GRÉCIA ANTIGA

GRÉCIA ANTIGA, os antigos gregos foram os primeiros a desenvolver um modo democrátic o de vida. Há mais de dois mil anos, tiveram a idéia de que cada cidadão deveria tomar parte ativa no governo. Os historiadores consideram-nos os fundadores da c ivilização ocidental. A civilização grega foi bem mais adiantada do que todas as anteriores. Os primeiros grandes dramaturgos, historiadores, oradores, filósofos e poetas do mundo foram gregos. Foram o primeiro povo a estudar botânica, geometria, medicina, física e zool ogia em bases científicas. Foram os gregos também os primeiros que realizaram competições atléticas, numa primeira versão das Olimpíadas de hoje. Os gregos da Antiguidade chamavam a si próprios de helenos, e davam o nome de Hélade à sua terra. Jamais chegaram a formar um governo nacional, porém estavam unidos pela mesma cultura, religião e língua. Os gregos davam o nome de helenos a todos os que falavam o grego, mesmo que não vivessem na Grécia. Os que não falavam o grego eram chamados de bárbaros. A civilização grega desenvolveu-se numa península acidentada e rochosa que, do sudeste da Europa, projeta-se no mar Mediterrâneo, e nas ilhas do mar vizinho. O povo de cada planície e ilha formava uma comunidade independente chamada cidade-estado. Nenhuma dessas cidades-estados dispunha de terra boa suficiente para sustentar toda a sua população. As comunidades desentendiam-se entre si em vez de se unirem. A tenas e Esparta tornaram-se as mais famosas dessas cidades-estados. A Terra e Suas Riquezas Localização e Tamanho. A Grécia antiga incluía a península dos Balcãs ao sul da Macedônia e m itas ilhas nos mares Egeu e Jônio, abrangendo em sua totalidade uma área de aproximadamente 77 mil quilômetros quadrados. O país incluía as atuais partes ce ntral e sul da moderna Grécia. Além disso, os gregos consideravam todas as colônias que haviam fundado no ultramar como terras gregas. Essas colônias incluíam várias vilas na Sicília e no sul da Itália, ricas cidades onde é hoje a Turquia e postos comerciais espalhados ao red or do mar Negro. Os colonizadores gregos chegaram a estabelecer povoados até mesmo na Índia, em Portugal e no Sudão. Relevo. Ásperas montanhas de pedra calcária ocupavam cerca de 3/4 do território da Gréci a antiga. Florestas cobriam as encostas das serras. As maiores planícies ficavam na Tessália, ao norte, na Ática e na Beócia na Grécia central, e na Lacônia e em M essênia no Peloponeso, a península do sul do país. Os picos das cadeias submersas despontavam no mar formando ilhas. Riquezas Naturais. O solo da Grécia era mais fértil antigamente do que hoje. Todavia , mesmo naquela época, apenas cerca de 1/4 da terra podia ser cultivado. O resto do território era rochoso e impróprio para a agricultura. Os proprietários rurais podi am usá-lo apenas como pasto e a maioria deles criava cabras e ovelhas; alguns possuíam vacas, porcos e cavalos. A terra era tão escassa em riquezas naturais que a prosperidade dos gregos dependia do comércio e das colônias. As florestas do país, nos tempos antigos, eram maiores do que são atualmente. As árvor es ajudavam a reter a água no solo, porém grande parte das antigas florestas foi posta abaixo para servir de combustível, pois a Grécia não tem carvão. As montanhas forneciam muito mármore, mas pouca quantidade de minérios. Os gregos ex traíam algum cobre, ouro, chumbo e prata, porém o ferro era escasso. O ouro provinha das ilhas de Sifnos e Tasos, e as regiões de Láurio e Maronéia forneciam prata. Javalis, gamos e lebres vagavam pelas florestas proporcionando alimento e esport e aos caçadores gregos. Os mares ao redor do país ofereciam boa pesca. Clima. A Grécia antiga tinha um clima ameno e agradável. Aproximadamente 640 mm de c huva caíam a cada ano, principalmente no inverno. No verão, o povo vivia quase que inteiramente ao ar livre. Embora os ventos de inverno fossem frios, os grego s promoviam a maioria dos divertimentos e reuniões públicas fora dos recintos cobert os. Vida da População O Povo da Grécia antiga tinha uma origem européia mista. O país tinha uma população de apr

