You are on page 1of 21

ESTATUTO DA UERR UNIVERSIDADE ESTADUAL DE RORAIMA ESTATUTO

CONTEÚDO
CONTEÚDO............................................................................................................. 1 TÍTULO I.................................................................................................................. 2 Da Universidade, Seus Princípios e Suas Finalidades.............................................2 CAPÍTULO I.......................................................................................................... 3 Da Universidade.................................................................................................. 3 CAPÍTULO II......................................................................................................... 4 Dos Princípios...................................................................................................... 4 CAPÍTULO III......................................................................................................... 4 Das Finalidades................................................................................................... 4 TÍTULO II................................................................................................................. 5 Da Organização...................................................................................................... 5 CAPÍTULO I.......................................................................................................... 5 Da Estrutura Acadêmica e Administrativa...........................................................5 CAPÍTULO II......................................................................................................... 5 Dos Órgãos da Administração Superior...............................................................5 Seção I............................................................................................................. 6 Do Conselho Universitário................................................................................6 Seção II............................................................................................................ 9 Do Conselho Curador....................................................................................... 9 Seção III.......................................................................................................... 10 Da Reitoria..................................................................................................... 10 Seção IV......................................................................................................... 12 Das Unidades Acadêmicas.............................................................................12 TÍTULO III.............................................................................................................. 13 Do Regime Didático-Científico..............................................................................13 CAPÍTULO I........................................................................................................ 13 Do Ensino.......................................................................................................... 13 CAPÍTULO II....................................................................................................... 15

Da Pesquisa....................................................................................................... 15 CAPÍTULO III....................................................................................................... 16 Da Extensão...................................................................................................... 16 CAPÍTULO IV...................................................................................................... 16 Dos Títulos, Dos Diplomas e Das Honrarias.......................................................16 TÍTULO IV.............................................................................................................. 16 Da Comunidade Universitária...............................................................................16 CAPÍTULO I........................................................................................................ 16 Dos Professores................................................................................................. 16 CAPÍTULO II....................................................................................................... 17 Do Corpo Discente............................................................................................. 17 CAPÍTULO III....................................................................................................... 17 Do Corpo Técnico-Administrativo......................................................................17 TÍTULO V............................................................................................................... 17 Do Patrimônio, Dos Recursos e Do Regime Financeiro.........................................17 CAPÍTULO I........................................................................................................ 17 Do Patrimônio.................................................................................................... 17 CAPÍTULO II....................................................................................................... 18 Dos Recursos..................................................................................................... 18 CAPÍTULO III....................................................................................................... 18 Do Regime Financeiro....................................................................................... 18 TÍTULO VI.............................................................................................................. 19 Das Disposições Gerais e Transitórias..................................................................19 CAPÍTULO I........................................................................................................ 19 Das Disposições Gerais..................................................................................... 19 CAPÍTULO II....................................................................................................... 19 Das Disposições Transitórias............................................................................. 19

TÍTULO I Da Universidade, Seus Princípios e Suas Finalidades

§4º Os campi universitários recebem a denominação do Município onde estão localizados. . disciplinar. pesquisa e extensão. 8º A UERR deverá promover e estimular a intercomplementaridade dos entre os cursos e programas de pesquisa e extensão nos diversos campi universitários.CAPÍTULO I Da Universidade Art. 6º A UERR poderá agregar unidade de ensino superior. distribuída no Estado de Roraima. 4º A UERR tem natureza e estrutura multicampi. XXXXX: A autonomia didático-cientifica consiste em: § 1° estabelecer sua política de ensino. § 2° criar. diretamente subordinadas à Reitoria. Art. Art. financeira. modificar e/ou extinguir cursos e definir ofertas de cursos. pesquisa e extensão. é uma fundação pública. poderá implantar campi universitários para tornar mais efetiva sua atuação no desenvolvimento regional. pela Lei Complementar Nº 91. pelo Regimento Geral e por normas complementares. científica e patrimonial. pesquisa e extensão. vinculada à Secretaria de Estado da Educação. 1º A Universidade Estadual de Roraima – UERR. segundo forma e critérios definidos pelo Conselho Universitário. Art. diplomas. Art. atendidos os termos do disposto no caput deste artigo e observada a legislação vigente. §2º Considera-se campus universitário cada uma das bases físicas integradas com estrutura administrativa. § 3° estabelecer seu calendário acadêmico e administrativo. Art. Cultura e Desportos. 3º A organização e o funcionamento da UERR reger-se-ão pelas legislações estadual e federal atinentes. 2º A UERR goza de autonomia administrativa. patrimonial. educacionaldidático-científica e. de 10 de novembro de 2005. e para atender às peculiaridades de sua configuração territorial. onde são desenvolvidas suas atividades permanentes de ensino. §3º A UERR. [por que de “direito privado”?] Art. Não será agregada unidade de ensino superior da qual exista congênere em um mesmo campus universitário. mediante convênio estabelecido na forma da lei. a UERR adota um regime de administração descentralizada nos diversos campi universitários. Art. nos termos do Regimento Geral. Parágrafo único. XXXXX: A autonomia administrativa consiste na faculdade de: § 1° propor reformas deste Estatuto e do Regimento Geral ao Conselho Universitário e ao Conselho Curador. títulos e outras dignidades universitárias. Art. com sede e foro na cidade de Boa Vista e âmbito de atuação no Estado de Roraima. §1º Os campi universitários serão administrados na forma do disposto no Regimento Geral. A administração dos campi universitários será exercida por Diretorias. § 4° conferir graus. por meio de delegação de competência conferida pelo Reitor. criada. Art. com atribuições definidas no Regimento da ReitoriaGeral. dotada de personalidade jurídica de direito privado de ensino. programas de cooperação técnica e didático-científica com outras Instituições. 7º A UERR poderá manter. Parágrafo único. 5º Respeitando a sua unidade patrimonial e administrativa. evitando a duplicação de meios para fins idênticos ou equivalentes em um mesmo campus. organizar. pelo presente Estatuto.

