguns produtos químicos ao serem misturados com outros. verifique as condições da estrutura. nunca deixadas sobre o piso ou bancadas de trabalho.MAQUINAS E EQUIPAMENTOS Ao iniciar o trabalho. estes degraus devem servir apenas como ponto de apoio para o usuário. 15) . bobinas ou tambores. devendo utilizar suporte. estojos apropriados. escadas apodrecidas. Não armazenar materiais obstruindo áreas de circulação de pessoas ou passagens de máquinas e equipamentos. punção e outros. Armazene produtos inflamáveis longe de fontes de calor. é possível que no caso de um contra golpe a ferramenta seja atirada diretamente na direção do operador. Demarcar ou sinalizar área de armazenamento de materiais inflamável ou perigoso. ou no fim do dia de trabalho. quando necessário fazer a manutenção. Após o uso da lixadeira. Atenção com as partes móveis da lixadeira não manter contato direto com o equipamento em movimento e JAMAIS colocar as mãos próximas a pontos que possam prender. ferramentas e extensões elétricos em áreas de circulação de pessoas. Não misture os produtos.ARMAZENAGENS E ESTOCAGENS DE MATERIAIS Não armazenar qualquer tipo de material em frente ou em baixo de painéis elétrico.14) . chave de fenda. Não fazer manutenção em equipamentos energizados. Sempre apoie escadas em solo regular e nunca utilize-as sobre poças de óleo. A escada deve ser firmada na base por outro funcionário sempre que não for possível a amarração na sua parte superior. . Não improvisar ferramentas. martelo. os restos de materiais e peças devem ser devolvidos aos seus lugares próprios. gavetas. as mesmas devem ser guardadas em prateleiras.CUIDADOS AO UTILIZAR ESCADAS Antes de usar uma escada. retirar o plug da tomada. Para a sua segurança e dos colegas. sempre segure firmemente com as duas mãos nas laterais das escadas. Ao subir em escada móvel nunca balance ou faça com uma das mãos transportando objetos. Não armazene produtos químicos junto com produtos de higiene pessoal (papel higiênico. Utilize sempre escadas de altura e tipo adequado ao trabalho que vai desenvolver use cinto de segurança Coloque sinais de alerta na base da escada. Não deixar máquinas. talhadeira. As partes móveis como (polias e coréias transmissão de força) devem sempre estar protegidas. "bambas" ou com degraus partidos não podem ser utilizadas. Quanto às ferramentas e equipamentos. somente utilize escadas com todas as sapatas de borrachas fixadas nos montante e em condições de uso. Informar imediatamente ao responsável quanto aos problemas apresentados nos equipamentos em uso. Evitar transportar ferramentas em bolsos. ferramentas ou materiais.

CLASSIFICAÇÃO DOS INCÊNDIOS MATERIAL CLASSE CATEGORIA A . ou seja. .(I) B . Metais Pirofóricos: magnésio. madeira.(II) C . tecido. tintas. zircônio limalha de ferro ou sal-gema. que ao queimarem não deixam resíduos Equipamentos elétricos energizados Resfriamento: água ou extintor que contenha água.17) . etc. Gasoso: gás de cozinha. O principal objetivo da prevenção é impedir o aparecimento de um princípio de incêndio.  OXIGÊNIO Também chamado de comburente. compostos químicos especiais. é outro elemento do fogo e está presente na natureza. etc. não contenham água: CO-2 e pó químico seco.  CALOR É o último elemento. éter. diesel. Abafamento: extintores que abafam ou isolam o líquido inflamável do ar: pó químico. têm por finalidade dar algumas noções teóricas quanto ao emprego dos equipamentos portáteis de combate a principio de incêndio. constituindo o chamado “Triângulo do Fogo”: Combustível l I 3 Oxigênio 2 Calor  COMBUSTÍVEL É o elemento que serve de alimento ao fogo e pode ser:    Sólido: tecido. óleo.NOÇÕES SOBRE PREVENÇÃO E COMBATE À INCÊNDIOS As instruções a seguir. deixam resíduos Líquidos inflamáveis: gasolina. tungstênio. CO-2 Extintores não condutores de corrente elétrica. óleos. etc.(III) D . gás de rua. titânio.. FOGO É o resultado de uma reação química decorrente da combinação de três elementos. Areia. álcool. etc. espuma. graxas. Observação: a não existência de qualquer um destes elementos não propicia o aparecimento do fogo. cabendo a ele a missão de iniciar a combustão. papel. Líquido: gasolina.(IV) MÉTODO DE EXTINÇÃO TIPO DE EXTINTOR Material combustível comum: papel. madeira. que ao queimarem. seja dificultando o seu desenvolvimento ou proporcionando sua extinção. grafite. etc. é ele que dá vida às chamas.

vapores de produtos químicos e radiações luminosas intensas. para evitar tropeço e possível queda. solventes orgânicos.(queda de objeto.ERGONÔMIA ( MANUSEIO E TRANSPORTE DE MATERIAIS) Os problemas ergonômicos encontrados em postos de trabalho geralmente são: agressões à coluna vertebral. alergênicos. para trabalhos realizados em lugares úmidos. 19). oleosos. fraturas ) calçados impermeáveis. c) Proteção para membros inferiores calcados e perneirasde proteção contra riscos de origem mecânica. Quando toma-se uma medida visando modificar as condições de trabalho em um determinado ambiente. lamacentos ou encharcados. individual ou coletiva.17 As figuras abaixo mostra a forma errada (ou não ergonômica) de levantar peso. calçados impermeáveis e resistentes a agentes químicos agressivos. o empregador deve fornecer os seguintes EPIs aos trabalhadores: a)Proteção para a cabeça protetores faciais destinados à proteção dos olhos e da face contra lesões ocasionadas por partículas respingos. materiais ou objetos aquecidos. radiações perigosas. lombalgia. tipo pára-quedista ou abdominal para trabalhos em altura superior a 02 (dois) metros em que haja risco de queda. à direita. queimaduras ou choques elétricos. Ao conduzir grandes volumes. Atendidas as peculiaridades de cada atividade profissional e esgotadas as medidas de prevenção coletiva. Utilize a técnica correta para levantamento. Conforme Norma Regulamentadora NR . utilize carrinhos para o transporte. produtos químicos corrosivos. d) Proteção contra quedas com diferença de nível Cinto de segurança. máscara para soldadores nos trabalhos de soldagem e corte ao arco elétrico. torções e esmagamento de disco e vértebras Sempre que levantar e/ou transportar cargas manualmente.EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVA (EPC) e EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) Uma medida de controle de riscos é a adoção de proteção. Não ultrapasse os limites de pesos que podem ser levantados. temos uma proteção coletiva.18). calçados de proteção contra riscos de origem térmica calçados de proteção contra riscos de origem elétrica. à esquerda e a forma correta. projeção de objetos. solicite a ajuda de um colega de trabalho. cáusticos. uma vez que esta medida protege o conjunto de trabalhadores de um determinado setor. tóxicos. graxos. óculos de segurança para trabalhos que possam causar ferimentos nos olhos. cortantes ou perfurantes. verifique e elimine todos os obstáculos de seu caminho. evitando lesões lombares. A NR-6 considera equipamento de proteção individual (EPI) “todo dispositivo de uso individual destinado a proteger a integridade física do trabalhador”. e) Proteção auditiva . choque elétricos. b)Proteção para os membros superiores luvas e/ou mangas de proteção devem ser usadas em trabalhos em que haja perigo de lesões provocadas por: materiais ou objetos escorriantes. óculos de segurança para trabalhos que possam causar irritação nos olhos e outras lesões decorrentes da ação de radiações perigosas. capacetes de segurança para proteção do crânio nos trabalhos sujeitos a: . abrasivos. para os trabalhadores. provenientes de impacto de partículas. movimentação e transporte de materiais. impactos provenientes de quedas. cortes.

provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte. trabalhar desnecessariamente em equipamentos em movimento ou perigosos. utilizar equipamentos defeituosos.protetores auriculares. macacão e outras vestimentas de proteção para trabalhos em que haja perigo de lesões. ou por ocasião da satisfação de outras necessidades fisiológicas. Respiradores contra poeiras. ou redução permanente ou temporária. Máscaras para trabalhos de limpeza por abrasão.ACIDENTE DO TRABALHO CONCEITO LEGAL A Lei nº 8.: Máquinas sem proteção adequada. Além de fornecer gratuitamente o EPI. através de jateamento de areia. Ex. roupas inseguras. Os empregados também têm obrigações quanto ao EPI: usá-los apenas para a finalidade a que se destina. brincar em serviço. Ambiente interno perigoso. radioativa.Condições Abaixo do Padrão (ou “Condições Inseguras”) As condições abaixo do padrão são aquelas deficiências técnicas que colocam em risco a integridade física e/ou mental e ocorrem quando não são presentes no ambiente de trabalho as condições corretas e ideais à execução de uma tarefa. equipamentos ou ferramentas defeituosos. ambiente externo perigoso. . desprezar dispositivos de segurança. para trabalhos realizados em locais em que o nível de ruído seja superior 85 (dBA) estabelecido na NR-15. f) Proteção respiratória Para exposições a agentes ambientais em concentrações prejudiciais à saúde do trabalhador. correr dentro da empresa. fazendo uma operação que não deveria ou atuando contra as normas de segurança. ordem e limpeza deficiente e ventilação inadequada. químicos. comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso. assumir posição insegura. Outros casos fortuitos ou decorrentes de força maior. colocar os pés de forma insegura.: não obedecer sinais ou instruções de segurança.Ato Abaixo do Padrão (ou “Ato Inseguro”) Ocorre quando o trabalhador faz determinada tarefa ou serviço de forma descuidada e/ou errada. meteorológicos. da capacidade para o trabalho. Nos períodos destinados à refeição ou descanso. no local de trabalho ou durante este. Também será considerado acidente de trabalho o acidente sofrido pelo empregado fora do local e horário de trabalho: Na execução de ordens ou realização de serviços sob autoridade da empresa. responsabilizar-se pela sua higienização e manutenção periódica. conduzir veículo de forma imprudente. mecânica. CAUSAS DE ACIDENTES a). responsabilizar-se por sua guarda e conservação. seja qual for o meio de locomoção utilizado. g) Proteção do tronco aventais. riscos de origem térmica. para trabalhos que impliquem em produção de poeiras. capas. fazer misturas ou combinações perigosas. ou perda. protetores inadequados ou inexistentes.213 de 24. comunicar ao Ministério do Trabalho qualquer irregularidade observada no EPI adquirido. 20 ). Respiradores e máscaras de filtro químico para exposição a agentes químicos prejudiciais à saúde. o empregado é considerado a serviço da empresa. Ex. b). nos anexos I e II. usar as mãos e outras parte do corpo impropriamente. Em viagem a serviço da empresa. não utilizar o equipamento de proteção individual (EPI). Usar vestimenta inadequada. de acordo com os limites estabelecidos na NR-15. o empregador tem outras obrigações: adquirir o tipo adequado à atividade do empregado. fornecer ao empregado somente EPI aprovado pelo Ministério do Trabalho. jaquetas.91 da Previdência Social define em seu artigo19 que: Acidente do Trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa. No percurso da residência para o trabalho ou deste para aquela. ausência de sinalização ou aviso de segurança. substituí-lo imediatamente quando danificado ou extraviado. iluminação inadequada. arrumação perigosa.07. com Certificado de Aprovação ( CA) treinar o trabalhador para o seu uso adequado e tornar obrigatório seu uso. trabalhar em velocidade perigosa. . métodos arriscados.

Declaro para os devidos fins legais e de direito que. e que me foi lido e explicado todos os itens aqui relacionados e que não me restam dúvidas sobre o presente treinamento. conforme artigo 158 da CLT. Francisco Beltrão _________ de ___________________________de _________. ____________________________________________________ Treinador NOME DO COLABORADOR ASSINATURA DO COLABORADOR DATA DO TREINAMENTO . poderá gerar advertência e outras sanções. Comprometo-me a cumprir todos os itens estabelecidos. as máquinas.DECLARAÇÃO Eu abaixo assinado. recebi da empresa xxxxxxxxxxxxxx. equipamentos e processos utilizados. Declaro também que me foi apresentado todos os ambientes da empresa e explicado as atividades que são realizadas em cada setor. bem como estou ciente que o descumprimento de qualquer que seja o item. o TREINAMENTO ADMISSIONAL. bem como os riscos e os cuidados a serem tomados.