A chamada web 2.0, a web colaborativa, é a nova fase da internet, inovação é sua palavra-chave.

O ambiente tecnológico se tornou mais dinâmico, conta com a colaboração dos internautas, ou seja, nesse novo formato de navegar, os próprios internautas que constróem a web, interagindo o tempo todo. A “nova fase” da Internet nada tem a ver com forma, mas com conteúdo. E também não se trata de uso intensivo de tecnologia, mas de interação na comunicação. É claro que sempre que algo novo aparece, alguém vai querer vendê-lo. Se há um cliente disposto a pagar por um serviço, não há mal algum. Então, quando uma empresa remodela seu site para 2.0, acaba por mudar o seu design para avisar ao mundo que tem algo de diferente, mas normalmente é uma forma gratuita de interagir com o mundo da web. Para Tim 'OReilly a web tem o segunite conceito: “Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva.” A receita da Web 2.0 traz componentes como BitTorrent, Wikipedia, blogs,youtube,twitter, tags e RSS. Mas o principal ingrediente vai ser mesmo o Ajax, uma combinação de recursos que está dando vida à nova geração de aplicativos totalmente baseados na Web. Junto com a web 2.0, vieram novos termos e formas de se comunicar, um deles não é basicamente um termo, mas sim a forma que se chama aqueles que sabem tudo de navegação na web, são os nativos digitais, ou a chamada Geração "c", de conectada, a geração que vive conectada. Eles praticamente nasceram com o computador nas mãos, são muito informatizadas e entendem tudo desse mundo virtual. Os nativos são também a primeira geração que, com o suporte da Internet, já cresceu acostumada a produzir e selecionar o próprio conteúdo, competindo fortemente com a mídia tradicional. O Brasil é o primeiro país em número de usuários de Orkut e Fotolog e muitos dos usuários são os nativos digitais de 10 a 12 anos. Comunicadores instantâneos, blogs, comunidades, salas de batepapo e sites de telefonia móvel também são muito utilizados pelos nativos digitais brasileiros. Em pesquisa feita no site de relacionamentos orkut, verificamos a existência e diversas comunidades direcionadas a turminha. Títulos de comunidades que podem soar até engraçados por parecerem coisas distantes, como “Nascidos em 1997” ou “Nascidos em 1996”, revelam a grande afinidade dos tweens com as ferramentas de comunicação e socialização na Internet. Esses nativos digitais tem a rede como primeira fonte, acreditam que os sites tem mais informações que os livros e inciclopédias impressas, para eles tudo pode ser localizado pela internet, até mesmo o conteúdo dos livros impressos.Como eles fazem tudo através da internet, não acham essencial o contato físico, se comunicando através de site de relacionamentos e comunicadores instantâneos. Muitos deles tem até suas experiências pessoais, como namoros, através do mundo virtual, deixando de lado assim, o vida no "mundo real". Outras pessoas que também usam essa ferramenta, são os colaboradores de empresas 2.0. Essas empresas usam a internet como mais uma chave para o sucesso profissional, podendo fazer pesquisas, encontrar novos colaboradores, etc. Podendo assim melhor a comunicação da empresa tanto internamente, entre seus funcionários, quanto externamente.
Por fim, a web 2.0, é considerada como "sabedoria das multidões", já que as pessoas interagindo entre si, conseguem construir bases mais concretas que apenas uma pessoa. De uma forma geral, essa nova versão de

navegação da internet só tem a acrescentar na vida das pessoas, dandolhes inúmeras formas de conhecimento para esses internautas.

Muriell Severo Blaas