JANEIRO/FEVEREIRO/MARÇO | 2009

NÚMERO 4 | ANO 2

KAVO COMPLETA UM SÉCULO DE LIDERANÇA
Qualidade, seriedade e excelência são sinônimos da empresa que se destaca em todo o mundo

AÇÃO SOCIAL

KaVo do Brasil apóia colaboradores que foram atingidos pelas chuvas em SC

MERCADO

Fácil manipulação, resistência e estética perfeita com resinas Kerr

CIOSP

Estande de 500 metros quadrados vai mostrar diferenciais da KaVo

Divulgação

G

Colabore. São José do Rio Preto. Onde: Distrito Federal Informações: www. Arquivo KaVo CARTA DO LEITOR Queremos parabenizá-lo pela iniciativa de levar até nós profissionais. Edição e arte Del Mondo Estratégias de Comunicação www. São Paulo . Com essa iniciativa vamos compartilhar as informações de mercado e produtos com mais profissionais da área. mande uma mensagem para o e-mail consultorio@kavo. beneficiando dentistas e pacientes. Dorival de Moura.com Para informações ou solicitar um exemplar.nº 4 NÚMERO 2 | ANO 1 . SP AGENDA Congressos NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 27° CIOSP . voltado para o mercado AAA e equipado com cadeiras de procedimentos da KaVo. Além de seguir estreitando laços com os cirurgiões-dentistas.com.Congresso Internacional de Odontologia Quando: 25 a 28 de março JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Indique um amigo para receber um exemplar do Informativo Consultório KaVo. a campanha de conscientização sobre a importância da correta lubrificação e esterilização dos instrumentos odontológicos. com distribuição gratuita.SP. escreva para Av. informações que falam de gestão. ainda. Atrações do estande e alguns dos equipamentos da empresa que estarão em demonstração receberam destaque. resinas que proporcionam restaurações cada vez mais naturais. CEP 04028-002 ou para consultorio@kavo. traz o exemplo do Ateliê Oral – consultório de luxo de São Paulo.Congresso Internacional de Odontologia Quando: 16 a 17 de maio Onde: Fortaleza . Ibirapuera. Dante Andrade. Sugestões.ciosp. comentários ou dúvida sobre esta edição. Um sonho que a KaVo tem participação direta. Dentistas.abo-es.br janeiro/fevereiro/março/2009 .congressodeperiodontologia.org. Manoel Santana. Paola Vasconcellos e Neudézio Damiani. A edição aborda. Em Ação Social. mandando os dados de contato para o e-mail consultorio@kavo. Somos profissionais na área da ortodontia há 25 anos e há três estamos de endereço novo.Congresso Internacional de Odontologia Quando: 24 a 28 de janeiro Onde: São Paulo Boa leitura e até a próxima! Giancarlo Schneider 02 PARTICIPE JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Diretor-presidente Informações: www.com.abo-ce. Atenciosamente. funcionários da empresa e revendedores dos produtos falam dos 100 anos da multinacional e da experiência de trabalhar com a marca. Nas páginas seguintes.EDITORIAL A quarta edição do Consultório KaVo tem um significado especial.com. o informativo dá início a uma série de ações comemorativas aos 100 anos da empresa. o leitor vai conferir a opinião de pessoas que ajudaram a fazer da KaVo a número um no mercado.Ceará Informações: www.delmondo. por fim.br 6° Congresso Paraibano de Odontologia Quando: a definir (abril) Onde: João Pessoa EXPEDIENTE Diretor-presidente Giancarlo Schneider Diretor Administrativo Financeiro Daniel Machado Diretora de Operações Gláucia Junqueira Gerente de Marketing Fernanda do Nascimento Analista de Marketing Renata Bueno Brum Conselho Editorial Fernanda do Nascimento.br O Informativo Consultório KaVo é uma publicação trimestral da empresa KaVo do Brasil.com. E.ciosp.com. envie idéias e sugestões. atualidades e novidades de maneira direta e rápida.com.com.br XII Congresso Odontológico Quando: 16 a 18 de abril Onde: Espírito Santo Informações: www.br XXIII Congresso Brasileiro de Periodontologia Quando: 30 a 04 de abril Onde: Belo Horizonte Informações: www. o informativo aborda a solidariedade da KaVo às vítimas das chuvas que atingiram o Vale do Itajaí no final de novembro. críticas. interessados e pacientes.br XIII CIODF . Outro produto em foco é a linha Kerr. 2480. A participação da KaVo no 27° Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP) também é assunto desta edição. Cássia Guerra Tadeu Guerra Clínica Guerra. III CIOCE .