delas dispondo na forma de seu Estatuto. XI – a educação voltada para o pensamento crítico. com padrão unitário de qualidade em todos os níveis. pesquisa e extensão. IX – o compromisso com a ampliação do ensino público e gratuito. no exercício da liberdade de ensino. II – a ética como norteadora da prática institucional. a eficiência e a regularidade nos atos e na gestão de recursos da Instituição. cultural. com fluxo regular de recurso do Poder Público que lhe permita planejar e implantar suas atividades. com direito ao contraditório. democrática. bem como aprovação do Conselho Curador. mantendo a eqüidade no tratamento dos recursos humanos. a impessoalidade. difundindo e socializando o saber. sendo de responsabilidade do Governo do Estado de Roraima a garantia de recursos para a manutenção da Instituição. remuneração. 9º Na organização e no desenvolvimento de suas atividades. Art. materiais e orçamentários em todas as unidades acadêmicas. § 4° promover o processo de eleição para os cargos de Reitor(a) e Vice-Reitor(a) pela comunidade universitária. para nomeação dos eleitos. III – a natureza pública. das Unidades Universitárias e dos Órgãos da Administração Superior. a valorização do trabalho e da vida social. laica e de qualidade socialmente referenciada. encaminhando os resultados para o governador do estado. da região. em todos os níveis. IV – a transparência. XXXXX: A autonomia financeira e patrimonial consiste em: § 1° elaborar e executar seu orçamento. doação. nos termos do Regimento Geral. técnico-científico. do país e do mundo. legados e cooperação financeira de pessoa física ou resultante de contratos e convênios com entidades e instituições de direito público e privado. § 2° administrar as rendas patrimoniais e as decorrentes de suas atividades e serviços. § 3° receber subvenção. submetendo-as à homologação do Conselho Universitário. com voto direto e secreto. pesquisa e extensão. independente de outras fontes de receita com fins específicos. V – a promoção do caráter multicampi com gestão democrática e colegiada. CAPÍTULO III Das Finalidades . VI – a garantia da transdisciplinaridade do conhecimento e de suas concepções pedagógicas. VII – a igualdade de acesso e de permanência na Instituição. artístico e ambiental do Estado. § 3° aprovar normas sobre admissão. X – o planejamento democráticoo e a gestão colegiada da Instituição. promoção e dispensa do pessoal docente e técnico-administrativo. a publicidade. a racionalidade. VIII – a contribuição para o desenvolvimento sócio-econômico. a probidade. em todas as suas relações internas e com a sociedade. aprovar e reformular o Regimento da Reitoria. a UERR respeitará os seguintes princípios: I – a indissociabilidade entre ensino. CAPÍTULO II Dos Princípios Art.§ 2° elaborar. político.

educacional. incluindo-se as áreas políticas e sociais. VIII – promover a paz. prestação de serviços e demais atividades afins. necessárias ao processo de autonomia e emancipação do cidadão. a solidariedade. da pesquisa e da cultura em todo o território do Estado de Roraima. execução e acompanhamento das políticas de desenvolvimento governamentais. inclusive com a prestação de serviços de consultoria. 11. bem como. nas suas múltiplas áreas. TÍTULO II Da Organização CAPÍTULO I Da Estrutura Acadêmica e Administrativa Art. XII – ampliar o acesso da população à Educação Superior e formar profissionais nas diversas áreas do conhecimento. II – Unidades Acadêmicas. IV – participar da elaboração. A UERR. crítica e profissional do Homem. o conhecimento resultante do ensino. VI – promover a educação continuada. as ciências e as tecnologias. atuando conforme os princípios estabelecidos neste Estatuto. de pós-graduação e de extensão. valorizando o indivíduo no processo evolutivo. empresas particulares e instituições científicas. XIV – produzir conhecimento que seja capaz de transformar-se em políticas públicas de superação das desigualdades. assessoria. X – desenvolver e difundir. transmitir e disseminar o conhecimento em padrões elevados de qualidade. VII – manter interação com a sociedade. CAPÍTULO II Dos Órgãos da Administração Superior . desenvolvendo o conhecimento científico. XIII – prestar assistência acadêmica por meio da extensão e desempenhar outras atividades na área de sua competência. do magistério e demais campos do trabalho. elaboração de concursos públicos ou serviços correlatos. visando à formação de pessoas capacitadas ao exercício da investigação. com ações especiais que objetivem a expansão do ensino. a defesa dos direitos humanos e a preservação do meio ambiente. da pesquisa e da extensão. II – ministrar cursos de graduação. de modo teórico e prático. III – realizar pesquisas. incentivando o conhecimento científico relacionado ao homem e ao meio ambiente e fortalecendo a capacidade instalada do estado. tecnológica e cultural. poderes públicos. IX – ministrar o ensino. estimulando atividades criativas. culturais e educacionais brasileiras e internacionais.Art. na busca da qualidade científica. V – cooperar e fomentar parcerias e intercâmbios com as universidades. conjuntamente com os valores éticos capazes de integrar o homem à sociedade e de aprimorar a qualidade dos recursos humanos existentes do Estado de Roraima. XI – gerar. 10. A estrutura acadêmica e administrativa da UERR compõe-se de: I – Órgãos da Administração Superior. com suas diversas organizações e com o mundo do trabalho. teêm por finalidade: I – promover a educação.

Art. VII – 31(trêsum) representantes eleitos peldo corpo técnico-administrativo. Exatas. Biológicas e Saúde. eleito nos termos do Regimento Geral. deliberativa. bem como de cursos e programas de pós-graduação lato sensu e stricto sensu. VI – autorizar acordos e convênios a serem firmados. Parágrafo único. com entidades públicas ou privadas. O funcionamento dos Órgãos Deliberativos Superiores será disciplinado pelo Regimento Geral. sem direito ao voto de qualidade. em seu regimento. 13. III – 1(um) representante docente eleito de cada uma das Coordenações de Áreados Coordenadores dos Cursos por área: Humanas. órgãos suplementares e órgãos de apoio acadêmico-administrativos. §1º O Conselho UniversitáRegimento Geral da UERR rio disciplinará. IV – autorizar a implantação ou extinção de campus universitário e a agregação de unidade de ensino superior. no Colegiado Pleno. dos discentes e dos servidores técnico-administrativos e de representantes das Câmaras Temáticas Superiores. obedecidos os critérios determinados no Regimento Geral. fundir ou extinguir unidades acadêmicas. desmembrar. §3º O Reitor preside o Colegiado Pleno. . O Colegiado Pleno é constituído de: I – Reitor ou. pelo Reitor. V – 31(umtrês) representantes eleitos peldo corpo docente. Ciências Sociais Aplicadas. 15. Art. Humanas. VII – instituir prêmios como recompensa de atividades universitárias. Ao Conselho Universitário compete: I – formular a política geral da UERR. VI – 31(trêsum) representantes eleitos peldo corpo discente. III – Reitoria. exatas e biológicas. II – Conselho Curador. tecnólogos. o processo de escolha dos docentes. 12. 14. na sua ausência. IV – Um Diretor de cadado Campus. o Vice-Reitor. composto de um Colegiado Pleno e de Câmaras Temáticas Superiores. de graduação. de planejamento e de fiscalização da UERR. O Conselho Universitário – CONUNI – é o órgão máximo de funções normativa. V – propor aos órgãos competentes do Governo Estadual a incorporação de unidade de ensino superior. III – criar. seqüenciais. bem como o funcionamento dessas Câmaras. II – Vice-Reitor. . Seção I Do Conselho Universitário Art.Art. presenciais e a distância. São Órgãos da Administração Superior da UERR: I – Conselho Universitário. II – autorizar a criação ou extinção de cursos. §4º O Conselho Universitário somente se reunirá com mais da metade de seus membros e deliberará por maioria de votos. VIII – 1(um) representante de cada Câmara Temática Superior. §2º Das decisões das Câmaras Temáticas Superiores caberá recurso ao Colegiado Pleno.

XX – dar posse ao Reitor e Vice-Reitor. . para nomeação pelo Governador do Estado de Roraima. XXIV – expedir normas complementares ao Estatuto e ao Regimento Geral. para a conseqüente nomeação pela autoridade competente. no prazo estipulado no artigo 84 deste Estatuto e no que dispuser a legislação interna da UERR. XVI – aceitar legados e doações. período letivo complementar. referentes ao ensino. de doutor e de livre-docente. bem como a prestação de contas anual do Reitor. XXX – apurar responsabilidades do Reitor e do Vice-Reitor. XXII – estabelecer normas para a realização de processo seletivo e fixar o número de vagas para a matrícula inicial nos cursos de graduação. IX – aprovar a proposta orçamentária. X – promover. devidamente escolhidos na forma da lei. a reforma deste Estatuto e do Regimento Geral. o título de Professor Emérito e a Medalha de Mérito Universitário. mudança e reopção de curso e de turno. no interesse do serviço público. trancamento de matrícula. pelo voto de dois terços de seus membros. de tecnólogos e pós-graduação. XII – deliberar sobre as providências necessárias à manutenção da ordem. representante junto às Câmaras Temáticas ou ao Colegiado Pleno. XI – aprovar e reformar o Regimento Geral e os regimentos internos dos demais órgãos da UERR.VIII – julgar recursos interpostos contra decisões das Câmaras Temáticas Superiores e da Reitoria. a entrega dos diplomas de mestre. na forma da lei e deste Estatuto. diploma de Doutor e de Professor Honoris Causa. por iniciativa própria ou por solicitação de outro conselho. pesquisa e extensão. XVIII – aprovar o relatório apresentado pelo Reitor sobre as principais ocorrências do ano anterior e o plano de atividades da UERR para o novo ano letivo e exercício civil. por proposta do respectivo Curso. como: matrícula. XIX – realizar ou delegar aos Cursos os atos de colação de grau dos concluintes dos cursos de graduação. XXIII – estabelecer normas referentes à admissão e a incentivos funcionais dos professores. regime especial. com parecer fundamentado e deliberado por dois terços de seus membros. XV – aprovar. dilatação de prazo para conclusão de curso. por dois terços de seus membros. obedecendo o prazo estipulado no artigo 84 deste Estatuto. respeitada a legislação em vigor. XVII – deliberar sobre assuntos de natureza administrativa em geral. XXVII – homologar e encaminhar. XXI – promover a necessária vinculação entre as atividades de ensino. escolhidos em consulta eleitoral disciplinada pelo Conselho Universitário. XIII – outorgar. adotando as providências cabíveis. ouvido o Conselho Curador. os nomes do Reitor e do Vice-Reitor. XXVI – apreciar e decidir sobre os recursos relativos à vida estudantil. XXVIII – destituir. XXV – aprovar a revalidação de diplomas estrangeiros dos cursos de graduação. reingresso. o orçamento interno da UERR e a abertura de créditos adicionais. dispensa de disciplina. XIV – exercer o poder disciplinar sobre qualquer dirigente que deixar de cumprir decisão dos órgãos deliberativos superiores. XXIX – indicar o Reitor e o Vice-Reitor. de tecnólogos e de programas de pósgraduação. à pesquisa e à extensão. a destituição de dirigentes. da disciplina e da hierarquia na UERR. transferência. em lista sêxtupla.

dos discentes e dos servidores técnicoadministrativos. de PósgraduaçãoPósgraduação e dos Coordenadores Acadêmicos dos campi. §1º As Câmaras somente se reunirão com mais da metade de seus membros e deliberarão por maioria de votos. o membro do Conselho Universitário cuja destituição esteja sendo apreciada. Art. nas Câmaras Temáticas Superiores. 17. §4º O calendário das reuniões ordinárias será divulgado no primeiro mês de cada ano letivo. órgão deliberativo e normativo do Conselho Universitário em matéria de política geral de Pesquisa da UERR. §6º Mediante pedido formal de qualquer um dos integrantes do colegiado pleno. IV – representação do corpo discente. Subseção I Da Câmara Superior de Ensino Art. em seu regimentoRegimento Geral disciplinará. V – Câmara Superior de Desenvolvimento Social. §1º O Reitor é impedido de votar nas matérias referentes aos incisos IX. é constituída de: . §5º Todas as pautas e minutas de resoluções a serem aprovadas. gestão administrativofinanceira e desenvolvimento social da UERR. com entrada franqueada à comunidade acadêmica. §2º Das decisões das Câmaras Temáticas Superiores caberá recurso ao Colegiado Pleno obedecidos os critérios determinados no Regimento Geral. a reunião do Conselho Universitário deverá ser realizada em espaço amplo. órgãos deliberativos e normativos do Conselho Universitário em matérias de política de ensino. 18. extensão. Subseção II Da Câmara Superior de Pesquisa Art. §2º Serão impedidos de votar matéria referente ao inciso XV os dirigentes que estiverem em julgamento. III – representação dos professores. são denominadas: I – Câmara Superior de Ensino. §3º Será impedido de votar matéria relativa ao inciso XXVIII. Parágrafo único. §7º As reuniões que tiverem como pauta a prestação de contas anual e as deliberações sobre o orçamento universitário serão necessariamente realizadas em espaço amplo. sem direito ao voto de qualidade. A Câmara Superior de Ensino. o número de representantes dos professores. por meio de comissão e regulamento próprio. III – Câmara Superior de Extensão. O Pró-Reitor preside a Câmara. XXX e XXXI. As Câmaras Temáticas Superiores. II – Câmara Superior de Pesquisa. A Câmara Superior de Pesquisa.XXXI – instituir e promover a avaliação institucional permanente. é constituída de: I – Pró-Reitor de Ensino. órgão deliberativo e normativo do Conselho Universitário. II – representação dos Coordenadores de Cursos de Graduação. serão amplamente divulgadas. em matéria de política geral de ensino da UERR. pesquisa. Bem como as convocações extraordinária. 16. com entrada franqueada à comunidade acadêmica. V – representação do corpo técnico-administrativo. §3º O Conselho Universitário disciplinará. com antecedência de no mínimo 72 horas. IV – Câmara Superior de Gestão Logística e Financeira.

