You are on page 1of 16

")

.
f('..~) (;{) t u'll//l.l(}

COLEÇÃO

()ll~'O,

I 1\ .....

.dOApratoA citadoA acima. A claAAificaçãode cozinhaA apenaA por paú.eA é Aempre incompleta. a verAão eApanhola do creme brullé. como Ferran Adrià e desempenhando atual. que manteve até o século XIX. Marcada pela variedade de paisagens e hábitos culturais. Originalmente povoada por ibéricos e celtas. JOSÉ HUGO CELIDÔNIO l . atrás apenas de França e EUA. vejam AÓ. E ainda temoA a cozinha baAca. Um único paú" Aeja na Europa ou na ÁAia (e também o BraAil). No que Ae refere à EApanha. o rural e o urbano. CaAO contrário a coleção Sabores do Mundo preciAaria ter maiA de cem faAcículoA. moderno e o histórico. maA Aem deAtruiraA receitaA tradicionaiA.a catalã. Foi uma revolução. a galega.se à conquista dos mares e de novos domínios coloniais. que Aão a da textura e a da variação de temperatura. NOA últimoA Martín técnicaA coexistem o BeraAategui.principalmente. DerepenteOA franceAeA perceberam quepoderiamprepararpratoAmaiA leveA e com melhor apreAentação. de enchovaA Ae você foi ocupada por fenícios. onde OA bareAde tapaA Ae Aucedem.pode pOAAuirum conjunto de cozinhaA com diferençaA muitaA veZeAenormeA. e da crema catalana. cartagineses.--"'-J'~ Q ~ .. a vez da E:Apanha. noutro.... ~ 4 anOA chegou cozinha da E:Apanha eAtá paAAando hoje pela meAma Aituação da cozinhafranceAa há cerca de 30 anOA. impreAAionado provocando com AUaA nOVaA nOVaA AenAaçÕeA. acontecerá a meAma coiAa que na França: não Ae deixará de tomar um gaApacho ou comer uma paella e muito menOAaAdelicioAaAtapaA. Em um.o país foi devastado pela guerra civil (1936-1939) e vivenciou uma longa ditadura até retornar efrutOA do mar. No final do século XV. onde fica San SebaAtián. a paella maiA conhecida é a valenciana.. e AaboreA eAtão deixando inUAitadoA. além de arquipélagos e no Mediterrâneo. romanos e bárbaros./'1 '". Aproveito para dar uma dica de viagem: um dOAprogramaA de que maiA Ainto falta é paAAarmuitaA horaA no bairro velho de San SebaAtián. como Madri e Barcelona. muitaA tortillaA. Sem falar daA tortillaA.Aem moderação. no sudoeste europeu. No século XX. que chegaram à península em 711e ali permaneceram até 1492. ocupa a maior parte da península Ibérica. cada um com AUaA eApecialidadeA e AeUA vinhoA. seguidos por árabes. da aromática e da gUAtativa. até no meAmo prato. Potência marítima na Era Moderna. a madrilena e otras más. a Espanha E:. que conhecemOAcomo fritadaA. apeAardaA inovaçõeA. Vale a pena! Principalmente apreciar tudo iAAO.. o gaApacho é o andaluz e a AobremeAa.a Espanha lançou. além da viAual. Em seu território no Atlântico . aA tapaA Aão de preAUntoA e AalameA. um ao lado do outro. gregos. no vizinho. AIgunA todo mundo chefA. que consagraram esse país como o terceiro principal destino turístico do mundo. Acredito que na E:Apanha. MaAé melhor não continuar com eAAeraciocínio. a vida pacata de pequenos povoados e a agitação das grandes metrópoles. a Espanha vem retomando lugar de destaque importante na economia mundial e papel no cenário político ~ I I -- ~ quandoAurgiua nouvellecuisine française.

O resultado é um imenso panorama gastronõmicq com acentuada característica mediterrânea. porco. . seja no preparo dos mais variados pratos ou simplesmente puro. como altitude. é a terra do xerez.. fazem da cozinha espanhola uma das mais apreciadas do planeta. ingrediente de muitas receitas típicas. batata. reconhecidos entre os melhores do mundo.. embebendo fatias de pão. Ingredientes básicos Uma grande variedade de produtos compõe os ingredientes básicos da mesa espanhola. . a Espanha é um dos países que mais produzem e consomem peixes e frutos do mar. marisco. um presunto cru de sabor intenso. solo e clima. regados com muito azeite e acompanhados de bons vinhos. é sedede uma verdadeira revolução na cozinha. camarão. trigo. é exportado para uma centena de países. produtos originários da América. Azeite de oliva Um dos símbolos da gastronomia espanhola. é a região produtora mais importante. La Rioja. A Andaluzia. . Em butidos A Espanha é uma das nações de maior prestígio na preparação artesanal de embutidos. temperos. embutidos). liderada por chefs que têm reinventado formas de combinar ingredientes e preparar verdadeiras iguarias. Seusmúltiplos sabores conquistam novos paladares a cada dia. Bacalhau. no norte. um dos mais conhecidos e apreciados. Peixes e frutos do mar Com milhares de quilômetros de costa banhados pelo Mediterrâneo e pelo Atlântico. seja em frituras. Terra de numerosas influências culturais. praticamente intocáveis há muitos séculos. ervas e vinhos. O país mantém antigas tradições. Um dos mais famosos embutidos é o jamón ibérico de bellota. . Quase toda a produção suína é destinada a esse tipo de conserva. polvo e lula são saboreados em petiscos. como o frango ao xerez mostrado neste fasCÍculo. entradas ou pratos principais e estão sempre presentes à mesa . fazem parte da culinária local desde que foram levados à Europa pelos colonizadores. Considerado o melhor do mundo. Pratos à basede frutos do mar.. laranja e melão.no dia-a-dia e nas datas festivas. cuja tradição remonta à Antiguidade. Entre as frutas.. propicia o cultivo de vários tipos de uva e a existência de diferentes zonas vinícolas no território espanhol. arroz. produzido com carne de porcos criados em florestas e engordados com bolotas (frutos) da azinheira e do sobreiro. feijão e tomate. saladas. azeite. pimenta. Além disso.Ao mesmo tempo. é produzido e consumido em larga escala. carnes (cordeiro. Vinhos A diversidade de fatores naturais. a Espanha adotou ingredientes e métodos culinários de todo o mundo. além da influência atlântica e mediterrânea. como a preparação artesanal de embutidos. utilizados em diversos pratos ou consumidos como tapas (tira-gostos). no sul. vaca. enchovas e outros peixes. lagosta. destacam-se melancia.. como peixes e frutos do mar. siri. inclusive entre os brasileiros.111~ \.

quando os copos de bebida eram tampados com fatias de embutidos ou de queijo para evitar as moscas. croquetes. Utiliza peixes e frutos do mar. . cogumelos recheados.. Também fazem parte dos menus diários sardinha.. -~. o nome desses Para alguns especialistas. linguado e frutos do mar. que inclui regiões como Aragão. ' . além de embutidos. travessas de cerâmica. Em Valência e Múrcia (sudeste). a estrela é o gaspacho. porém com acentuado realce mediterrâneo. Um de seus pratos mais representativos é o bacalhau ao pil. Acostumados a jantar por volta das 22h. Presunto cru e outros embutidos. tira-gostos deriva do verbo "tapar". é bastante diversificada. também outras delícias. frigideiras antiaderentes. Na zona central..pil. simples e muito saboroso. pães e outros produtos à base de trigo.. Sevilha. são comuns os assados de cordeiro. adaptadas à disponibilidade de alimentos e às características de cada região do país. tortilla de batata e cebola. além de aves e forte presença de embutidos.. Castela. especiais para cozinhar tortillas. Oprato valenciano mais característico é a paella.. como as que levam enchovas envoltas em pimentão Pratos clássicos A paella é o prato mais conhecido e talvez o mais apreciado fora das fronteiras espanholas. atividade muito praticada nas estalagens da Idade Média. pernil de cordeiro ao forno e pudim de laranja. A grande variedade de produtos. A cozinha basca (norte) é considerada por muitos a melhor do país. Há diferentes versões dessa receita típica. como gaspacho andaluz. com muitas receitas que misturam frutos do mar e variados tipos de carne. tortillas. deliciosos petiscos consumidos entre as refeições.. quase sempre acompanhados de vinho ou cerveja. Quase Na Galícia (noroeste). Entre eles: paellera (uma grande frigideira de duas alças). arrematadas com alcaparras. mas os peixes fritos também têm lugar de destaque na alimentação diária. almôndegas. Madri e San Sebastián são famosas (também) por seus bares de tapas. azeitonas. Outros relacionam as tapas aos / !fi r:..Diversidade regional A influência de diferentes povos que se fixaram na península Ibérica. cabrito ou porco. . carnes vermelhas e legumes. métodos de preparo e formas de servir espanhóis requerem utensílios específicos. aliada a outros fatores. Na Andaluzia (sul). A cozinha catalã. que podem ir do forno direto à mesa. como a geografia. na fronteira com a França. Há versões sofisticadas de banderillas (tapas no palito). Cidades como Barcelona. os espanhóis são grandes apreciadores de tapas. queijo regado com azeite. são famosos os caldos à base de carnes e vegetais. frutos do mar empanados ou ao vinagrete. Este fascículo apresenta vermelho.. e outros aparatos próprios para preparar e degustar frutos do mar.La Mancha e Extremadura. pescada. mas o hábito de oferecê-Ias como cortesia a bebedores assíduos praticamente desapareceu. predomina o consumo de arroz. tudo é servido com palitinhos ou sobre fatias de pão.J . originou diversas cozinhas regionais. Utensílios peculiares mezzé árabes.. peixes e frutos do mar. A variedade de tira-gostos é tão grande como a diversidade da cozinha espanhola.

o pão (com a água em que ficou de molho) e a cebola até obter uma pasta cremosa (se preferir. o Rendimento: 6 porções (por porção) 450 24.---------- azeite de oliva.Mrllir primeiro o caldo frio em taçar.r. Coloque em uma sopeira. Cozinhe em fogo médio por 20 minutos. --- . deixe o feijão-branco molho em bastante água.óar. >Acrescente o salame. do tomate e do pepino em cubinhos e dos croutons. Escorra em papel absorvente.69 8. à parte. > Acrescente (o suficiente mais água à panela com o osso para cobri-Io) e junte o feijão. quenteJ:. >Doure os croutons em 2 colheres (sopa) de EJ:.99 por 15 minutos. esmigalhe acrescente os pães e a água gelada. Modo de preparo > Em uma tigela. os tomates. . regado com o restante do azeite. de regado com o azeite.4g 36.tecozido COI/J:.- - I xícara (chá) de água --. Deixe amolecer > No dia seguinte. o alho. > Sirva o gaspacho gelado.- 3 dentes de alho 2 pimentões -- ---- (I verde e I vermelho) 4 colheres (sopa) de azeite de otiva 1/2 cebola 4 colheres (sopa) de azeite de otiva Sal I colher (sopa) de vinagre de xerez I xícara (chá) de croutons (pão torrado em cubinhos) bata tudo no Uquidificador). e. > Centrifugue pimentões.verÁôlMdeJ!Jta receita. se necessário.250 g de feijão.branco 100 g de bacon em cubinhos --400 g de batatas cortadas em cubinhos I maço de radicchio picado 200 g de salame (de preferência picante) em pedacinhos sem sementes - - . Gaspacho ulldult Ingredientes 2 pães C~ Ingredientes . os Valor nutricional Valor nutricional 1/2 pepino. Depois. acompanhado. a batata e o radicchio à panela.Mada Andaluzia é a mau' conhecida e apreciada. o alho. descarte a água para eliminar excesso de gordura e sal (se houver). Sirva imediatamente. componenteJ:.- ~ ("\ Entre ar. . e. outroJ:.e numa mfeição completa: você pode . numerD. junte um pouco mais de água e cozinhe por 1 hora em fogo baixo. Prove e ajuste o sal. depou'.. OJ:. Acrescente o vinagre e sal a gosto. sempre acrescentando água para não reduzir o caldo. cubra com filme plástico e leve à geladeira por 2 horas. cubra o osso de presunto Rendimento: 6 porções (por porção) 198 19 29.49 com água e cozinhe por 30 minutos.titui-J:.-- (reserve metade -- --- .79 22.. r Modo de preparo > De véspera.gelada I kg de tomates sem pele e sementes (reserve 2 cortados em cubinhos) I pepino descascado em cubinhos) I osso de presunto (ou costetinhas de porco) . o bacon..-..

a salsa e uma pitada de sal e besunte as lulas. Arrume as lulas no centro e cubra. Distribua as folhas em uma saladeira e regue. e proe eda como em rodelcu na receita.as ao forno por 15 minutos para terminar o cozimento e formar um caldo.as com o vinagrete. rasgue as folhas e deixe escorrer..6g 12.Me nua. Ne. Coe o caldo e deixe esfriar. >Coloque as lulas em um refratário e leve. 1 colher (sopa) de azeite.4g --- . corte-eu a. Rendimento: 4 porções Valor nutricional (por porção) 218 21.ó.Ingredientes 1/2 kg de lulas pequenas e limpas ---6 colheres (sopa) de azeite de otiva Modo de preparo >Em uma panela antiaderente.ó 9rande. .~. >Lave as verduras. mexendo sempre e por tempo suficiente para que não mudem de cor.9g 4.ó peq1/ella.as com o caldo do cozimento. >Prepare uma pasta com o alho. aqueça 4 colheres (sopa) de azeite e refogue as lulas em fogo alto. >Misture o vinagre com o restante do azeite e sal a gosto. -- --- 1dente de alho 1ramo de salsa picadinha ----- 2 colheres (sopa) de vinagre -1/2 pé de alface roxa ---- 1/2 pé de alface crespa 1/2 maço de rúcula ou endívia Sal Sr não encontrar lItilízr lula.

aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar transparente. Junte a cebola refogada e a batata frita e misture bem. polvilhe sal e reserve. Vire a tortilla e doure do outro lado (use um prato para ajudar a virar). Sirva decorada com raminhos de salsa.Ingredientes 2 batatas médias Óleo para fritar Sal I cebola fatiada 4 ovos batidos Raminhos de salsa para decorar 2 colheres (sopa) de azeite Modo de preparo >Descasque as batatas e corte-as em rodelas finas. cebola e batata.. r Rendimento: 2 porções (por porção) 352 15. >Deixe cozinhar em fogo brando até que esteja consistente por cima e dourado por baixo.89 29. Pode ser servida até mesmo friG. distribuindo-a por igual. >Em uma frigideira grande. . cortada em cubos. Frite-as. >Bata os ovos com uma pitada de sal. como aperitivo.J ~r "" . .19 Valor nutricional = : : . - Esta receita simples e s(lborosa é um autêntico clássico da cozinha espanhola. >Aqueça a mesma frigideira em que refogou a cebola (sem lavar) e acrescente mais azeite se necessário. Escorra em papel absorvente. até dourarem levemente. aos poucos. Despeje a mistura de ovos. em óleo quente.29 19.

7g 10. Acrescente a polpa da berinjela reservada e as carnes e deixe cozinhar por 5 a 7 minutos_ Adicione o champignon e tempere com sal e pimenta a gosto. 3 colheres (sopa) de azeite de oliva e quantidade extra para regar as berinjelas 400 g de champignon fresco I dente de alho picadinho ---------- I colher (sopa) de salsa bem picadinha . sem parar de mexer. aqueça 2 colheres (sopa) de azeite e refogue a cebola e o pimentão. Sirva imediatamente.- - . uma > Preencha as metades de berinjela com essa mistura. Rendimento: 4 porções Valor nutricional (por porção) 323 21. Junte o champignon e a salsa e deixe cozinhar por cerca de 3 minutos. carne (de !laca ou meM/lO de frar/go) e trocar o champi9/1on por fUr/ghi.Berirljela recllcuda Ingredientes 4 berinjelas médias Modo de preparo --------. polvilhe o queijo ralado por cima e leve ao forno para gratinar por cerca de 10 minutos.8g 21.- - Você pode pariar o recheio utilizQndo aper/Q.J:. 150 g de carne de porco cozida e moída (ou bem picada) - ------ 150 g de vitela moída (ou bem picada) ---I cebola cortada em cubinhos I pimentão vermelho cortado em cubinhos Sal e pimenta-do-reino 40 g de queijo ralado . > Em outra panela.-- >Corte as berinjelas ao meio. Leve ao forno quente por cerca de 15 minutos. Coloque as metades em uma forma e regue-as com um fio de azeite. Retire e reserve parte da polpa..-- . Espere esfriar e pique o champignon em cubinhos.5g --- .- >Aqueça 1 colher (sopa) de azeite e refogue o alho.

de ambos os lados. >Acrescente o peixe. Cozinhe em fogo médio por cerca de 10 minutos. >Triture a salsa. frite a fatia de pão.Tamboril corrl uutut(!:~ aromatizado com alho Ingredientes 800 11 n~ « I' I~ JI Rll ~ -- Modo de preparo g de postas de tamboril ---- >Salgue as postas de peixe e deixe tomar gosto por 20 minutos. ajuste o sal e cozinhe por mais alguns minutos. Descarte o alho e acrescente o molho de tomate.lI?chama cada di mApa. as avelãs e a fatia de pão frito até obter uma pasta homogênea. >Em uma panela. parar de mexer. onde . aqueça o restante do 400 g de batatas em pedaços --- 5 dentes de alho cortados em dois ou três pedaços --2 tomates amassados e peneirados 1colher (chá) de páprica doce . imediatamente. Escorra em papel absorvente e reserve.. passe-as pela farinha (bata com a mão para retirar o excesso). mexendo sempre. Sirva quente. aqueça 5 colheres de azeite e frite o peixe. em Portugal e na Itâ/ia. >Na mesma frigideira.4 9 18.49 . Junte a batata e cozinhe por 10 ou 15 minutos. Agregue a pasta reservada e mantenha no fogo por aproximadamente 5 minutos. Reserve. 1/2 litro de água. >Junte a páprica doce e adicione. Rendimento: 4 porções Valor nutricional (por porção) 432 39. nuu dI' muito preMigio na E:Apanha. sem . >Em uma frigideira antiaderente. principalmente em Veneza. azeite e frite o alho até dourar (para aro matizar).19 27. até dourar. Acrescente um pouco de água para facilitar o processo. Depois.-Ia colheres (sopa) de azeite de oliva -Sal 2 colheres (sopa) de farinha de trigo 1/2 litro de água Folhas de 2 raminhos de salsa 5 avelãs 1 fatia de pão o tamboril é um peixe pouco conAumido no 8raAil..

aqueça 2 colheres de azeite e refogue a cebola e o alho. >Antes de retirar do fogo pela última vez. corte-o em postas de cerca de 200 g cada. >Coloque o bacalhau sobre o cozido e. Rendimento: 6 porções (por porção) 678 51.2kg de bacalhau (de preferência lombo) 2 xícaras (chá) de azeite de oliva extravirgem 12dentes de alho em fatias 1pimenta-dedo-de-moça fatiada - - 1cebola grande picadinha 2 dentes de alho picadinhos 6 colheres (sopa) de azeite de otiva Uma da. ajuste o sal. se necessário. sem mexer. Sirva Modo de preparo >Lave o bacalhau. Quando o a girá-Ia sem parar até o azeite reaquecer. Esse processo leva cerca de 2 horas.do. com a panela tampada. formando um molho branco e levemente espesso.reino -- - >Acrescente a páprica e o vinho. sempre cuidando para que o azeite não esquente muito. Repita várias vezes essa operação. os em 4 colheres de azeite. tempere com sal e pimenta a gosto e cozinhe por uns 5 minutos. a "gelatina" do bacalhau irá se soltar e se misturar com o azeite. Troque a água 3 vezes ao dia. Vire para dourar dos dois lados. para que o bacalhau não desmanche. >Escorra o bacalhau e retire as espinhas com cuidado para não desmanchar as postas. cubra com água e deixe na geladeira por 48 horas.habol: I pimentão vermelho e 1verde cortados em pedaços -de I cm 4 tomates triturados --- - e peneirados Sal e pimenta. a abobrinha e o molho de tomate e mantenha em fogo médio por cerca de 10 minutos. >Em uma panela grande.J iTl9redie1!te. retire tudo da panela. Adicione a berinjela. Rendimento: 4 porções Valor nutricional (por porção) 412 47. >Aqueça o azeite em uma frigideira grande ou panela de barro e junte as fatias de alho e de pimenta.Bacalhau da Cota1UI1}lO Ingredientes 700 g de bacalhau dessalgado. sem sobrepor as postas.4g 19. Oazeite deve cobrir o peixe.7g 16g alho começar a dourar. >Afaste a panela do fogo e distribua o bacalhau com a pele virada para baixo. deixando apenas o azeite. >Volte a panela para o fogo baixo e comece 11 Valor nutricional . Afaste a panela do fogo por alguns instantes novamente. Espalhe o alho e a pimenta por cima e sirva quente.lJ receitcw de - - bacalhau que conheço.lJ me/llOre.2g 4. em seguida. cortado em pedaços 3 colheres (sopa) de farinha de trigo -1berinjela grande cortada em cubinhos -1abobrinha cortada em cubinhos Ingredientes 1. Assim.J e muito . coloque-o num recipiente com a pele voltada para cima. mexendo sempre. Junte os pimentões e cozinhe por cerca de 5 minutos. deixe em fogo baixo por cerca de 15 minutos. Seque-o com um pano e reserve.9g 49g 1colher (sopa) de páprica doce 1/2 taça de vinho branco Modo de preparo >Passe os pedaços de bacalhau pela farinha e frite. com pouco. Escorra em papel absorvente.

para a A paella é o prato mais conhecido e talvez o mais apreciado da culinária espanhola. resultado da grande variedade de ingredientes que o mar e a terra oferecem. Junte o tomate triturado e o frango e mexa por 2 a 3 minutos. >Pouco antes de o arroz estar cozido. Se necessário. cubra com papelalumínio e deixe descansar por 5 a 7 minutos em local aquecido antes de servir. A partir daí.- --- 12mexilhões limpos com a casca -- . Adicione a cebola e o pimentão à panela e refogue.II Paella Ingredientes .400 g de arroz lavado e escorrido Modo de preparo . diller. Escorra-os em papel absorvente.7g . aromático e colorido.. para que o arroz não grude no fundo. Em seguida.. pae/lereu. eApecializadeu. Substancioso.óoA tamaTlho. Reserve. junte os mexilhões e reduza o fogo.em cubinhos 1cebola ----- grande cortada ------- Cerca de I litro de água quente (ou caldo de peixe) 2 tomates sem pele e sementes vermelho triturados 1/2 pimentão 4 colheres e 1/2 verde em cubinhos (sopa) de azeite de oliva ou descongeladas) 1xícara (chá) de ervilhas (frescas ---Sal 1colher (chá) de açafrão-da-terra ------ Em lojeu. Retire-o e reserve. Apenas balance a paellera ou mude-a de lugar sobre a chama.).ó.limpos e inteiros -- 12camarões - - grandes. Rendimento: 6 porções Valor nutricional (por porção) 567 419 63. cozinha em material de e nWAmo em AupennercadoA. - 300 g de lulas cortadas em anéis - . agregue as lulas e as ervilhas e mexa delicadamente.&ta receita. - .. acrescente os camarões. >Quando o caldo reduzir à metade. preparação dl'. Cozinhe em fogo médio por alguns minutos. acrescente mais água ou caldo de peixe. mexendo sem parar.2g 16. representa uma refeição completa. deixe a colher de lado.. >Retire a paellera do fogo. >Na mesma paellera. doure o frango. e cozinhe por cerca de 5 minutos.- - >Aqueça o azeite em uma paellera e frite e sem pele. dispondo-os de forma decorativa. Junte 1litro de água quente (ou caldo de peixe) e tempere com o açafrão e sal a gosto.. com dua/J al(:oAJ de ideau. >Acrescente o arroz e refogue. 1/2 kg de peito de frango desossado cortado em cubos os camarões rapidamente. voeI? pode encontrar (frigideira.

>Em uma panela grande.reino e o alho. Deixe tomar gosto por 30 minutos. > Adicione a cebola e a cenoura ao 7.8kg) Sal e pimenta-do.reino 4 dentes de alho amassados 3 colheres (sopa) de azeite de oliva 3 cebolas grandes fatiadas 3 cenouras em rodelas 1/2 garrafa de xerez 300 g de champignons frescos. frango e deixe cozinhar por 3 ou 4 minutos.I 'ruJngoao Ingredientes 1frango em pedaços (1. I o vinho da receita. Sirva quente. no sul da Espanha. pimenta. ao redor da cidade Jerez de La Frontera. Modo de preparo >Tempere o frango com sal. Sherry ou Xerez .e é produzido na região da Andaluzia. limpos e inteiros Raminhos de salsa para decorar xerez do. junte os champignons.6g Valor nutricional 11 li li I. >Acrescente o xerez. acrescentando mais água ou xerez se necessário para manter o volume do caldo. possui três nomes oficiais . >Por fim. 7. ---- I I---- - Rendimento: 6 porções (por porção) 412 61. por sua tradição histórica.4g 14. Cozinhe em fogo baixo por cerca de 45 minutos.Jerez. decorado com raminhos de salsa.1 9 iIJ . tampe a panela e cozinhe por mais 5 minutos. mexa e tampe a panela. aqueça o azeite e doure os pedaços de frango dos dois lados. Ajuste o sal.

distribua as batatas ao redor da carne e . o ramo de alecrim ou tomilho e o alho. espalhe o azeite e arrume a carne no centro.<leu trabalho.<l.5kg) 6 dentes de alho com a casca.C). frite as batatas sem deixar que dourem e escorra-as em papel absorvente_ >Quando o pernil estiver quase pronto.ar o pernil. >Retire do forno e deixe descansar por cerca de 5 minutos. Modo de preparo >Desosse a carne sem desmanchá-Ia e besunte-a com a manteiga e um pouco de sal e pimenta-do-reino. Envolva-a com o tomate. regando sempre com o caldo do assado (cerca de 1 hora e meia). asse por mais uns 15 minutos ou até as batatas dourarem.1 'o. até começar a dourar. Se precisar. a cebola. " I tomate cortado ao meio Sal e pimenta-do-reino 2 colheres (sopa) de azeite de otiva 2 colheres (sopa) de manteiga 125ml de conhaque 2 cebolas médias cortadas ao meio 4 batatas cortadas em rodelas de 0. a folha de louro. amassados com uma faca 1 ramo de alecrim 1folha de louro ou tomilho J. Vire-a para que doure por igual. Asse em forno preaquecido em temperatura média-alta (200.7g 50.ho. Rendimento: 6 porções (por porção) 695 41. >Enquanto isso. >Em um refratário. regando a carne de vez em quando com o caldo que se forma. para que cozinhe bem sem queimar.~( a l'Qrn!! com 0. você pode pedir ao QçOU9Uelro para de. coloque um pedaço de papel-alumínio somente sobre a carne.1O 1"\.Pernil de COrde!llJlt~} Ingredientes I pernil de cordeiro (cerca de 1.8g Valor nutricional = . ] tl )1]1 ][ fiR .. Fatie a carne e sirva-a acompanhada das batatas e regada com o molho coado. ou enr. >Adicione o conhaque e mantenha a carne no forno até estar bem dourada.6g 17.5 cm Óleo para fritar Pare facilitar .

-ltlllalla Modo de preparo >Misture as gemas com o amido de milho. capa de caramelo. polvilhe açúcar sobre os cremes. se preferir. Espere esfriar e leve para gelar. Sirva acompanhado de biscoitos champanhe ou inglês.89 12. -- -/ ) Ainda que a característica deste creme seja o açúcar queimado. >Coloque o leite para ferver com o açúcar. Pressione uma espátula ou colher bem quente sobre o açúcar para obter uma -- 100 g de açúcar e quantidade extra para caramelar --- 5 gemas 1colher (sopa) de amido de milho " ---- Raspas de 1limão I pedaço de canela em pau Biscoito inglês ou champanhe para acompanhar A crema catalana é a variante eApanhola do creme brullé. coe o leite e misture-o com as gemas (se preferir. Quando levantar fervura. ) Rendimento: 6 porções Valor nutricional (por porção) 339 10.29 44. retire do fogo. deixe que cozinhe em fogo baixo até adquirir consistência cremosa.Crema Ingredientes I litro de leite ('. mexendo sempre. É possível também IIgratinar" os cremes no forno por alguns minutos. você pode apenas polvilhar um pouco de canela em pó sobre ele. Retire do fogo e distribua em taças individuais. >Na hora de servir. a canela e a casca de limão.79 ~ -- li . Leve ao fogo novamente e. bata tudo no liquidificador).

= .2g 114..obreme. misture os ovos.~ \~/ -- .ta .-- Raspas de 1laranja (sem a parte branca) ---- 600 ml suco de laranja ..2 9 14. >Desenforme os pudins em pratos individuais e decore com gomos de laranja e folhas de hortelã. >Leve o suco de laranja e o restante do açúcar ao fogo para cozinhar até o volume reduzir à metade.de Gomos de laranja e galhinhos de hortelã para decorar . Reserve.f. próprias para pudim. Unte 4 forminhas individuais. enfiando um palito.Qbor (!. Passe a mistura pelo coador.Pudim de larui 1 Ingredientes 2 xícaras (chá) de açúcar J ~l Modo de preparo >Derreta 1 xícara de açúcar e. este saia limpo.:. as gemas e as raspas de laranja. >Em uma tigela grande. Espere esfriar e leve para - -- 1/2 xícara (chá) de água ----- 4 ovos e 2 gemas .f. Valor nutricional (por porção) 632 11. acrescente a água. em seguida. / A cCLlca e o .pecial a e. batendo sempre até obter um creme.f.f.f.maria por cerca de 40 minutos ou até que. >Distribua o creme pelas forminhas e leve. Retire e deixe esfriar. Deixe ferver até adquirir consistência de um caramelo leve..=.5g . >Adicione a calda de laranja aos poucos à tigela de ovos.MICOde laranja 11m .Q l>impleJ> e muito fácil ----de preparar.-- - -------conferem gelar por umas 4 horas. ----- Rendimento: 4 porções /' '/r. as ao forno em banho.

Este doce é preparado para comemorar o Dia de Santiago.6g ii cartolina. Peneire açúcar de confeiteiro e. Valor nutricional 29. Misture bem. retire a cartolina. >Prepare o recheio: junte as amêndoas. bata 2 ovos e acrescente a manteiga. depois... extra 100 g de manteiga e quantidade extra para untar 200 g de farinha de trigo e quantidade para enfarinhar 300 g de amêndoas trituradas 1/2 kg de açúcar 1colher (sopa) de canela em pó 1taça de xerez doce -- -- 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro para polvilhar . a canela. > Espalhe o recheio sobre a massa de maneira uniforme. > Espere esfriar e desenforme. os ovos restantes e o xerez.3 9 73.. com a parte do recheio para cima. Corte o excesso de massa com uma faca e leve a torta ao forno em temperatura média até que asse. o açúcar. patrono da Galícia. recorte e centralize sobre a torta.. Faça diversos furos na massa com um garfo. para não estufar enquanto assa. mas sem deixar que fique muito seco. >Estenda a massa com um rolo sobre uma --superfície enfarinhada.. Faça o molde da ..Torta de SaIltlago Ingredientes 8 OVOS Modo de preparo >Prepare a massa: em uma tigela. Forre o fundo e a lateral de uma forma redonda própria para tortas untada e enfarinhada (de preferência com o fundo removível). A cruz desenhada com açúcar de confeiteiro na superfície distingue esta torta. Vá adicionando farinha aos poucos e amassando até obter uma bola.1 9 no próximo fascículo: Cozin a argentina . Cruz da Ordem de Santiago em uma j' -: Rendimento: 10 porções (por porção) 609 13. que reúne os sabores marcantes da canela e do xerez.