You are on page 1of 2

RESENHA DO FILME A CASA DOS ESPIRITOS O filme A Casa Dos Espíritos apresenta reflexões a partir de múltiplas faces, as dinâmicas

dos indivíduos complexos, míticos, históricos , relacionais , intuitivo e contraditórios . Quando o jovem Esteban Trueba, resolve casar-se com a bela Rosa, não imaginava a trajetória que sua vida tomaria a partir dessa decisão. Com um golpe do destino, acaba tornando-se um bem-sucedido produtor rural, casando-se com Clara, claríssima, irmã de Rosa e seu único amor por toda a vida.Com Clara, formou uma família com sua filha Blanca, e Nicolas. Eram personalidades em tudo opostas, emaranhando-se em nós que talvez nunca se desatassem. Clara não foi uma dona-de-casa exemplar; estava sempre às voltas com seus espíritos, suas premonições e suas reformas. Vivia num mundo à parte, ajudava os necessitados, abrigava os desconhecidos, e conversava com os espíritos, estando sempre ausente, mas sempre presente naquela família. Esteban nunca poderia imaginar que seus excessos da juventude, seu mau gênio e suas idéias arcaicas refletiriam com tanta contundência no futuro de sua família. Blanca viveu um amor de uma vida inteira com Pedro Tercero, filho e neto de colonos. Conheceram-se crianças e se amaram desde o primeiro instante. Com o passar do tempo, Pedro tornou-se um socialista, indignado com as condições do povo do campo, pregando suas ideias e de seus companheiros por toda parte. Tais ideias eram abomináveis para Estaban Trueba, que passou a abominar também Pedro, sendo que o cúmulo de seu ódio aconteceu quando Blanca engravidou de Pedro Tercero. Nesta época, em meio a muitos outros acontecimentos, Esteban Trueba entrou para a vida política, tornando-se ardoroso defensor dos conservadores, e elegendo-se senador, cargo que exerceu durante vinte anos. Para seu sofrimento e indignação. Pedro Tercero continuou sua pregação esquerdista, tornando-se famoso, apresentando-se nas rádios e caindo na boca do povo, de modo que Trueba proibiu que o ouvissem pelo rádio em sua casa. Após a morte de Clara, o senador Trueba vê seu mundo desmoronar. A única destinatária de seus carinhos era a neta Alba. A decadência da família Trueba, com às eleições, seguiram-se intrigas, racionamentos, golpe militar. Ao golpe militar

seguiram-se

sangue,

dor,

fuga,

desgraça,

envolvendo

todos

os

remanescentes membros dessa família, bem como todos os cidadãos chilenos. Mas de certa forma, tudo isso operou um renascimento em Esteban Trueba ajudando Pedro a fugir para outro país. Talvez a grande contribuição do filme seja seu contexto contraditório antropo-social, no qual mas uma vez , fica evidente que o individuo não demostra claramente seu verdadeiro sentimento , restringindo assim , seu caráter intuitivo . A revolução é caracterizada na figura de Pedro Tercero , através de sua reflexão , revelando assim seu universo da exploração e reprodução da desigualdade social, registrando uma consciência crítica a serviço de uma sociedade mais justa e fraterna. A cena em que Clara reúne as crianças e monta uma pequena escola , alfabetizando aquelas pessoas ,em seguida é proibida por seu marido Esteban , para não continuar com a escola , já que Esteban diz que o estudo vai colocar as pessoas contra ele ,podemos fazer uma reflexão na cena citada , onde há resistência em aceitar as mudanças, porque só a sociedade menos favorecida não podia ter um pensamento crítico, por exemplo o conhecimento adquirido naquela escola lhes daria autonomia para cobrar seus direitos enquanto trabalhadores e pertencentes daquela sociedade . Por isso a muitas formas de interpretar o cotidiano, na busca por maior clareza dos seres por novos caminhos, que possam admitir a incerteza e a negação, na construção do conhecimento, das nossas referencias e experiências vivenciadas no cotidiano.