CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR

CONTAINER

São cofres de carga, cofres de aço ou caixas de metal, dotados de portas e travas de aço para fechamento, projetadas para acondicionar e proteger as mercadorias acondicionadas em seu interior. É construído em aço ou alumínio. No caso do alumínio é mais apropriado para acomodar mais carga, respeitando as limitações de peso das estradas.

CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR  TAMANHOS UTILIZADOS INTERNACIONALMENTE: 20’ = TEU (twenty equivalent unit) 40’ = FEU (forty equivalent unit) Erro frequente: considerar o container como embalagem da mercadoria! .

CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR  CARACTERÍSTICAS:  -Adapta-se ao transporte marítimo.  Padronização de medidas externas.  Piso de madeira com ganchos inferiores e superiores (peação).  Identificação precisa de capacidade (volume e peso) . terrestre e ferroviário.

.CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR  VANTAGENS:  -Segurança  -Inviolabilidade  -Rapidez e redução de custos nos transportes.

= 2. 1 pé = 30. Facilita a construção dos meios de transporte/equipamentos de movimentação destas unidades.CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR  PADRONIZAÇÃO / MEDIDAS -Grande utilização = padronização de medidas elaboradas pela ISO posteriormente adotadas pela maioria dos países. -Para fins internacionais são utilizadas as unidades pés(‘) e polegadas (“) foot/feet – inch/inches.54 cm .48 cm – 1 pol.

espessura das paredes. etc. considerar todos os espaços que serão “perdidos”durante a unitização. piso.  Importante: quando elaborar um plano de estufagem.  Observar também a escolha correta do container em relação ao tipo de carga. do teto. isolamento térmico.CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR  As medias externas e internas sofrem pequenas variações devido ao material utilizado na construção. ..

-Cargas perigosas (IMO) .CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR  ASPECTOS LOGISTICOS E EQUIPAMENTO -Máximo aproveitamento (peso e volume) ex: minério de ferro/algodão. -Peação da carga. -Payload do equipamento. -Distribuição correta da carga. -Conservação do equipamento.

CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE INDAIAL LOGÍSTICA NO COMÉRCIO EXTERIOR -Controle de temperatura (monitoramento) -Prazo de devolução das unidades (demurrage e detention) -Estufagem de mercadorias incompatíveis entre si (carga consolidada) -Lacres de segurança. TIPOS .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful