You are on page 1of 14

Caderno de Informações de Saúde

Informações Gerais

Unidade da Federação: Ceará - CE

MS/SE/Datasus
Gerado em 6/19/2013 - 10:26 AM

5 MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .5 20 a 49 66.513 408.229 1.830 822.655 15 a 19 429.CE População Residente por Faixa Etária e Sexo.547.097.849 Estimativa 2006 8.131 153.059 30 a 39 581.484 63.590 308.772 237.2 38.343 8.144 75.540 Estimativa 2001 7.311 40 a 49 461.551 70 a 79 108.2 85.290 Estimativa 2004 7.780.619 253.Unidade da Federação: Ceará .450.841 1.8 50.661 Censo Fonte: IBGE.7 90.758.750 Fonte: IBGE. 2009 Faixa Etária Masculino Feminino Total Menor 1 78. 2009 (%) Fonte: IBGE.3 2.4 70.333 145.695 642.0 10 a 14 64. Censos e Estimativas Pirâmide Etária 80 e + Faixa Etária (anos) 60 a 69 50 a 59 Masculino 40 a 49 Feminino 30 a 39 20 a 29 10 a 19 0a9 15 10 5 0 5 10 15 Percentual da População População Residente por ano Ano População Método 2009 8.967 10 a 14 419.038 20 a 29 814.067 Estimativa 2003 7. 2009 Proporção da pop.9 77.7 50 e + 42.796 60 a 69 193.6 Total 57.8 15 a 19 74.335.172.547.407 4.164 50 a 59 294.684 Estimativa 2000 7.217.275 1a4 319.862.123 5a9 421.430.101 348. Censos e Estimativas Taxa de crescimento anual estimada (%) (2006-2009) Mulheres em idade fértil (10-49 anos).547.050 823.648 120. feminina em idade fértil.859 Ignorada Total 4.779 431.637.10:26 AM .654.7 Fonte: IBGE/Censos 1.454 829.750 Estimativa 2008 8.211 514.470 624.527 Estimativa 2007 8.206.375.411 844. Censos e Estimativas 70 a 79 Proporção da População Residente Alfabetizada por Faixa Etária Faixa Etária 1991 2000 5a9 24.533 628.953 976.437 Estimativa 2002 7.211 70.952 80 e + 50.605 404.627 414.140 Estimativa 2005 8.

2 2.9 0.2 26.CE Proporção de Moradores por Tipo de Abastecimento de Água Abastecimento Água 1991 2000 Rede geral 41.1 19.4 12.2 21.2 59.9 1.1 Poço ou nascente (na propriedade) 20.0 Fonte: IBGE/Censos Demográficos Proporção de Moradores por Tipo de Destino de Lixo Coleta de lixo 1991 2000 Coletado 41.7 Não sabe o tipo de escoadouro 0.7 Jogado 36.6 Não tem instalação sanitária 42.1 39.10:26 AM .6 Fonte: IBGE/Censos Demográficos 0 20 0 20 40 60 80 100 20 40 60 80 100 0 40 1991 60 80 100 2000 MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .3 Fonte: IBGE/Censos Demográficos Proporção de Moradores por tipo de Instalação Sanitária Instalação Sanitária 1991 2000 Rede geral de esgoto ou pluvial 5.4 Queimado (na propriedade) 6.2 Vala 0.6 Outra forma 38.6 1.1 Enterrado (na propriedade) 1.4 12.7 24.4 Fossa séptica 13.2 Outro destino 14.5 Outro escoadouro 0.7 59.9 20. lago ou mar 0.2 Fossa rudimendar 36.Unidade da Federação: Ceará .0 Rio.

000 habitantes: 2.292 910 MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .120 960 Hospital/DIA 99 99 13 13 239 112 Total 7.568 1.317 534 462 903 510 Pediátrico 1. Situação da base de dados nacional em 10/04/2010. Situação da base de dados nacional em 10/04/2010. - Total Existentes SUS 4.189 983 1.314 61 2. epidemiológica e sanitária 203 Farmácia ou cooperativa 11 24 1 Fonte: CNES.633 7.562 14.812 3.718 Urgência 251 104 11 54 Diagnose e terapia 599 327 19 155 Vig.702 2.289 3.7 Fonte: CNES. Situação da base de dados nacional em 10/04/2010.906 Total Existentes SUS 66 54 287 264 107 93 159 36 369 287 2 13 74 54 56 131 118 28 4 1.329 351 224 18. intern/urg 47 Unidade de Atenção à Saúde Indígena 1 Unidade de Serviço de Apoio de Diagnose e Terapia 30 1 204 Unidade de Vigilância em Saúde 96 Unidade Móvel Fluvial Unidade Móvel Pré Hospitalar .926 4.479 3.CE Número de estabelecimentos por tipo de prestador segundo tipo de estabelecimento Dez/2009 Tipo de estabelecimento Público Filantropico Privado Sindicato Central de Regulação de Serviços de Saude 35 Centro de Atenção Hemoterápica e ou Hematológica 3 1 Centro de Atenção Psicossocial 92 1 1 Centro de Apoio a Saúde da Família 39 Centro de Parto Normal 1 Centro de Saude/Unidade Básica de Saúde 1.543 983 906 839 606 3 3 Outras Especialidades 285 285 87 84 1. Nota: Número total de estabelecimentos.000 habitantes Dez/2009 Leitos existentes por 1.793 68 4. Situação da base de dados nacional em 10/04/2010.393 3.10:26 AM .104 73 63 Fonte: CNES.719 4.022 58 50 Obstétrico 1. Nota: Não inclui leitos complementares Número de leitos de internação existentes por tipo de prestador segundo especialidade Dez/2009 Público Filantropico Privado Sindicato Especialidade Existentes SUS Existentes SUS Existentes SUS Existentes SUS Cirúrgicos 1.116 4.990 894 12 10 Clínicos 2.000 habitantes 1.Unidade da Federação: Ceará .025 1.256 Cooperativa 16 Farmácia Medic Excepcional e Prog Farmácia Popular 15 2 1 Hospital Dia 3 12 Hospital Especializado 11 9 47 Hospital Geral 106 25 75 2 Laboratório Central de Saúde Pública .795 2.Urgência/Emergência 9 2 Unidade Móvel Terrestre 9 Tipo de estabelecimento não informado Total 2.504 17 Fonte: CNES.LACEN 3 Policlínica 30 5 31 1 Posto de Saúde 509 5 1 Pronto Socorro Especializado 1 5 Pronto Socorro Geral 3 Secretaria de Saúde 72 Unid Mista . Situação da base de dados nacional em 10/04/2010.474 14 9 Clinica Especializada/Ambulatório Especializado 185 23 834 4 Consultório Isolado 19 2 3.621 1.058 1.646 934 812 2.492 1.277 16 18 15 67 208 3 67 515 6 3 72 47 1 235 96 11 9 7.530 2. Leitos de internação por 1.382 Número de estabelecimentos por tipo de convênio segundo tipo de atendimento prestado Dez/2009 Plano de Saúde Serviço prestado SUS Particular Público Privado Internação 283 140 12 70 Ambulatorial 2.476 5.358 1.046 3.497 1.260 7.2 Leitos SUS por 1. Número de leitos complementares existentes por tipo de prestador segundo tipo de leito complementar Dez/2009 Público Filantropico Privado Sindicato Cirúrgicos Existentes SUS Existentes SUS Existentes SUS Existentes SUS Unidade intermediária 17 16 31 31 16 7 2 Unidade intermediária neonatal 203 203 57 53 27 8 Unidade isolamento 58 58 22 16 27 19 UTI adulto I 10 2 19 19 130 15 UTI adulto II 186 172 82 76 101 39 UTI adulto III 2 UTI infantil I 11 2 UTI infantil II 50 38 7 7 17 9 UTI infantil III UTI neonatal I 6 20 30 UTI neonatal II 84 82 34 29 13 7 UTI neonatal III UTI de Queimados 28 4 Total 653 575 272 231 365 104 2 Fonte: CNES. prestando ou não serviços ao SUS Total 35 4 94 39 1 1.589 1.atend 24h: atenção básica.740 3.

. 100.7 0.119 1.790 1.2 .5 .1 Cirurgião dentista 5.3 0.2 .668 1.019 2. Gineco Obstetra 2.095 0. Médico de Família 2.0 Farmacêutico 1.2 0.8 Equipo Odontológico Completo 3.6 Fisioterapeuta 2.1 Auxiliar de Enfermagem 10.2 Ultrassom 853 835 377 10.555 1.0 0.882 1..706 587 0. Número de equipamentos existentes.723 1.1 Psicólogo 881 500 381 0.2 0.361 362 0.2 0.000 habitantes. Disponív.1 0.676 43. segundo categorias do equipamento Dez/2009 Equip uso/ Equip Disponív.303 252 0.3 0.197 3.6 0.2 Fonoaudiólogo 641 373 268 0.628 1. em uso e disponíveis ao SUS.2 0.2 . Nota: Se um profissional tiver vínculo com mais de um estabelecimento.000 SUS/100. MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .032 2.226 Outros equipamentos 3.104 613 Número de equipamentos de categorias selecionadas existentes.937 2.309 1.000 Categoria Total SUS ao SUS hab hab Médicos 24. ao SUS 973 412 225 310 1.815 500 22.1 Técnico de Enfermagem 2.484 398 0.1 0.042 Fonte: CNES. Anestesista 1.986 5.499 620 0.002 1.2 0.00 Categoria Existentes Em uso ao SUS hab 0 hab Mamógrafo 98 97 44 1.0 9.1 Raio X 1.8 0.CE Recursos Humanos (vínculos) segundo categorias selecionadas Dez/2009 Prof Atende ao Não atende Prof/1. Cirurgião Geral 1.959 1..0 Nutricionista 483 408 75 0..566 224 0.734 Equipamentos por métodos ópticos 927 910 Equipamentos por métodos gráficos 903 871 Equipamentos de manutenção da vida 10.547 19.467 519 0..860 142 0.2 0.2 .283 5. ele será contado tantas vezes quantos vínculos houver.920 Equipamentos de Odontologia 10.293 1..3 1. Radiologista 863 588 275 0.2 Tomógrafo Computadorizado 72 70 33 0.1 0..Unidade da Federação: Ceará .1 0.442 8 0.450 2. segundo grupo de equipamentos Dez/2009 Categoria Existentes Em uso Equipamentos de diagnóstico por imagem 3.378 2. Psiquiatra 405 324 81 0.977 9.0 .683 3.10:26 AM . Situação da base de dados nacional em 10/04/2010..853 Equipamentos de infra-estrutura 2. disponíveis ao SUS e por 100.2 Fonte: CNES.1 0. Situação da base de dados nacional em 10/04/2010. em uso.487 584 0.3 . Clínico Geral 5.071 4.1 42. Pediatra 1.205 9.4 Fonte: CNES.9 21.782 2.2 Assistente social 807 767 40 0.2 0.3 Enfermeiro 5.9 2.8 Ressonância Magnética 15 15 7 0.169 5.000 SUS/1.1 1. Situação da base de dados nacional em 10/04/2010.6 0.593 10.2 .

49 318.49 Total 73.16 72.315.26 040046-Mamografia para Rastreamento 870.43 040033-Medicamentos para transplante 040035-OPM em odontologia 040036-OPM em queimados 040038-OPM para transplantes 040039-Incentivos ao pré-natal e nascimento 4. nariz e garganta 040021-Deformidade labio-palatal e crânio-facial 040022-Cirurgia apar da visão 040023-Cirurgia apar circulatório 040024-Cirurgia apar digest.095.74 12.114.359.477. segundo tipo de financiamento (Gestão Municipal e Estadual) 2009 Média Alta Atenção Básica complexidade complexidade Não se aplica Atenção Básica (PAB) Assistência Farmacêutica Fundo de Ações Estratégicas e Compensações FAEC Incentivo .816.469.717.462.477.634.10:26 AM .898.717.00 388.477.19 10.89 415.26 870.169.440.635.165.45 544.440.74 73.89 415.435.249.00 333.634.02 040016-Trat em oncologia 7.359.875.62 16.19 10.325.814.74 15.028.66 248.83 86.16 23. Situação da base de dados nacional em 30/04/2010.717.93 14.976.315.08 040004-Diagnóstico em neurologia 040005-Diagnóstico em otorrinolaringologia/fonoaud 040006-Diagnóstico em psicologia/psiquiatria 040007-Consultas médicas/outros prof nív superior 70.743. Situação da base de dados nacional em 03/05/2010.00 1.91 255.750.16 040000-Fundo de Ações Estratégicas e Compensação 040001-Coleta de material 040002-Diagnóstico em laboratório clínico 040003-Coleta/exame anátomo-patológico colo uterin 23.918.774.múlt defic 040010-Atend/acomp psicossocial 040011-Atend/acomp em saúde do idoso 040012-Atend/acomp de queimados 040013-Atend/acomp diagn doenças endocr/metabe nut 040014-Trat doenças sistema nervoso central perif 040015-Trat doenças do aparelho da visão 544. Situação da base de dados nacional em 03/05/2010.901.702.501.17 MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .736.873.24 7.702.00 10.294.Unidade da Federação: Ceará .518.00 64.MAC Média e Alta Complexidade (MAC) Vigilância em Saúde Não discriminado Total Fontes: SIH/SUS.cód ant à tab unif-vál p/2008-01 050000-Incentivo .577.717.009.68 Fontes: SIH/SUS.839.14 76.285.362.834.276.354.165.02 196.309.866.066.914.293.08 Valor total de internações hospitalares e valor aprovado de atendimentos ambulatoriais segundo subtitpo de financiamento (Gestão Municipal e Estadual) 2009 SIA/SUS SIH/SUS Total Subtipo de financiamento Total 16.26 16.924.00 31.32 405.305.249.276.036.17 388.57 73.741. Financiamento - 3.00 Não aplicável Total 489.00 040040-Incentivo ao registro cívil de nascimento 040041-Centr Nacional Regulação Alta Complex CNRAC 040042-Reguladores Ativ Hormonal Inibidores Prolac 040043-Política Nacional de Cirurgias Eletivas 5.476.435.00 040044-Redesignação e acompanhamento 040045-Projeto Olhar Brasil 14.898.276.702.22 9.02 040018-Tratamentos odontológicos 040019-Cirurgia do sistema nervoso central e perif 040020-Cirurgias de ouvido.32 894.43 315.816.visual. 196.ment.205.49 222.075.cód ant à tab unif-vál p/2008-01 021014-Eletivas . 4.215.310.79 3.346.860.411.26 333.547.687.63 4.743.24 1.980. Situação da base de dados nacional em 30/04/2010.92 12.32 405.16 82.orgãos anex par abdom 040025-Cirurgia do aparelho geniturinário 040026-Tratamento de queimados 040027-Cirurgia reparadora para lipodistrofia 040028-Outras cirurgias plásticas/reparadoras 040029-Cirurgia orofacial 040030-Sequenciais 040032-Transplantes de orgãos.45 040008-Atenção domiciliar 040009-Atend/acomp reab fís.00 021012-CNRAC .634.CE Financiamento Valor total de internações hospitalares por complexidade. SIA/SUS.215.976.93 388.898.898.524.440.419.00 489.309.985.477.044.743. tecidos e células 3.044.20 31.925.291.26 070000-Vigilância em Saúde 16.501.876.619.26 16.036.009.49 73.491.57 - Valor aprovado de atendimentos ambulatoriais por complexidade.902.00 040017-Nefrologia 64.46 7.794.925. segundo tipo de financiamento (Gestão Municipal e Estadual) 2009 Média Alta complexidade complexidade Não se aplica Atenção Básica Atenção Básica (PAB) Assistência Farmacêutica Fundo de Ações Estratégicas e Compensações FAEC Incentivo .469.MAC Média e Alta Complexidade (MAC) Vigilância em Saúde Não discriminado Total Fontes: SIA/SUS.089.315.702.02 7.22 3.687.08 70.68 010000-Atenção Básica (PAB) 020000-Assistência Farmacêutica 73.540.MAC 060000-Média e Alta Complexidade (MAC) 333.

83 0.0 0413 Cirurgia reparadora 8.434.233.903 0.5 8.005.745.3 60.33 9.5 4.688.2 4.930.186.971 24.0 6.1 3.875.1 729.575.3 62.6 0210 Diagnóstico por radiologia intervencionista 4.0 454 0.6 13.572 0.284.032 0.030.080 0.3 2.201.746 6.0 81.540.000.95 1.000 38.042 1.947.015 52.361.681.0 505.2 0305 Tratamento em nefrologia 420.35 2.0 8.581.819.028.0 2.4 15.19 12.282 0.8 12.348.244.0 27.14 25.738.5 0415 Outras cirurgias 1.70 1.021 24.197.66 0.549.70 0.438 26.7 82.0 0410 Cirurgia de mama 1.0 21.390 26.1 8.87 0.97 0.615.5 92.0 1.061.444 0.601.038 5.923 24.787 0.1 12.527 33.0 184.746.5 0203 Diagnóstico por anatomia patológica e citopatologia 618.0 10.332 0.170 0.707.383 0.75 0.2 260.319 38.253 0.3 0209 Diagnóstico por endoscopia 55.7 1.59 0.2 14.586.212 2.868.696.525.444 0.588 0.39 0.22 0.678.606.815.720 13.7 4.1 13.5 21.666.847.49 0.682 10.14 0.97 12.13 0.86 1.3 60.61 2.89 1.648 0.2 3.3 0213 Diagnóstico em vigilância epidemiológica e ambiental 1.CE Quantidade e valor aprovados e apresentados dos procedimentos ambulatorial por município de atendimento.7 2.514 0.02 0.178.815.065.09 3.17 0.020.0 0214 Diagnóstico por teste rápido 413.4 420.00 0.889 0.0 33.586.674 1.950.0 2.8 3.2 2.033 0. tecido subcutâneo e mucosa 2.6 1.0 304.963 0.993 0.872.055 0.186.31 1.474.6 0201 Coleta de material 2.0 03 Procedimentos clínicos 49.02 0.890.28 0.6 0302 Fisioterapia 2.49 0.115.614 0.0 2.Apresentada Valor Apresentado Categoria de procedimentos Nº % R$ % Nº % R$ % 01 Ações de promoção e prevenção em saúde 34.048 0.5 0401 Pequenas cirurgias e cirurgias de pele.00 0.0 401 0.99 0.628.008.685.0 798.2 0202 Diagnóstico em laboratório clínico 10.95 0.16 11.707.4 63.980.0 1.435.2 6.076.993.428.6 9.490.295.397 0.585 0.967.1 0308 Tratamento de lesões.0 12.0 34.2 570.0 943 0.2 4.0 37.387.0 04 Procedimentos cirúrgicos 4.19 0.17 3.729 0.025.1 114.0 02 Procedimentos com finalidade diagnóstica 17.4 0406 Cirurgia do aparelho circulatório 10.0 2.77 1.847.695.1 19.1 8.559 0.044 1.1 52.745.017.72 0.182.0 390.745 2.0 0408 Cirurgia do sistema osteomuscular 56.0 3.97 0.14 1.6 66.3 12.3 6.364 1.469.668 1.480.4 0304 Tratamento em oncologia 447.727.227.6 1.143.312 0.0 415.1 0310 Parto e nascimento 401 0.Aprovada Valor Aprovado Qtd.692.0 35.826.321.623.311.15 2.155.0 384.500.607.384.056 0.100 1.695.0 0414 Cirurgia oro-facial 1.3 2.719 0.6 0207 Diagnóstico por ressonância magnética 10. da cabeça e do pescoço 47.711 0.93 10.754.00 0.78 0.38 0.932 3.3 42.180.5 5.0 0204 Diagnóstico por radiologia 1.7 864.5 36.556 0.558.321.833.766 8.2 27.901 0.88 23.76 8.5 8.0 1.645.50 0.9 0306 Hemoterapia 241.5 2.0 0404 Cirurgia das vias aéreas superiores. envenenamentos e outros.261 0.418.105 15.499.3 136.557.610.682.605 0.580 53.898.083 0.0 53.114.4 226.72 0.402 23.3 10.901.936 0.622 1.75 0.90 0. decorrentes de causas externas 0309 Terapias especializadas 11.726.576.042.727.064 33.90 0.9 0206 Diagnóstico por tomografia 77.0 0412 Cirurgia torácica 507 0.944.4 0409 Cirurgia do aparelho geniturinário 9.268.96 2.8 100.1 0211 Métodos diagnósticos em especialidades 668.9 0307 Tratamentos odontológicos 2.96 0.0 23.02 2.58 3.Unidade da Federação: Ceará .553 0.24 0.0 31.90 0.614 0.898.188 0.736.914.087.1 18.0 1.327 1.391 0.0 14.301 0.2 7.5 75.148 0.184 3.2 1.206.403 1.94 0.0 2.53 3.90 0.8 292.048 0.0 34.6 142.95 0.202.47 0.99 0.443 0.696 0.739 0.1 59.248.7 0205 Diagnóstico por ultra-sonografia 533.906.397.317. orgãos anexos e parede abdominal 1.430 2.27 2.0 494.395.820.148.639 0.0 1.383.00 0.0 1.0 0101 Ações coletivas/individuais em saúde 34.7 0212 Diagnóstico e procedimentos especiais em hemoterapia 336.2 396.878.323.647.0 799.7 14.579 0.330.167.315.693.733 0.530.3 398.74 1.9 117.10:26 AM .0 8.50 0.293 0.438 0.925. segundo grupo e subgrupo de procedimentos 2009 Qtd.0 41.079.6 447.036.788.1 626.1 0407 Cirurgia do aparelho digestivo.419.3 61.37 0.2 112.7 0301 Consultas / Atendimentos / Acompanhamentos 43.69 1.517.987.1 16.0 3.0 8.4 46.448.8 293.8 78.219 0.70 0.956 0.0 214.802.1 0405 Cirurgia do aparelho da visão 72.3 3.350 0.416.557.020 0.471.550.612.293.0 308.0 0411 Cirurgia obstétrica 2.403.7 0208 Diagnóstico por medicina nuclear in vivo 6.376.488.68 0.8 0402 Cirurgia de glândulas endócrinas 0403 Cirurgia do sistema nervoso central e periférico 454 0.4 5.68 0.0 208.6 0303 Tratamentos clínicos (outras especialidades) 198.2 54.804.94 0.0 165.0 0416 Cirurgia em oncologia - MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .555.1 13.331.894.080 0.0 0102 Vigilância em saúde 81.1 16.

0 6.976.7 73.015.CE Quantidade e valor aprovados e apresentados dos procedimentos ambulatorial por município de atendimento.702.0 1.845.59 0.207.0 500.702.0 139.0 489.358 17.1 4.702.905.23 0.309.123 18.0 0506 Acompanhamento e intercorrências no pré e pós-transplante 12.7 Total 130.0 40.970.98 0.992 1.834 0.22 0.0 0505 Transplante de orgãos.572.670 0.0 555.9 0801 Ações relacionadas ao estabelecimento 74.709.765 0.535 0.Unidade da Federação: Ceará .372 0.616.702.823. próteses e materiais especiais não relacionados ao ato cirúrgico 30.917.3 06 Medicamentos 24.477 15.0 Fonte: SIA/SUS.683 0.27 0. tecidos e células 0504 Processamento de tecidos para transplante 825 0.94 0.665 1.31 13.745.0 0418 Cirurgia em nefrologia 3.621.0 21.0 508.0 45 0.00 0.00 0.958 0.0 194.Aprovada Valor Aprovado Qtd.032.2 0802 Ações relacionadas ao atendimento 0803 Autorização / Regulação 32.2 78.16 15.00 0.0 17.0 3.323.053.0 1.4 39.694.73 0.0 3.22 0.812.520 0.706 0.090.0 24.0 1.321. MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .96 0.6 08 Ações complementares da atenção à saúde 106.0 3.16 0.43 100.4 38.645.70 0.957.477.00 0.4 0502 Avaliação de morte encefálica 0503 Ações relacionadas à doação de orgãos.717 0.3 12.7 0501 Coleta e exames para fins de doação de orgãos.234 1.0 194.552 100.245 100.0 41.70 0.133 0.678 13.780.144 0.3 0602 Medicamentos estratégicos 0603 Medicamentos de âmbito hospitalar 0604 Componente Especializado da Assitencia Farmaceutica 07 Órteses.812.Apresentada Valor Apresentado Categoria de procedimentos Nº % R$ % Nº % R$ % 0417 Anestesiologia 934 0.1 05 Transplantes de orgãos.678.8 32.1 1.956 0.980.423 0.756.45 0.833.581 0.68 100.664 0.10:26 AM . próteses e materiais especiais relacionados ao ato cirúrgico 7.358 17.888 0. tecidos e células 43 0.00 0. segundo grupo e subgrupo de procedimentos 2009 Qtd.0 825 0.8 52.123 18.038.916.147.3 0601 Medicamentos de dispensação excepcional 24.684. Situação da base de dados nacional em 30/04/2010.00 0.145 0.323.66 0.7 0702 Órteses.1 932.477.853.0 3.7 73.314 0.144 0.0 3.1 3.616.579 0.321.0 24.082 0.7 31.802.0 3.202. tecidos e células e de transplante 38.228 0.5 73.5 73.834.0 3. tecidos e células 51. próteses e materiais especiais 38.460.719 0.1 4.0 1.0 2.2 0701 Órteses.237.845.695.0 110.0 6.684.0 3.261.7 8.172.

hospital-dia Geriatria .700 0 Clínica cirúrgica Fibrose cística .036.3 Cuidados prolongados (crônicos) 724 0.43 1. Número de Óbitos e Taxa de Mortalidade por Especialidade (por local de internação) 2009 Número de Internações Especialidade % Clínica cirúrgica 138. (local de residência) 5.9 16.4 17.8 Internações/100 hab.125 1 14.07 1.31 772.10 624.29 65. Valor Total.407.948.45 558.0 1.hospital-dia 2.38 Fonte: SIH/SUS. 10 20 30 40 Pediatria Clínica cirúrgica .3 0.123.0 Reabilitação 1.7 0.49 Valor Médio R$ 41.549.592 28.2 23.8002.753.85 1.2 13.57 27.878.629 32 10.1 2.2 0.208 23.792.0 Saúde mental .838.9 37.hospital-dia 38 0.hospital-dia Fibrose cística .hospital-dia Geriatria .1 Pediatria 68.8 0.2 14.97 821.605.0 Fonte: SIH/SUS.225.6001.2 28.hospital-dia Geriatria .hospital-dia MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .20 405.hospital-dia Geriatria .906.3 3.13 40 60 80 Clínica cirúrgica Clínica médica Clínica médica Psiquiatria Psiquiatria Pediatria Clínica cirúrgica . Situação da base de dados nacional em 03/05/2010.01 96. Valor Total R$ % 169.hospital-dia 18 0.hospital-dia Fibrose cística .1 100 Especialidades Especialidades 20 Número de Óbitos Média de Permanência (dias) Distribuição de Internações e Valores (%) 0 Média de Permanência (dias) Pediatria Clínica cirúrgica .0 0. Valor Médio.279 31.0 Fibrose cística .77 1.0 0.0001.414.543.56 1.05 780.hospital-dia 202 0.0 0.8 Clínica médica 154.009.672.hospital-dia 0.2001.10:26 AM .hospital-dia Número de Internações Valor Total R$ Valor Médio (R$) 0 Mortalidade hospitalar (%) 0 200 400 600 800 1.4001.31 952.154. (local de internação) 5.70 468.8 Valor médio por habitante (R$): 47.Unidade da Federação: Ceará .4 Total 493.0 5.022.821.0 Fibrose cística .6 5.1 Obstetrícia 117.hospital-dia Especialidades 4.4 100.18 53.4 15.16 61.799 50 23 41 1.011.3 1.0 0.034.235 100.2 Clínica cirúrgica . Situação da base de dados nacional em 03/05/2010.545.52 491.000 0.0 Geriatria .hospital-dia Pediatria Mortalidade Hospitalar (%) 2. Média de Permanência.78 764.78 14.0 Pneumologia sanitária (tisiologia) 592 0.0 1.0 21.1 Psiquiatria 9.000 0 0 1 1 1 1 Clínica cirúrgica Clínica cirúrgica Clínica médica Clínica médica Psiquiatria Especialidades Psiquiatria Clínica cirúrgica .CE Número de Internações.hospital-dia Valores Médios Anuais 2009 Internações/100 hab.89 1.291.8 22.93 94.84 864.101 0.1 3.hospital-dia Aids .5 5.841 14.640 2.hospital-dia Intercorrência pós-transplante .300.298.

5 18.5 0.3 0.1 VI.7 4.1 0.8 0.0 7.CID10 (por local de residência) 2009 Capítulo CID Menor 1 1a4 5a9 10 a 14 15 a 19 20 a 49 50 a 64 I. Doenças do aparelho geniturinário 1.4 30.3 4.9 0. Doenças endócrinas nutricionais e metabólicas 1.7 6.0 0.7 0.1 0.2 1.8 1.3 0.0 0.8 2.1 0.1 0.2 17.0 0. Transtornos mentais e comportamentais 0.5 0.8 0.6 4.1 6.8 1.6 2.0 7.7 1.4 1.4 0.2 9.0 60 e mais 13.1 7.2 1.8 8.6 III.1 1.0 10.0 3.3 0.0 IX.1 0.0 1.4 12.9 1.0 14.0 100.6 0.2 0.2 0. Contatos com serviços de saúde 1.2 3.7 100.1 0.2 0.0 8.3 0.6 0.0 62.9 2. Neoplasias (tumores) 0.6 1. Gravidez parto e puerpério 0.0 100.1 1. Algumas afec originadas no período perinatal 35. Doenças do aparelho circulatório 0.8 1.0 XVII.9 7.8 0.1 100.7 2.7 0.7 2.4 4.6 4.1 0. Situação da base de dados nacional em 03/05/2010.1 8.0 100.1 1.0 XVI.1 2.9 1.6 5.7 5. Doenças do aparelho digestivo 1.4 0.8 IV.6 XIX.9 5.5 XIII.2 1.3 0.0 2.7 1.2 1. Doenças do aparelho respiratório 32.9 5.0 4. Doenças sangue órgãos hemat e transt imunitár 0.2 4.7 0.0 0.1 0. Lesões enven e alg out conseq causas externas 0.6 100.0 X.3 CID 10ª Revisão não disponível ou não preenchido Total 100.2 17.9 3.9 1.4 1.1 4.0 100.6 4.1 8.Sint sinais e achad anorm ex clín e laborat 0.3 0.0 0.7 1.0 100.CE Distribuição Percentual das Internações por Grupo de Causas e Faixa Etária .2 0.2 XV.6 1.0 8.Doenças do ouvido e da apófise mastóide 0.2 1.2 0.3 30.4 XIV. Doenças da pele e do tecido subcutâneo 0.3 1.0 0.7 1.0 24.9 0.9 21.5 2.0 1.1 8. Algumas doenças infecciosas e parasitárias 19.0 1.7 7.6 40.0 0.8 20.2 2.5 4.1 25.1 0.8 V.5 2.4 1.5 6.0 0.9 0.9 5.3 0.7 0.6 XI.1 22.8 4.0 100.0 5.1 7.0 XXI.1 4.7 17.Unidade da Federação: Ceará .3 7.4 0.0 0 5 10 15 20 25 30 MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .0 0.1 0.9 XII.8 0. Causas externas de morbidade e mortalidade 0.3 1.8 2.1 0.7 4.4 1.7 0.5 0.8 0.2 0.5 1.0 0.6 6.6 6.6 10.1 1. Distribuição (todas as idades) (%) 65 e mais 13.1 0.5 12. Doenças do sistema nervoso 0.9 1.6 VIII.1 13.2 XVIII.8 3.2 1. Doenças do olho e anexos 0.1 0.0 2.8 II.Malf cong deformid e anomalias cromossômicas 2.Doenças sist osteomuscular e tec conjuntivo 0.10:26 AM .2 XX.0 0.5 0.0 Fonte: SIH/SUS.0 Total 10.9 0.0 24.3 45.6 1.8 8.8 2.2 0.1 2.0 1.3 3.5 0.2 6.7 1.3 VII.4 0.3 0.

Situação da base de dados nacional em 14/12/2009.335 17.390 15.1 5.0 2006 135.5 23.8 27.1 7.1 19.1 7.5 5.6 7.6 7.0 7.7 23.5 35.5 1.4 7.3 1.3 % de mães de 10-19 anos 23.6 6.5 6.035 17.4 7.0 % com baixo peso ao nascer .0 0.0 7.partos vaginais 6.2 34.6 42.067 143.3 5.4 5.020 16.1 % de partos cesáreos 25.geral % de mães de 10-19 anos 0 0 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 % de mães de 10-14 anos Taxa Bruta de Natalidade Ano MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .242 140.3 5.6 1.2 2008 133.4 1.9 6.0 22.3 28.8 5.9 .5 8.2 7.2 23.0 1.8 18.1 1.0 1.2 % de mães de 10-14 anos 1.geral 6.0 5.839 16.0 1. 2004 137.0 6.7 21.5 22.3 7.9 7.2 7. Nota: Dados de 2008 são preliminares.4 5.1 % com prematuridade 4.393 149.0 2005 140.8 7.partos cesáreos 6.5 23.8 7.7 23.0 Fonte: SINASC.3 7.083 Taxa Bruta de Natalidade 20.1 7.10:26 AM .3 .7 6.CE Informações sobre Nascimentos Condições 1999 2000 2001 2002 2003 Número de nascidos vivos 143.6 5.4 8.1 23.9 32.3 40.8 8.3 19.5 Evolução das Condições de Nascimento 25 40 20 35 30 15 25 % Taxa Bruta de Natalidade 45 20 10 15 10 5 5 % com prematuridade % de partos cesáreos % baixo peso .9 29.101 143.7 18.0 7.3 6.7 37.2 5.Unidade da Federação: Ceará .2 2007 133.

652 5.10:26 AM .9 51. Doenças do aparelho circulatório X.6 20.2 4.7 42. Algumas doenças infecciosas e parasitárias 7.0 0.3 Doenças cerebrovasculares 42.8 9.6 10.6 38.0 Total 4.1 2.7 5. Doenças do aparelho respiratório XVI.7 14.4 4.0 Fonte: SIM.5 24.4 18.1 2.9 16.6 35.3 100.0 2.9 2.9 5.3 12.8 72.000 nascidos-vivos ** 24.0 2.7 33.443 54 6.0 6.1 19.3 65 e mais 3.8 3.2 25.3 23.1 4.2 24.5 Demais causas definidas 22.2 16.0 100.5 35.0 100.8 20.1 22.5 26.7 4.9 20.178 5.1 24.Unidade da Federação: Ceará .6 % de óbitos infantis por causas mal definidas 11.1% 10.3 10.0 100.2 Acidentes de transporte 19.3 18.0 6.0 60 e mais 3.172 40.9% 2006 40.000 habitantes) Causa do Óbito 2002 2003 2004 2005 Aids 2.3 22.7 23.9 Infarto agudo do miocardio 22.8 2007 3.1 20.3 IX.8 5.000 mulheres) 7.3% 16.2 10. Causas externas de morbidade e mortalidade 1.0 * Coeficiente de mortalidade infantil proporcional **considerando apenas os óbitos e nascimentos coletados pelo SIM/SINASC Fonte: SIM. Nota: Dados de 2008 são preliminares. Nota: Dados de 2008 são preliminares.3 33.793 5.5 5.8 9.5 12.7 13.8 7.000 habitantes 5.5 19. Causas externas de morbidade e mortalidade Demais causas definidas MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .3 44. Algumas doenças infecciosas e parasitárias II.5 19.9 19.1 2007 40.1 XX.1 25.6% 3.7 32.0 100.8 15.3 10.7 2.8 41. Algumas afec originadas no período perinatal XX.1 21.9 20.426 4.2 16.7 8.8 21.0 8.0 Neoplasia maligna do colo do útero (/100. Situação da base de dados nacional em 14/12/2009.4 13.0 Mortalidade Proporcional (todas as idades) 2006 2. Doenças do aparelho respiratório 5.6 6.6 2.5 18. Situação da base de dados nacional em 14/12/2009.2 2.CID10 2008 Grupo de Causas Menor 1 1a4 5a9 10 a 14 15 a 19 20 a 49 50 a 64 I.157 46 5.972 Nº de óbitos por 1.8 23.9 24.461 3.7 6.0 4.9 16.2 18.0 0.566 192 6.1 13.9 21.5 43. Coeficiente de Mortalidade para algumas causas selecionadas (por 100.5 Neoplasia maligna da mama (/100.0 32.4 7.3 20.7 2. Outros Indicadores de Mortalidade 2002 2003 Total de óbitos 39.2 13.2 Total 100.1 32.3 2.9 19.8 Agressões 18.0 3. 2004 41.6 51.7 0.0 3.1 20.4 2005 39.2 4.4 7.6 44.1 Mortalidade infantil por 1.1 100. Neoplasias (tumores) 0.8 13.867 4.0 X.1 2008 42.9% 19.1 100.1 5.1 16.4 0. Algumas afec originadas no período perinatal 60.0 53.1 Diabetes mellitus 16.506 Nº de óbitos infantis por causas mal definidas 393 458 % de óbitos infantis no total de óbitos * 8.6 15.7 0.5 0.5 5.2 6.CE Mortalidade Proporcional (%) por Faixa Etária Segundo Grupo de Causas .0 5.5 6.6 2.6 0.0 100.0 Fonte: SIM.0 44.1% 13.2 XVI. Doenças do aparelho circulatório 1.083 288 7.091 59 4.7 7. Neoplasias (tumores) IX.8 II.7 43.0 25.5 9.5 7.1 3.0 10.8 8.1 Total de óbitos infantis 3.5 3.8 20.2 7.0 100.000 mulh) 5.9 17.1% I.0 4.5 19.3 % óbitos por causas mal definidas 25.2 2008 3. Situação da base de dados nacional em 14/12/2009.7 18.4 15. Nota: Dados de 2008 são preliminares.

3 103.0 105.9 - 2006 110.0 102.3 0.6 2007 112.8 99.1 Contra Haemophilus influenzae tipo b (Hib) 77.3 92.2 5.7 Tríplice Bacteriana (DTP) 99.2 99.7 103.2 87.9 103.5 109.5 106.2 97.6 103.1 104.8 97.5 110.1 0.4 112.7 Contra Influenza (Campanha) (INF) 79.1 119.0 110.8 103. Situação da base de dados nacional em 25/03/2010.4 118.8 0.8 0.1 107.2 104.5 81.8 95.0 104.Unidade da Federação: Ceará .5 Oral Contra Poliomielite (Campanha 2ª etapa) (VOP) 102.1 103.9 98.0 94.1 82.7 106.2 0.7 90.2 Oral de Rotavírus Humano (RR) Tetravalente (DTP/Hib) (TETRA) 69.5 0.9 85.8 0.1 106.6 0.1 0.1 2008 105.1 92.3 105.0 109.9 104.3 96.3 Tríplice Viral (SCR) 85.8 107.6 92.0 94.6 Dupla Viral (SR) Oral Contra Poliomielite (VOP) 101.7 0.0 104.9 103.4 97.2 97.9 Tríplice Viral (campanha) (SCR) 27.4 0.8 110.2 91.0 0.7 Contra Febre Amarela (FA) 27.2 89.9 97.0 101.3 106.4 0.7 108.3 0.6 100.8 94.1 87.3 102.8 96.0 Contra Hepatite B (HB) 96.0 88.10:26 AM .0 94.1 94.1 93.1 98.1 96.2 94.6 99.3 100.2 0.0 0.9 Contra Sarampo 111.4 91.1 105.0 101.0 Totais das vacinas contra tuberculose Totais das vacinas contra hepatite B Totais das vacinas contra poliomielite Totais das vacinas Tetra + Penta + Hexavanlente Totais das vacinas contra sarampo e rubéola Totais das vacinas contra difteria e tétano Fonte: SI/PNI.1 105.8 104.3 102.0 114.1 100.8 88.CE Cobertura Vacinal (%) por Tipo de Imunobiológico Menores de 1 ano Imunobiológicos 2000 2001 2002 2003 2004 BCG (BCG) 113.0 88.2 106.6 90.2 94.0 108.6 95.8 31.3 0.6 0. 2005 99.6 0.5 41.0 37.9 112.9 99.2 105.6 101.2 0.4 108.8 Cobertura Vacinal Básica (%) por Tipo de Imunobiológico Menores de 1 ano 140 BCG (BCG) Contra Febre Amarela (FA) 120 Contra Haemophilus influenzae tipo b (Hib) Contra Hepatite B (HB) 100 Contra Influenza (Campanha) (INF) 80 % 60 Contra Sarampo Dupla Viral (SR) Oral Contra Poliomielite (VOP) Oral Contra Poliomielite (Campanha 1ª etapa) (VOP) 40 Oral Contra Poliomielite (Campanha 2ª etapa) (VOP) Oral de Rotavírus Humano (RR) 20 Tetravalente (DTP/Hib) (TETRA) Tríplice Bacteriana (DTP) 0 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Tríplice Viral (SCR) Tríplice Viral (campanha) (SCR) MS/SE/Datasus Gerado em 6/19/2013 .1 81.2 77.9 2009 90.0 104.8 3.5 86.8 Oral Contra Poliomielite (Campanha 1ª etapa) (VOP) 102.4 109.6 106.8 0.2 0.3 106.2 0.4 109.2 109.

(3): por 1.7 0.8 65.8 12.1 93. Situação da base de dados nacional em 22/02/2010.622 82.0 26.3 6.654.2 5.4 3.6 2006 Outros 55.3 1.0 2004 Outros 107.6 95.2 18.356 63.2 6.2 70.4 91.1 3.7 17.8 7.2 93.0 PSF 6.7 6.08 96.5 5.3 22.2 5. Notas: (1): Situação no final do ano (2): Como numeradores e denominadores.261.069.7 5.7 96.08 95.608 15.9 36.2 64.378 13.5 2.4 17.9 PSF 4.863 0.9 10.8 95.8 3.09 97.3 31.0 0.9 23.1 94.7 96.2 71.3 3.7 0.0 0.3 1.3 10.827 76.0 9.7 5.3 96.985.5 PACS 495.6 PACS 1.8 70.9 66.09 97.4 4.5 68.4 PACS 468.8 1.09 97.5 PSF 5.09 94.7 0.0 16.3 3.4 20.0 21.6 71.7 71.4 48.6 PSF 5.8 Total 6.5 0.2 89.5 21.5 0.6 17.5 0.vacinal básico c/aleit.3 Prevalência de desnutrição (4) 8.339.4 Taxa Taxa hospitalização hospitalização por por desidratação (5) pneumonia (5) 39.09 97.973 83.7 9.09 97.228 77.996 67.9 0.2 10.8 PSF 5.4 93.696.6 96.143.0 1.1 68.972.2 PACS 1.4 0.6 1.0 69.7 89.0 88.3 Taxa mortalidade infantil por diarréia (3) 2.8 18.08 96.5 1.3 PACS 1.4 0.07 91.0 68.5 0.1 1.1 89.08 92.329.9 PSF 6.377 5.9 9.Unidade da Federação: Ceará .2 1.08 96.2 Fonte: SIAB.08 96.8 16.07 94.000 nascidos vivos (4): em menores de 2 anos.9 26. menores de 5 anos na situação do final do ano % de cobertura de consultas de pré-natal (2) 88.09 97.6 0.4 4.0 34.4 0.9 66.456.5 96.3 0.7 13.4 Total 6.4 0.6 1.7 70.8 0.6 70.757 65.736 5.7 20.08 95.0 94.CE Indicadores da Atenção Básica % de crianças % população Média mensal % de crianças c/ Modelo de População coberta pelo de visitas por esq.8 68.6 .8 6.193 18.6 79.8 11.2 69.7 2007 Outros 0.8 67.0 5.3 9.505 81.0 28.8 0.140 0.7 1.9 4.4 2009 Outros Total 7.09 93.5 63.6 65.3 27.781.573.504.0 1.605 82.8 24.5 Total 6.2 1.09 96.7 Total 6.2 2005 Outros 62.2 1.6 2008 Outros Total 6.09 97.3 2.0 93.6 19.637. materno coberta (1) programa família (2) em dia (2) exclusivo (2) Ano Atenção PACS 1.9 19.0 0.788 65.1 4.07 90.1 71.8 7.09 96.0 3.374 81.1 95.5 96.8 14.6 28.6 71.424 1.0 0.7 12.6 71.7 21.4 93. por 100 (5): em menores de 5 anos.563 82. foi utilizada a média mensal dos mesmos.2 26.301.3 20.8 0.2 0.5 8. por 1000.971 16.6 2.548.5 1.09 95.