You are on page 1of 3

036TÉCNICO DE SUPERVISÃO E CONTROLE DO SISTEMA ELÉTRICO DISTRIBUIÇÃO ICURSO DE ENSINO MÉDIO COMPLETO ACRESCIDO DO CURSO TÉCNICO EM: ELETROTÉCNICA OU ELETRÔNICA

OU ELETROELETRÔNICA; REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DA CATEGORIA PROFISSIONALR$ 3.125,0001Belo Horizonte01 TÉCNICO DE SUPERVISÃO E CONTROLE DO SISTEMA ELÉTRICO DISTRIBUIÇÃO I Programa ELETRICIDADE: Grandezas elétricas. Associações de resistores. Circuitos elétricos de corrente contínua. Circuitos elétricos de corrente alternada. Geradores elétricos. Instrumentos de medição de grandezas elétricas. EQUIPAMENTOS E COMANDOS: Terminologia de equipamentos elétricos: chaves, relés, contatores, comandos eletromagnéticos. Diagramas de partida de motores. Diagramas de comando de sistemas elétricos. Sensores, atuadores, sistemas eletrohidráulico e eletro-pneumático. INSTALAÇÕES ELÉTRICAS: Instalações elétricas industriais de alta e baixa tensão. Componentes da instalação elétrica. Cargas instaladas e demandas. Dimensionamento de condutores. Distribuição das cargas em circuitos elétricos, ramais alimentadores e suas proteções. Diagramas unifilares da instalação elétrica. MÁQUINAS ELÉTRICAS: Grandezas magnéticas. Circuitos magnéticos. Transformadores. Máquinas elétricas de indução. Máquinas elétricas síncronas. Máquinas elétricas de corrente contínua. Máquinas elétricas monofásicas. Ensaios elétricos de máquinas rotativas e transformadores. DISPOSITIVOS DE PROTEÇÃO: Fusível, disjuntor termomagnético, relé de sobrecarga ou térmico. Eletrônica de potência. Sistemas digitais e microcontrolados. Relés eletrônico de .roteção. DESENHO TÉCNICO: Perspectivas. Vistas ortográficas. Cotas, cortes e seções de peças. Simbologia de circuitos elétricos. Diagramas elétricos. Interpretação de desenhos mecânicos e diagramas elétricos. Arquivos de desenhos. Arquitetura cliente/servidor. Conceitos de qualidade de software - CMM, ISO; SISTEMA DA QUALIDADE: Normas e políticas da qualidade, NBR ISO 9001:2000. Ferramentas da qualidade. Mapeamento de processos. SEGURANÇA DO TRABALHO: Segurança do trabalho: Instalação e serviços em eletricidade, ergonomia, mapa de risco. Normas regulamentadoras NR-10. Prevenção de riscos ambientais. Equipamentos de proteção individual e coletiva. SUPERVISÃO E CONTROLE: Proteção, medição, controle e automação em sistemas de potência, gerenciamento e operação da rede elétrica, funções básicas de um sistema digital de automação. Automação de subestações, automação de alimentadores. Fluxo de potência. Reconfigurador de redes de distribuição. Análise de desempenho do sistema, qualidade da energia. Bibliografia sugerida AGÊNCIA Nacional de Energia Elétrica: www.aneel.gov.br ASSOCIAÇÃO Brasileira de Normas Técnicas NBR 14039. ASSOCIAÇÃO Brasileira de Normas Técnicas NBR 5410. COTRIM, Ademaro A.M.B. Instalações elétricas. 5 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009. CRISPINO, F.; KIKUDA, E. T; JARDINI, J. A.; MAGRINI, L. C. Reconfiguração de redes de distribuição utilizando-se um sistema de informações geográficas. São Paulo: 1998. JARDINI, José A. Sistemas digitais para automação da geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Edição acadêmica, 1996. MICELI, Maria Tereza; FERREIRA, Patrícia. Desenho técnico básico. 2 ed. Rio de Janeiro: Imperial Novo Milênio, 2008. NORMAS Regulamentadoras NR-10. OPERADOR Nacional do Sistema Elétrico: www.ons.org.br SENRA, Renato. Instrumentos e medidas elétricas. São Paulo: Baraúna, 2011.

BARTKOWIAK. ed. 2004. EDMINISTER. Vicent del. CREDER. Cálculo de fluxo de carga. São Paulo: Atlas. Joseph A. Segurança do trabalho: instalação e serviços em eletricidade.. Sistemas de gestão de qualidade: normas e políticas da qualidade. REGISTRO NO CONSELHO REGIONAL DA CATEGORIA PROFISSIONALR$ 3. Fasores. Autotransformadores. Bibliografia sugerida. ASSOCIAÇÃO Brasileira de Normas Técnicas NBR ISO 9001:2000.0002Belo Horizonte01 TÉCNICO DE SUPERVISÃO E CONTROLE DE OPERAÇÃO DO SISTEMA I Programa Circuitos magnéticos: Lei de Ampère. Correção de fator de potência em sistemas elétricos. Fundamentos de máquinas elétricas. Sistemas polifásicos: ligação estrela e triângulo equilibrado. Máquinas elétricas e transformadores. Sistemas bifásicos e trifásicos. São Paulo: Mc Graw-Hill. Cálculo do triângulo das potências em sistemas trifásicos equilibrados e desequilibrados. 54. Prevenção de riscos ambientais. Circuitos de corrente alternada: tensões e correntes alternadas. Instalações elétricas. 2 ed. Transformadores monofásicos: princípio de funcionamento. Alcir. Cálculo de corrente e impedância em sistemas monofásicos de corrente alternada: circuitos monofásicos paralelos resistivos. ed. ed. 2007. Representação unifilar. Ergonomia. Normas regulamentadoras NR-10. Esquemática de sistemas de Potência. Equação de força eletromotriz induzida. Circuitos elétricos. Rede de Distribuição. Relação de transformação. NR-10. 2007.037TÉCNICO DE SUPERVISÃO E CONTROLE DE OPERAÇÃO DO SISTEMA ICURSO DE ENSINO MÉDIO COMPLETO ACRESCIDO DO CURSO TÉCNICO EM: ELETROTÉCNICA OU ELETRÔNICA OU ELETROELETRÔNICA. potência ativa-reativa-complexa e aparente. TORO. São Paulo: Campus. 2003. Máquinas de corrente contínua: princípio de funcionamento. Mapeamento de processos. Definição de grandezas magnéticas. Classificação segundo o tipo de excitação. SÉRIE Manual de Legislação Atlas. Máquinas síncronas: tipos e aspectos construtivos. . Ligação estrela e triângulo desequilibrado. Características do conjugado e estabilidade. Rio de Janeiro: LTC. Características e propriedades gerais. componentes de sistemas de energia elétrica. Operação motora e geradora. Segurança e medicina do trabalho. Coleção Shawn. Estrutura de um sistema elétrico de potência: rede de transmissão. Rio de Janeiro: LTC. Porto Alegre: Globo. 1982. Transformador estrela triângulo e triângulo estrela. Robert A. São Paulo: Mc Graw-Hill. 15. Circuitos ressonantes em paralelo. características dos motores síncronos. Rede de subtransmissão. Introdução a sistemas de energia elétrica. indutivos e capacitivos. Ligação estrela desequilibrado a 3 (três) fios com tensão de deslocamento de neutro. Mapa de risco. Irving Leonel. 15. Representação. KOSOW. Circuitos elétricos. Ensaios de curto circuito e ensaio aberto dos transformadores.125. NBR ISO 9001:2000. Hélio. Ferramentas da qualidade. Perdas magnéticas. MONTICELLI. NORMAS Regulamentadoras NR-10. Dimensionamento de condutores pelo critério limite de condução de corrente e queda de tensão.

com. Basta apertar os botões do controle (aperteos normalmente. não há necessidade de segurá-los mais do que 1 segundo) dentro do tempo em que o led da central estiver aceso.br/modules/newbb/viewtopic. START ou algo do gênero e aperte esse botão por uns 2 segundos. por exemplo. LEARN. basta vc apertar um botão no receptor (normalmente chamado de LEARN.br/acessando-servidor-de-cameras-geovision-remotamente/ Vá na central do portão e procure.cftvdigital. O controle DC é para vc. comandar dois portões.br/modules/newbb/viewtopic. Pra vc saber qual é o tipo vai ter que abrir o receptor E o transmissor: se ele tiver um conjunto de 8 straps de fio (1 a 8) e um DC (de Dual Control) ou mesmo um conjunto de chaves. CODI. outros possuem um conjunto de minichaves para fazer a mesma coisa que os straps e tem aqueles em que a central de recepção "aprende" o comando do controle remoto.answers.guiadocftv.5 e 6 e fazer o mesmo no receptor.com. no receptor dela.com.br/modules/newbb/viewtopic. seu controle está codificado e reconhecido pela central.ufsc.php?topic_id=1496 melhor http://www.http://www.3. leia abaixo mais explicações sobre os dois sistemas.br/~luis/labinfo/dhcp. Há vários modelos de controles remotos de portão. Se os dois aparelhos não tiverem straps ou um conjunto de minichaves.guiadocftv. vc pode fazer qq combinação de corte mas tem que fazer o mesmo na central. basta trocar o receptor da central e os controles que vc tem.com.com/Download. o 1.com.php?topic_id=5641 http://www.siteclaro.htm http://www. vai piscar ou acender direto) e assim vc tem de 20 a 30 segundos para codificar o seu controle.php?topic_id=3097 http://www. é do sistema "inteligente". há aqueles que tem straps pra vc cortar. O led ao lado vai acender (dependendo do modelo.guiadocftv.guiadocftv.labeee. uma placa (normalmente é aquela onde sai uma anteninha) que tenha uma chave de pressão miudinha (com um led ao lado) escrito SETUP.htm http://br.yahoo.php?topic_id=4129 http://www. .com/question/index?qid=20080801134348AA0ktep http://www. desde que sejam da mesma frequência. Vc pode trocar o seu sistema de memória por um de "chaves codificadoras".br/modules/newbb/viewtopic. Pronto. a partir de um mesmo controle. basta vc cortar. SETUP ou algo assim) e vc terá cerca de 30 segundos para acionar um ou mais transmissores para que o receptor "aprenda" o código sem precisar cortar nenhum fio.