escravos. túnica que descia até os joelhos ou tornozelos. Dentro de casa. hilotas. Os metecos e os periecos não tinham direitos políticos. Esparta possuía também três classes: cidadãos. a casa possuía uma sala coberta chamada pastas. que viveu há mais de dois mil anos. Num dos lados. Os gregos faziam suas casas de pedra o u de tijolos secos ao sol e cobertos com estuque. mantos que eles arranjavam com pregas sobre os ombros e braços. Conseqüentemente. S omente os cidadãos tomavam parte no governo e somente eles podiam possuir terras. muitos dos que nasciam na Grécia muda vam-se para as colônias ultramarinas. Os antigos gregos falaram vários dialetos diferentes durante centenas de ano s. provavelmente seri a capaz de ler um dos jornais gregos da atualidade. Vestuário. Os gregos não conheciam o açúcar.C. O almoço. O povo levava uma vida simples. Vários invasores penetraram na Grécia antiga. e em pouco tempo tornava-se difícil distingui-los do povo que haviam conquistado. ou s ervos. Tanto homens como mulheres trajavam também himátions. Lazer. Os gregos desenvolveram um belo e gracioso traje. No inverno. Ao cair da noite havia o deipnon. e metecos. ou não-cidadãos. um dialeto comum chamado coiné desenvolveu-se a partir do primitivo dialeto falado em Atenas. A maioria dos gregos bebia uma mistura de vinho e água: eles considera vam o leite próprio apenas para os animais e os bárbaros. Homens e mulheres usa vam ambos um quitão. mas não podia abandonar o lugar de nascimento. figos. bem como da cidade. Atenas c ontava com três classes: cidadãos. Cada vila ou cidade contava com um ginásio ao ar livre onde os homens podia m praticar exercícios ou vários tipos de jogos com bola. ariston. Depois de 330 a. que era uma vari ação do quitão. começava o seu dia ao amanhecer e encerrava-o pouco depois do pôr-do-sol. queijo. Sócrates. Usav am o azeite para passar no pão. embora desfrutassem de liberdade pessoa l e fossem protegidos pela lei. a refeição prin cipal. nos demais. o aquecimento era feito pela queima de carvão vegetal em panelas. que eram os mais numerosos. Grande parte dessas túnicas era feita de lã. pequeno manto preso no ombro. Em geral eles adotavam a língua e os cos tumes gregos. A maioria dos gregos andava com a cabeça descoberta. azeitonas e por vezes um pedaço de carne ou peixe. A gente do campo. havia cômodos menores que davam para o pátio. Os homens mais velhos sentavam-se na ágora . na rua muitos usavam sandálias. os gregos construíam suas casas simples ao redor de pátios abe rtos. um cinto estreito prendia na cintura o quitão feminino. O povo usava quitões de cor marrom para o trabalho e de cor branca nas ocasiões formais. As classes na sociedade grega variavam de uma cidade-estado para outra. o qual incluía abrigos para animais. "a pobreza é sempre uma hós pede". Ruelas estreitas corriam entre as casas desprovidas de janelas. As crianças geralmente rolavam aros ou brincavam com bonecas. e periecos. Língua.oximadamente dois milhões de habitantes pois não havia terra suficiente para conter uma população maior.. A maioria dos gregos fazia apenas duas refeições por dia. Vida Familiar. Os gregos habitualmente limitavam a cidadania às pessoas cujos pais eram cidadãos. Os moços por vezes usavam uma clâmide. porém várias cidades-es tados também empregavam escravos nas minas estatais. porém serviam-se do mel para adoçar seus alimentos. que incluía pão. os gregos habitualmente andavam descalços. As mulheres podiam vestir também um peplos. ape nas os mais ricos podiam tê-las de algodão ou linho. Alimentação. A maioria dos escravos pertencia a proprietários particulares. Os agricultores gregos viviam em pequenas casas de pedra ou de tijolo e geralmente erguiam uma muralha de pedra ao redor do pátio. muitas vezes consistia somente de um prato de feijão ou de ervilhas e de uma cebola crua ou um nabo cozido. ou residentes estrangeiros. além de empregarem-no como óleo de cozinha e como sabão. Um servo podia ter uma propriedade particular. Moradia. Nas cidades. muito embora ele talvez enco ntrasse alguma dificuldade devido às muitas mudanças que esses povos introduziram na língua gr ega. "Na Grécia." escreveu o historiador Heródoto. que eram os mais numerosos.

