You are on page 1of 6

Caso | 4

Módulo 14

Intervenção da Fisioterapia em contexto de Saúde Ocupacional
1. INTRODUÇÃO
“1 - O trabalhador tem direito à prestação de trabalho em condições que respeitem a sua segurança e a sua saúde, asseguradas pelo empregador ou, nas situações identificadas na lei, pela pessoa, individual ou colectiva, que detenha a gestão das instalações em que a actividade é desenvolvida. 2 - Deve assegurar-se que o desenvolvimento económico promove a humanização do trabalho em condições de segurança e saúde. 3 - A prevenção dos riscos profissionais deve assentar numa correcta e permanente avaliação de riscos (...). 4 - O desenvolvimento de políticas e programas e a aplicação de medidas (...) devem ser apoiados por uma coordenação dos meios disponíveis, pela avaliação dos resultados quanto à diminuição dos riscos profissionais e dos danos para a saúde do trabalhador e pela mobilização dos agentes de que depende a sua execução, particularmente o empregador, o trabalhador e os seus representantes.”

(in: Diário da República, 1.ª série — N.º 176 — 10 de Setembro de 2009 Lei n.º 102/2009 de 10 de Setembro, Regime jurídico da promoção da segurança e saúde no trabalho, art. 5º)

2.

OBJECTIVOS EDUCACIONAIS
No decorrer das próximas quatro tutorias os estudantes terão a oportunidade de se centrar na intervenção da

Fisioterapia no contexto da Saúde Ocupacional. Pretende-se que os estudantes desenvolvam conhecimento e competências relativamente ao papel do fisioterapeuta na avaliação dos indivíduos em contexto laboral e das condições de trabalho em que se inserem e relativamente à efectividade dos programas de intervenção junto desta população. Especificamente, os estudantes terão a oportunidade de se centrar na elaboração de uma ação de intervenção, não exclusivamente escrita, visando a prevenção de lesões ligadas ao trabalho.

Estudos de Caso em Fisioterapia II - 2012-2013

as longas horas de trabalho. da postura. desconforto e. para posteriormente poder atuar nessa situação. no que respeita à implementação de estratégias educativas. presenteísmo. da forma de manusear cargas. Como fisioterapeuta interessado em melhorar as condições de trabalho de pessoas suas conhecidas. RESULTADOS DE APRENDIZAGEM No final desta tarefa. avançou para o terreno. pensão de invalidez e diminuição da produtividade. para tentar identificar situações em que haja risco de desenvolvimento de sintomatologia dolorosa ou mesmo de LMELT. • Integrar as recomendações nacionais nas tomadas de decisão para a intervenção junto de uma população em contexto ocupacional. os estudantes devem ter capacidade para: • Conhecer a realidade nacional e internacional que faz deste contexto uma área de pertinente intervenção de equipas multidisciplinares integrando o fisioterapeuta. Deve recolher imagens claras de desadequação do local de trabalho. com a finalidade da promoção e protecção da sua saúde no local de trabalho. de despesas de saúde. postos de trabalho desadequados do ponto de vista ergonómico e a natureza repetitiva do próprio trabalho estão identificados como fatores de risco que causam dor. dirigida aos trabalhadores. lesões músculoesqueléticas ligadas ao trabalho (LMELT). frequentemente. • Desenvolver uma estratégia educativa. Estudos de Caso em Fisioterapia II . 4. As LMELT representam um importante problema de saúde pública com bastante impacto a nível social e económico. O CASO As posturas estáticas. uma vez que constituem a maior causa de absentismo. • Conhecer e compreender os conceitos teóricos que fundamentam a intervenção no contexto da saúde ocupacional. da utilização incorreta ou desadequada de meios de proteção individual. • Recolher informação pertinente que sirva de base para a estruturação da intervenção do fisioterapeuta em contexto de saúde ocupacional.Caso | 4 Módulo 14 3.2012-2013 . para posteriormente desenvolver uma ação de intervenção face ao risco identificado. enquadrar essas imagens na realidade da função/tarefa desempenhada e nos dados sócio-demográficos e laborais das pessoas envolvidas. mantidas ou inadequadas.

presenteísmo ou absentismo laboral destes indivíduos. nas fotografias • Identificar as implicações referentes ao Manuseamento Manual de Cargas e à utilização de equipamentos de protecção. • Identificar os factores contributivos que possam estar associados às queixas.reflectir sobre as implicações das sua utilização e obrigações para as empresas e para os trabalhadores . Nota: Na próxima tutoria é necessário que cada estudante traga uma fotografia. ambientais e psicossociais.Caso | 4 Módulo 14 1. das suas causas e das consequências ao nível pessoal e do desempenho laboral.2012-2013 .identificá-las nas fotografias • Identificar e discutir as estratégias de intervenção ao alcance dos fisioterapeutas em contexto de saúde ocupacional. colectivos ou individuais . de uma situação identificada compatível com o CASO apresentado. visando a proteção e promoção da saúde em contexto ocupacional. 2ª Tutoria (13 Maio) • Identificar o tipo de lesões musculoesqueléticas ligadas ao trabalho (LMELT) mais frequentes e a sua relação com o tipo de actividade laboral . em apêndice. nomeadamente factores físicos.perceber se esta intervenção é pertinente nas situações identificadas Estudos de Caso em Fisioterapia II . para as situações identificadas. • Compreender e discutir o enquadramento legal da intervenção do fisioterapeuta junto de uma população. tendo em conta a documentação e a legislação disponíveis .perceber a sua utilização.identificar os riscos eminentes nas fotografias • Identificar a importância da ergonomia a sua aplicabilidade e as alternativas quando esta não é possível de implementar . em contexto ocupacional através da análise da legislação em vigor e as vantagens conhecidas dessa intervenção. ou a sua falta.o que se sabe sobre esta população? • Identificar e compreender das principais queixas e lesões ligadas ao trabalho mais frequentes. ACTIVIDADE TUTORIAL Pretende-se que ao longo das próximas quatro tutorias os estudantes desenvolvam conhecimento e competências que permitam elaborar uma ação de intervenção sobre a adequação da forma de desempenhar as tarefas ou a utilização de meios de facilitação ou proteção. com base no descrito na literatura . e os dados adicionais propostos no Guião. Nota: o material recolhido individualmente pelos estudantes vai se necessário a partir da 2ª tutoria (13 maio) 1ª Tutoria (9 maio) • Caracterizar a população ativa com problemas relacionados com o trabalho.

utilize.2012-2013 . disponibilizada no moodle) ‣ os erros cometidos pelos trabalhadores identificados ou o a falta de condições de trabalho que deveriam ser reportadas aos empregadores. Alguns economistas avançam mesmo com conclusões interessantes neste âmbito. assegurando a adequação à população-alvo • Compreender e justificar os conteúdos a incluir na ação de intervenção. de acordo com a legislação em vigor. e em particular nos EUA e na EU. nas fotografias selecionadas (uma ou todas das seguintes situações): ‣ ‣ os equipamentos de protecção.Caso | 4 Módulo 14 • Identificar. colectivos e individuais em utilização ou que seriam necessários nas situações identificadas os eventuais riscos de lesões que estes trabalhadores correm (caso seja este o caso. a check-list nº 44 . afirmado que. de acordo com a situação identificada. a prazo. ao contexto. 4ª Tutoria (20 maio) • • Apresentação da estratégia de intervenção escolhida. por cada euro investido. fundamentando as escolhas e a adequação Discussão das estratégias apresentadas com contributos para a melhoria de cada grupo.” in Autoridade para as Condições do Trabalho. chegaram à conclusão de que apostar num bom sistema de gestão dos riscos do trabalho é bom para o êxito dos negócios na medida em que se transforma. se terá um benefício de doze. num bom investimento. como base de trabalho. 3ª Tutoria (16 Maio) “As empresas mais avançadas em todo o mundo. 2008 • Identificar e discutir os fundamentos para uma estratégia de divulgação efectiva. as características da empresa e a população-alvo definida. de acordo com as características da empresa (empregadores e empregados) de acordo com a legislação em vigor • Estruturar a ação de intervenção. Efectivamente. nos países onde existem elevados níveis de segurança e saúde no trabalho (SST) a competitividade das empresas aumenta e diminuem os custos com os acidentes e as doenças profissionais. Estudos de Caso em Fisioterapia II .dedicada à prevenção de riscos por manuseamento manual de cargas.

Deve incluir: Informação relevante que suporte cientificamente as ações desenvolvidas Deve ser acompanhada por um documento escrito anexo à actividade com o máximo de 2 páginas. blogge. SOBRE A ACTIVIDADE: Grupos: Para a realização desta actividade cada grupo tutorial deverá subdividir-se em 2 grupos. A sua apresentação no dia 27 de maio é considerada na avaliação (os critérios de avaliação reformulados estão disponíveis no manual do Módulo). Esta é uma atividade avaliativa que pretende avaliar a aquisição de competências ao nível da identificação de estratégias de intervenção. workshop. Após apresentação e discussão na tutoria de 20 de maio. do Módulo 15. Tem uma ponderação de 20% do total da nota final da Unidade Curricular Estudos de Caso em Fisioterapia II..). para as situações identificadas. Devem entregar o documento definitivo no Moodle em formato pdf ou em suporte digital. Estratégia : A estratégia é livre (video. de acordo com o feedback do grupo de tutoria. visando a proteção e promoção da saúde em contexto ocupacional Para tal deve considerar a aquisição de conhecimentos e sobre o enquadramento legal e as estratégias de intervenção efectivas. até às 17 horas do dia 24 de maio de 2013. Estudos de Caso em Fisioterapia II . que justifique a selecção da estratégia (porque é que se escolheu esta(s) ou aquela(s) estratégia(s)?) Deve ter: Uma estrutura apelativa e linguagem clara e adequada ao público-alvo. ao alcance do fisioterapeuta. desde que adequada ao objectivo e não exclusivamente escrita. os estudantes têm a oportunidade de fazer alterações ao documento inicial. selecção de informação e comunicação efectivas com utentes/trabalhadores.. Tem como objectivo a adequação da forma de desempenhar as tarefas ou a utilização de meios e proteção.Caso | 4 Módulo 14 ELABORAÇÃO DE AÇÃO DE INTERVENÇÃO EM CONTEXTO LABORAL A elaboração desta ação surge da temática abordada ao longo das últimas tutorias.2012-2013 .

sem pausas? Tem facilidade em mudar de funções? NOTA: Poderá ser necessário recolher mais dados para a tomada de decisões face à elaboração da ação de intervenção Estudos de Caso em Fisioterapia II .Caso | 4 Módulo 14 GUIÃO PARA RECOLHA DA SITUAÇÃO Fotografia Questões complementares: • Âmbito Individual ‣ ‣ ‣ • Idade Género Pratica Actividade física? S/N Quantas vezes por semana? Estado de Saúde ‣ ‣ Auto-avaliação do Estado Geral de Saúde (Insuficiente / Suficiente / Bom / Muito Bom) No último ano.2012-2013 . algum problema de saúde? Relaciona-o com o trabalho? • Âmbito Ocupacional ‣ ‣ ‣ ‣ Qual a posição dentro da empresa (empregado/empregador)? Qual a função atual e há quanto tempo (em anos) a desempenha? Quanto tempo trabalha seguido.