You are on page 1of 6

Transporte Rodoviário de Cargas

O transporte rodoviário de cargas (TRC) é aquele realizado em rodovias. O veículo utilizado neste transporte pode ser tanto um veículo unitário (e.g. caminhão simples) quanto uma combinação de veículos de carga (CVC, que é composta por um veículo trator e um - ou mais veículo rebocável), com compartimentos de carga que são função do tipo de carga a ser transportada. O TRC é uma atividade que pode ser realizada pelo próprio dono da carga (Transporte de Carga Própria – TCP), ou pode ser feita por um transportador, contratado para realizar este serviço (Transporte Rodoviário Remunerado de Cargas – TRRC). No Brasil, os transportadores que exercem atividade remunerada de transporte de carga podem ser autônomos, empresas ou cooperativas. Estes transportadores são obrigados por Lei a se cadastrar e obter o Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas As grandes mudanças no cenário competitivo nas últimas décadas do século passado deram novo alento ao ensino e à pesquisa em Gerência de Operações nos principais centros mundiais de ensino de Administração de Empresas. Os investimentos nos sistemas de transportes concentraram-se na infra-estrutura rodoviária e foi a modalidade de transporte que mais recebeu investimentos, com a elaboração do plano quinquenal de obras rodoviárias. No governo de Juscelino Kubitschek, os investimentos em infra-estruturas econômicas podem ser comprovados na execução de projetos importantes, como a implantação do parque industrial brasileiro, a construção de Brasília, a construção de grandes eixos rodoviários, a modernização agrícola, entre outros, que dinamizaram as atividades econômicas no território nacional. No setor de transportes, o foco direcionou-se para a política rodoviária como forma de promover a integração nacional. Nesse governo, foi construída e pavimentada uma grande quantidade de rodovias, principalmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal e Rio Janeiro. Esses estados ampliaram sua malha rodoviária para atender ao desenvolvimento do comércio, da indústria, da agropecuária e da agroindústria, principalmente na região centro-sul, onde se tem a maior dinamicidade econômica e urbana. Buscando compreender a atual política de transporte no Brasil, tornou-se necessário destacar que o transporte rodoviário foi e ainda é um ponto estratégico nos planos setoriais de governo Em 2008, houve uma leve retração da malha rodoviária não pavimentada. No entanto, a malha rodoviária pavimentada apresentou um leve crescimento. A crítica que se pode fazer a essa política rodoviarista é que o Brasil, um país considerado rodoviário, tem somente cerca de 12,5% da sua malha rodoviária pavimentada.

Transporte na empresa Cremer S/A

Em 1935 o alemão Werner Siegfried Cremer transferiu de Porto Alegre ( RS) para Blumenau (SC) uma pequena fábrica de artigos têxteis para uso cirúrgico e hospitalar fundando a Empresa Cremer no dia 30 de março deste mesmo ano. A partir desta mudança iniciou-se o processo logístico da Cremer. Nesta época a distribuição das mercadorias era feita com veículo próprio pois o mercado abrangia apenas as regiões mais próximas.

Para fornecer o nível de serviço esperado pelos seus clientes.(Primeiro prédio e veículo da Cremer) Hoje a distribuição é feita para todo Brasil e alguns itens estão sendo inseridos no mercado exterior. Ao todo são 10 centros de distribuição ( CD) sendo dois deles dedicados a fitas adesivas e industriais. Para a distribuição das mercadorias conta-se também com o suporte das empresas de transporte rodoviário contratadas pela Cremer de acordo com suas respectivas regiões de abrangência e localização. O investimento é constantemente no aprimoramento de sua rede de distribuição. O Faturamento também ocorre nos centros de distribuição e com isso a Cremer disponibiliza em determinados CD’s um veículo próprio para entregas de emergência e com prazos de 24 hrs. . a Cremer possui estoques e pontos de reposição independentes em seus centros de distribuição garantindo entregas rápidas nos pontos mais remotos do país. contando com centros de distribuição próprios e operadores logísticos espalhados por várias regiões do Brasil.

(Localização dos Centros de distribuição da Cremer) .

Fundamentos de Logística Transporte Alunos: Raquel Rosa Thiago .

247.html) Site (http://200.html) .247.241/cremer/ml_empresa/ml_temp_historia.161.161.241/cremer/ml_empresa/ml_temp_logistica.Referências Site(http://200.