Seção II Do Conselho Curador . IV – representação do corpo técnico-administrativo.I – Pró-Reitor de Pesquisa. sem direito ao voto de qualidade. II – Coordenadores de Extensão. A Câmara Superior de Gestão Logística e Financeira. II – representação dos professores. é constituída de: I – Pró-Reitor de Gestão Logística e Financeira. conforme o Regimento Geral. Subseção III Da Câmara Superior de Extensão Art. O Pró-Reitor preside a Câmara. VI – representante da sociedade civil organizada. Parágrafo único. A Câmara Superior de Extensão. sem direito ao voto de qualidade. órgão deliberativo e normativo do Conselho Universitário em matéria de política geral de Extensão da UERR. V – representação do corpo técnico-administrativo. V – representação do corpo técnico-administrativo. II – Coordenadores de Programas de Pesquisa. órgão deliberativo e normativo do Conselho Universitário em matéria de política geral de Desenvolvimento Social da UERR. Subseção V Da Câmara Superior de Desenvolvimento Social Art. Subseção IV Da Câmara Superior de Gestão Logística e Financeira Art. III – representação dos professores. O Pró-Reitor preside a Câmara. é constituída de: I – Pró-Reitor de Extensão. IV – representação do corpo discente. O Pró-Reitor preside a Câmara. indicado pelo Conselho Social Consultivo. III – representação dos professores. IV – representação do corpo discente. V – representação do corpo técnico-administrativo. 19. órgão deliberativo e normativo do Conselho Universitário em matéria de política geral de Gestão Logística e Financeira da UERR. sem direito ao voto de qualidade. sem direito ao voto de qualidade. III – representação dos professores. IV – representação do corpo discente. Parágrafo único. A Câmara Superior de Desenvolvimento Social. VII – representação de entidades externas de apoio à extensão. Parágrafo único. 21. 20. O Pró-Reitor preside a Câmara. III – representação do corpo discente. II – representação dos Diretores de Departamento. Parágrafo único. é constituída de: I – Pró-Reitor de Desenvolvimento Social.

é exercida pelo Reitor. Seção III Da Reitoria Art. a proposta orçamentária e o orçamento interno da UERR. móveis e semoventes. II – Pró-Reitoria de Pesquisa. emitindo parecer conclusivo. V – homologar os termos de contratos de prestação de serviços e de execução de obras sujeitas à licitação por concorrência. emitindo parecer conclusivo. §4º Os membros do Conselho Curador não poderão estar exercendo função na administração da UERR. 23. fiscaliza e superintende as atividades da UERR. II – apreciar. Art. b) instituição de prêmios pecuniários. 26. de acordo com a legislação pertinente. . IV – representação do corpo técnico-administrativo. III – representação do corpo discente. em reunião do Conselho. II – Órgãos Auxiliares da Administração Superior. §5º O Conselho Universitário disciplinará. A Reitoria. no Conselho Curador. IV – fixar anualmente o valor de taxas. em seu regimentoRegimento Geral disciplinará. d) prestação de contas anual do Reitor. órgão central da Administração Superior que coordena. O Conselho Curador é órgão fiscal e deliberativo em assuntos econômicos e financeiros da UERR. os quais serão submetidos à aprovação do Conselho Universitário.Art. VI – acompanhar a execução orçamentária da UERR. §1º O Presidente será eleito dentre seus membros professores. dos discentes e dos servidores técnicoadministrativos. o número de representantes dos professores. auxiliado pelo Vice-Reitor e assessorado por: I – Órgãos Executivos da Administração Superior. e) alienação de bens imóveis. A Reitoria manterá órgãos executivos de direção superior com as seguintes denominações: I – Pró-Reitoria de Ensino. III – Pró-Reitoria de Extensão. sua procedência e exatidão. a proposta de abertura de créditos adicionais. 24. Cultura e Desporto. §3º O Conselho Curador somente se reunirá com mais da metade de seus membros e deliberará por maioria de votos. 25. III – Órgãos Suplementares. §2º O Presidente do Conselho Curador não terá direito ao voto de qualidade. 22. IV – Pró-Reitoria de Gestão Logística e Financeira. conferindo a classificação contábil dos feitos. III – opinar conclusivamente sobre: a) legalidade e viabilidade de acordos e convênios que acarretem despesas. emolumentos e outras contribuições devidas à UERR. c) aceitação de legados e doações. Art. Art. para mandato de 1 (um) ano sendo permitida a reeleição para 1 (um) único mandato consecutivo. O Conselho Curador é constituído de: I – representante da Secretaria de Estado da Educação. II – representação dos professores. VII – realizar auditoria interna da UERR. Ao Conselho Curador compete: I – apreciar. V – Pró-Reitoria de Desenvolvimento Social.

