You are on page 1of 4

Atividades Práticas - Experimento IV

1- Fazer uma tabela com duas colunas: volume de NaOH (mL) e pH. V da base(mL) 0,0 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 8,0 9,0 10,0 11,0 12,0 13,0 14,0 15,0 16,0 17,0 18,0 19,0 20,0 pH 2,91 3,25 3,46 3,66 3,76 3,85 3,95 3,97 4,10 4,18 4,19 4,27 4,32 4,28 4,42 4,48 4,53 4,56 4,61 4,64 4,71 V da base(mL) 25,0 26,0 27,0 28,0 29,0 30,0 31,0 32,0 33,0 34,0 35,0 36,0 36,5 37,0 37,5 38,0 38,5 39,0 39,5 40,0 42,0 pH 4,93 4,98 5,01 5,10 5,16 5,23 5,30 5,39 5,50 5,62 5,78 6,02 6,17 6,39 6,83 9,0 9,90 10,40 10,63 10,80 11,13

0 11.0 22.79 4.60 2.32 11.5 dpH/dV Volume da base (mL) 25.0 48.0 21.0 35.0 23.0 26.84 4.0 50.0 41.0 4.0 30.0 15.0 24.21.5 27.5 23.0 19.0 13.0 33.0 28.Fazer o gráfico do pH versus volume de NaOH (mL) 3.5 26.88 44.0 5.0 27.0 43.0 22.5 29.Fazer uma tabela com duas colunas: volume médio de NaOH (mL) e dpH/dV (derivada dos dados anteriores) Volume da base (mL) 0.0 11.0 37.5 28.0 1.0 17.0 3.0 dpH/dV .0 23.53 11.0 31.75 4.0 9.0 39.0 22.43 11.0 7.0 46.

em uma pequena extensão. Essa incerteza pode freqüentemente ser reduzida para o mínimo de _0.0 47. que está conectado a um dos terminais do dispositivo de medida de potencial. A grandeza desse erro depende da variação do pH por mililitro de reagente no ponto de equivalência. Observe que os eletrodos de referência interno e externo representam apenas uma forma de contato com os dois lados da membrana de vidro e seus potenciais são essencialmente constantes. Essa diferença de concentração produz a diferença de potencial que medimos com um pH metro. porém o potencial gerado através da membrana do eletrodo depende das características do vidro e de sua resposta às concentrações iônicas de ambos os lados da membrana.24. Em vez disso.) Nessa solução.Quais os erros mais comuns em uma titulação ácido-base? Podemos encontrar dois tipos de erros em titulações ácido/base.0 45.0 24. que é originado da habilidade limitada da nossa visão em distinguir reprodutivelmente a cor intermediária do indicador. para determinar o volume do ponto final em uma titulação ácido base. há uma diferença de potencial elétrico através do material. mas tenha em mente que. além da derivada. A célula consiste em um eletrodo indicador de vidro e um eletrodo de referência de calomelano saturado imersos em uma solução com pH desconhecido. Esse tipo de erro pode geralmente ser minimizado pela escolha cuidadosa do indicador ou fazendo uma correção com um branco. um fio de prata forma um eletrodo de referência de prata/cloreto de prata. da composição da solução do analito. (Em alguns eletrodos a solução interna é um tampão contendo o íon cloreto. O segundo tipo corresponde a um erro indeterminado. Os potenciais dos dois eletrodos de referência dependem das características eletroquímicas dos seus respectivos pares redox. dos prótons presentes na solução. O eletrodo de calomelano está conectado ao outro terminal. que depende.1 . da concentração do indicador e da sensibilidade da visão do analista para as duas cores do indicador. 7.Descrever sucintamente o funcionamento do pHmetro. a incerteza visual para um indicador ácido/base situa-se na faixa de _0. um sistema de um eletrodo de vidro contém dois eletrodos de referência: o eletrodo externo de calomelano e o eletrodo interno de prata/cloreto de prata. é a membrana fina do bulbo de vidro na ponta do eletrodo que responde ao pH.5 a _1 unidade de pH.5 25. No caso do eletrodo de vidro. Um pequeno volume de ácido clorídrico diluído saturado com cloreto de prata está contido dentro do tubo. se existe uma diferença de carga através de qualquer material.0 50. O eletrodo interno de referência é parte do eletrodo de vidro. O primeiro é o erro determinado que ocorre quando o pH no qual o indicador muda de cor difere do pH do ponto de equivalência.Fazer o gráfico do dpH/dV versus volume médio de NaOH (mL) 5. a concentração de prótons do lado de dentro da membrana é constante e a concentração do lado de fora é determinada pela concentração. O eletrodo indicador é composto por uma fina membrana de vidro sensível ao pH selada na ponta de um tubo de vidro ou de plástico. pode parecer pouco usual que um isolante como o vidro possa ser empregado para detectar íons.0 4. Em um primeiro momento. Na média. porém não é o elemento sensível ao pH. Uma célula típica para a medida do pH. ou atividade. exceto pelo potencial de junção.Pesquisar outros métodos. em um gráficodo pH versus volume de titulante. Exemplificar 6.

10. .Determinar a concentração do vinagre em percentual em massa a partir do volume encontrado em (8). o volume do ponto final 9.Determinar graficamente o valor do pKa do ácido acético e comparar com o valor esperado. Por exemplo. no gráfico da derivada.Encontrar. como também de pessoa para pessoa. é claro. uma liga de zinco é dosada para se determinar seu conteúdo em zinco e sua dosagem representa um valor numérico específico. Comparar com o valor esperado.unidade de pH pela comparação da cor da solução que está sendo titulada com a de uma padrão de referência contendo quantidades similares de indicador em pH apropriado. Uma dosagem é o processo de determinar quanto de uma dada amostra é o material indicado pela sua descrição. aproximações que variam consideravelmente de indicador para indicador. 11.Fazer um laudo sucinto sobre a dosagem. Escrever a fórmula usada. 8. Essas incertezas são.