que devem levar em consideração a relação custo/benefício na compra de instrumentos mais resistentes e seguros. completa Yara. o paciente pode ter sangramento e expor a si mesmo. “O controle de infecção é muito importante. Ângela Cecílio. “É preciso mais informação. Esse processo aumenta a vida útil das peças e elimina resíduos nas partes internas. que resistam a vários ciclos de autoclavagem”. a biossegurança deve ser encarada como um princípio a ser seguido em qualquer situação”. conhecimento e formação continuada para que os dentistas entendam a importância da biossegurança e compreendam melhor os protocolos de desinfecção e esterilização”. pois representa respeito à vida e consciência profissional”. Lançada em janeiro. mas deve ser utilizado com alguns critérios. livretos e cartazes da campanha mostram. lubrificação e autoclavagem – não só em procedimentos críticos. a campanha visa a esclarecer uma série de mitos que cercam o processo de autoclavagem. JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 janeiro/fevereiro/março/2009 . que podem ser transmitidos pela contaminação cruzada paciente/ paciente. equipe odontolóNÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 gica e pacientes ficam expostos ao contato com sangue e secreções. a iniciativa é positiva e necessária. “O produto é um ótimo desinfetante. aconselha. Por isso.CAMPANHA Biossegurança no atendimento odontológico Campanha conscientiza dentistas sobre a importância do controle de infecções cruzadas Atendimento odontológico e saúde pública devem caminhar sempre juntos. Ele não se aplica à desinfecção de partes internas das peças. Yara também ressalta que a autoclavagem deve ser feita a cada troca de paciente. que deve ser feita em todo o instrumento. favorecendo a transmissão de infecções como Hepatite tipo B e C e Aids. Yara Yassuda. De acordo com a consultora. por outro lado. paciente/dentista e dentistas/ dentista. por exemplo. AnNÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 gela enfatiza que os dentistas precisam se ater ao processamento dos instrumentais e equipamentos odontológicos – que passa por uma limpeza cuidadosa. Dra. Outro ponto frisado pela campanha é a importância da lubrificação. que a desinfecção dos instrumentos com álcool a 70% não é suficiente para eliminar as fontes de contaminação. a esterilização inadequada dos instrumentos de trabalho pode acarretar riscos de contaminação para pacientes e dentistas. Para a consultora em biossegurança Dra. como uma profilaxia dental. A ausência de lubrificação. leva ao desgaste prematuro das peças. a KaVo deu início a uma campanha de conscientização sobre a importância da correta limpeza. Caso contrário. é necessária. Dra. Em sintonia com os objetivos da campanha. Somente a autoclavagem garante a eliminação dos microorganismos na forma vegetativa e esporulada”. o álcool a 70% é utilizado para desinfetar a superfície externa das peças de mão. “Em procedimentos considerados simples. Entretanto. lubrificação e esterilização dos instrumentos rotatórios. Com o objetivo de combater este problema. a lubrificação incorreta ou o uso de produtos inadequados. não acessíveis por meio da limpeza. o dentista e outros pacientes ao risco de infecções. mas é importante lembrar que a adequada remoção de matéria orgânica da superfície. O melhor é adquirir bons instrumentos. a esterilização em autoclave exige investimento e planejamento por parte dos dentistas. previamente à desinfecção. “Idealmente não se deve usar peças não autoclaváveis. diz. Os panfletos.nº 4 Arquiv o KaVo NÚMERO 2 | ANO 1 03 . sempre antes de cada ciclo de autoclavagem. mas em todos os tipos de procedimentos. Segundo a consultora em biossegurança Dra.

era um KaVo Modulmatic. qualidade e assistência técnica exemplar. O resultado de toda essa infraestrutura é a qualidade dos produtos – que aliam a eficiência funcional à estética – a confiança do consumidor e a orientação da produção para as demandas de cada mercado. com tecnologia que se equipara aos melhores equipamentos importados. Uma peça única no mundo. compra KaVo. engenharia e pesquisa. Já tive canetas de outras marcas. Nós. Ano passado. O Raio X panorâmico digital Orthoralix. PR) “Trabalhar com equipamentos da qualidade da KaVo é proporcionar ao paciente segurança e conforto. Desde a faculdade. É o que dizem quem produz. que apresentaram problemas. porque ela desenvolve produtos confortáveis. há 28 anos. troquei o meu equipo e novamente escolhi a KaVo. Paulo Capel – dentista e professor da USP – Clínica Capel de Odontologia (São Paulo. São Paulo.” JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 ter acesso aos equipamentos da KaVo. dentistas. que produz os equipamentos mais modernos para o setor. competência e excelência da empresa. Trabalho 8 horas por dia com eles. aprendi que KaVo era sinônimo de qualidade e segurança. quem revende e quem consome os equipamentos da KaVo: NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 04 “Os 100 anos da KaVo significam qualidade e confiabilidade. Um grande diferencial no mercado são as canetas de alta rotação da KaVo. a classe média odontológica pode ter acesso. Marcos Nogueira de Lima Carvalho dentista (Clínica Carvalho. mas destaco a nova cadeira Klassis. Uso produtos da empresa há 11 anos. SP) “Trabalho com os produtos KaVo há quase 30 anos porque os equipamentos têm alta tecnologia. SP) um equipamento de luxo. há 11 anos. há sete anos. já que passamos a maior parte de nosso tempo no consultório e precisamos dessa facilidade no manuseio dos equipamentos. Todos os produtos têm uma qualidade excepcional.” JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Dr. Marcelo de Paiva Raffaelli dentista (Clínica Clamo. SP) JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Dr. Todos os equipos da minha clínica são da marca KaVo. E quem quer Dr. a KaVo contribui substancialmente para o progresso da indústria odontológica ao longo desses 100 anos. consegue completar 100 anos como “a melhor’. da Gendex. Com fábricas e filiais de venda instaladas em 22 países. recomendo as turbinas e canetas da KaVo aos alunos.nº 4 Dr.” NÚMERO 2 | ANO 1 . O produto é fantástico. priorizei a KaVo pela qualidade dos produtos. destaco o Klassis. Principalmente por que os equipamentos duram a vida inteira. modernos e oferecem conforto tanto para o cirurgião-dentista quanto para o paciente. é outro produto imprescindível para viabilizar um diagnóstico rápido e eficiente. a KaVo conta com a mão-deobra de mais três mil funcionários e supervisão de 180 engenheiros altamente qualificados. Como professor. Dario Adolfi – dentista e palestrante internacional (Spazio Odontológico . SP) “A KaVo é referência em termos de qualidade. há 100 anos. confiança e satisfação KaVo completa 100 anos de liderança de mercado e aprovação do consumidor O centenário da KaVo coroa a seriedade. Logo após me formar comprovei que a KaVo tinha tradição de assistência técnica rápida e eficaz.ENTREVISTA Uma trajetória de sucesso. até se posicionar como líder mundial no segmento de equipamentos e instrumentos odontológicos.” “Os 100 anos da KaVo demonstram a credibilidade e compromisso que sempre teve com a qualidade. Este equipo foi reformado recentemente e ainda continua impecável. Com o passar do tempo percebi que um pouco disso era mito e que a empresa tornou seus produtos mais acessíveis e. Os equipamentos são extraordinários.São Paulo. ’a Ferrari’ dos equipamentos de odontologia: uma cadeira com muito conforto. O primeiro equipamento odontológico que comprei. Guiada pelo lema “Qualidade e Precisão” e sempre com o foco na inovação. Desde que foi fundada. Percebemos esse cuidado no trabalho.” Dra. costumamos dizer: quem quer um carro de luxo. Quando me formei. Quando me graduei. a multinacional vem expandindo seu mercado e fortalecendo sua marca pelo mundo. hoje. Patrícia Farhat dentista (Ponta Grossa. São Paulo. Uso equipamentos da empresa há 15 anos. Entre os últimos produtos lançados. que vem com diversos equipamentos embutidos. Somente uma empresa sólida. durabilidade. então é importante que sejam da melhor qualidade. havia a idéia de que só os dentistas “top de linha” poderiam janeiro/fevereiro/março/2009 . desde que fazia faculdade. compra um importado.

” “Os 100 anos da KaVo significam três coisas: qualidade. respeito e ética. E. pintura e desenho dos consultórios são superiores aos dos concorrentes. há 14 anos. RJ NÚMERO 2 | ANO 1 “Os 100 anos da KaVo se resumem na palavra sucesso. SP) “Os 100 anos da KaVo provam que ela é uma empresa que trabalha com seriedade e focada no objetivo de manter-se como líder no mercado de equipamentos odontológicos. E o fato de ela ser consagrada e ter uma ótima imagem entre os consumidores facilita muito o meu trabalho. desde seu lançamento nos EUA.” JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 “A KaVo é a melhor marca do mercado. quanto pelo design diferenciado. destaco o DiagnoDent. Além disso. O equipamento é absolutamente excelente e a manutenção.nº 4 . Escolhi a KaVo devido à qualidade do equipamento e do pós-venda (suporte técnico) e porque o equipamento torna meu trabalho mais ágil e qualificado. Há 18 anos trabalho com produtos da empresa e atualmente estou usando o Tomógrafo i-CAT. conheci mais de 20 países do mundo e aprendi a falar dois idiomas devido às oportunidades que a KaVo me ofereceu.” Dr. produto ímpar para detectar cáries. impecável. Entre os produtos. Trabalho com equipamentos da KaVo desde que me formei. na APCD. Sei que tenho a responsabilidade de manter a excelência dos produtos e a confiança que a empresa tem no mercado. com qualidade inigualável. Além da tradição de longa data. confiabilidade e ampla rede de assistência técnica disponível. Priscilla di Stasi Moreira dentista e presidente da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas – Vila Mariana (São Paulo. bem como a durabilidade das pontas KaVo. pós-graduação. Adquiri o i-CAT logo que ele chegou no Brasil.” JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 “Trabalho há 23 anos na KaVo. satisfazendo amplamente necessidades de biossegurança. credibilidade. uma cadeira “top de linha”. a KaVo não pára: está sempre inovando. Como destaque. A empresa faz parte da minha história e sempre me proporcionou possibilidades de desenvolvimento profissional e pessoal. Israel Chilvarquer radiologista e professor da USP (Indor Radiologia – São Paulo. Além disso. Tenho 30 anos de profissão e trabalho com a Kavo há pelo menos 25.Niterói. a KaVo me proporciona precisão e agilidade nos procedimentos de rotina.” Everaldo Aparecido Ribeiro – revenda Surya e Mackenzie Dental – Maringá (SP) janeiro/fevereiro/março/2009 .” Dr. E como eu queria o melhor para a minha profissão.“Trabalho com a KaVo há pelo menos 20 anos. SP) Dr. Centro Radiodiagnóstico OdontológicoPássaro (Sorocaba. que resiste no mercado como a melhor. que é a íntegra da filosofia Kavo. é menor e oferece uma imagem de qualidade. o melhor kit de pontas é KaVo.” “Os 100 anos da KaVo mostram a solidez. Sérgio Dantas dentista . minhas primeiras pontas de alta rotação e micro-motor foram KaVo. Escolhi a KaVo porque a marca possui as melhores peças de mão do mundo e oferece segurança e qualidade tanto para o dentista quanto para o paciente. Os produtos se vendem pela tradição e confiança conquistadas nos 100 de existência da empresa. O Klassis. posso citar o equipamento Klassis. SP) “Trabalho com produtos KaVo há 23 anos e não abro mão da qualidade. por causa da parceria que sempre tivemos com a empresa. O nome da KaVo é sólido. Ela se destaca tanto pela praticidade. Há mais de 20 anos uso também produtos Kerr. proporcionou ao paciente mais conforto. SP) NÚMERO 2 | ANO 1 05 Dra. Uso KaVo no meu consultório porque a empresa está sempre tentando melhorar o dia-a-dia do dentista. demonstra a seriedade e qualidade da KaVo. Trabalho com o compósito Premisa há anos. A qualidade de seus produtos é notória: a ergonomia. desenvolvendo produtos de primeira linha. responsabilidade e honestidade da empresa. da confiança que depositamos nela e da qualidade dos equipamentos. a KaVo oferece ótima assistência técnica.” NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 Dr. Vendo KaVo há quatro anos.” JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Maíra Heinzelmann . Carlos Francci – dentista e professor da USP (Francci Instituto . É muito bom trabalhar em uma instituição respeitada. São Paulo. em particular. Desde a minha época de graduação. O produto consegue unir sofisticação funcional e beleza. Roque Pássaro radiologista. SC) NÚMERO 2 | ANO 1 “Tenho 52 anos de profissão e utilizo a KaVo desde a década de 70.São Paulo. Ele mudou os paradigmas da tomografia computadorizada odontológica: reduziu a dose de exposição à radiação. SP) Dorival de Moura – Gestor da plataforma de produtos de cirurgia da KaVo (Joinville. Escolhi o produto por causa da tradição da marca e da confiança que o mercado possui nela. SP) Dr. Paulo Tone – dentista e presidente da Academia Brasileira de Odontologia Estética (Centro de Reabilitação Oral. temos quatro consultórios – dois para estética e dois Amadeus – todos equipados com produtos da KaVo. Fiz graduação.revenda Odonto SP (São Paulo. Na clínica.

“A integração das duas equipes possibilita a troca de know-how”. normalmente. a liderança da empresa se explica pela experiência adquirida e traduzida em inovação em 100 anos de trabalho duro. conta a gerente. Além da tradicional apresentação de produtos. Diagnodent Pen Com um laser de baixa potência. precisamos viabilizar os custos”. onde os dentistas terão a oportunidade de fazer test drive nos equipamentos.nº 4 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Inovação é a marca de produtos da KaVo expostos no CIOSP portátil e que pode ser usado como equipamento de mão. a KaVo oferecerá aos participantes cursos de formação continuada. Segundo o gestor da Plataforma de Produtos de Cirurgia da KaVo. mas a um preço acessível. que acontece de 24 a 28 de janeiro. estamos prestes a revolucionar e inaugurar uma nova era em peças de mão”.CIOSP No CIOSP 2009. NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 reuniões. “Esse é um desafio bem difícil e importante porque o nosso dentista merece a melhor tecnologia e. produto que chegou ao mercado com um design inovador. “O produto é muito inovador do ponto de vista tecnológico. NÚMERO 2 | ANO 1 . o novo tomógrafo Platinum i-CAT. que a KaVo não poupa investimentos no desenvolvimento de seus produtos. em todos os continentes”. os participantes poderão realizar procedimentos com o Diagnodent Pen – modelo Peças de mão As peças de mão da KaVo são as mais resistentes e funcionais do mercado odontológico. para isso. o que se faz é apenas tratar cáries que já estão instaladas nos dentes. “Esse janeiro/fevereiro/março/2009 . Dorival de Moura. ainda. na prática. O time de engenheiros da empresa trabalha em parceria com os engenheiros da KaVo Alemanha. “Além disso. qualidade e ergonomia. explica a gerente de produto da KaVo. conforme o público poderá conferir nas demonstrações hands-on. é possível perceber que regiões estão propícias ao aparecimento de cáries. Para o evento. KaVo mostra porque é líder No ano em que completa 100 anos. sem similares no mercado – faz uma “leitura” da desmineralização do dente. o equipamento – produzido com exclusividade pela KaVo. explica. De acordo com o gestor da Plataforma de Produtos de Cirurgia da KaVo. Fernanda ressalta. Dessa forma. a KaVo marca presença no 27° Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP) mostrando porque é líder e está no mercado há um século. caracterizadas pela durabilidade. no CIOSP. . ministrados no auditório do estande e demonstrações. . Outra atração será o Agente K – personagem da campanha da KaVo de conscientização sobre a imporNÚMERO 2 | ANO 1 Liderança da empresa no mercado de equipamentos odontológicos é seu cartão de visitas tância da biossegurança no atendimento odontológico. NÚMERO 2 | ANO 1 06 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Os destaques do estande da KaVo no CIOSP são a Diagnodent Pen. em São Paulo.Ergonomia: a peça é desenhada para ter uma empunhadura confortável. 100 anos como “número 1” Para a gerente de Marketing da KaVo. Dorival de Moura. Todo o investimento feito se transforma em alta tecnologia. Entre os diferenciais que as peças de mão da KaVo apresentam estão: .Baixo índice de ruídos: os rotores são balanceados com máquinas de alta precisão para que os instrumentos não tenham ruídos excessivos nem vibração. para detectar pontos enfraquecidos e descalcificados. testes. complementa. o peso do instrumento é calculado cuidadosamente para que haja um equilíbrio entre o peso deles e o peso da mangueira na qual é conectado. o que facilita e otimiza seu trabalho. proporcionando a ele mais conforto”. e que há anos não tem concorrentes. Aproveitamos a melhor expertise de cada time para criar produtos que atendam perfeitamente aos mercados onde a KaVo atua. esse nível de qualidade é resultado dos investimentos em tecnologia e da parceria entre as equipe de engenharia da KaVo Brasil e da KaVo Alemanha no desenvolvimento de projetos. inovar e escutar o que o cliente deseja. O público poderá realizar procedimentos com todos os produtos e entender. a empresa preparou um estande de 500m² e uma programação especial. Fernanda do Nascimento. diz. mais portátil e prático. Sandra Lugero. “Ser líder é sair na frente. no Anhembi. conferências semanais e projetos desenvolvidos em conjunto. porque a KaVo é líder e está no mercado há 100 anos. “São viagens. equipamento que se tornou ainda mais rápido.Grande durabilidade: a KaVo utiliza material selecionado e rolamentos alemães de alta precisão. Já o Diagnodent é preventivo e ajuda a impedir que a cárie se desenvolva”. No CIOSP. e as peças de mão. pois.

Marcos Nogueira.Hands On a de nir Cirurgia 28/01/09 Prof. Dra. Prof. Outro benefício é o software. Isabel Tumenas Confecção de faceta direta com resina composta . Cecilio e Dra. Dra. Para o gerente de plataforma de imagem para América Latina da KaVo. João Ariole Estética Prof.Hands On Prof. com Neide (Vagas Limitadas). Monica Yamauti Adesivos 24/01/09 25/01/09 Enxerto Ósseo Prof. o Platinum reduz o tempo de exposição dos pacientes à radiação. Marco Frazão i-CAT Inscrições pelo (47) 3451. Dra. Em congressos e outros eventos tecnológicos. NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 No estande da KaVo. para trocar idéias e experiências sobre possibilidades de exames e para ouvir as demandas dos dentistas”. Marco Frazão i-CAT Prof. Dr. Dr. “São quase 30 técnicos treinados e altamente capacitados”. Monica Romero Confecção de faceta direta com resina composta . Além disso. por ser mais veloz. o que possibilita fazer exames de toda a cabeça e em maior velocidade. Dr. Cesar Oleskovicz Planejamento Cirurgia e Implantes 16:00 as 17:30 Prof.Hands On Dra. Cecilio e Dra. preservando a qualidade e precisão das imagens.” . o produto também tem um acabamento de alta qualidade.A. Assim.equilíbrio poupa o profissional de fazer um esforço adicional para puxar a peça. Dr. Angela M. evita-se desgaste e fadiga desnecessários por parte da equipe odontológica. Dr.nº 4 . Marcos Frazão. 26/01/09 27/01/09 Restaurações Estéticas com Resinas Compostas .Hands On Programação Preliminar janeiro/fevereiro/março/2009 . André Mallmann Restaurações Estéticas com Resinas Compostas . Dr. JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 Arquivo KaVo JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 07 DIAS HORÁRIO 12:00 as 13:30 Prof. Yara Yassuda Desa os atuais da Biossegurança no consultório Odontológico Prof. ela sempre está presente para treinar os consumidores no uso de novas ferramentas tecnológicas. ministrada pelo consultor científico do i-CAT.Hends On Prof. Marco Frazão 18:00 as 19:30 Prof. A opção do modo cefalométrico permite que o sensor do equipamento gire da horizontal para a vertical. Carlos Franci Soluções Simples e estéticas com Point 4 .Tratamento da superfície: as peças passam por um tratamento químico que facilita a assepsia. Dr.A. José Eduardo Scarso 14:00 as 15:30 Prof.Hands On Prof. Isabel Tumenas Confecção de faceta direta com resina composta . “Além do know-how para desenvolver e melhorar produtos. André Mallmann Como fazer o processamento das peças de mão: caneta de alta e baixa rotação Restaurações Estéticas com Resinas Compostas . Dr. os participantes do CIOSP terão oportunidade de assistir uma palestra sobre tomografia computadorizada odontológica e aplicações do i-CAT.Hands On Prof. Carlos Franci Soluções Simples e estéticas com Point 4 . Nogueira destaca.0194. Dr. Mais moderno. Além disso. Cesar Oleskovicz Planejamento Cirurgia e Implantes Dra. esse é um grande diferencial da empresa. Angela M.Hends On Prof. Yara Yassuda Prof. que a KaVo tem a melhor pós-venda de tomografia computadorizada e equipamentos de imagem odontológicos. a KaVo investe na educação continuada dos clientes. Dra. Hugo Nary Cirurgia Dr. ele oferece aos profissionais novas ferramentas de trabalho. Dr. ainda. JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Tomógrafo Platinum i-CAT O novo i-CAT faz exames em menos da metade do tempo dos outros tomógrafos.

Paralelo a esse envolvimento. através do projeto HP Cidadã. enviou mais de 115 caixas de donativos. ainda recebe atenção especial de Graziela Silva.nº 4 enviaram remessas internacionais. seis colaboradores da KaVo em Joinville. É o que estamos levando a eles”. Campanha além da empresa O Morro do Baú. em esperança aos funcionários que sofreram com as cheias”. encaminhados aos necessitados. Blumenau e cidades vizinhas. Todo o material recebido foi disponibilizado aos familiares dos colaboradores que tiveram perdas. não só em Joinville. Eles precisam de atenção. completa. que coordenou a campanha de arrecadação de donativos entre os funcionários de Santa Catarina e São Paulo. Empresas coligadas à KaVo dos Estados Unidos janeiro/fevereiro/março/2009 . tanto de Joinville quanto de São Paulo. em Santa Catarina. Os colaboradores KaVo também se movimentaram com a doação de roupas. É comovente”. “Não havia sentido em comemorar o Natal enquanto colegas tinham perdido seus bens. no final do mês de novembro.AÇÃO SOCIAL KaVo auxilia atingidos pelas chuvas em SC Empresa mobilizou equipe e realizou ações para tentar minimizar perdas de funcionários NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 08 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 A tragédia das chuvas que abateram a região do Vale do Itajaí. a KaVo fez a sua parte e transformou a festa de final de ano da empresa. carinho. Todos os finais de semana ela vai até o local oferecer apoio. “A idéia é que possamos trazer esperança às pessoas. Desse engajamento. a proposta é levar auxílio aos moradores do local. “Foi um grande desastre. dentre eles. suas famílias. Impossível não sentir vontade de ajudar às pessoas que perderam suas casas. JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 James Tavares / SECOM NÚMERO 2 | ANO 1 . a empresa também coordenou o recebimento de doações de diversas origens. destaca Gláucia Junqueira. localidade de Ilhota que quase desapareceu do mapa. diz. Diretoria e funcionários trocaram a festa de Natal por uma ação social ao reverter a verba destinada à confraternização aos atingidos pelas cheias. mas também em Itajaí. Nesse momento. alimentos e até móveis e eletroeletrônicos. sensibilizou a KaVo do Brasil. lotando dois caminhões. A HP. Diretora de Operações da KaVo do Brasil.

é o especialista recomendado quando o problema é motivado por uma disfunção temporomandibular . especialmente. O dentista. A dor de cabeça é um reflexo bastante comum no caso. NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Cientistas portugueses criam “dentista robô” Uma equipe de cientistas de Coimbra (Portugal) está desenvolvendo um “dentista robô”.nº 4 . que deve atuar. o robô não vai substituir o cirurgião-dentista. O objetivo é tornar os implantes mais baratos. A expectativa dos cientistas é que. foi desenvolvido durante três anos por cientistas da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e do Instituto Biomédico de Investigação da Luz e da Imagem da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. na área de Implantodontia. otorrinolaringologistas e psiquiatras. mas trabalhar em parceria. A DTM é um desequilíbrio dos músculos mastigatórios. Cada vez mais comum no dia-a-dia. os custos possam ser reduzidos para metade. roer unhas e até mesmo o ato de apoiar das mãos na mandíbula. a dor tem levado as pessoas à procura por neurologistas. A disfunção é o resultado de inúmeros motivos. entre eles o traumatismo (físico ou emocional). resistentes e com maior conforto aos pacientes. O robô dentista possui sensores de força e utiliza um mecanismo óptico que registra os movimentos e esforços utilizados na mastigação. má oclusão (mordida inadequada) e hábitos parafuncionais como o bruxismo (ranger dos dentes). antecipando o desconforto nos pacientes.ODONTO NOTÍCIAS Dor de cabeça? Procure um dentista! São mais de 150 os motivos que podem causar a dor de cabeça. por exemplo. ao otimizar o processo de colocação dos implantes dentários. a vida útil do implante e os danos originados. ou seja.DTM. NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 Portal da Odontologia NÚMERO 2 | ANO 1 Jornal do Site 09 janeiro/fevereiro/março/2009 . as tensões provocadas no material. Já em fase de conclusão. estresse físico e psicológico que causam tensão. que liga a mandíbula ao maxilar. Segundo os pesquisadores. mas é importante investigar a fundo as causas. o mau funcionamento da ATM (Articulação Temporomandibular).

um estúdio fotográfico profissional montado pelo fotógrafo André Schiliró também faz parte da clínica. além de cabeleireiro e maquiador à disposição. confortável e decorada com modernidade – cadeiras Philippe Starck. tevê e laptops. NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 10 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 janeiro/fevereiro/março/2009 . design. o Ateliê Oral possui uma equipe de 52 profissionais especializados para atender nas áreas da odontologia estética. Não bastassem todos esses atrativos. Além disso. em São Paulo.CONSULTÓRIO MODELO Requinte e atendimento de luxo em São Paulo Por um momento você vai esquecer de que está numa clínica odontológica. o consultório foi pensado ao analisar o perfil dos pacientes da clínica. “Usamos os equipamentos KaVo porque exigimos qualidade.nº 4 Divulgaç ão Divulgação JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Detalhes que fazem a diferença Entre os ambientes. criado pelos sócios Marcelo Kyrillos e Marcelo Moreira. além de instrumentos com tecnologia de ponta. E luxo é mesmo o que se vê: uma casa ampla. O local conta com forração e pisos impecavelmente higienizados. o paciente encontra estilo. Kyrillos. montados especialmente para a comodidade do cliente. complementa. bar que toma uma imensa parede. fácil manutenção”. que busca qualidade do atendimento até o resultado final e que prima por um atendimento de luxo. pioneiros em serviços premium na área. o mercado AAA. odontopediatria e ortodontia. Divulgação NÚMERO 2 | ANO 1 . implantodontia. instalado no antigo endereço da butique Daslu. todas equipadas com cadeiras de procedimentos projetadas pela KaVo do Brasil. cirurgia ortognática. caso seja do interesse do cliente. Sala de estar com pé direito duplo. Inaugurado em 2007. prevenção. buco-maxilo. Ao entrar no Ateliê Oral. marketing do Ateliê Oral. reunidos no mesmo espaço. NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 Instalações garantem um ambiente diferenciado para quem busca qualidade e conforto afirma Mariana Capatto. Moreira e Luis Eduardo Calicchio comandam a clínica com alguns dos melhores profissionais do Brasil em cada especialidade da saúde e da estética bucal. paredes envidraçadas com vista para terraços recobertos pelo belo paisagismo de Marcello Belotto. jardins e uma linda amoreira. A necessidade de oferecer conforto e privacidade resultou no espaço. o paciente encontra ainda confortáveis quartos para repouso com lençóis e toalhas de fio egípcio e mantas de pura lã da grife Trousseau. periodontia. até mesmo para o caso de implantes. “Temos um laboratório interno que desenha e produz artesanalmente todas as próteses usadas nos pacientes”. tecnologia. Hoje. endodontia. utilizado para imagens técnicas necessárias aos tratamentos e para a montagem de book final. e principalmente. No total são doze salas. onde são servidos cafés com blends especiais e uniformes profissionais assinados pelo estilista Ricardo Almeida compõem o visual contemporâneo. conforto e todas as especialidades da área em um lugar único. Ela acrescenta que todas as necessidades dos pacientes são atendidas na clínica.

as resinas vêm evoluindo e apresentando cada vez mais benefícios aos pacientes e dentistas. é fundamental analisar as três dimensões da cor – matiz. podemos citar: Herculite: Apresenta características de fluorescência. Marco Antonio de Lima Guerra. não é pegajosa e não escoa da espátula durante o manuseio.6µ.4µ com perfil altamente estético. a cor é o primeiro ponto a ser analisado. resistência e estética perfeita são características básicas das resinas Kerr. Premisa: Resina fotopolimerizável nanoparticulada. fácil manipulação. com excelentes propriedades mecânicas e uma estética superior. trimodal. com 84% de carga e três tamanhos de partículas. É preciso avaliar também a resistência ao desgaste. Point 4: Combina os benefícios de uma microfill com a resistência de uma híbrida. fácil polimento NÚMERO 2 | ANO 1 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 e distribuição homogênea das partículas. levando-se em conta o policromatismo. explica. com partículas 0. não pegajosa. tem a vantagem de apresentar partículas pré-polimerizadas.MERCADO Resinas proporcionam restaurações naturais Qualidade. definindo assim o grau de opacidade. “Para a obtenção da cor mais próxima do dente natural. Entre as melhores resinas existentes no mercado. NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 11 janeiro/fevereiro/março/2009 . Com a variação de cores entre dentina e esmalte é possível dar a naturalidade necessária ao dente restaurado. É uma resina microhíbrida. croma e valor. De acordo com o rof. exceto nas cores incisais. translucidez e opacidade. Possui tamanho de partículas de 0. Conta com valores de resistência similares ao dente natural. a radiopacidade e a opalescência e fluorescência natural do JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 Compósitos Kerr se aproximam cada vez mais da cor dos dentes e oferecem melhores resultados dente. ideal para dentes anteriores e posteriores. Segue as cores da escala VITA. A baixíssima contração de polimerização e o risco mínimo de micro infiltração e fratura marginal são os principais benefícios. totalizando 37 cores entre esmalte e dentina. translucidez e transparência da estrutura”.nº 4 . É radiopaca e possui aproximadamente 76% de carga em peso (57% em volume) de partículas inorgânicas. Criadas para oferecer estética e principalmente para garantir uma restauração mais próxima ao dente natural. Permite uma manipulação fácil. é radiopaca.

nº 4 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 NÚMERO 2 | ANO 1 .JUNHO/JULHO/AGOSTO | 2008 janeiro/fevereiro/março/2009 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful