You are on page 1of 6

Seminários de Liderança

Resumo dos Capítulos p/ a Prova
(23 de Novembro de 2011)

HBR – Capítulo 1 – Liderança que Obtém Resultados

Os Tipos de Lider (6): Coercivo, Confiável, Agregador, Democrático, Agressivo e Conselheiro.
Os modos de ação dos líderes O estilo em uma frase Implícita competência da Inteligência Emocional Conduzir à execução, iniciativa, autocontrole Autoconfiança, empatia, mudança estimulante Quando os estilos funcionam melhor Impacto abrangente no clima

COERCIVO

Exige imediata obediência

“Faça o que digo”

CONFIÁVEL

Mobiliza pessoas em direção a uma visão

“Venha comigo”

AGREGADOR

Cria harmonia e constrói laços emocionais

“As pessoas vêm primeiro”

Empatia, construção de relacionamentos, comunicação

DEMOCRÁTICO

Forja consenso através da participação

“O que você pensa”

Colaboração, liderança de equipe, comunicação

AGRESSIVO

Estabelece altos padrões de desempenho Desenvolve pessoas para o futuro

“Faça como eu faço, agora”

Consciência, conduzir à execução, iniciativa Desenvolver os outros, empatia, autoconsciência

CONSELHEIRO

“Tente isso”

Em uma crise, no pontapé inicial de uma crise ou com problemas de funcionários Quando as mudanças requerem nova visão ou quando é necessária uma clara direção Na cura de rupturas em uma equipe ou na motivação de pessoas durante circunstâncias estressantes Na consolidação ou no consenso, ou para obter contribuição de funcionários de valor Na obtenção de resultados de uma equipe altamente motivada e competente Na ajuda de um funcionário a melhorar o desempenho ou desenvolver força a longo prazo

NEGATIVO

Muito fortemente POSITIVO

POSITIVO

POSITIVO

NEGATIVO

POSITIVO

Avaliar suas características e necessidades. seja baseado em subordinação e honestidade. autoconfiança) . seja caracterizado por expectativas mútuas. consciência organizacional) e habilidade social(liderança visionária. recompensas.CLIMA . incluindo: Forças e fraquezas. padrões. auto avaliação. os níveis de padrões que as pessoas ajustam. orientação de proezas. iniciativa).“Gerenciar relacionamentos de baixo para cima” – “processo de trabalhar conscientemente com seu superior para obter os melhores resultados possíveis para você. estilo de trabalho preferido. influência. . quais sejam.” Quanto mais estilos um líder possuir e quanto mais facilmente ele alternar entre os mesmos. HBR . a clareza que as pessoas têm a respeito de missões e valores. incluindo: Metas e objetivos. seu chefe e a empresa”. estilo pessoal. e.. forças. melhor serão seu desempenho e o clima da organização. pontos cegos. construir laços. “(. Lista de Verificação para o Gerenciamento de Seu Chefe: Compreender seu chefe e o contexto em que ele trabalha. mantenha seus chefes informados. consciência social (empatia. estado-consciente. responsabilidade. quanta liberdade os funcionários sentem para inovar o não-sobrecarregado pela burocracia. fraquezas. compromisso. Desenvolver e manter um relacionamento que: Seja adequado às suas necessidades e estilos. finalmente. mudança catalisadora. seus sensos de responsabilidade com a organização. Inteligência Emocional: “habilidade de dirigir eficazmente a nós mesmos e a nossos relacionamentos. confiança. utilize de modo seletivo o tempo e os recursos de seu chefe. o senso de precisão sobre o feedback de desempenho e adequação às recompensas. predisposição a depender de figuras de autoridade. gerenciamento de conflitos.Capítulo 3 – Como Gerenciar Seu Chefe . trabalho de equipe e colaboração). pressões. o nível de compromisso para um propósito comum. desenvolver os outros. de forma a alcançar melhores resultados..Fatores-chave que influenciam o ambiente de trabalho da organização(6): flexibilidade. adaptabilidade. consiste em quatro capacidades fundamentais”: autoconsciência (autoconsciência emocional. comunicação. clareza.) suas flexibilidades. autogerenciamento (autocontrole.

ou seja. é necessário que seja criado um vínculo de confiança entre ambas as partes. uma comunicação franca e honesta com os subordinados é de extrema relevância para que ele obtenha as informações necessárias. É função do bom gerente reconhecer sinais de problemas na organização. .integridade: um bom gerente ainda deve ser imparcial e objetivo. São seis as categorias de fatores que afetam a confiança e a franqueza dos subordinados com seus superiores: . . políticas e problemas da organização. não há certeza se informações relevantes estão ou não sendo omitidas pelos subordinados. devendo ele aproveitar qualquer oportunidade para que isso seja feito. orientar e incentivar pessoas. é frequente a omissão de informações.respeito: ao ouvir os subordinados e tomar decisões com base em suas opiniões. o gerente acaba por nutrir o respeito por parte dos mesmos. Assim.apoio: o gerente também deve desenvolver o papel de ajudar. o gerente deve demonstrar alto nível de habilidades técnicas e profissionais dentro da organização. No entanto. . Para isso. Dessa forma. Cabe ao gerente a solidificação da confiança de seus subordinados. É através dessa comunicação que se pode identificar sinais importantes de alerta para incrementar tais informações. Cinco dos sinais de alerta: . Para que haja sinceridade e franqueza dos subordinados em direção ao gerente. Um comportamento hipócrita e antiético por parte do gerente acaba afetando de forma altamente negativa a confiança de seus subordinados. . A forma mais comum de um gerente ser informado sobre os problemas da empresa é ser informado por seus subordinados.competência: por fim. não há certeza de que os subordinados estão de fato do lado de seus superiores imediatos. Autoproteção: É clara a inclinação dos subordinados em pensar em seus superiores como juízes. devido a tentativas dos subordinados em protegerem a si próprios ou até mesmo os clientes da empresa. há relutância por parte dos subordinados em transmitir essas informações a seus superiores.previsibilidade: o comportamento do gerente deve ser consistente. Política: Devido ao fato de que as organizações são sistemas políticos.comunicação: o gerente deve manter seus subordinados informado sobre decisões. só “dar crédito ao que é devido”. estimulando suas ideias e sugestões. . devendo ele cumprir toda e qualquer promessa assumida.HBR – Capítulo 5 – Ninguém Confia Plenamente no Chefe – E Agora? Os bons gerentes são capazes de identificar problemas sérios antes que eles tragam grandes despesas e desastres.

para difundi-las a seus subordinados. . . Sugestões viram Informações: Quando o gerente identifica alterações comportamentais em seus subordinados.Integridade: requer honestidade e confiabilidade do líder. . Podem ser definidas cinco dimensões básicas que fundamentam o conceito de confiança. . os subordinados tornam-se menos comunicativos.Lealdade: disposição do líder a proteger e defender os outros.. difundir e criar informações”. Vale ressaltar que o sucesso desse procedimento depende do nível de confiança adquirido. rotinas. .deterioração moral: subordinados cooperam menos. quando tais sinais surgem. É essa habilidade de fazer as informações fluírem que possibilita o surgimento de uma rede de informações. da qualidade da produção e dos pedidos recebidos. ou seja. .sinais externos: podem surgir por parte de clientes ou até mesmo de outras divisões da empresa. Redes de Informações: Gerentes eficazes possuem a habilidade de “consumir. .mensagens verbas ambíguas: surgem devido à relutância dos subordinados em divulgar informações ou ainda pelo interesse do subordinado em testar seu superior. deve obter informações suplementares deles. “juntar fatos isolados e interpretá-los para os outros”. São elas: . No entanto. frequentemente o problema já trouxe prejuízos a empresa.Consistência: segurança. Porém.Competência: são as habilidades técnicas e interpessoais do líder. as reclamações aumentam. podendo até surgir comportamentos agressivos como irritabilidade. deve-se tomar cuidado na interpretação desses sinais.sinais não-verbais: subordinados apresentam mudanças nos hábitos. . . Eles possuem talento para saber usar as informações para resolver problemas. de forma a atrair mais informações e para cria-las. através de indagações. como redução da produtividade. ROBBINS – Capítulo 12 – Questões Contemporâneas Sobre Liderança “Confiança é uma expectativa positiva de que a outra pessoa não irá agir de maneira oportunista”. capacidade de julgamento apresentada pelo líder.Abertura: líder deve passar a imagem de que tem total confiança nos outros. sem nenhum vínculo com a organização.declínio do fluxo de informações: nota-se uma redução nas fontes de informações. Adquirir a confiança de alguém é um processo que leva tempo e experiências relevantes. uma vez que tais mudanças podem tem origem em problemas pessoais dos subordinados.

.“Confiança gera confiança”. Dessa forma.Confiança baseada na Identificação: atingindo apenas quando existe uma conexão emocional entre líder e liderado. . Liderança Carismática: Segundo a Teoria da Liderança Carismática. “quando os liderados confiam em seu líder.“Downsizing testa o mais alto grau de confiança”. são sensíveis ao ambiente e às necessidades de seus subordinados e apresentam comportamentos não convencionais. os liderados veem o líder carismático como alguém de “capacidades heroicas ou extraordinárias de liderança”.“Desconfiança destrói confiança”. . estão dispostos a se colocar em vulnerabilidade em razão das ações dele”. Nesse processo.Confiança baseada no Conhecimento: nem sempre a confiança é quebrada caso haja alguma violação por parte dos liderados. As pessoas cumprem suas obrigações por medo de represálias. torna-se desnecessário o monitoramento de ambas. devido à presença de uma lealdade inquestionável. Dessa forma o líder adquire maior acesso ao conhecimento e à cooperação do grupo. A confiança no líder faz com que o desempenho do grupo se eleve e aumenta sua credibilidade.Confiança baseada na Intimidação: funciona quando a punição é de fato aplicável e aplicada. . .Confiança está atrelada à Liderança. Podem ser identificados três Tipos de Confiança nas relações organizacionais: . Esse tipo de confiança se baseia no conhecimento da outra parte e na previsibilidade de seu comportamento. Princípios Básicos da Confiança: .Um líder carismático influencia seus liderados apresentando uma visão atraente. . inspirar pessoas. . Ainda mais.Características de um líder carismático: Possuem uma visão.“Crescimento muitas vezes mascara desconfiança”.“Desconfiança destrói o grupo”. o líder define quais aspectos de um tópico devem ser exaltados e quais devem ser omitidos da observação. . . Qualquer erro pode destruir a relação de confiança entre líder e liderado. .“Desconfiança geralmente reduz a produtividade” Enquadramento: Utilização da linguagem para moldar significados e mover. estão dispostos a correr riscos pessoais. demonstrando sua confiança em seus subordinados de que conseguirão atingir suas expectativas e se submetem a corre riscos pessoais para demonstrar coragem e confiança em sua visão. As partes entendem os interesses e intenções uma da outra. inovadores.“Confiança aumenta a coesão”. .

deve incorporar os cinco componentes da inteligência emocional: autoconsciência. autogerenciamento.Treinamento: Deve-se considerar que casa pessoa possui uma forma diferente de assimilar treinamentos. em algumas situações. Em seguida. o carisma pode comprometer a organização. Aspectos da Liderança: .Muitos são os especialistas que acreditam que pessoas podem ser treinadas para desenvolver habilidades de líderes carismáticos. Os mentores são responsáveis por elevar a motivação. vale lembrar que. .. Liderança Ética: Os líderes devem estabelecer padrões éticos e mostrarem-se comprometidos a eles. . Inteligência Emocional e Eficácia de Liderança: Para que um líder seja eficaz.Auto liderança: O líder eficaz é capaz de desenvolver habilidades de liderança em seus liderados e ajudá-los a ter autocontrole.Liderança de Equipes: Um líder de equipe deve saber identificar em quais situações deve ou não intervir. identificar traços associados à liderança nos indivíduos. empatia e habilidades sociais. .Embora a liderança carismática possa proporcionar alto desempenho e satisfação dos seus liderados. sendo mais bem sucedida aquela que possuir maior auto monitoramento. . . automotivação. ainda estimulando o mesmo comportamento em seus subordinados.Seleção: Identificar quais conhecimentos e habilidades são necessários para o cargo em questão. Encontrar e Criar Líderes Eficazes: . devido ao fato de que sua eficácia pode ser situacional.Programas de mentores: Mostra-se altamente eficiente em casos onde o funcionário possui alto potencial. a confiança e a articulação política de seus protegidos.