You are on page 1of 5

5

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA NAS ENGENHARIAS

1. Importância

A disciplina de Probabilidades e Estatística tem papel fundamental na formação de alunas e alunos de Engenharia. Conforme é posto pelo matemático Manuel Cabral Morais (2011), basta pensar que, no seu plano curricular, eles estudarão fenômenos de natureza aleatória e terão que avaliar o desempenho de sistemas regidos por leis não determinísticas. Não surpreende pois que se trate de uma disciplina de nível básico e obrigatória nas licenciaturas em Engenharia. Realce-se que a disciplina de Probabilidades e Estatística e os conceitos nela apreendidos abrem, no entanto, as portas a outras disciplinas que surgem posteriormente no plano curricular das licenciaturas e mestrados integrados de Engenharia e que podem ter caráter complementar na área de Probabilidades e Estatística ou estarem diretamente ligadas a aplicações específicas em Engenharia.

2. Conceito

De acordo com o engenheiro Gustavo Pales Cordeiro (2011), a palavra estatística remete à maioria das pessoas, recenseamento. Vale ressaltar que os censos existem ha milhares de anos e constituem um esforço imenso e caro feito pelos governos, com o objetivo de conhecer seus habitantes, sua condição socioeconômica, sua cultura, religião, etc. Portanto, associar estatística a censo é perfeitamente aceitável do ponto de vista histórico.

Devido a muitos aspectos da prática de engenharia envolver o trabalho com dados. organização e análise de dados sobre uma determinada população. para o aumento da qualidade e produtividade. a estatística tem sido utilizada na pesquisa científica para a otimização de recursos econômicos. obviamente algum conhecimento de estatística é importante para qualquer engenheiro. a estatística engloba muitos outros aspectos. sob o menor risco possível. Segundo o Professor Dr. chefe do Departamento de Estatística – UFPA: A estatística não é um ramo da matemática onde se investigam os processos de obtenção. na otimização em análise de decisões. entretanto. A estatística também não se limita a um conjunto de elementos numéricos relativos a um fato social. que permite a análise estatística de dados de um físico. De fato. Na realidade. o processamento de dados para a quantificação da quantidade de incerteza existente na resposta para um determinado problema. Poderia também ser usada por um economista. biólogo. Edson Marcos Leal Soares Ramos (2010). 2010). geólogo. a tomada de decisões sob condições de incerteza. nem a números. embora este seja um aspecto da estatística que pode ser facilmente percebido no cotidiano. previsões e em muitas outras áreas.6 A estatística é também comumente associada às pesquisas de opinião pública. aos vários índices governamentais. a estatística é uma ciência que estuda e pesquisa sobre: o levantamento de dados com a máxima quantidade de informação possível para um dado custo. matemático. aos gráficos e às médias publicados diariamente na imprensa. em questões judiciais. Segundo Rao (apud Ramos. sociólogo psicólogo e cientista político. químico. Ela é uma ciência multidisciplinar. técnicas estatísticas podem ser uma ajuda poderosa . agrônomo. Especificamente. tabelas e gráficos usados para o resumo. a organização e apresentação dos dados de uma pesquisa.

1. nem todos os protótipos tem a mesma força de remoção. que: Em análises geotécnicas. previsões de deformações ou de fatores de segurança são desenvolvidas com base em métodos determinísticos. desenvolvendo e melhorando os processos de produção. 13.6. queremos dizer que sucessivas observações de um sistema ou fenômeno não produzem exatamente o mesmo resultado. 13. 3. 12. o conector pode falhar quando ele for instalado no motor. Aplicação na Engenharia Exemplo de variabilidade nos problemas da engenharia: Suponha que um engenheiro esteja projetando um conector de náilon para ser usado em uma aplicação automotiva.6.7 no planejamento de novos produtos e sistemas. Métodos estatísticos são usados para nos ajudar a entender a variabilidade. mas está. 12.4. de algum modo. . 12. resultando nos seguintes dados (em libras-pe): 12. A Estatística nos fornece uma estrutura para descrever essa variabilidade e para aprender sobre quais fontes potenciais de variabilidade são mais importantes. Oito unidades do protótipo são produzidas e suas forcas de remoção são medidas. inseguro acerca do efeito dessa decisão na forca de remoção do conector. 13. 4. em sua tese de Doutorado – PUC – RJ. O engenheiro esta considerando estabelecer como especificação do projeto uma espessura de parede de 3/32 polegada.3. Por variabilidade. melhorando os projetos existentes e planejando. Aplicação na Engenharia Civil O engenheiro Civil Rômulo Castello Henriques Ribeiro (2008) enfatiza.9.5. 13. Se a força de remoção for muito baixa. Como antecipamos.6.

O estudo da influência dessas incertezas sobre os cálculos determinísticos. entre outras. 3. Estabelecer limitações ou suposições do modelo. Deste modo.8 que admitem como fixos e conhecidos os parâmetros do solo ou da rocha. 2. 4. da perturbação do solo devida à instalação de instrumentos.. usando conhecimento cientıfico ou de engenharia do fenômeno estudado. pela aplicação eficiente de princípios científicos. com a possibilidade da quantificação do risco de insucesso associado a um projeto geotécnico. . Propor um modelo para o problema. Desenvolver uma descrição clara e concisa do problema. ou no mínimo tentar identificar. desenvolveuse durante as últimas décadas com base nas teorias de probabilidade e estatística. tais previsões são afetadas por incertezas provenientes da impossibilidade de reprodução das condições de campo em laboratório. um engenheiro é um profissional que resolve problemas de interesse da sociedade. ou pelo projeto de um novo produto ou processo que atenda às necessidades dos consumidores. Identificar. segundo CORDEIRO (2011). Entretanto. os fatores importantes que afetam esse problema ou que possam desempenhar um papel em sua solução. 5. da variabilidade inerente ao maciço. Processo Ainda. As etapas que precisam ser seguidas em engenharia para resolver um problema são as seguintes: 1. das ocorrências geomecânicas não detectadas durante a campanha de sondagens. os engenheiros executam essa tarefa através do refinamento do produto ou processos existentes.

engenheiros tem que saber como planejar. Tirar conclusões ou fazer recomendações baseadas na solução do problema. com base nos dados observados. coletar dados.9 5. 6. . Consequentemente. Refinar o modelo. os fatores que podem influenciar sua solução. analisar e interpretar os dados e entender como os dados observados estão relacionados ao modelo que eles propuseram para o problema em questão. eficientemente. Conduzir experimentos apropriados e coletar dados para testar ou validar o modelo-tentativa ou conclusões feitas nas etapas 2 e 3. os experimentos. 7. 8. O método empregado em engenharia caracteriza uma forte relação recıproca entre o problema. Conduzir um experimento apropriado para confirmar se a solução proposta para o problema e efetiva e eficiente. Manipular o modelo de modo a ajudar o desenvolvimento da solução do problema. 9. As etapas 2-4 indicam que vários ciclos ou iterações dessas etapas podem ser requeridos para obter a solução final. um modelo do fenômeno e a experiência para verificar a adequação do modelo e da solução proposta para o problema.