XII – requisitar. não especificadas neste Estatuto. Art. compete: I – substituir o Reitor em suas faltas e impedimentos. na forma da lei e deste Estatuto. V – assinar diplomas e certificados. XVII – exercer o poder disciplinar na jurisdição da UERR. eleitos na forma estabelecida no Regimento Geral. na forma da legislação vigente. serão nomeados pelo Governador do Estado para um mandato de 4 (quatro) anos. XVIII – delegar poderes e atribuições. XIV – submeter à aprovação do Conselho Curador e do Conselho Universitário. atendidas as formalidades legais. Art. 28. 27. dispensar e demitir os servidores da UERR. 30. O Reitor e o Vice-Reitor. principal colaborador do Reitor em tarefas de caráter permanente da UERR. segundo as conveniências do serviço. de conformidade com o orçamento aprovado e os fundos instituídos. na forma da legislação em vigor. nos termos da legislação específica. ou para estudos de problemas específicos. de acordo com as conveniências do serviço e a legislação específica. III – ter assento no Conselho Universitário. a prestação de contas anual da UERR. VI – proceder à entrega de prêmios. de caráter permanente ou temporário. VIII – nomear. . Parágrafo único. III – nomear e dar posse aos dirigentes dos órgãos da UERR. XIX – propor a abertura de créditos adicionais. diplomas e títulos acadêmicos conferidos pelo Conselho Universitário. que aceitam o mandato e que se dispõem a exercê-lo em regime de tempo integral e dedicação exclusiva. ao Conselho Curador e ao Conselho Universitário. Ao Vice-Reitor. II – exercer atividades acadêmicas e administrativas por delegação do Reitor. para emitir parecer sobre acumulação de cargos. XI – constituir comissões especiais. 29. para prestar serviços à UERR. O Reitor não poderá vetar Resolução do Conselho Universitário e de suas Câmaras. XV – submeter. no caso de vacância do cargo. VII – firmar acordos ou convênios entre a UERR e entidades públicas e privadas. por escrito.Art. XVI – baixar atos de transferência. XX – desempenhar as demais atribuições inerentes à sua função. nacionais e estrangeiras. IX – fixar a lotação e conceder aposentadoria. até o final do mandato. II – convocar e presidir o Conselho Universitário sem direito ao voto de qualidade. o orçamento interno e a respectiva proposta orçamentária da UERR. observada a legislação em vigor. X – baixar atos de concessão de incentivos funcionais aos servidores da UERR. São atribuições do Reitor: I – representar a UERR em juízo ou fora dele. professores ou servidores técnicoadministrativos a outras instituições. no início de cada exercício orçamentário. IV – suceder o Reitor. exonerar. contratar. cancelando-os. Art. IV – baixar provimentos e resoluções decorrentes de decisões do Conselho Universitário. Os indicados declararão. remoção e afastamento. no todo ou em parte. XIII – administrar as finanças da UERR e determinar a aplicação dos seus recursos. de acordo com a legislação em vigor.

nas faltas e impedimentos do Vice-Reitor. 32. a regulamentação e a vinculação dos Órgãos Suplementares serão disciplinados no Regimento Geral.Parágrafo único. Subseção III Dos Órgãos Suplementares Art. em conformidade com o que dispuser o Regimento Geral. II – projeto pedagógico. Subseção I Dos Órgãos Executivos da Administração Superior Art. será organizada no prazo máximo de sessenta dias pelo Conselho Universitário e o indicado será nomeado para completar o referido mandato. inclusive internacionais. aos assuntos jurídicos. responsáveis pela execução indissociável das políticas de ensino. órgãos auxiliares da Administração Superior. desportivas e recreativas à UERR. no que concerne à comunicação corporativa. de concursos. Os Cursos. O Reitor estabelecerá a ordem de sua substituição pelos Pró-Reitores. responsáveis por oferecer apoio gerencial desconcentrado nas áreas de compras. §1º Os Órgãos Suplementares não terão lotação própria de professores. a Procuradoria Jurídica. A Comissão Permanente de Licitação. unidades acadêmicas. responsáveis por coordenar e supervisionar as respectivas áreas de atuação. artístico-culturais. No caso de vacância do cargo de Vice-Reitor. Art. ao protocolo e ao cerimonial oficiais e às demandas internas da UERR. em consonância com o programa de desenvolvimento institucional. o Controle Interno e a Consultoria Técnica. didático-pedagógicas. Seção IV Das Unidades Acadêmicas Art. com decisões em Colegiado. conforme dispuser o Regimento Geral. científicas. . órgãos executivos da Administração Superior. § 1º A designação dos Pró-Reitores será de livre escolha do Reitor. 33. 31. respeitando as políticas e diretrizes emanadas do Conselho Universitário. respectivas ementas e conteúdos programáticos de sua responsabilidade. com funções deliberativas no seu âmbito. 35. às relações interinstitucionais. Subseção II Dos Órgãos Auxiliares da Administração Superior Art. na execução das respectivas atribuições e compromissos. O Gabinete da Reitoria. 34. §2º A designação dos Diretores de Campus será precedida de processo eletivo. tecnológicas. a Comissão Permanente de Concursos e a Multiteca. §3º A designação dos dirigentes dos órgãos suplementares será de livre escolha do Reitor. pesquisa e extensão. §1º O Curso se caracteriza por ter: I – disciplinas. Parágrafo único. órgãos vinculados à Reitoria ou aos Cursos. A designação dos dirigentes dos órgãos auxiliares da Administração Superior será de livre escolha do Reitor. §2º O processo de criação. responsáveis por prestar assistência direta e imediata ao Reitor. As Pró-Reitorias e as Diretorias dos Campi. sob a coordenação geral do Reitor.

Art. os Coordenadores de Cursos e os Coordenadores Acadêmicos podem ser afastados ou destituídos de suas funções pelo Conselho Universitário. à Unidade Acadêmica. §3º A designação dos Coordenadores de Curso e Coordenadores Acadêmicos será precedida de processo eletivo. §5º O Conselho Universitário disciplinará. 37. normativo e deliberativo. Art. §2º O Coordenador preside o Colegiado. Subseção I Do Colegiado Art. §3º O Colegiado somente se reunirá com mais da metade de seus membros e decidirá por maioria de votos.II – professores e servidores técnico-administrativos nele lotados. II – representação do corpo discente. II – planos de trabalho e distribuição de encargos de ensino. dentre outras atribuições. §1º O Colegiado será convocado pelo Coordenador do Curso. II – tecnólogos. no caso de o Curso ter turmas em diversos campi. III – discentes matriculados no curso. e é composto de: I – todos os professores nele lotados. TÍTULO III Do Regime Didático-Científico Art. pesquisa e extensão de seus professores. §2º Cabe. em conformidade com o que dispuser o Regimento Geral. §4º Para efeito do quorum. 41. IV – Coordenador do Curso. A UERR oferecerá as seguintes modalidades de cursos e programas: I – seqüenciais por campo do saber. Das decisões do Colegiado somente caberá interposição de recurso às Câmaras Temáticas Superiores do Conselho Universitário. III – representação do corpo técnico-administrativo. no seu âmbito. 38. mediante proposta aprovada por 2/3 (dois terços) do seu quorum. Art. Os Diretores de Campus. em diferentes níveis de abrangência. Compete ao Colegiado. 39. sem direito ao voto de qualidade. em Regimento Geral. O Colegiado do Curso é o órgão máximo. a pesquisa e a extensão. dos discentes e dos servidores técnico-administrativos no Colegiado. excluem-se os professores regularmente afastados ou licenciados. III – projeto pedagógico do curso. . CAPÍTULO I Do Ensino Art. a guarda e a conservação dos bens patrimoniais que lhe forem destinados. 36. 40. o número de representantes dos professores. IV – plano de capacitação de professores e de servidores técnicos administrativos lotados na Unidade Acadêmica. V – Coordenador Acadêmico. III – graduação. As atividades da UERR serão desenvolvidas com observância do princípio da indissociabilidade entre o ensino. deliberar sobre: I – planos de trabalho de seu corpo técnico-administrativo.

O Conselho Universitário poderá autorizar o funcionamento de sistemas distintos do previsto no presente artigo. Parágrafo único. Art. Parágrafo único. Parágrafo único. 43. A fim de assegurar o funcionamento contínuo da UERR. 42. As transferências ex officio dar-se-ão na forma da legislação pertinente. V – extensão. destinando-se a avaliar a formação recebida pelos candidatos e sua aptidão para prosseguimento de estudos em curso superior. e tenham sido aprovados em processo seletivo. §2º A UERR poderá oferecer cursos de graduação e programas de pósgraduação nos turnos matutino. por um prazo. As modalidades de educação básica. e o controle da integralização curricular. em cada período letivo. O ano letivo. nos mesmos padrões de qualidade. §1º A UERR estabelecerá. conjunto de disciplinas ou outras atividades acadêmicas. . independentemente do ano civil. excluído o tempo reservado a exames finais. no que concerne às diretrizes gerais e terá regulamento próprio. O Conselho Universitário poderá definir outras alternativas de ingresso de estudantes. para fins de execução curricular. para cursos afins. que atendam aos requisitos mínimos fixados pelo órgão federal competente e aos objetivos da UERR. semestral ou anual. para atender às exigências de sua programação específica. ou equivalente. de jovens e adultos. a UERR poderá organizar outros. Art. Art. §2º Na forma do que dispuser o Regimento Geral. na dependência da existência de vagas e mediante processo seletivo. Art. §1º Além dos cursos ou programas de que trata o caput deste artigo. igual ao da duração mínima do curso ou programa em experimentação. mediante convênio recíproco que o Brasil celebre com outros países. poderão ser programadas. Os cursos e programas de graduação terão a finalidade de habilitar à obtenção de graus acadêmicos e estarão abertos à matrícula de candidatos que hajam concluído o ensino médio. em períodos de igual duração. terá a duração mínima de 200 (duzentos) dias de trabalho escolar efetivo. sem ultrapassar esse nível de complexidade. em cursos ou programas de graduação e de pós-graduação. 45. e para fazer face às peculiaridades da realidade regional. garantida a necessária provisão orçamentária. Os cursos de graduação e os programas de pós-graduação serão organizados em currículos desenvolvidos na forma de projetos políticopedagógicos. para a organização dos cursos e programas que não tenham currículos fixados pelo órgão federal competente. poderá ser admitido o ingresso de alunos estrangeiros. e será dividido. §4º A graduação será disciplinada pelo Regimento Geral. O processo seletivo abrangerá os conhecimentos comuns às diversas formas do ensino médio ou equivalente. para integralização curricular. Parágrafo único. profissionalizantes e a distância também poderão ser oferecidas pela UERR. diferentemente do processo seletivo definido no caput deste artigo. bem como suas disciplinas complementares. 47. sua duração mínima e máxima. 46. Art. 44. A matrícula nos cursos de graduação e nos cursos e programas de pós-graduação será feita por disciplinas. A UERR concederá transferências de alunos para outras instituições de ensino superior e as aceitará. a ser aprovado pelo Conselho Universitário.IV – pós-graduação. vespertino e noturno. atividades curriculares. §3º O Regimento Geral estabelecerá mecanismos que possibilitem a abreviação da duração dos cursos de graduação para alunos com extraordinário aproveitamento nos estudos. extracurriculares ou de natureza complementar. pela carga horária prevista para cada curso seriado. no recesso escolar. Parágrafo único. Art.

Art. Art. a ser aprovado pelo Conselho Universitário. Será admitida. O período correspondente a trancamento de matrícula feito na forma regimental não será computado no prazo de que trata o caput deste artigo. Art. IV – tornar acessível ao grande público os resultados da pesquisa científica e o intercâmbio de experiência. X – criar infra-estrutura para o desenvolvimento de programas de pesquisa. na criação de uma atmosfera de pesquisa e desenvolvimento na universidade. visando o incremento. conduzindo aos graus de Mestre e de Doutor. técnicos e artístico-culturais. §2º A pós-graduação será disciplinada pelo Regimento Geral. IX – buscar recursos para a iniciação de projetos de pesquisa ou para a sua expansão. de forma articulada com o ensino e a extensão. VII .produzir.socializar os conhecimentos por meio de sessões de comunicação oral. a mudança de um para outro curso no âmbito da UERR. Os cursos de pós-graduação lato sensu. bem como a sua repercussão junto à sociedade como um todo. CAPÍTULO II Da Pesquisa Art. III – promover a integração com os diferentes níveis de ensino superior. 54. 48. nos termos do respectivo regulamento. na forma como dispuser o respectivo regulamento.Art. a regularidade e a produtividade dessa atividade no meio acadêmico. Os programas de pós-graduação stricto sensu da UERR podem ser multidisciplinares. Os programas de pós-graduação stricto sensu terão por objetivo desenvolver e aprofundar estudos. . VIII – constituir e manter um banco de informações sobre a formação acadêmica e a competência técnica de professores e discentes pesquisadores. visando à produção do conhecimento e ao desenvolvimento da ciência. da cultura e das artes. VI – atuar de forma ostensiva junto à comunidade acadêmica. mini-cursos e palestras voltados aos temas pesquisados. §1º O mestrado não constituirá condição indispensável ao doutorado. painéis. 53. V . respectivamente. e serão ofertados a graduados de nível superior. 51. Art. da tecnologia. 49. o Conselho Universitário definirá a participação da UERR de acordo com convênio específico. Será recusada matrícula ao aluno que não tiver concluído o curso no prazo máximo fixado no respectivo currículo. e terá regulamento próprio. §2º A vinculação e a coordenação dos programas multidisciplinares serão definidas pelo Conselho Universitário. Parágrafo único. 52. firmado entre as instituições envolvidas. compreendendo especialização e aperfeiçoamento. nos termos definidos no Regimento Geral. no que concerne às diretrizes gerais. a formar especialistas em domínios científicos. por meio da capacitação científica e tecnológica e do agregar de novos conhecimentos. Art. A política de pesquisa da UERR terá como objetivos: I . O Regimento Geral definirá os critérios de aproveitamento de estudos. destinam-se a candidatos diplomados em cursos de nível superior e visam. e a atualizar conhecimentos e técnicas de trabalho. colóquios.estimular a formação de grupos de pesquisa multidisciplinares. §3º Quando o programa envolver mais de uma instituição. com o propósito precípuo de resgatar seu caráter público e sua função sócia. estimular e incentivar a investigação científica. II – apoiar e estimular sistematicamente o desenvolvimento dos trabalhos de pesquisa. 50. §1º Os programas multidisciplinares podem ser intra-institucionais ou interinstitucionais.

55.CAPÍTULO III Da Extensão Art. ampliando a inclusão social e. II – diplomas de Mestre. 57. VIII – certificados ou diplomas de educação básica. de Doutor e de Livre-Docente. propiciando o crescimento do conhecimento científico e tecnológico para o alcance do desenvolvimento sustentável das populações ribeirinhas. A comunidade universitária é constituída dos professores. profissionalizante ou à distância. Dos Diplomas e Das Honrarias Art. IX – certificados de cursos seqüenciais por campo de saber. discentes e servidores técnico-administrativos. a cidadania. V – promover ações articuladas com os municípios do interior do Estado de Roraima. processará a emissão de diplomas de graduação. TÍTULO IV Da Comunidade Universitária Art. no seu âmbito institucional. O corpo docente da UERR é constituído de todos os que exerçam. III – diplomas de Professor Honoris Causa. bem como a revalidação de diplomas estrangeiros de graduação e pósgraduação. . Os títulos. Parágrafo único. 56. aperfeiçoamento e extensão. IV – contribuir para a autonomia dos segmentos beneficiados por esta atividade. em particular dos nacionais. articulado de forma indissociável à pesquisa e ao ensino. V – medalhas de Mérito Universitário. atividades de magistério superior. Art. artísticocultural. A UERR. da criação artísticocultural e da pesquisa científica e tecnológica. rurais e de segmentos da sociedade urbana. regionais e locais. O professor será admitido segundo as normas da legislação específica. 59. A política de extensão universitária constitui-se em um processo educativo. Parágrafo único. III – prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade. correspondentes a cursos por ela ministrados. de educação básica. profissionalizante e a distância. II – difundir as conquistas e benefícios resultantes do conhecimento. indígenas. científico e tecnológico. diplomas e honrarias serão concedidos nos termos da legislação pertinente e do Regimento Geral. 58. CAPÍTULO IV Dos Títulos. consequentemente. A UERR conferirá: I – diplomas de graduação. de acordo com a legislação vigente. VII – certificados de aproveitamento em disciplinas isoladas. pós-graduação e certificados. VI – certificados de cursos de especialização. e tem por finalidade: I – estimular o conhecimento dos problemas mundiais. IV – títulos de Professor Emérito. CAPÍTULO I Dos Professores Art.

condições necessárias ao desempenho das suas atividades. aos discentes. peculiares aos professores. nos termos da lei. 64 A UERR admitirá. A UERR proporcionará. na forma do que dispuserem o Regimento Geral e as normas específicas em vigor. O corpo técnico-administrativo da UERR é constituído dos servidores integrantes do quadro permanente. alunos dos cursos de graduação e pósgraduação nas funções de monitor. Art. na forma disciplinada neste Estatuto. O corpo discente é organizado no Diretório Central de Estudantes no âmbito da UERR e em Centros Acadêmicos ou Grêmios Estudantis. CAPÍTULO III Do Corpo Técnico-Administrativo Art. mediante critério seletivo. não podendo ser alienados. 62. III – de incorporações que resultem de serviços realizados pela UERR. II – dos bens e direitos que lhe forem incorporados em virtude de lei. o Regimento Geral consignará. A representação do corpo discente é assegurada. III – remoção e afastamento de professores. administrado pelo Reitor. Art. II – contratação inicial e renovação de contrato de professores não integrantes das carreiras de professor da UERR.Art. De acordo com a legislação em vigor. ou que a UERR venha a adquirir. sem vínculo empregatício. O exercício de atividades de alunos monitores e bolsistas em programas de ensino. é constituído: I – do conjunto de seus bens e direitos de qualquer natureza. 61. O corpo discente da UERR é constituído dos alunos matriculados nos seus diversos cursos e programas e compreende alunos regulares e especiais. IV – deveres. os direitos. O patrimônio da UERR. administrativo e operacional necessários ao cumprimento dos objetivos institucionais. Parágrafo único. 63. com observância das normas legais regulamentares. Parágrafo único. 65. CAPÍTULO II Do Corpo Discente Art. Art. normas pertinentes a: I – provimento nas várias classes das carreiras de professor. Serão especificados. a não ser nos casos e condições permitidos em lei. bem como a forma de sua aplicação. 67. que exercem atividades de apoio técnico. entre outras. Art. TÍTULO V Do Patrimônio. Dos Recursos e Do Regime Financeiro CAPÍTULO I Do Patrimônio Art. em todos os órgãos colegiados. §1º Os bens e direitos da UERR serão utilizados ou aplicados exclusivamente para consecução de seus objetivos. consignando recursos para o atendimento desse objetivo. 66. os deveres e as sanções disciplinares aplicáveis aos discentes. no Regimento Geral. . pesquisa e extensão é considerado título. para posterior ingresso em funções do magistério. definidos na forma do Regimento Geral. 60. vantagens e regime disciplinar.

§1º Para a elaboração da proposta orçamentária. 69. devidamente discriminadas e justificadas. com ou sem encargos. devendo o produto de toda arrecadação ser recolhido à Reitoria e escriturado na receita geral da UERR. tarifas. nos termos da lei. A execução do orçamento interno da UERR dar-se-á após sua aprovação pelo Conselho Universitário. IV – receitas geradas como resultados de aplicações de bens e valores patrimoniais. considerando as demandas das Unidades Acadêmicas. 71. Parágrafo único. consultado o Conselho Curador. operações de crédito e juros bancários. §1º A gestão dos fundos especiais far-se-á de acordo com as normas gerais do orçamento. poderão ser abertos créditos adicionais. CAPÍTULO III Do Regime Financeiro Art. consultado o Conselho Curador. créditos adicionais e transferências e repasses. O exercício financeiro da UERR coincidirá com o ano civil. Com base no valor das dotações que o orçamento geral do Governo do Estado de Roraima atribuir à UERR. observado o disposto na legislação específica. a Reitoria promoverá a elaboração do orçamento interno. Art. compreendendo a receita e a despesa. será remetida aos órgãos competentes do Governo Estadual. VII – doações ou legados de pessoas físicas. 70. ou por quaisquer entidades públicas ou privadas. para a ampliação de instalações. II – auxílios e subvenções que lhe venham a ser feitos ou concedidos pela União. Estados e Municípios. IX – dotações de fundos especiais. CAPÍTULO II Dos Recursos Art. No decorrer do exercício. na forma da lei. para o custeio de serviços nos diversos campi ou para a formação de seu patrimônio. que lhe forem conferidos. Os recursos financeiros da UERR serão provenientes de: I – dotações consignadas no orçamento geral do Governo do Estado de Roraima. §3º As Unidades Acadêmicas são unidades gestoras descentralizadas e co-responsáveis pela sua gestão financeira. VIII – retribuições por concessão de espaços físicos. Art. §2º É vedada a retenção de renda para qualquer aplicação por parte das unidades orçamentárias. no que forem aplicáveis. 68. mediante proposta do Reitor e aprovação pelo Conselho Universitário. §2º A proposta orçamentária das Unidades Acadêmicas será aprovada em reunião do respectivo Colegiado. V – taxas. . 72. a Reitoria receberá das Unidades Administrativas e das Unidades Acadêmicas suas previsões de receitas e despesas. A proposta orçamentária da UERR. X – outras receitas eventuais. acordos ou contratos celebrados com entidades e organismos nacionais e internacionais. créditos especiais. III – recursos provenientes de convênios.§2º A UERR poderá receber doações ou legados. Art. VI – saldo de exercícios anteriores. suplementares e especiais. mensalidades e emolumentos que forem cobrados pela retribuição por serviços de qualquer natureza prestados.

Art. Art. públicos ou privados. para estágio de alunos e para treinamento de seu pessoal. 78. 74. 77. que poderão ter vigência noutro exercício. salvo quanto aos especiais. na proporção de um por curso ou fração. Art. Os casos omissos neste Estatuto serão resolvidos pelo Conselho Universitário. 79. §2º Os créditos adicionais perderão a vigência no último dia do ano. 75. os regulamentos das Unidades Acadêmicas e dos Órgãos da Administração Universitária devem ser aprovados pelo Conselho Universitário. A partir da vigência do Regimento Geral. 80. CAPÍTULO II Das Disposições Transitórias Art. Art. Parágrafo único. e os especiais se destinam a despesas não previstas no orçamento. exceto o Reitor. demonstração e aplicação. bem como o de matrícula em curso ou programa da UERR. o Colegiado Pleno do Conselho Universitário terá a seguinte composição: I – Reitor. pelo Regimento Geral e pelos regulamentos das Unidades Acadêmicas e órgãos da administração universitária. O ato de investidura em cargo ou função. este Estatuto. em virtude de insuficiência de dotação própria. TÍTULO VI Das Disposições Gerais e Transitórias CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art. Art. §2º A UERR poderá desenvolver pesquisa e experimentação em conjunto com outras instituições públicas e privadas. III – Pró-Reitores. deve exercer atividades letivas. aprovados pelo Conselho Universitário. a UERR poderá utilizar os equipamentos sociais e serviços existentes na comunidade. Mediante convênio. II – Vice-Reitor. 73. por este Estatuto. . 82. A organização e o funcionamento da UERR serão regidos pela legislação em vigor. a UERR terá um prazo máximo de 12 (doze) meses para aprovação pelo Conselho Universitário do seu Regimento Geral. Todo professor ocupando cargo de direção.§1º Os créditos suplementares proverão os serviços. Art. regulamentado pelo Conselho Universitário. As Unidades Acadêmicas terão projetos pedagógicos próprios. 81. no prazo máximo de até 18 (dezoito) meses. V – representação do corpo discente. A manutenção de serviços próprios de pesquisa. Art. na proporção de um a cada três cursos ou fração. Art. Art. como reforço. IV – representação dos professores. os Regimentos e as autoridades legalmente constituídas. O Regimento Geral será elaborado de acordo com o disposto neste Estatuto e submetido à aprovação do Conselho Universitário. A partir da vigência deste Estatuto. experimentação. 81. ater-se-á aos limites dos objetivos da UERR. importa em compromisso formal de respeitar a lei. §1º Os produtos ou serviços oriundos da pesquisa constituirão propriedade da UERR. 83. A UERR manterá programa permanente de avaliação institucional. 76. A partir da vigência deste Estatuto até o prazo definido no art.

VI – representação do corpo técnico-administrativo. por eleição. 84. d) representação do corpo discente. II – Campus de Rorainópolis. e) representação do corpo técnico-administrativo. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. só poderá ocorrer após 3(três) anos da aprovação do Regimento Geral. na proporção de um a cada três cursos ou fração. 81. as Câmaras Superiores do Conselho Universitário terão as seguintes composições: I – Câmara Superior de Ensino: a) Pró-Reitor de Ensino. Art. b) representação dos professores. . Art. b) representação dos professores. na proporção de dois a cada três cursos ou fração. IV – Campus de Pacaraima. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. 85. V – Câmara Superior de Desenvolvimento Social: a) Pró-Reitor de Desenvolvimento Social. IV – Câmara Superior de Gestão Logística e Financeira: a) Pró-Reitor de Gestão Logística e Financeira. b) representação de Coordenadores de Curso. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. III – Câmara Superior de Extensão: a) Pró-Reitor de Extensão. c) representação do corpo discente. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. VI – Campus de Caracaraí. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. 87. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. na proporção de um a cada três cursos ou fração. c) representação do corpo discente. Palácio Senador Hélio Campos/RR. III – Campus de São João da Baliza. d) representação do corpo técnico-administrativo. Art. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração. São autorizadas criações dos campi universitários da UERR conforme segue: I – Campus de Boa Vista. após aprovação final pelos órgãos competentes. II – Câmara Superior de Pesquisa: a) Pró-Reitor de Pesquisa. d) representação do corpo técnico-administrativo. na proporção de um a cada três cursos ou fração. c) representação do corpo discente. 16 de janeiro de 2007. A escolha do Reitor. d) representação do corpo técnico-administrativo. na proporção de um a cada três cursos ou fração. 86. na proporção de um a cada três cursos ou fração. c) representação do corpo discente. d) representação do corpo técnico-administrativo. b) representação dos professores. na proporção de um a cada três cursos ou fração. A partir da vigência deste Estatuto até o prazo definido no art. V – Campus de Alto Alegre. na proporção de um a cada três cursos ou fração. c) representação dos professores. O presente Estatuto entra em vigor na data de sua publicação. b) representação dos professores. Art. na proporção de um a cada cinco cursos ou fração.

OTTOMAR DE SOUSA PINTO Governador do Estado de Roraima .