Eles colhiam cev ada e trigo na primavera. Os comerciantes usavam pequenos navios de madeira para transportar suas mercadorias. uma planta me dicinal do mesmo gênero da assa-fétida. burros ou mesmo nas próprias costas. e uvas e azeitonas no outono. Os grego s transportavam mercadorias em carroças. telhas e tecidos de lã. Após a década de 330 a. Os gregos em pregavam cavalos e bois no transporte de cargas e no trabalho. Corinto e Samos. A economia da Grécia antiga dependia quase que inteiramente de três produtos : azeitonas. Os mercadores gregos negociavam sobretudo com as cidades do leste do Mediterrâneo e do mar Negro. Delos e Rodes tornaram-se também importantes centros comerciai s.. onde ficavam jogando damas ou conversando. Cultivavam apenas uma metade de seus campos a cada ano. mas tinham de importar grandes quantidades de cereais. Em vários locais os navios mercant es eram puxados por cima de estreitas faixas de terra em holkoi (trilhos especiais para navios). Rodes e Atenas eram centros produtores de cerâmica. vinho e manufaturados. Os agricultores gregos faziam quase todo seu trabalho à mão. e salteadores emboscavam-se nas veredas solitár ias das montanhas. mobília e utensílios de cozinha. As principais cidades comerciais gregas eram Egina. As mais importantes cidades produtoras de tecidos eram Atenas e Mégara. porém.C. Os artífices fabricavam a maior parte dos produtos manufaturados na Grécia antiga. Homens livres e escravos muitas vezes trabalhavam lado a lado. O Transporte era difícil. plantavam maçãs. formando terraços nas pequenas propriedades que jaziam na s encostas das colinas. Algumas cidades tornaram-se famosas devido a algum produto especial: Cirene produzia Silphion. Co rinto. Para enviar mensagens dentro da Grécia as pessoas contratavam corredores . e a maioria delas contava com pequenas fábricas qu e produziam couraças. Em compensação. figos e romãs. Em o utras partes da Grécia. e Tânagra produzia estatuetas de barro em forma de pessoas e animais. Trabalho da População Agricultura. Os gregos produziam azeite suficiente para suas necessidades. A cerâmica grega era considerada a melhor do mundo. Além disso. Citera fabricava o corante púrpura. exportavam prata. Mas existiam poucas estradas e pontes. Messênia e Tessália. e com as colônias da Sicília e do sul da Itália. Entre os principais produtos estavam utensílios de metal. Atenas. quando a neve e as tempestades bloqueavam as vias terrestres e tornavam perigoso o mar. Lesbos e Atenas prod uziam os melhores azeites. Os gregos jamais exportavam tanto quanto importavam. A lavoura era a principal ocupação dos gregos antigos. deixando a outra metade descansando para que a terra permanecesse fértil. Os mercadores de Rodes criaram um sistema de leis marítimas que foi mais tarde adotado pelos rom anos. Essas leis formaram a base de toda a legislação marítima posterior. da Cítia (sul da Rússia) e da Sicília. Cada cidade insistia em cobrar direit os aduaneiros e tinha moeda e calendário próprios. com proas de metal que serviam como aríetes e cuja tripulação consistia de 180 remadores e 20 marinheiros . Os vasos de guerra eram navios de madeira estreitos. As caçadas eram o passatempo predileto nas propriedades rurais. O povo de Tasos trabalh ava o ouro e Atenas ficou famosa por sua prata. principalme nte do Egito. os agricultores em sua maioria cultivavam eles mesmos suas terras. A mulher grega trabalhava quase que todo o tempo e tinha poucos divertimentos. cerâmica .(mercado). O comércio e os transportes praticamente cessavam no inverno. Usavam enxadões e arados puxados por bois e feitos com as partes ramificadas da s árvores. O transporte pela água era mais fácil. Comércio. Mileto. Os servos faziam o trabalho da terra nas planícies da Lacônia. porque cadeias de montanhas separavam os vales. Indústria. Comunicação. Os gregos jamais ir rigavam o solo e raramente empregavam fertilizantes. Os navios mercante s não tinham convés e eram impelidos a remo e vela. Corinto fabricava utensílios de bronze e Cálcis objetos de cobre. cereais e uvas. Várias cidades tinham estaleiros. Muitos proprietários rurais criavam cabras e ovelhas. recebendo os mesmos salários.

Os gregos. Religião. possuíam três or dens de remadores. mas aprendiam os ofícios domésticos e os trabalhos manuais com as mães. Os viajantes que se dirigiam aos festivais religiosos tinham garantida uma jo rnada sem riscos. A educação em Atenas contrastava acentuadamente com a que era adotada em Esparta. galeras chamadas trirremes. Os programas incluía m dramas. que era um escravo de confiança. literatura. As Olimpíadas. Os meninos viviam em casernas dos sete aos 30 anos e sua educação incluía intermináveis exercícios de ginástica e atletismo. Hefesto. em dois dias. mas em geral eram ignorantes. Hades. e eram capazes de fazer 120 km durante o dia. Hermes. Os vasos de guerra gregos. ao contrário dos demais povos da Antiguidade. Uma carta de Atenas para Rodes podia le var de quatro dias a um mês para ser entregue. As meninas não recebiam qualque r educação formal. por exemplo. Os gregos consideravam Homero e Hesíodo como grandes mestres e geralmente aceitava m os deuses que esses poetas descreviam como sendo os mais importantes. todos os jovens quando atingiam a idade de 18 anos. não viviam com medo de seus deuses. protetora do casamento