1

GEECT – GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CEDUP – CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ABÍLIO PAULO CURSO TÉCNICO COM HABILITAÇÃO EM QUÍMICA

SUÉLEN DAGOSTIM GISLON BRUNA BUENO ADRIANA COLOMBO

ANÁLISE DE CÁTIONS

CRICIÚMA, abril, 2013

CIÊNCIA E TECNOLOGIA CEDUP – CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ABÍLIO PAULO CURSO TÉCNICO COM HABILITAÇÃO EM QUÍMICA SUÉLEN DAGOSTIM GISLON BRUNA BUENO ADRIANA COLOMBO ANÁLISE DE CÁTIONS Relatório apresentado a professora Aline Cipriano responsável pela disciplina Análise Química do Curso Técnico com Habilitação em Química CRICIÚMA. abril. 2013 .2 GEECT – GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO.

.... REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS..............................11 8................................7 5......................................................................INTRODUÇÃO............................ 3 2..............................12 ........................ CONCLUSÃO.........................................................................................................................................................3 SUMÁRIO 1...............................................10 7.............................................................................................. PROCEDIMENTO................... OBSERVAÇÕES.............................................FUNDAMENTO TEÓRICO....6 4............................................ RELAÇÃO DE MATERIAIS E REAGENTES...................................9 6.................... 4 3................................................................................ CÁLCULOS E RESULTADOS.............................................

. processos físicos químicos e térmicos. em chama redutora ou oxidante. Esta é uma técnica qualitativa para identificação dos elementos presentes em uma verificada substância. INTRODUÇÃO Existem algumas maneiras de se identificar elementos químicos e composições químicas: físico-químicos. A distinção da cor de chama está vinculada à presença de elementos químicos metálicos contidos em sais. Uma dessas formas é a identificação.4 1. O alvo do trabalho é analisar esse método qualitativo e avaliar as cores das chama de alguns íons metálicos. que é através da cor de queima desses elementos.

produzindo o que chamamos de estado excitado. O teste de chama é rápido e fácil de ser feito. A radiação liberada por alguns elementos possui comprimento de onda na faixa do espectro visível. energia em forma de calor). que podem ser detectados com considerável certeza e sensibilidade através da observação visual da chama. principalmente de cátions metálicos. e não requer nenhum equipamento que não seja encontrado normalmente num laboratório de química. é possível identificar a presença de certos elementos devido à cor característica que eles emitem quando aquecidos numa chama.5 2. FUNDAMENTO TEÓRICO O Teste da Chama é um importante método de identificação. ele emite radiação. Assim. A temperatura da chama do bico de Bunsen é suficiente para excitar uma quantidade de elétrons de certos elementos que emitem luz ao retornarem ao estado fundamental de cor e intensidade. Porém. Um exemplo é o aquecimento de metais nas indústrias metalúrgicas. o olho humano é capaz de enxergá-las através de cores. pois a quantidade de energia necessária para excitar um elétron é única para cada elemento. utilizado na análise química. quando eles emitem uma cor vermelha intensa. a quantidade de elementos detectáveis é pequena e existe uma dificuldade em detectar concentrações baixas . ou seja. Neste ensaio. O teste envolve a introdução da amostra em uma chama e a observação da cor resultante. Quando um desses elétrons excitados retorna ao estado fundamental. ele libera a energia recebida anteriormente em forma de radiação. As amostras geralmente são manuseadas com um fio de platina previamente limpo com ácido clorídrico para retirar resíduos de analíticos anteriores. ocorrem as interações atômicas através dos níveis e subníveis de energia quantizada. que pode ser observada através da sua cor. Cada elemento libera a radiação em um comprimento de onda característico. Quando um objeto é aquecido. alguns elétrons da última camada de valência absorvem esta energia passando para um nível de energia mais elevado. O teste de chama é baseado no fato de que quando uma certa quantidade de energia é fornecida a um determinado elemento químico (no caso da chama.

podem ser obtidos por técnicas relacionadas a fotometria de chama ou espectroscopia de emissão. . enquanto que outros elementos produzem cores muito fortes que tendem a mascarar sinais mais fracos. sobre a proporção dos elementos na amostra. a cor da chama geralmente é observada através de um vidro de cobalto azul para filtrar o amarelo produzido pelo sódio e permitir a visualização de cores produzidas por outros íons metálicos.6 de alguns elementos. obtido através da adição de componentes de cobalto ao vidro em fusão. que é um componente ou contaminante comum em muitos compostos. Por isso. O vidro de cobalto é um vidro colorido de cor azul escura. O sódio. O teste de chama apenas fornece informação qualitativa. produz uma cor amarela intensa no teste de chama que tende a dominar sobre as outras cores. Dados quantitativos.

MATERIAIS Copos descartáveis Bico de Bunsen Etiquetas Fósforo Fio de níquel-cromo Béquer REAGENTES Carbonato de Cálcio Cloreto de sódio Cloreto de Potássio Sulfato de Cobre Cloreto de Lítio Ácido Clorídrico Água destilada . RELAÇÃO DE MATERIAIS E REAGENTES Tabela 1.7 3.

se observa a cor e anota-se o seu resultado. entretanto é necessário que antes da aplicação de um novo sal o fio de níquel-cromo seja limpo na solução de ácido clorídrico para eliminação de resíduos dos sais anteriores que poderiam alterar a cor de chama do próximo sal. . se observa a cor transmitida à chama. então. Copos descartáveis. introduzindo o mesmo na zona de chama do bico de bunsen. Haste de Níquel-Cromo. A cada vez que se adiciona o sal na chama. Em seguida cada sal foi aplicado no fio de níquel-cromo. Cloreto de Lítio. Becker Solução de ácido clorídrico 6M. PROCEDIMENTO Para a determinação da cor de chama foram utilizados os seguintes sais:      Cloreto de Potássio. inicialmente se acendeu o bico de Bunsen e coloca-se uma quantidade de solução de ácido clorídrico 6M em um Becker. Sulfato de cobre. Para análise das cores da chama dos íons metálicos. A cada sal o procedimento foi repetido. Materiais:       Bico de Bunsen. Carbonato de cálcio. Limpar o fio de níquel-cromo para que fique livre de resíduos em solução de ácido clorídrico (aquecer depois molhar no ácido clorídrico e repetir até limpar bem). Colocar certa quantidade de cada um dos sais em copos descartáveis para o melhor manuseio deles. Cloreto de Sódio.8 4. Fósforo.

9 O esquema simplificado de realização do experimento pode ser descrito pela imagem abaixo: Procedimento .

produz uma cor amarela intensa no teste de chama que tende a dominar sobre as outras cores. a cor da chama geralmente é observada através de um vidro de cobalto azul para filtrar o amarelo produzido pelo sódio e permitir a visualização de cores produzidas por outros íons metálicos. que é um componente ou contaminante comum em muitos compostos. Por isso. Chama de gás Chama vista através de um vidro de cobalto Teste de chama para o sulfato de cobre Teste de chama do sulfato de cobre visto através do vidro de cobalto Teste de chama do carbonato de sódio Teste de chama do carbonato de sódio visto através de um vidro de cobalto . OBSERVAÇÕES O sódio. Aqui. um comparativo de alguns compostos visto sem e com o vidro de cobalto.10 5.

Alguns elementos emitem radiação na região visível. .11 6. Tabela de cores emitidas pelos sais. proporcionando reações diferentes nos sais metálicos. É interessante observar que em certas regiões da chama a abundância de carbono derivado da queima do combustível é diferente. identificar a presença desses elementos através da coloração que conferem à chama. Esse processo de emissão de radiações por elementos. portanto diversas reações podem ocorrer com os elementos utilizados. O que acontece. como as diferentes colorações das auroras boreais ou dos fogos de artifício. não interferem nesta análise. em alguns casos. em geral. explica fenômenos conhecidos. liberam essa energia sob a forma de uma chama colorida. CÁLCULOS E RESULTADOS Com os experimentos realizados foi possivel analisar a cor de chama de cada substância conforme segue na tabela abaixo. é que os elétrons são excitados ocorrendo uma absorção de energia e quando voltam ao seu estado fundamental. esta técnica é muito utilizada para identificar o íon positivo existente num sal puro. sendo possível. Os íons negativos presentes. Carbonato de Cálcio Cloreto de Sódio Cloreto de Potássio Sulfato de Cobre Cloreto de Lítio Vermelho Amarelo Lilás Verde meio azulado Vermelho meio rosado De acordo com a literatura.

onde. A definição de cada item citado no trabalho serviu para o entendimento do titulo: análise de cátions. Conclui-se que o objetivo do trabalho foi alcançado. e como proceder usando os mesmos. . CONCLUSÃO Através do seguinte trabalho. houve o estudo das definições. que podem pôr em risco o local de trabalho (incêndio) ou provocar queimaduras graves na pele. cada elemento emite uma cor característica. foi possível identificar determinados elementos químicos através do processo de queima dos mesmos. mas devem-se ter alguns cuidados visto que estamos a trabalhar com chamas. pois. Também foi tomado conhecimento dos materiais utilizados para tais experimentos. foi possível avaliar cada material de forma qualitativa através das cores obtidas. as análises e por fim a prática. onde foi possível compreender sobre cor de chama. Esta atividade experimental é relativamente simples.12 7. para que se alcançassem resultados satisfatórios. pois.

Acessado dia 29 de março de 2013.com/quimica/teste-da-chama/ .wikipedia. - . REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA http://pt.org/wiki/Teste_da_chama .wikipedia.Acessado dia 29 de março de 2013.fis.13 8.uc.html Acessado dia 30 de março de 2013. http://pt. http://www.infoescola.pt/bl/conteudos/42/pags/videosdivulgcientifica/chama/index.Acessado dia 29 de março de 2013.org/wiki/Vidro_de_cobalto . http://nautilus.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful