You are on page 1of 3

Direito Penal

Extinção da Punibilidade | Anistia, Graça e Indulto | Retratação | Dos crimes contra a honra EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE__________________________________________________
ART. 107 – M A A R R P P *Não há mais extinção da punibilidade pelo casamento. Morte do Agente Abolitio Criminis (extingue todos os efeitos penais) Anistia/Graça/Indulto Renúncia/Perdão do ofendido Retratação Perdão Judicial Prescrição/Decadência/Perempção

ANISTIA
Pelo Congr. Nacional por meio de lei. Diz Respeito a Fatos. Ex. Crimes políticos de 60. Pode ser concedida durante o processo de conhecimento, quanto o processo de execução. Por ser lei, é sempre geral e abstrata.

GRAÇA
Também conhecido como indulto “individual”. Concedido pelo P.R. por meio de decreto. Diz respeito à pessoa. Somente durante o processo de execução. Para presos já condenados – estarão dispensados de pena. É individual. É provocada.

INDULTO
Concedido pelo P.R. por meio de decreto. Ex. Cristo e Barrabás Diz respeito às pessoas Somente durante o processo de execução. Para presos já condenados – estarão dispensados de pena. É coletivo. É voluntário.

Obs.: Os três benefícios podem ser concedidos de forma total ou parcial, condicionada ou incondicionada. O indulto parcial recebe o nome de comutação de pena. Obs.: Os crimes hediondos ou equiparados (Tortura, Tráfico e Terrorismo) não admitem anistia, graça e indulto, além de não admite a liberdade provisória com fiança.

1

www.oJurista.com.br

salvo quando a ofensa disser respeito a funcionário público no exercício da função. *Pedido de Explicações em Juízo: pode ser feito quando as frases ou alusões forem dúbias. ou chefe de governo extrangeiro. ainda.oJurista. condição de pessoa idosa ou deficiência. pelo crime imputado já houve sentença absolutória irrecorrível. difamação e falso testemunho. o fato não pode ser criminoso. é homos. A injúria pode ser real1 ou preconceituosa2. mas não importa o conteúdo verdadeiro ou falso. que pela sua natureza. não importa se o homos. mas sem fato imputado.RETRATAÇÃO Admitem a retratação: calúnia. Se a vítima for chamada de estelionatária. não será calúnia. Atinge a integridade física e a honra. *Falso Testemunho: até a sentença em que o falso foi prestado. Admite retratação (reparação do dano) até a sentença. Quando o agente utiliza violência ou vias de fato. *Imputação de Contravenção: é difamação. será calúnia. Injúria não admite. 2 A injúria que utiliza elementos de cor. CALÚNIA Imputar falsamente fato definido como crime.R. Consuma-se quando do conhecimento de terceiros. DIFAMAÇÃO Imputar fato ofensivo à reputação. PRESCRIÇÃO 1) Crimes imprescritíveis: ação de grupos armados contra o Estado democrático de direito e racismo. ou não. 2) Termo inicial: a regra é que a data inicial se dá na consumação do crime. Consuma-se quando do conhecimento de terceiros. *Retratação não é o pedido de desculpas. Não admite exceção da verdade (ex.No racismo. sendo mera atribuição de qualidade negativa (ex. Para a difamação. INJÚRIA Ofender dignidade ou decoro. é na data do último ato de execução. se considerem aviltantes. devendo ser necessariamente ofensivo. Não admite exceção da verdade. injúria. Tutela-se a honra objetiva. 1 2 www. Os crimes hediondos prescrevem. religião. e sim. origem. há interesse público. sinal com o dedo ). na data em que cessar a permanência. Consuma-se quando do conhecimento da vítima. fato imputado é de ação penal privada e não houve. A divulgação de fatos criminosos verdadeiros não condiz com crime nenhum. o agente deseja segregar todas as pessoas de determinado grupo racial. Tutela-se a honra subjetiva. No crime permanente. A regra é que admite exceção da verdade. Admite retratação (reparação do dano) até a sentença. A injúria não possui fato. etnia.com. Não admitirá quando: ofendido é P. religioso etc. sentença condenatória irrecorrível. Na tentativa. Tutela-se a honra objetiva. Sendo a informação mentirosa. Incompatível com a Retratação.br . raça.

sentença de pronúncia.oJurista. 3) Causas interruptivas: recebimento da denúncia ou queixa. na data em que o crime se tornar conhecido (Ex. 4) Prazo penal: exclui o dia do final.Nos crimes de bigamia e de adulteração de assentamento de registros civis. Caso do Pedrinho).br .com. 3 www. acórdão confirmatório da pronúncia e publicação da sentença ou acórdão condenatórios recorríveis.