e do nascimento. além de velas. sob condições favoráveis de tempo. contudo. a mulher de Zeus. dependiam do tempo. Atividades da População A Educação na Grécia diferia da atual sob vários aspectos. Os atenienses acreditavam que sua cidade-estado tornar-se-ia a mais forte se cada menino desenvolvesse integralmente as suas melhores aptidões individuais. As comunicações com o ultramar seguiam as rotas comerciais regulares. Os gregos antigos não contavam com uma educação técnica para preparar os estudantes para uma profissão ou negócio. Os meninos tinham feriados apenas nos dias de festas religiosas. preces. qu e vivia no monte Olimpo. As principais deusas eram: Her a. Atena. Um navio merca nte. Os gregos tinham em alta consideração os santuários de cura como. o deus do fogo. Os gregos realizavam numerosos festivais em honra dos deuses. As viagens. era a divindade principal que governava os homens e os de mais deuses. O govern o não controlava os alunos nem as escolas. escrita e educação física. um ateniense chamado Fidípedes correu de Atenas até Esparta. e Posêidon. e Deméte r. às vezes seriamente. conforme as várias idéias que se tinha a respeito da formação de bons cidadãos . O principal objetivo da educação grega era preparar o menino para ser um bom cidadão. o deus do mar. deusa da guerra e da sabedoria. Esses mensageiros desenvolveram grande velocidade e resistência. Dioniso. Os professores surravam os alunos.C. mesmo em tempo de guerra. O governo recrutava. a educação era organizada em moldes militares e dava-se ênfase à educação física. podia viajar cerca de 100 km durante o dia claro. sacrifícios de animais e competições de atletismo. O aluno estudava aritmética. deusa do amo r e da beleza. Em 490 a. o de Ep . o deus dos infernos. atraíam os atletas de todas as partes do mundo greg o. deusa da caça. Ártemis. promovidas a cada quatro anos. Zeus. cerca de 2 40 km. Os gregos cultuavam vários deuses. Em Esparta. Cada cidade-estado tinha suas próprias divindades menores e as cultuava à sua maneira. Os espartanos alcançavam a maturidade em ótimas condições físicas. da música e da juventude. A maioria deles acreditava que seus deu ses eram seres sobre-humanos amigos da humanidade. o deus do vinho.. Afrodite. decorava muitos poemas e aprendia a tomar parte nos cortejos públicos e religiosos. Em conseqüência disso. a fim de reforçar a disciplina. o deus dos r ebanhos e dos viajantes. Eles julgavam que os homens apenas podiam despertar a ira dos deuses caso se comportassem de maneira ímpia ou insolente. somente alguns s abiam ler e escrever.profissionais. para treinamento militar durante 24 meses. Apolo era o deus da luz. música. deusa das colheitas. além disso. ela variava consideravelmente de uma cidade-estado para outra. Um garoto ateniense entrava na escola com a idade de seis anos e ficava confiado a um pedagogo.

C. Olímpia.. até mesmo algum original grego. de arquitetura grega: dórica. Fídias e Policleto. Freqüentemente eles formavam sociedades secretas religiosas como a de Elêusis. e. Os oráculos traduziam a vontade dos deuses em templos situados em Delos. Escultura. regras de comportamento moral. Os sofistas.C. Deles foi a primeira literatura produzida na Europa. São Paulo trouxe o cristianismo para a Grécia por volta de 51 d. IV a. Infelizmente. A fortaleza de Atenas. continuam a encontrar antigas cópias de estátuas e pinturas. mas todos os seus maiores trabalhos desapareceram. Pintura. O séc. Aristóteles. porém. Ísis. o Propileu e o Erectêion. mais famosos do que os esculto res. Polignoto e Zêuxis. ou seja. Agrigento e muitas outras cidades-est ados possuíam famosos templos construídos com colunas de uma das três ordens. Praxíteles e Scopas. o povo voltou-se pela primeira vez para a filosofia e. e Mitras. o primeiro sistema filosóf ico abrangente. Os arquitetos gregos demonstraram grande habilidade em seus projeto s de templos e edifícios públicos. Os instrumentos favoritos eram a lira. Demócrito. Samos. Eles assentavam com perfeição os blocos de mármore ou de pedra calcária sem usar argamassa. Mais difícil ainda é imaginar quão impressionantes deveriam ter sido as pinturas de artista s como Apeles. e tentaram definir a felicidade d . foram perdidos. parecida com o alaúde. A literatura foi. um grupo extremamente inteligente de professores que ensinavam em A tenas. desenvolveu. chamada Acrópole contém os mais famosos edifícios gregos: o Partenão. Apenas nos vasos alguns trabalhos foram preservados. Os gregos a preciavam bastante o canto e escreveram muitos poemas em forma de canção com acompanhamento de lira. em vários campos. V a. Eles chamavam essa poesia de lírica. uma divindade persa. jônica e coríntia. Os pintores de vasos trabalhavam com tanta perícia que é difícil le mbrar-se que eram geralmente modestos artífices e não grandes artistas.C. A religião grega parecia quase tão ingênua como os contos de fadas para alguns pensado res da Grécia. Por volta de 330 a. Arquitetura. na Antiguidade. A Grécia antiga teve. Todavia a religião grega perdurou até o fechamento das escolas de filosofia em Atenas pelo imperador romano Justiniano em 529 d. Platão.C. Algumas das esculturas de Fídias encontram-se ainda na Acrópole e outras se acham no Museu Britânico. sem dúvida. tais como brancura e dureza. A música na Grécia antiga era executada por um só instrumento de sopro ou de cordas ac ompanhado por uma forte batida rítmica. Filosofia e Ciência. Os escultores gregos usavam tanto o mármore como o bronze. para várias religiões orientais em busca de ajuda e conforto espirituais. Sócrates veio provar que os sofistas estavam errados. produziu escultores famosos como Lisipo. Os filósofos que vieram depois estudaram apenas a ética. desenvolveu um sistema que chegou tão perto de fornecer respostas finais às questões filosóficas quanto qualquer ou tra filosofia posterior. que lembrava um pouco o oboé. sugeriu uma teor ia atômica que é surpreendentemente parecida com as atuais concepções científicas. Ele foi o primeiro homem a demonstrar qu e o conhecimento provém de idéias gerais e abstratas chamadas conceitos. Os gregos foram o primeiro povo a perguntar: "De que é feito o mundo? Por que ele é do jeito que é?" Os filósofos mais antigos procuraram o elemento básico de que o mundo todo era feito. a maior e mais singular contribuição dos gregos à civilização ocidental. por exemplo. na maioria. discípulo de Platão. Ele sempre buscou a verdade. Éfeso. uma deusa egípcia. literatura essa que souberam elevar a um tal grau de perfeição que ela serviu mais tarde como f onte inspiradora à maioria dos escritores do mundo ocidental.idauro. e empregavam graciosas colunas para suste ntar o telhado dos templos. depois. baseado em sua teoria das idéias. o mais talentoso discíp ulo de Sócrates. Delfos e Dodona. seus trabalhos originais. atraíram numerosos seguidores. e procurou conduzir os atenienses a um padrão de vida moral mais elevado. Os maiores e scultores do séc. às vezes. em Lond res. Artes.C. Ha três ordens ou estilos. artistas cujos trabalhos são ainda hoje admirados por sua beleza e qualidade técnica. dando assim aos mesmos uma bela aparência exterior. a citara. Seus trabalhos eram mais realistas e menos idealizados que os do século anterior. Os arqueólogos. e o aulo. foram Míron. Os pintores gregos eram. afirmavam que a verdade é uma questão de opinião individual. Um deles.

em Alexandria. Esse governo era composto por nove magistrados chamados arcontes. as t ribos se uniam para formar um único governo em torno do maior povoado existente em seu território ou ilha. Os gregos lutaram em muitas guerras e possuíam grande habilidade militar. o Grande. mas seu trabalho baseava-se mais na observação cuidadosa do que na experiência. todos os cidadãos tinham alguns direitos. Galeno. de z generais. e os governos eram regulados por leis. Os escravos e os estrangeiros não eram cidadãos. Durante a época de dominação romana. Tod avia os primeiros tiranos eram amiúde homens capazes que muito melhoraram as condições de suas cidades. Os aristocratas dirigiram as cidades-estados durante muitos anos. mas não perdiam sua cidadania. Elementos. Grande parte do poder. de onde a palavra tirano é derivada. no ano 280 a. Os funcionários públicos. IV a. Os políticos impopu lares podiam ser exilados por dez anos através de um voto de ostracismo. A mais antiga forma de governo foi a da tribo. O Governo de Esparta era baseado numa constituição atribuída ao magistrado Licurgo. Eles geralmente representavam um passo em direção à democracia. Com essa formação aterr orizaram o mundo antigo. ou cidade-estado. tenha estudado também em Alexandria. Os estóicos acreditavam que a felicidade vem quando o homem toma o seu lugar adequado na natureza e aceita os fatos que escapam ao seu controle. só vieram a desenvolver-se na Grécia em fins do séc. Aristóteles fundou a zoologia científica e seu discípulo Teofrasto tornou-se o primeiro botânico científico. Em muitas cidades-estados. um conselho de 30 homens ch amado gerúsia e uma assembléia de cidadãos denominada apéla.o homem. capacetes. Apolônio. É provável que Arquimedes. e as mulheres não tinham direitos políticos. Governo A Cidade-Estado. o qual era chamado polis. longos escudos. eram escolhidos anualmente por sorteio. Em várias cidade s. contudo. os descendentes dos tiranos governaram deficientemente. porém os estrangeiros eram mortos ou escravizados. Artes Militares. Ele insistia em afirmar que os cientistas deviam aplicar em seus estudos um meticuloso raciocínio indutivo. descobridor das seções cônicas.. Os prisioneiros gregos eram geralmente trocados ou resgatados. O mais bem con hecido governo era baseado numa constituição elaborada pelo estadista Clístenes. Apenas os ho mens podiam votar. pois seu poder dependia em grande parte do apoio popular. uma assembléia de cidadãos denominada ecclesia e um conselho.C. A constituição permaneceu inalterada durante centenas de anos. o boule. tornando-se ditador. e Herófilo. ficava em mãos dos cinco éforos. Nessa espécie de governo. um herói do povo acabou por derrotar os aristocratas. que serviu durante século s como centro de pesquisas. Finalmente. Aristóte les foi o pai da ciência grega. o matemático grego Eratóstenes calculou corretamente o diâmetro da Terra. As cidades-est ados eram regiões independentes. com exceção dos generais que eram eleitos. Os gregos chamavam estes homens de tyrannoi. inventor da trigonometria. baseadas na investigação e na experiência. os juízes supremos e oficiais do exec . Hipócrates é chamado "o pai da medicina moderna". que se tornou rei do Egito após a morte de Alexandre. sendo por vezes removido s do poder e substituídos por governos constitucionais. em 508 a. que se especializo u em anatomia experimental. uma sólida formação de infantaria provida de couraças. assentou as bases da fisiologia com seu trabalho experimental. fundou um museu com biblioteca em Alexandria. Esparta tinha dois reis hereditários que serviam também como generais. lanças e espadas curtas. As ciências. que era dividido em dez comitês executivos chamados prytaneis.C. Dentre outros gregos que lá estudaram incluíam-se Hiparco. Um complicado siste ma de tribunais do povo ministrava justiça. Desenvolveram a falange hoplita. Os epi curistas julgavam que a moderação no prazer e a fuga à dor traziam a felicidade. do tamanho das modernas cidades. Ptolomeu I. descobridor da gravidade específica. Mas somente nas democracias todos os cidadãos poderiam ter direitos iguais. O Governo de Atenas passou por várias mudanças nas formas democráticas. um físico famoso. Euclides escreveu o seu texto de geometria.C. Os cidadãos eram leais às suas cidades-estados.

Os antigos cretenses descobriram como fazer bronze por volta de 3000 a. Alguns deles. de 1194 a 1184 a. no sudoeste do Peloponeso. Por volta de 750 a. Esparta conquistou a Messênia e transformou em hilotas (servos) o povo daquela região. Somente Esparta decidiu resolver o seu problema de superpovoação através da guerra ao invés da colonização. Esses anos de invasão e emigração são amiúde chamados a idade negra da Grécia antiga. Lisboa.C. e não os invasores que vieram depois. Muitas cidades famosas como Istambul. os espartanos atacaram a Messênia.C. os gregos do continente se apossara m de Cnosso. os dórios colonizaram a Sicília e o sul da Itália. Colonização Grega. Homero cantou essa guerra na Ilíada. A apéla elegia os éforos a cada ano. atravessaram o mar Egeu e foram esta belecer-se na costa ocidental da Ásia Menor. enviando assim grandes riqueza s para a Grécia. Criaram belas peças de cerâmica e jóias. À medida que os ricos se tornavam mais ricos . A partir daí tiveram rápido progresso. Homero chamava os primitivos povos helênicos de aqueus. era o governante mais rico e p oderoso do continente. Os povos de Micenas e Pilos escreviam em placas de barro usando caracteres que p ermaneceram indecifrados até 1953. formaram um grupo chamado jônios. dando assim um passo em direção ao regime democrático de governo. Segundo a tradição. um grupo chamado eólios havia emigrado d o norte para as regiões central e leste da Grécia. Foi ela a primeira civilização a florescer na Grécia. Após 20 anos de lutas. Marselha. e os eólios foram a té a França e Espanha. desenvolveu-se na Hél ade. misturando-se ao povo de lá. XII a. Ao fim dessas emigrações. Muitos eólios fugiram também dos invasores e mudaram-se para o oeste da Ásia Meno r e para as ilhas de Lesbos e Creta. O mar protegeu Creta das invasões durante muitos anos e os minoanos eram um povo s ingularmente pacífico. pois que o mar não o protegia dos ataques. porém. na Ásia Menor. os povos helênicos lutaram contra Tróia. No séc. também conhecida como idade de bronze grega.C. os pobres foram ficando cada vez mais descontentes e passaram a apoiar os tira nos. Período das Invasões. Tal descoberta veio provar que os povos helênico s.. Por volta de 1500 a. A Civilização Minoana desenvolveu-se em Creta. o povo começou a construir grandes cidades fortificadas. numa região mais tarde chamada Jônia. Caso tenha havido realmente essa guerra. Nápoles. Aproximadamente 1.. o continente grego. Os jônios fugiram para a Ática. um segundo grupo de invasores destruiu a ma ior parte da civilização minoana. uma ilha do mar Mediterrâneo. A Civilização Micênica.. morada de um monstro chamado minotauro.C. e em breve desenvol veram um próspero comércio com o Egito. . a maior cidade existente então no sul da Grécia. foi ela o último esplendor do poderio militar da civilização micênica. Odessa e Siracusa foram primeiramente colônias gregas. Em tempos posteriores. Agamêmnon. o lendário rei de Micenas.C..C. e a costa noroeste da Ásia Menor era habitada em grande pa rte pelos eólios. o Peloponeso e o sudoeste da Ásia Menor estavam ocupados sob retudo pelos dórios.. a Ática e os litorais central e oeste da Ásia Menor abrigavam principalmente os jônios. a Grécia tornara-se novamente superpovoada e mais uma vez a população decidiu emigrar para o ultramar. Os estudiosos descobriram então que essa língua era uma forma primitiva do grego.utivo. Cerca de 300 anos depois. Os cretenses construíram um belo e esmerado palácio em Cnosso para o rei Minos.300 anos depois. Por volta de 1450 a. As colônias gregas negociavam com as suas metrópoles. os gregos tiveram apenas uma vaga lembrança dos minoanos através de lendas a respeito de um labirinto. apre nderam a construir navios suficientemente fortes para alcançar o Egito. Todavia os aristocratas que controlavam o governo das cidades ficavam com a maior parte dos lucros. conquistando a maior parte do Peloponeso e enviando colonos até Creta e a Ásia Menor. VIII. que logo depois seria exterminada por hordas de tribos invasoras. Por volta de 1100 a. Os jônios deslocaram-se para o mar Negro. Outros emigrantes tinham penetrado no Peloponeso e. eram os verdadeiros ancestrais dos gregos . Essa civi lização é chamada micênica por causa de Micenas. Em fins do séc.C. invasores denominados dórios varreram a Grécia.

C. Uma terceira vitória dos gregos em Micale completou a derrota da Pérsia. tornando-se a sua cultura a base da civilização ocidental. Alexandre. os atenienses organizaram uma liga de cidades-est ados. Uma força grega combinada ba teu o exército persa em Platéia.C . no Egito. da Pérsia.C. Atenas caiu em 404 a . Atenas tornou-se a maior potên cia naval da Grécia. mas um outro grande exército persa cruzou o mar Egeu em 490 a. Os maiores filósofos. Em 371 a. o centro intelectual e artístico da Grécia. bateram de maneira decisiva os persas na planície de Maratona. Sócrates escreveu e ensinou durante esse período. e Atenas tornou-se. a Macedônia. tanto assim que fundou cidades gregas em toda parte por onde passou. pois ne sses anos os atenienses realizaram suas maiores obras de escultura. O período que se seguiu a Alexandre é cha mado era helenística. Era Helenística.C.. quanto ao perigo q ue corriam. os tebanos vencer am os espartanos em Lêuctra e ficaram à frente da Grécia durante vários anos. arquitetura e dramaturgia. À medida que o poder de Atenas crescia. embora fosse ainda incontestável a liderança cultural de Atenas. Mégara e Espar ta tornavam-se apreensivas e invejosas. Heródoto escreveu história.C. e a Pérsia torno u-se então a maior potência militar do mundo. conquistou a Ásia Menor em 546 a. e marchou contra os gregos. Alexandre afetou profundamente a história do mundo. que tentou uma segunda vez co nquistar a Grécia. Ao fim das Guerras Pérsicas. Os atenienses. A cultura grega tornou-se rapidamente uma cultura mundial. Difundindo a língua e civili zação gregas. escreveram e ensinaram nessa época. sob sua liderança. Pela primeira e úl tima vez as principais cidades-estados uniram-se para fazer frente a um inimigo comum.C.C. no ano 338 a. Um enorme exército comandado por Xerxes. Os macedônios derrotaram os gregos em Queronéia. Tebas liberto u os hilotas messenianos. mas governou de manei ra tão severa que aquelas se tornaram insatisfeitas. O período situado entre 461 a 431 a. Caso os persas houvessem vencido. Dario I.C. filho de Dario. Péricles assumi u o poder em 461 a. Aristóteles e Platão. porém. em suas eloqüentes Filípicas. e formou um imenso exército para invad ir a Grécia. Em 334 a. Uma tempestade nas vizinhanças do monte Atos fez naufragar a sua frota em 492 a. Mas quando se uniram contra o inimigo era tarde demais. o Grande.C. Eurípedes compôs magníficos dramas. muito embora em número inferior. atacou o império persa com um exército formado por macedônios e gregos. Filipe II reorganizou a Grécia co mo parte de uma união com a Macedônia. é denominado idade de ouro de Atenas.C. . Enquanto o poder da Grécia declinava. Esparta fez com que o Peloponeso declarasse guerra a Atenas. O historiador Tucídides escreveu um relato dessa guerr a que se situa entre os grandes trabalhos da literatura mundial. Esse período é também chamado por vezes de época de Péricles. As Guerras Pérsicas marcaram uma virada decisiva na história mundial.. os persas tomaram Atenas e incendiaram a Acrópole. ao norte. Isócrates e Demóstenes adquiriram fama como oradores. filho de Filipe. Os atenienses construíram o Partenão com o dinheiro d o tributo arrecadado de seus aliados. como é o caso de Alexandria. quando então se encerra a sua idade de ouro.Guerras Pérsicas. o Grande. mas pouco realizou além disso. Ciro. Demóstenes preveniu os gregos. Fim do Período Clássico. Os atenienses. porém nenhuma guerra sobreveio. Em dez anos ele conquistou uma área quase do tamanho do Brasil.C.. Ésquilo e Sófocles escreveram tragédias e Aristófanes produziu comédias.C. Corinto. ia-se tornando sempre m ais forte. no ano 479 a. poderiam ter conquistado a Europa. atravessou o Helesponto em 480 a.C. Como precaução.. sufocou uma revolta das colônias gregas na Ásia em 499 a. Alexandre reconhecia e admirava as tradições e re alizações do povo grego. subjugaram a esquadra de apoio persa numa grande batalha naval em Salamina. Após vencerem uma diminuta tropa espartana nas Termópilas. Filipe II da Macedônia foi gradualmente estendendo o seu poder para o sul. Idade de Ouro de Atenas. A vitória ateniense feriu o prestígio militar da Pérsia. Esparta assumiu a liderança das cidades-estados em 404 a.Seguiu-se um período de fraqueza e decadência política.

os romanos completaram a sua conquista do mundo helenístico. Finalmente. 371 a. A despeito de tais reveses.C. A Grécia tornou-se província romana.C. Os atenienses derrotaram a frota persa em Salamina. Ascensão e queda da civilização minoana na ilha de Creta e da civilização m icênica no continente grego. Sob o domínio romano. Os romanos conquistaram a Macedônia e a Grécia pela primeira vez. a Macedônia tornou-se província romana.C. 362 a. 776 a. em 323 a. Durante essas g uerras a Grécia perdeu a maior parte de sua riqueza. a qual foi também notável. Mitrídates. produzindo a sua própria civilização. sobretudo entre os escravos e os pob res..C. 431-404 a. A Grécia tornou-se então pr ovíncia romana sob o nome de Acaia. 146 a. porém. Todavia.C. o que ocasionou a invasão do sul da Grécia e a destruição de sua principal cidade. uma ocidental e outra oriental.C. No ano 330 d.C. Alexandre. e a Ac aia. a Grécia desfrutou três séculos de paz ininterrupta. o Grande. Horácio e V irgílio. Constantino. no Peloponeso. mas também nos escritos de oradores e poetas romanos tais como Cícero. História 3000-1100 a. proclamaram a "liberdade da Grécia" e retiraram-se. Durante a Idade de Ouro de Atenas os gregos desenvolveram suas maio res artes. Durante algum tempo a Grécia prosperou. e a Grécia passou a fazer parte do Império Romano do Oriente.Após a morte de Alexandre.C. Homero compôs a llíada e a Odisséia. 490 a. mudou a capital do Império Romano para a antiga colônia grega de Bizâncio.C. destruiu Delos quando tentava expulsar os romanos da Grécia. a Macedônia foi aos poucos enfraquecendo. Tebas caiu após a Batalha de Mantinéia. porém.. rei do Ponto. Os bizantinos não conseguiram proteger o continente grego das ferozes tribos do no rte.C. Roma travou então três guerras civis em solo grego. 334-328 a. Os romanos conquistaram facilmente a Macedônia e a Grécia em 197 a. C. Os romanos derrotaram-no. morreu e teve início a era helenística. Espana derrotou Atenas na Guerra do Peloponeso. quando os turcos otomanos tomaram Cons tantinopla.C. Os gregos rechaçaram a primeira invasão persa na Batalha de Maratona.C. Tebas derrotou Espana na Batalha de Leuctra. Alexandre. como a Macedônia se recusasse a atender os desej os dos romanos. em 146 a. esses voltaram com um exército e destruíram o reino macedônico. 338 a. As principais ligas eram a da Etólia. conquistou o império persa com um exército de greg os e macedônios. A Liga Acaiana também desobedeceu as ordens de Roma. tomando Atenas e incendiando seus estaleiros. Delos tornou-se um centro de comércio intern acional. em 148 a. Essas ligas foram a primeira tentativa no mundo de uma democrac ia representativa. 461-431 a. a civilização grega continuou a se expandir. trocando o seu nome para Constantinopla. Em 88 a. O império foi dividido em duas partes.C.C. na Grécia central. As tradições gregas perduravam não apenas no seu próprio país. O país lentamente recuperou sua riqueza. Domínio Romano. pois os rom anos adotaram sua cultura. também chamado Império Biz antino. A história da Grécia na época bizantina é a de uma constante invasão..C. Corinto. O Império Bizantino veio a ruir finalmente em 1453.. 323 a. Os romanos reconstruíram Corinto e transfor maram-na em capital da província.C. Vári as cidades-estados gregas se aproveitaram dessa fraqueza para unirem-se em ligas independentes. No ano seguinte.. Cada cidade-estado enviava delegados às reuniões da liga a que pertencia. Entre 146 e 27 a. Filipe II venceu os gregos e anexou a Grécia ao império macedônio. A primeira Olimpíada foi realizada. . numa atitude surpreendente.C. o Grande.C. em 395.C. O cristianismo começou a se difundir na Grécia. O Império Bizantino representou o segundo grande período da história grega e durou mais de mil anos. o Grande. 197 a.C. 480 a. 700 a.